adulto

Resenha #356 The Dare

Por Barbara em 18 mar • 2021
It

Resenha #355 It: A Coisa

Por Raquel em 13 mar • 2021

Posts arquivados em: Tag: 5 estrelas

10abr • 21 12 livros para 2020, Autobiografia, Biografia, C S Lewis, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, William Collins

Resenha #359 Surprised by Joy

Título: Suprised by Joy
Autor: C. S. Lewis
Editora: William Collins
Páginas: 304
Ano: 207
Gênero: Autobiografia/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Surpreendido pela Alegria não é uma autobiografia comum. Não é uma confissão. No entanto, é certamente um dos mais belos e inteligentes relatos da caminhada de uma pessoa em direção à fé cristã.

C. S. Lewis, um dos pensadores e escritores mais influentes do século 20, foi ateu por muitos anos. Em Surpreendido pela Alegria, ele descreve de maneira fascinante sua jornada espiritual, com o foco na sua crise de fé, que determinaria o caráter de toda a sua vida e carreira. Um livro de memórias extremamente pessoal e arguto, no qual Lewis guia o leitor em direção à alegria e à surpresa que aguardam todo aquele que busca uma vida além do esperado.

Hey pessoal, tudo bom com vocês?
Hoje vim compartilhar a minha experiência lendo Surprised by Joy, a autobiografia do C. S. Lewis.

Em Surprised by Joy, Lewis vai nos contar sobre a sua jornada de fé, partindo do ateísmo até o cristianismo. Desde suas mais antigas lembranças, ainda na infância, seu período em internatos e depois na faculdade, sua relação turbulenta com o pai e os grandes amigos que fez ao longo da vida, tudo vai contribuir para transformá-lo no homem que era.

Ainda na infância Lewis perde a mãe, um marco na vida do jovem e que faz com sua fé seja minada, conforme vai crescendo e ao ir para a escola, ele enfrenta muitas dificuldades e ao mesmo tempo entra em contato com diversas situações e experiências até se auto declarar um ateu.

Continue lendo
13mar • 21 Christina Lauren, Dicas da Ba, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, universo dos livros

Resenha #354 O Amor e outras coisas

Título: O Amor e outras coisas
Autor: Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 344
Ano: 2020
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Macy Sorensen se acomodou em uma rotina ambiciosa e pouco emocionante: trabalha duro como residente em pediatria, planeja se casar um dia com um homem mais velho e financeiramente estável, mantém uma postura discreta e o coração resguardado.
No entanto, quando se encontra por acaso com Elliot Petropoulos – primeiro e único amor da sua vida –, a bolha cautelosa que criou para si começa a se dissolver. No passado, Elliot representou o mundo inteiro de Macy – transformando-se do amigo magrelo e amante de livros desajeitado no homem que a convenceu a abrir seu coração… até parti-lo na mesma noite em que declarou seu amor por ela.
Nesta narrativa alternada entre presente e passado, os adolescentes Elliot e Macy vão de amigos a muito além – passam horas a fio devorando livros juntos, partilhando suas palavras prediletas em meio a diálogos sobre sofrimentos e êxitos da vida. Na fase adulta, porém, eles permaneceram afastados até o reencontro inesperado.
Embora as lembranças estejam encobertas pela agonia dos acontecimentos do passado, caberá a Elliot compreender a verdade por trás da década de silêncio de Macy, tendo de superar o passado e a si mesmo a fim de reavivar a crença dela na possibilidade de um cálido amor.

Hey galera, prontos para conhecer um livro que vai te deixar com o coração na mão e completamente apaixonado? Então continua a leitura porque O Amor e outras coisas vai te conquistar.

O livro vai contar a história de Macy e Elliot, eles se conheceram quando eram adolescentes e viraram melhores amigos, porém eles só se encontravam por curtos períodos de tempo. Elliot era vizinho da casa de veraneio de Macy e nossa mocinha só ia para lá em feriados e fins de semana, porém mesmo não convivendo 100% do tempo isso não impediu que uma amizade verdadeira florescesse.

Elliot era um aficionado em livros, sempre amou a leitura e não era diferente com a Macy, tanto que o pai dela transforma o closet do quarto em uma biblioteca, e era lá que esses amigos passavam a maior parte do seu tempo. Os anos passam, eles crescem e a atração aparece, e logo fica claro que ser amigo não seria suficiente para ambos. Mas algo acontece, uma ruptura nessa amizade e 11 anos se passam sem Macy e Elliot se verem.

Continue lendo
11mar • 21 Audrey Bell, Clichê, Literatura Americana, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #353 Love Show

Título: Love Show
Autor: Audrey Bell
Editora: Create Space
Páginas: 323
Ano: 2014
Gênero: New Adult/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Hadley Arrington é a editora chefe do prestigiado jornal sua universidade. Jack Diamond é um aluno descontraído cujos bons olhares tornaram as coisas ainda mais fáceis do que precisam. Ela é a garota que saiu do nada e o beijou na chuva. Ele é o garoto que a fez fazer uma loucura.
Quando as apostas parecem altas demais, eles precisam decidir revelar seu amor ou abandoná-lo para sempre.

Olha mais um New Adult aqui no blog…

Love Show foi mais um achado das minhas buscas aleatórias por livros rs, gostei da sinopse e ele foi muito melhor do que o esperado. O livro conta a história de Hadley, uma estudante de jornalismo bem focada, editora do jornal da faculdade, está em seu último ano e fazendo várias entrevistas para uma posição em um grande jornal, de preferência em uma área de conflito. Sim, Hadley quer estar no foco da história e registra-la. Por isso ela se empenha tanto para ser a melhor.

Ela não é festeira, mas um dia, após receber uma notícia nada agradável, resolve se soltar e ir em uma festa. Em um momento bem cinematográfico, no meio de uma chuva torrencial, ela põe os olhos em um garoto, ele sorri e ela se lança tascando um beijão nele. Sim, eu disse que era um momento Hollywoodiano. Após o beijo a polícia do campus chega e todos se dispersam e nossa mocinha não descobre nem o nome do boy #chateada.

Continue lendo
23fev • 21 12 livros para 2021, Agatha Christie, Desafio das GeLs, Dicas da Ba, Harper Collins Brasi, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, romance policial, Suspense

Resenha #352 A Casa Torta

Título: A Casa Torta
Autor: Agatha Christie
Editora: Harper Collins Brasil
Páginas: 207
Ano: 2017
Gênero: Mistério/ Suspense/ Romance Policial/ Literatura Estrangeira/ Literatura Inglesa
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Primeiro a guerra faz com que Charles Hayward adie seu pedido de casamento. Alguns anos depois, ele se vê obrigado a adiar o próprio matrimônio em razão de um mistério – Sophia Leonides, sua noiva, acaba de perder o avô Aristide de forma súbita e um tanto suspeita. Teria sido um assassinato?

O escândalo poderia arruinar o nome da família.

Instruido pelo pai e pelo inspeto-chefe Taverner – ambos da Scotland Yard -, Charles decide se hospedar na residência dos Leonides (A Casa Torta) para descobrir se, entre aqueles familiares tão únicos e motivados a matar seu patriarca, não estaria a prova do crime capaz de colocar o culpado atrás das grades. Porém, uma nova reviravolta promete abalar todas as suas certezas sobre o assunto.

Mais um Agatha Christie pra conta #comemora

Oi galera, hoje é dia de falarmos sobre A Casa Torta, segundo livro do desafio 12 livros para 2021.

Em A Casa Torta nós somos apresentados a Charles, um jovem que trabalha a serviço do governo inglês durante o pós segunda guerra mundial. Ele volta para Londres disposto a finalmente pedir sua namorada de longa data em casamento, porém ele logo descobre que a família dela está envolvida em um caso de assassinato.

Continue lendo
25jan • 21 Charme, Clichê, Ella Maise, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #345 Casamento para Um

Título: Casamento para Um
Autor: Ella Maise
Editora: Charme
Páginas: 464
Ano: 2020
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Eu e Jack fizemos tudo ao contrário. No dia que me atraiu para seu escritório – e que também foi o dia que nos conhecemos –, ele me propôs casamento. Qualquer um pensaria que um cara como ele – talvez um pouco frio, mas de uma beleza impressionante e muito inatingível – só faria esse tipo de proposta ao amor da sua vida, certo? Qualquer um pensaria que ele deveria estar loucamente apaixonado.

Não. A proposta foi feita a mim. Uma completa estranha, que nunca tinha ouvido falar dele. Uma estranha que fora dispensada pelo noivo algumas semanas antes. Qualquer um pensaria que eu iria rir na cara dele, chamá-lo de louco – e alguns outros nomes – depois ir embora o mais rápido possível. Bem… eu fiz todas essas coisas, exceto a parte de ir embora.

Demorou apenas alguns minutos para me convencer a aceitar o negócio… Bem, quero dizer, casamento, e apenas alguns dias para oficialmente nos enlaçarmos. O dia mais feliz da minha vida. Mágico. Regado a champanhe… Não. Foi o pior dia. Jack Hawthorne não era nada do que eu queria para mim.
Eu o culpei pelo meu lapso de julgamento. Culpei seus olhos, em um tom de oceano, que olhavam diretamente para os meus sem desculpas, e aquela carranca em seu rosto pela qual eu não tinha ideia de que ficaria tão fascinada com o tempo.

Pouco depois de ele dizer que eu era o maior erro da sua vida, as coisas começaram a mudar. Não, ele ainda não falava muito, mas qualquer um é capaz de proferir algumas palavras. Suas ações falaram mais alto para mim. E, dia após dia, meu coração começou a ter vontade própria.

Em um segundo, ele não era ninguém. No próximo, ele se tornou tudo.
Em um segundo, ele era inatingível. No outro, parecia ser completamente meu.
Em um segundo, pensei que estávamos apaixonados. No outro, não passava de uma mentira.
Afinal, eu era Rose, e ele era Jack. Estávamos condenados desde o início com esses nomes. Quem poderia esperar mais alguma coisa?

Clichê sobre casamento de conveniência? Check.
Mocinho mal humorado? Check.
Mocinha forte e engraçada? Check.
Referências a Titanic? Check.
E cinco estrelas por isso rs.

Hey pessoal, tudo bom por aí? Hoje vim contar um pouco sobre a história de Casamento Para Um. O livro é sobre Jack e Rose. Sim!!! Os protagonistas se chamam Jack e Rose, mas fiquem tranquilos que ninguém aqui vai morrer num trágico acidente de navio. Amém!

Continue lendo
19jan • 21 12 livros para 2020, Desafio das GeLs, Karin Slaughter, literatura estrangeira, Record, resenha, romance policial, Suspense, thriller

Resenha #343 Destroçados

Título: Destroçados
Série: Will Trent
Ordem: 4
Autor: Karin Slaughter
Editora: Record
Gênero: Romance Policial/ Suspense/ Literatura Estrangeira
Páginas: 448
Ano: 2017
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Existem segredos que não podem ser levados para túmulo
O corpo de uma jovem é encontrado no fundo do gélido lago Grant, e um bilhete deixado sob uma pedra à sua margem sugere que ela tirou a própria vida. Mas, em questão de minutos, fica claro que aquilo não foi suicídio. Trata-se de um assassinato brutal, cometido a sangue-frio. Sara Linton, ex-médica legista do condado de Grant, hospedada na casa dos pais para passar o feriado de Ação de Graças, vê-se envolvida no caso quando o principal suspeito pede desesperadamente para falar com ela. Porém, quando ela chega à delegacia local, depara-se com uma tenebrosa cena na cela do prisioneiro: ele está morto, e as palavras “Não eu” foram rabiscadas na parede. Algo na confissão dele não faz sentido, então Sara convoca o Georgia Bureau of Investigation. Imediatamente, o agente especial Will Trent interrompe suas férias para se unir à equipe de investigação. No entanto, o que ele encontra é apenas uma muralha de silêncio no condado de Grant, uma comunidade extremamente unida, cujos habitantes possuem elos profundos. E a única pessoa que poderia contar a verdade sobre o que realmente aconteceu está morta.

Meu favorito da série Will Trent até o momento!
Ok, eu sei que só li um outro livro, Esposa Perfeita, não tenho como julgar toda a série, mas em comparação, Destroçados é de longe o melhor.

Quem me acompanha por aqui sabe que eu estou numa fase de suspenses, eu tenho lido bastante esse gênero nos últimos anos e conhecer a Karin Slaughter foi um incentivo a mais para o meu novo “vício”. A série do Will Trent vai contar os casos que esse investigador está envolvido, todos sempre muito cabulosos e sangrentos.

Destroçados vai nos levar para uma cidade do interior do Sul dos EUA, a cidade natal de outra personagem da série, a Sara. Sara é médica e legista em Atlanta, mas está de volta a sua cidade para passar o feriado com a família. Há anos que ela não volta para lá por conta das muitas lembranças ruins que a cidade evoca, ela era casada com o chefe de polícia local que foi assassinado enquanto cumpria seu dever. Uma tragédia que a afastou do local e de todos os seus amigos de lá.

Continue lendo
16jan • 21 12 livros para 2020, Desafio das GeLs, José de Alencar, L&PM, Literatura Nacional, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #342 Senhora

Título: Senhora
Autor: José de Alencar
Editora: L&PM
Gênero: Romance/ Literatura Brasileira
Páginas: 272
Ano: 2017
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: José de Alencar publicou Senhora em 1875, quando o Romantismo vivia já seus últimos anos de glória. Ao lado de Diva e Lucíola, Alencar completa com Senhoraa trilogia com que se propôs a traçar “perfis” de mulher. São perfis marcados pela romântica passionalidade de mulheres que movem os romances urbanos de Alencar, ambientados no Rio de Janeiro do Segundo Império.

Em Senhora, Alencar tematiza o casamento por interesse, envolvendo Aurélia e Fernando num desgaste emocional que instigará o leitor até a situação final dos acontecimentos em nível da paixão humana.

É dia de clássico da literatura nacional por aqui. Senhora foi um dos livros que escolhi para o desafio de 12 livros para 2020, confesso que sempre quis ler essa história, mas acabei enrolado por N motivos, seu eu soubesse que iria gostar tanto com certeza teria lido mais cedo.

O livro vai nos contar a história de Aurélia, uma jovem que acabou de debutar na sociedade fluminense e é cercada de mistérios. De uma beleza ímpar, a jovem era órfã e ninguém sabia muito a seu respeito, mas logo fica claro que além da beleza ela era dotada de muita inteligência e uma fortuna enorme.

Continue lendo
29dez • 20 Devney Perry, drama, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #340 Letters to Molly

Título: Letters to Molly
Série: Maysen Jar
Ordem: 2
Autor: Devney Perry
Editora: Independente
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance
Páginas: 300
Ano: 2019
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Molly Alcott não esperava abrir sua caixa de correio em uma manhã de verão e encontrar uma velha carta enfiada entre as contas e um panfleto de supermercado. Escrita com letra familiar, datada de mais de quinze anos, a carta foi escrita para Molly depois de seu primeiro encontro com o homem que ela nunca esquecerá.
Semana após semana, novas cartas apareceram. Cada uma delas marca um evento na história de seu épico caso de amor. Cada uma cura uma ferida. Cada uma detém a confissão do homem que ainda possui o coração de Molly.
As cartas estão cheias de promessas, esperança e amor, mas, verdade seja dita, Molly deseja poder não ler todas elas.
Porque o homem que escreveu estas cartas não é quem as envia.

Eu amo um livro com drama entre casais e com segundas chances para o amor. Amo com força! Letters to Molly é exatamente assim.

Finn e Molly estão divorciados a seis anos, são pais dedicados de duas crianças e vivem suas vidas com muita tranquilidade. Finalmente eles encontraram aquele equilíbrio para fazer a família e o relacionamento com os filhos funcionar de maneira saudável. Molly parece que finalmente está pronta para um novo relacionamento, decidida a investir no vizinho simpático, trocou de carro, já aceita o fato de Finn ter uma namorada fixa e todos estão bem com o momento atual.

Continue lendo
12dez • 20 adulto, Barbara Elsborg, Cherish Book Br, drama, literatura estrangeira, Resenhas de Livros

Resenha #337 Desconhecidos

Título: Desconhecidos
Autor: Barbara Elsborg
Editora: Cherish Books Br
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Drama
Páginas: 482
Ano: 2020
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Kate Snow já está cansada de bad boys, até que um mergulho no oceano a coloca em rota de colisão com um homem ao qual ela não pode resistir. Charlie Storm transforma o conceito de bad boy em uma arte. Ele é um famoso astro do cinema cujos demônios interiores o enviam direto para o mar, em uma tentativa de suicídio. A última coisa que ele espera fazer antes de morrer é esbarrar em uma mulher com o mesmo propósito. Quando os mundos desses dois estranhos se encontram, suas vidas são reviradas. Ao sobreviver às ondas, eles descobrem que não conseguem ficar separados, dentro ou fora da cama. Kate aproveita a chance de felicidade, vendo em Charlie um homem em quem finalmente pode confiar para amá-la. Charlie não pode deixar Kate porque ela é a única mulher capaz de ver o homem que ele quer ser. Mas o preço da fama é alto e o mundo inteiro parece disposto a tentar separá-los.

Indicado para 18+

Eu comecei a ler esse livro pura e simplesmente pela autora ser minha xará rsrs. Sempre pesquisei autoras com o mesmo nome que o meu, mas acho que nunca resenhei aqui. Gostei muito da premissa de Desconhecidos e não pude deixar passar.

O livro conta a história de Kate e Charlie, eles se conhecem em um momento de puro desespero. Kate tinha sido abandonada por seu noivo no dia do casamento e descobriu que tudo não tinha passado de uma aposta tramada entre o noivo e seus amigos, pura maldade galera. Em um momento de desespero e juntando tudo o que ela já tinha sofrido ao longo da vida, ela percebe que prefere não estar mais viva e se lança nas ondas do mar. Imaginem sua surpresa ao se deparar com Charlie na mesma situação que a sua…

Continue lendo
25nov • 20 12 livros para 2020, Desafio das GeLs, ficção científica, jovem adulto, literatura estrangeira, Neal Shusterman, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #334 A Nuvem

Título: A Nuvem
Série: Scythe
Ordem: 2
Autor: Neal Shusterman
Editora: Seguinte
Gênero: Ficção Científica/ Literatura Estrangeira/ Jovem Adulto
Páginas: 496
Ano: 2018
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: No segundo volume da série Scythe, a Ceifa está mais corrompida do que nunca, e cabe a Citra e Rowan descobrir como impedir que os ceifadores que não seguem os mandamentos da instituição acabem com o futuro da humanidade.

Em um mundo perfeito em que a humanidade venceu a morte, tudo é regulado pela incorruptível Nimbo Cúmulo, uma evolução da nuvem de dados. Mas a perfeição não se aplica aos ceifadores, os humanos responsáveis por controlar o crescimento populacional. Quem é morto por eles não pode ser revivido, e seus critérios para matar parecem cada vez mais imorais. Até a chegada do ceifador Lúcifer, que promete eliminar todos os que não seguem os mandamentos da Ceifa. E como a Nimbo Cúmulo não pode interferir nas questões dos ceifadores, resta a ela observar.

Enquanto isso, Citra e Rowan também estão preocupados com o destino da Ceifa. Um ano depois de terem sido escolhidos como aprendizes, os dois acreditam que podem melhorar a instituição de maneiras diferentes. Citra pretende inspirar jovens ceifadores ao matar com compaixão e piedade, enquanto Rowan assume uma nova identidade e passa a investigar ceifadores corruptos. Mas talvez as mudanças da Ceifa dependam mais da Nimbo Cúmulo do que deles. Será que a nuvem irá quebrar suas regras e intervir, ou apenas verá seu mundo perfeito desmoronar?

Após o final eletrizante de O Ceifador, finalmente chegou o momento de conversarmos sobre A Nuvem, segundo livro da série. A Nuvem é o livro 9 do desafio #12livrospara2020, confesso que enrolei um pouco com a leitura dele, mas chegou um momento em que foi impossível parar e o final…

Aqui nós vamos acompanhar o primeiro ano após Citra se tornar a ceifadora Anastassia e Rowan o justiceiro ceifador Lúcifer, aquele que eliminava a “banda podre” dos ceifadores. Nesse ano, ambos se tornam muito famosos, ela por sua influência positiva e convicções firmes entre a Ceifa, e ele por tocar o terror entre os ceifadores rs.

Continue lendo
27out • 20 Colleen Hoover, lançamento, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #332 Heart Bones

Título: Heart Bones
Autor: Colleen Hoover
Editora: Hoover Ink
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 338
Ano: 2020
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Vida e um sobrenome sombrio são as únicas duas coisas que os pais de Beyah lhe deram. Forçada a trilhar seu próprio caminho sozinha, Beyah está a caminho de coisas maiores e melhores, graças a ninguém além de si mesma.
Com apenas dois curtos meses separando-a do futuro que ela construiu para si mesma e do passado que ela deseja desesperadamente abandonar, uma morte inesperada deixa Beyah sem nenhum lugar para ir durante esse período.
Forçada a chamar seu último recurso, Beyah não tem outra opção a não ser passar o resto de seu verão em uma península no Texas com um pai que ela mal conhece.
O plano de Beyah é manter a cabeça baixa e deixar o verão passar sem problemas, mas seu novo vizinho Samson joga uma chave nesse plano.
Samson e Beyah não têm nada em comum na superfície. Ela vem de uma vida de pobreza e abandono; ele vem de uma família rica e privilegiada.
Mas, uma coisa que eles têm em comum é que ambos são atraídos por coisas tristes.
O que significa que eles são atraídos um pelo outro.
Com uma conexão quase imediata, muito intensa para eles continuarem negando, Beyah e Samson concordam em ficar no final de uma aventura de verão. O que Beyah não percebe é que uma correnteza está chegando e está prestes a arrastar seu coração para o mar.

Esse livro!
Ah, esse livro!

Colleen Hoover está de volta com esse livro que é pra te deixar com o coração na mão, chorar rios e aplaudir de pé. Eu fiz isso nessa exata ordem rs.

O livro conta a história de Beyah, ela mora com a mãe em um trailer, terminou a escola e está prestes a entrar na faculdade com uma bolsa de estudos. A vida dela é muito complicada, o relacionamento com a mãe é ruim, elas vivem em situação de pobreza, e desde cedo nossa mocinha precisou aprender a se virar para se manter viva. A relação com o pai também é distante, por morar em outro estado, ele não é presente na vida da Beyah.

Continue lendo
22set • 20 12 livros para 2020, Arqueiro, desafio, Desafio das GeLs, Dicas da Ba, Lisa Kleypas, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, romance de época, Romance de Época

Resenha #329 Sedução ao Amanhecer

Título: Sedução ao Amanhecer
Série: Os Hathaways
Ordem: 2
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época/ Literatura Estrangeira
Páginas: 247
Ano: 2013
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca… e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?

Confesso que amo um romance de época, mas nos últimos tempos tinha parado de ler, acredito que estava um pouco saturada do gênero. Quando montei o desafio dos 12 livros para 2020, decidi colocar Sedução ao Amanhecer porque queria terminar essa série, e ver se valia a pena continuar a leitura da mesma. Gente… me pergunto os motivos de ter demorado tanto para começar a ler rsrs.

O livro conta a história de Merripen e Win, eles cresceram juntos após Merripen ter sido acolhido pela família Hathaway. Desde que colocou os olhos em Win, ele se apaixonou e o sentimento foi reciproco, mas nosso mocinho não se acreditava merecedor do amor, complicado meus caros.

Win nunca se importou com o passado de Merripen ou até mesmo seu jeito brusco de agir, ela gostava dele de verdade, mas as coisas pioraram quando ela fica doente e mesmo após se recuperar, a doença deixa sequelas em nossa mocinha. Anos mais tarde ela decide que precisa investir em um novo tratamento e vai para a França se internar em uma clínica.

Continue lendo
1 2 3 9