drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019
Laura Ward

Resenha #264 Not Yet

Por Barbara em 22 mar • 2019

Posts escritos por: Barbara Lima

08nov • 14 Sobre Primeiros Beijos

Sobre Primeiros Beijos #2

A segunda edição do Sobre Primeiros Beijos está no ar! Se apaixonem com esses belos first kiss e maravilhosos casais <3
Se você quiser um casal específico na próxima edição é só comentar e nos enviar o quote do primeiro beijo de ambos, mas só vale o primeiro beijo hein! 😉

Dê play e curte aí 🙂

.
.
.
“- Não sei o que sinto, Puck.
Ela descruza os braços o bastante para manter o equilíbrio conforme se inclina em minha direção, e, quando nos beijamos, ela fecha os olhos.
Ela recua e olha no meu rosto. Eu não me mexo, e ela muito menos, mas o mundo sob mim me parece estranho.” Puck e Sean – A Corrida de Escorpião

Continue lendo

04nov • 14 Chick Lit, lançamento, resenha, Romance

Resenha #62 Quase Casados

Título: Quase Casados
Autor: Jane Costello
Editora: Record
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Para Zoe Moore, o dia de seu casamento foi o mais marcante de sua vida. Ou melhor, o dia em que deveria ter se casado, mas em vez disso, foi largada no altar após sete anos de namoro. Arrasada e disposta a se recuperar, ela decide se mudar de Liverpool para os Estados Unidos e trabalhar como babá. Ao chegar em Boston, ela se depara com a esperta Ruby, prestes a completar 6 anos, o adorável Samuel, que acaba de fazer 3, e o pai deles, Ryan Miller. Seu novo chefe, além de fazer uma bagunça sem precedentes e de ter um mau humor imbatível, é incrivelmente bonito. Depois de um começo um tanto decepcionante, Zoe e Ryan começam a se entender, mas ela está prestes a descobrir que recomeços podem ser mais difíceis do que esperava.

Chick Lit tão bom quanto os da Sophie Kinsella!

Deixa eu avisar uma coisa antes de começar essa resenha, eu não sou fã de chick lit, geralmente é um tipo de livro que eu passo longe por N motivos (quem sabe um dia eu conto ou quem tiver curiosidade pergunte nos comentários que eu explico), e não foi por falta de tentativa, tentei alguns autores desse gênero e simplesmente não rolou… Mas um belo dia, conheci Sophie Kinsella e minha vida mudou – nem tanto assim rs. Foi quando passei a gostar de chick lit, na verdade só gostava dos livros dela, uns mais outros menos. Isso nos leva ao livro dessa resenha!

Continue lendo

16out • 14 Cassandra Clare, Fantasia, Galera Record, resenha

Resenha #60 Cidade das Almas Perdidas (Os Instrumentos Mortais #5)

Título: Cidade das Almas Perdidas
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Quando Jace e Clary voltam a se encontrar, Clary fica horrorizada ao descobrir que a magia do demônio Lilith ligou Jace ao perverso Sebastian, e que Jace tornou-se um servo do mal. A Clave decide destruir Sebastian, mas não há nenhuma maneira de matar um sem destruir o outro. Mas Clary e seus amigos irão tentar mesmo assim. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para salvar Jace, mas ela pode ainda confiar nele? Ou ele está realmente perdido?

 

 

 

Galera o que foi o final de Cidade dos Anjos Caídos?! De pirar não? – eu pirei!

Jace está sumido (WTH!), o corpo de Sebastian está sumido, os caçadores estão desesperados, a Clave está uma loucura.
Bom, quem acompanha essa série da Cassandra Clare sabe muito bem que muita desgraça em um livro ainda é pouco para a nossa autora ruivinha -.- #SeFerremAíFãs, então nós sofremos e sofremos e ansiamos por um final feliz… Bom se você está esperando isso nem abra esse livro. (To brincando! Abra sim e leia!)
Mas vamos voltar a história que é o que interessa.

Continue lendo

19set • 14 mistério, new adult, resenha, Suspense

Resenha #57 Get Bent (Hard Rock Roots #2)

Título: Get Bent (Hard Rock Roots #2)
Autor: C. M. Stunich
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Naomi Knox está sumida.
E eu nem p*rra sei se ela está viva.
O que eu sei é que ela é o ar que eu preciso respirar.
Ela é a minha redenção, um fogo que consome e que arde em meu sangue.
E eu vou fazer de tudo para encontrá-la. Qualquer coisa. Mesmo que isso signifique o fim para mim.

***
Turner Campbell está me procurando.
Mas ele não tem a p*rra de ideia o que é que ele está procurando.
Há escuridão ao redor e segredos suficientes para sufocar.
Há anjos e há demônios. É impossível destingui – los .
Luz precisa brilhar sobre a verdade, mas não há ninguém para segurar a tocha. A linha entre a vida e a morte é turva e os jogadores estão completamente enraizados no jogo. A pergunta é: eu ainda sou um deles?

Galera, que final foi aquele do primeiro livro?! Eu fiquei alucinada! A pergunta era: Naomi morreu? O que aconteceu naquele ônibus? Que loucura é essa que ta acontecendo?!

Muitas perguntas e eu ansiosa por respostas, comecei imediatamente o segundo livro.

Continue lendo

17set • 14 mistério, new adult, resenha

Resenha #56 Real Ugly (Hard Rock Roots #1)

Título: Real Ugly
Autor: C. M. Stunich
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Turner Campbell é um cretino. Eu o odeio. Mas eu não posso ter o suficiente dele. Ele canta como um anjo e f*de como um demônio. Se pudesse, eu ia fugir e nunca olhar para trás, porque, para dizer a verdade, eu acho que este homem poderia ser a minha morte.
***
Naomi Knox é uma cadela. Eu não posso suportá-la merda. Mas eu não consigo parar de pensar nela também. Ela se parece com um anjo e joga como um demônio. Se pudesse, eu teria uma boa f*da e esquecer tudo sobre ela, mas para dizer a verdade, eu acho que essa mulher poderia ser minha última graça salvadora.




Real Ugly foi uma grata surpresa!

Nesses últimos dias, eu tenho lido uma variedade enorme de New Adults e confesso estar um pouco enjoada daquela fórmulazinha básica de: cara mulherengo + garota inocente = felizes para sempre. Não estou dizendo que essa forma clichê de escrever é ruim (eu gosto do clichê), mas nem todo clichê dá certo, principalmente quando se fecha um livro, começa outro e o novo parece uma repetição do primeiro. Sim, tá rolando um momento desabafo #sorry.

Mas vamos falar de Real Ugly que é o motivo de vocês terem clicado nessa resenha.

Continue lendo

03set • 14 Cassandra Clare, Fantasia, Galera Record, jovem adulto, resenha, Shadowhunters

Resenha #53 Cidade dos Anjos Caídos (Os Instrumentos Mortais #4)

Título: Cidade dos Anjos Caídos
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

Sabe aquele livro que você vai lendo e tem a sensação de que algo muito ruim vai acontecer em algum momento?… CdAC é esse livro!

Cheguei ao quarto livro da maratona TMI e essa foi minha primeira leitura, tudo totalmente inédito, e eu fiquei louca! Vou explicar os motivos:

1. Primeiro, muitas pessoas do meu facebook me falaram que esse livro era o mais chatinho da Cassie Clare, então as expectativas não estavam lá no alto e ao mesmo tempo estavam! Eu queria muito saber como essa mulher ia dar continuidade a história após CdV.

Continue lendo

17ago • 14 especial, Sobre Primeiros Beijos

#1 Sobre Primeiros Beijos…

Hey galera, olha a coluna nova chegando no GeL o/

A Sobre Primeiros Beijos surgiu inicialmente com a proposta de ser um mega post especial aqui no blog sobre primeiros beijos (por isso o nome e por falta de criatividade, sorry rs). Então comecei a montar uma coletânea de primeiros beijos literários – independente da beleza da cena, só precisava ser o primeiro beijo, porém estava ficando MUITO grande e a Michelli deu a ideia de criar essa coluna, então voilà, aqui estamos com a primeira edição da SPB o/

Muitos podem se perguntar porque escolhi falar/separar/catar primeiros beijos pelos meus livros. A resposta é simples, eu acredito que não haja nada semelhante ao primeiro beijo de um casal – independente deles ficarem juntos no final ou não… por isso resolvi reunir essas cenas porque elas merecem ser destacadas!

A cada post vou colocar cinco quotes de primeiros beijos e espero que vocês apreciem 😉

play na música e entre no clima de romance…

.
.
.

“E Alexander não aguentava mais. Curvou-se perto de seu rosto e a beijou. Como ele imaginara, os lábios de Tatiana eram macios, jovens e cheios. Tremia o corpo inteiro de Tatiana enquanto ela o beijava com tamanha ternura, tamanha paixão, tamanha carência, que Alexander, sem querer, deu um pequeno gemido. Ele estava aturdido pelas mãos de Tatiana, que puxavam sua cabeça e não a soltavam.”



Tatiana e Alexander – O Cavaleiro de Bronze

Continue lendo

03ago • 14 resenha, Rocco

Resenha #45 Duas Vezes Amor

Título: Duas Vezes Amor
Autor: Karie Cotugno
Editora: Rocco
Classificação: 4 estrelas

Sinopse: “É possível se apaixonar duas vezes pela mesma pessoa? Em Duas vezes amor, elogiado romance de estreia da norte-americana Katie Cotugno, a jovem Reena descobre que sim. Aos 16 anos, ela vê seus sonhos interrompidos por uma inesperada gravidez, ao mesmo tempo em que enfrenta a ausência da mãe, que morreu quando Reena era criança, a indiferença do pai e o sumiço do namorado, Sawyer. Mas quando ele retorna à cidade, dois anos depois, e fica sabendo que é pai de uma menina, Reena tem a chance de tentar entender o que levou o garoto a desaparecer. E desse reencontro, os dois descobrem o amor pela segunda vez.” 

 

Falamos desse livro em uma das nossas edições de “Waiting For…” e de cara a sinopse me atraiu. Esses relacionamentos mal resolvidos sempre chamam a minha atenção, e foi impossível resistir a Duas Vezes Amor.
A história é narrada em dois períodos, o Antes e o Depois. Em um primeiro momento, confesso, fiquei confusa por causa da linha cronológica. Os eventos se misturaram um pouco, mas ao longo dos capítulos a compreensão foi ficando mais clara. Essa forma de escrita me deixou curiosa quanto à forma, se a autora escreveu cada parte separada e depois foi interligando os capítulos ou se foi na ordem em que o livro está formatado… gostaria muito MESMO de perguntar a Katie como foi a mecânica desse livro, enfim… vamos à história.

Continue lendo

24jul • 14 Cassandra Clare, Galera Record, resenha

Resenha #43 Cidade de Vidro (Os Instrumentos Mortais #3)

Título: Cidade de Vidro
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

 

Imaginem com força como é Alicante, mantenha isso em mente e se jogue no portal mais próximo! Vamos para a Cidade de Vidro bebê! o/
*Cuidado. Pode conter spoilers dos livros anteriores.
Teoricamente Os Instrumentos Mortais seria uma trilogia, mas… não é! Para alegria dos fãs o/ uhul

 

Continue lendo

Tags
10jul • 14 Fantasia, resenha, Verus

Resenha #40 A Corrida de Escorpião

Título: A Corrida de Escorpião
Autor: Maggie Stiefvater
Editora: Verus
Páginas: 378
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: “Na pequena ilha de Thisby, poucos cavaleiros são bravos o suficiente para competir na corrida de escorpião que acontece a cada novembro. Pela primeira vez uma mulher, a jovem Puck Connolly, vai competir. Ela tem dois irmãos e ficou órfã depois que os pais foram devorados pelos cavalos assassinos. Por isso, ela está determinada não só a competir como ganhar a corrida. Para isso, Puck terá que enfrentar outro jovem corajoso e encantador. Sean Kendrick também perdeu o pai, atropelado pelas sanguinárias criaturas.

Apesar de terríveis, os cavalos do mar são uma grande atração turística. O turismo é a principal fonte de renda dos habitantes de Thisby. A ilha é um lugar fascinante e, ao mesmo tempo que atrai, também amedronta. A descrição que Maggie faz dos desfiladeiros do local é carregada de poesia. Com a narrativa alternando entre o ponto de vista de Sean e de Puck, a autora criou uma trama envolvente, classificada por críticos do New York Times e do Los Angeles Times como inovadora.
Em A corrida de escorpião, Maggie Stiefvater nos leva até o limite, em que o amor e a vida encontram seus maiores obstáculos e apenas os fortes de coração podem sobreviver. Uma leitura inesquecível.”
Que livro incrível!
Todos os elogios possíveis ainda são insuficientes para descrever esse livro! Se você o tiver na estante, abandone sua leitura atual e vá lê-lo! Se ainda não tiver comprado, sério, compre! #ficadica
Maggie Stiefvater nos leva para a ilha Thisby e nos apresenta os seus cavalos mágicos: Os Capaill Uisce. Tão letais quanto belos, esses cavalos são a grande atração da pequena ilha onde moram nossos protagonistas Sean Kendrick e Puck Connolly.
Todo começo de novembro acontece A Corrida de Escorpião que é a atração da ilha e quando o maior número de turistas vem conhecer os Capaill, participar da corrida, apostar e fazer negócios.

Continue lendo

06jul • 14 Cassandra Clare, Galera Record, resenha

Resenha #39 Cidade das Cinzas (Os Instrumentos Mortais #2)

Título: Cidade das Cinzas
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: “Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau… e também o pai de Clary e Jace.

Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?

Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.”

 

Chegamos ao segundo livro da série Os Instrumentos Mortais – Cidade das Cinzas – e Cassandra Clare me lembrou porque gosto tanto desses livros!
Li Cidade das Cinzas pela primeira vez em 2011, louca de curiosidade pra saber como todas as confusões do primeiro livro iriam se desenvolver… Nessa releitura eu pude ir com calma e analisar os detalhes, uma dica sobre os livros da Cassie Clare é ficar ligado nas entrelinhas. Ela está montando uma trama, vai deixando pistas pelo caminho como migalhas de pão… lá na frente (se prestar atenção aos detalhes) você com certeza vai ter um estalo e dizer: “Caraca! Essa mulher me deu a resposta disso no primeiro livro, mas só no terceiro ficou claro…” rsrsrs

Continue lendo

Tags
16jun • 14 Cassandra Clare, resenha, Shadowhunters

Resenha #33 Cidade dos Ossos (Os Instrumentos Mortais #1)

Título: Cidade dos Ossos
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

 
Após ter finalizado a trilogia Peças Infernais eu senti uma necessidade absurda de reler/ler Os Instrumentos Mortais, então… seguindo a minha meta de releituras e finalizações de série, resolvi resenhar e compartilhar com vocês minhas impressões, ou seja, vocês acompanharão minha leitura conforme eu for postando as resenhas aqui no blog, espero que gostem e que seja um incentivo para leram a série Os Instrumentos Mortais 😉
Vamos ao livro!

Continue lendo

1 12 13 14 15 16