drama

Resenha #380 Pachinko

Por Barbara em 25 set • 2021

Categoria: Clichê

03jul • 21 Ashley Elston, Clichê, Globo Alt, jovem adulto, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #368 10 Dates Surpresa

Título: 10 Dates Surpresa
Autor: Ashley Elston
Editora: Globo Alt
Páginas: 328
Ano: 2020
Gênero: Jovem Adulto/ Romance / Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Divertido e envolvente, Dez dates surpresa é uma história sobre crescimento, família e amizade

Sophie planejava aproveitar as férias de fim de ano para ter uma folga de seus pais e passar mais tempo com seu namorado – ela só não esperava que ele quisesse uma folga dela. De coração partido, ela corre para a casa dos avós, onde sua grande família italiana já está reunida para as festas. E é lá que sua Nonna bola um plano para fazê-la seguir em frente: a família deve arranjar dez encontros às cegas para a garota. De dates legais e engraçados aos verdadeiramente bizarros, Sophie passa a entender melhor quem realmente é, e que nem sempre o que achamos querer é o melhor para nós…O livro vai virar filme pela mesma equipe de Para todos os garotos que já amei.

Hey galera, estou bem animada para comentar com vocês as minhas impressões sobre esse livro. Já vou logo avisando que amei e deixo aqui meus agradecimentos à Adriana, leitora do blog, por me indicar o livro.

Xô contar um pouco sobre o enredo… a história é sobre a Sophie, ela vai passar as férias de fim de ano com os avós após os pais dela irem visitar a irmã de Sophie que está de repouso por conta de uma gravidez de risco, nossa mocinha consegue convencer os pais a ficar, com a desculpa de que iria pra casa dos avós. Sim, ela iria fazer isso, mas o interesse mesmo era passar mais tempo com o namorado e se divertir com ele.

Continue lendo
14jun • 21 Clichê, comédia romantica, L J Shen, Literatura Americana, literatura estrangeira, Montlake, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #365 The Devil Wears Black

Título: The Devil Wears Black
Autor: L. J. Shen
Editora: Monlake
Páginas: 363
Ano: 2021
Gênero: Romance/ Comédia Romântica/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 2 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Maddie Goldbloom elaborou um plano para garantir que tudo em sua vida fosse perfeito – desde uma carreira na moda até um apartamento chique em NYC e um namorado pediatra.
Quando seu ex, Chase Black, volta à sua vida com um pedido ultrajante, sua reação imediata é rejeitá-lo. Mas ele só quer satisfazer o último desejo de seu pai. Portanto, mesmo sendo ele o homem que lhe partiu o coração, não deve ser difícil interpretar sua noiva, especialmente se isso significa que ela pode ver o diabo arrogante se contorcer um pouco.
O que se segue é uma cadeia de eventos que detona a vida de Maddie e quando as paredes de Chase caem, ambos são forçados a enfrentar a realidade.
Dizem para manter seus inimigos por perto. Mas e se seu inimigo também for o homem que você ama?

Gente!!! Esse livro… ai ai, acho que fui com muita sede ao pote e acabei me frustrando rs.

Quando comecei a ler eu estava atrás de um romance fofo, um clichê gostosinho de ler, e a proposta desse livro unida a escrita gostosa, inteligente e divertida da L.J. Shen me animou de cara. Claramente eu fui com os burros n’água.

Um breve resumo para vocês entenderem melhor o enredo.

Tudo começa com Maddie reencontrando seu ex-namorado na porta de seu apartamento, ela tinha certeza que Chase Black estava ali para se desculpar pela traição que tinha cometido seis meses antes, ledo engano. Chase na verdade precisava de um favor, nossa mocinha estava disposta a chutar o boy com vontade, mas a história que ele contou a convenceu e logo Maddie está novamente no mundo de Chase.

A proposta era simples, fingir ser noiva dele para juntos posarem de casal apaixonado para a família do rapaz, mas por quê todo esse engano? Qual a necessidade de ser justamente a Maddie? Muito simples, o pai de Chase foi diagnosticado com câncer e tem pouco tempo de vida, nada melhor do que saber que o filho está bem encaminhado na área sentimental e com uma boa moça como Maddie, de quem a família toda de já gostava e que por um simples acaso ele não tinha contado que já fazia 6 meses que o namoro tinha acabado. Surreal, eu sei kkk.

Continue lendo
01maio • 21 Clichê, comédia romantica, EverAfter Romance, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Vi Keeland

Resenha #360 Bossman

Título: Bossman
Autor: Vi Keeland
Editora: EverAfter Romance
Páginas: 326
Ano: 2016
Gênero: Romance/Literatura Americana/ Literatura Estrangeira/ Comédia Romântica
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A primeira vez que encontrei Chase Parker, eu não fiz exatamente uma boa impressão. Eu estava me escondendo no corredor do banheiro de um restaurante, deixando uma mensagem para a minha melhor amiga me salvar do meu encontro horrível.
Ele ouviu e disse que eu era uma cadela, então começou a me oferecer alguns conselhos de namoro. Então eu disse-lhe para se preocupar com seu próprio maldito negócio, seu próprio, lindo, cheio de si maldito negócio, e voltei para o meu miserável encontro.
Quando ele passou pela minha mesa, ele sorriu, e eu vi sua arrogante, sexy bunda caminhar de volta para o seu encontro. Eu não poderia evitar espiar o idiota condescendente do outro lado da sala. Claro, ele me pegou em mais de uma ocasião, e piscou. Quando o estranho lindo e seu encontro igualmente quente de repente apareceram na nossa mesa, eu pensei que ele ia me dedurar. Mas em vez disso, ele fingiu que nos conhecíamos e se juntou a nós, contando elaboradas histórias embaraçosas sobre a nossa falsa infância.
Meu encontro de repente foi de chato a bizarramente emocionante. Quando acabou e nos separamos, eu pensei sobre ele mais do que eu jamais iria admitir, embora eu soubesse que nunca o veria novamente. Quer dizer, quais eram as chances de eu esbarrar com ele novamente em uma cidade com oito milhões de pessoas? Então de novo… Quais eram as chances de um mês depois ele acabar sendo meu novo chefe sexy?

Romance no escritório? Quero!

Esse livro vai contar a história muito engraçada e levemente dramática de Chase e Reese. Ela estava em um encontro terrível enquanto ele estava na mesa ao lado, também em um encontro, mas muito ligado no que acontecia na mesa da nossa mocinha. Até que num ato muito bem pensado, Chase acaba se sentando com Reese e seu “date”, finge que a conhece e eles desenvolve uma história de um passado em comum dos dois. Tudo mentira, obviamente, mas que serviu para animar a noite de ambos.

Depois desse interlúdio a vida segue, até que novamente Reese e Chase esbarram na academia. Já podemos dizer que desde o primeiro momento tinha pintado uma atração bem forte, mas entre piadas e trocas de histórias fakes, nada evolui. O tempo passa novamente e Reese estava em busca de um novo emprego, e o lugar onde ela acaba parando é justamente na empresa de Chase. Sim, nosso mocinho é um CEO gato e podre de rico rs #adooooro.

Continue lendo
18mar • 21 adulto, Clichê, Dicas da Ba, Elle Kennedy, lançamento, Literatura Americana, literatura estrangeira, new adult, Paralela, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #356 The Dare

Título: The Dare
Série: Briar U
Ordem: 4
Autor: Elle Kennedy
Editora: Paralela
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 317
Ano: 2021
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A faculdade devia ser a chance de abandonar meu complexo de patinho feio e me tornar um lindo cisne. Em vez disso, fui parar em uma irmandade cheia de meninas malvadas. Já está sendo difícil me enturmar, então, quando minhas irmãs da Kappa Chi propõem um desafio, eu não posso dizer não.
A missão: seduzir o mais novo (e gato) jogador de hóquei da Briar.
Todo mundo conhece Conor Edwards. Ele está em todas as festas de fraternidade, e na cama de todas as meninas. É do tipo que você se apaixona antes de perceber que ele nunca olharia para você. Mas o sr. Popular me surpreende — em vez de rir de mim, ele me acompanha até o quarto e finge que estamos nos pegando.
Por incrível que pareça, agora ele quer continuar fingindo. Conor adora um joguinho e acha que vai ser divertido enganar as meninas da Kappa. Mas resistir ao seu charme de surfista é quase impossível, e estou começando a desconfiar que ele tem muito mais a oferecer do que seu fã-clube imagina.
O problema é que eu sou péssima nessas brincadeiras. E quanto mais tempo esse jogo bobo durar, maior o perigo de tudo isso explodir na minha cara.

CONTEÚDO ADULTO

Ai esses namoros fakes…

Preparados para mais um livro da série Briar U? É a vez de conhecermos a história de Taylor e Conor, ele já tinha me deixado com as orelhinhas em pé quando apareceu em The Play e agora me conquistou de vez rsrs.

Deixa eu contar um pouco sobre a história.

Taylor é uma garota de fraternidade, mas esqueça os clichês da gostosona peituda e sem cérebro. Ela é sim linda e gostosona, mas nossa mocinha é cheia de complexos e não é muito confiante em sua própria beleza. O ambiente da fraternidade também não é dos mais saudáveis e as perseguições e bullying velado só servem pra deixar Taylor ainda menos confiante.

Em uma festa organizada na casa de sua fraternidade, ela é desafiada a dar uns pegas em Conor, o californiano bonitão do time de hockey. Ele é recém chegado à Briar, mas conseguiu criar uma bela reputação de pegador, ele pega mas não se apega kkk. Quando Taylor pede ajuda no desafio, ele não consegue resistir… Mas o que era pra ser uma sessão de amassos em um quarto aleatório, se transforma em uma noite de altas risadas e diversão para esse par inesperado.

Continue lendo
11mar • 21 Audrey Bell, Clichê, Literatura Americana, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #353 Love Show

Título: Love Show
Autor: Audrey Bell
Editora: Create Space
Páginas: 323
Ano: 2014
Gênero: New Adult/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Hadley Arrington é a editora chefe do prestigiado jornal sua universidade. Jack Diamond é um aluno descontraído cujos bons olhares tornaram as coisas ainda mais fáceis do que precisam. Ela é a garota que saiu do nada e o beijou na chuva. Ele é o garoto que a fez fazer uma loucura.
Quando as apostas parecem altas demais, eles precisam decidir revelar seu amor ou abandoná-lo para sempre.

Olha mais um New Adult aqui no blog…

Love Show foi mais um achado das minhas buscas aleatórias por livros rs, gostei da sinopse e ele foi muito melhor do que o esperado. O livro conta a história de Hadley, uma estudante de jornalismo bem focada, editora do jornal da faculdade, está em seu último ano e fazendo várias entrevistas para uma posição em um grande jornal, de preferência em uma área de conflito. Sim, Hadley quer estar no foco da história e registra-la. Por isso ela se empenha tanto para ser a melhor.

Ela não é festeira, mas um dia, após receber uma notícia nada agradável, resolve se soltar e ir em uma festa. Em um momento bem cinematográfico, no meio de uma chuva torrencial, ela põe os olhos em um garoto, ele sorri e ela se lança tascando um beijão nele. Sim, eu disse que era um momento Hollywoodiano. Após o beijo a polícia do campus chega e todos se dispersam e nossa mocinha não descobre nem o nome do boy #chateada.

Continue lendo
20fev • 21 12 livros para 2021, Clichê, comédia romantica, Desafio das GeLs, Faro Editorial, Lauren Blakely, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #351 Melhor que a Encomenda

Título: Melhor que a Encomenda
Autor: Lauren Blakely
Editora: Faro Editorial
Páginas: 320
Ano: 2019
Gênero: Comédia Romântica / Romance/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: QUAL SERIA O ÚLTIMO LUGAR PARA VOCÊ ENCONTRAR O AMOR? Depois de várias desilusões, April desiste de buscar relacionamentos e passa a focar toda a energia no trabalho, até que surge uma daquelas reuniões familiares. Ela sente-se feliz solteira… mas encarar os interrogatórios de seus pais, da irmã e de todas suas tias casamenteiras durante um fim de semana prolongado é uma ideia desesperadora.

Então, ela pensa numa solução prática: contratar um acompanhante. Parece uma tarefa simples: levar um namorado que deve servir tanto para impressionar a família quanto para afastar pretendentes indesejáveis. Theo é o candidato ideal. Lindo, simpático, atencioso e o principal: depois do fim de semana, ele recebe o pagamento e cada um segue sua vida. Esse era o plano… Só que dividir momentos engraçados e inventar histórias pode ter o efeito oposto…

Primeiro livro do desafio 12 livros para 2021 finalizado com sucesso! Vamos às minhas impressões.

Bom, eu creio que fui com muita sede ao pote quando comecei a leitura desse livro, me animei com a sinopse, já abri com um sorriso no rosto crente que iria me encantar com mais esse romance clichê de namoro fake, mas não foi bem assim.

O livro conta a história de April e Théo, ambos são moradores de Nova York e vivem vidas bem distintas. Ela é uma artista, vive de fazer pinturas em corpo humano e está ficando bem famosa em seu nicho. Théo é barman, luta para pagar as contas e oferece em serviço de acompanhante bem fora do convencional… ele cria personagens de acordo com os pedidos de suas clientes e pode ter certeza que a satisfação é garantida.

Continue lendo
27jan • 21 Cherish Book Br, Clichê, comédia romantica, Jami Albright, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #347 Resenha Fugindo do Rockstar

Título: Fugindo do Rockstar
Série: Noivas em Fuga
Ordem: 1
Autor: Jami Albright
Editora: Cherish Books BR
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 326
Ano: 2020
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Ela é uma boa garota, maníaca por controle. Ele é um menino mau que precisa limpar sua imagem. Esses opostos vão se atrair ou se autodestruir?
Scarlett Kelly é a típica garota certinha. Tendo crescido como a filha da vagabunda da cidade, ela tomou para si a missão de ser exatamente o oposto de sua mãe. Então, quando acorda nua e de ressaca na cama ao lado de um astro do rock rebelde, ela foge imediatamente. Só há um problema: o companheiro de cama de Scarlett é seu novo marido.
Gavin precisa consertar sua imagem, ou sua carreira musical irá por água abaixo. Ele também acabou de saber que tem um filho que ele nunca soube que existia, então precisa se acalmar e subornar sua nova esposa para continuar casado e poder consertar tudo.
Para ajudar nos problemas financeiros de sua família, Scarlett aceita o plano, embora ela mal possa se controlar perto do Rockstar. Enquanto procuram o filho de Gavin, seu improvável matrimônio será exatamente o que estavam procurando, ou colocará tudo a perder.

Algumas coisas que acontecem em Vegas, podem te perseguir até em casa, então cuidado! Ainda mais se for se casar com uma estrela do rock 😉

Scarlett é uma jovem escritora de livros infantis, e um belo dia ela é convidada para uma reunião em Las Vegas para uma grande oportunidade de seus livros se tornarem uma série televisiva, porém as coisas não saem como o esperado e nossa mocinha acaba ouvindo coisas não muito positivas sobre si mesma e sua personagem. Para afogar as mágoas ela acaba indo tomar uns bons drinks em um bar e acaba parando na mesa de um astro do rock. Bebidas aqui, mais bebidas ali e no dia seguinte ela está casada.

Continue lendo
25jan • 21 Charme, Clichê, Ella Maise, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #345 Casamento para Um

Título: Casamento para Um
Autor: Ella Maise
Editora: Charme
Páginas: 464
Ano: 2020
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Eu e Jack fizemos tudo ao contrário. No dia que me atraiu para seu escritório – e que também foi o dia que nos conhecemos –, ele me propôs casamento. Qualquer um pensaria que um cara como ele – talvez um pouco frio, mas de uma beleza impressionante e muito inatingível – só faria esse tipo de proposta ao amor da sua vida, certo? Qualquer um pensaria que ele deveria estar loucamente apaixonado.

Não. A proposta foi feita a mim. Uma completa estranha, que nunca tinha ouvido falar dele. Uma estranha que fora dispensada pelo noivo algumas semanas antes. Qualquer um pensaria que eu iria rir na cara dele, chamá-lo de louco – e alguns outros nomes – depois ir embora o mais rápido possível. Bem… eu fiz todas essas coisas, exceto a parte de ir embora.

Demorou apenas alguns minutos para me convencer a aceitar o negócio… Bem, quero dizer, casamento, e apenas alguns dias para oficialmente nos enlaçarmos. O dia mais feliz da minha vida. Mágico. Regado a champanhe… Não. Foi o pior dia. Jack Hawthorne não era nada do que eu queria para mim.
Eu o culpei pelo meu lapso de julgamento. Culpei seus olhos, em um tom de oceano, que olhavam diretamente para os meus sem desculpas, e aquela carranca em seu rosto pela qual eu não tinha ideia de que ficaria tão fascinada com o tempo.

Pouco depois de ele dizer que eu era o maior erro da sua vida, as coisas começaram a mudar. Não, ele ainda não falava muito, mas qualquer um é capaz de proferir algumas palavras. Suas ações falaram mais alto para mim. E, dia após dia, meu coração começou a ter vontade própria.

Em um segundo, ele não era ninguém. No próximo, ele se tornou tudo.
Em um segundo, ele era inatingível. No outro, parecia ser completamente meu.
Em um segundo, pensei que estávamos apaixonados. No outro, não passava de uma mentira.
Afinal, eu era Rose, e ele era Jack. Estávamos condenados desde o início com esses nomes. Quem poderia esperar mais alguma coisa?

Clichê sobre casamento de conveniência? Check.
Mocinho mal humorado? Check.
Mocinha forte e engraçada? Check.
Referências a Titanic? Check.
E cinco estrelas por isso rs.

Hey pessoal, tudo bom por aí? Hoje vim contar um pouco sobre a história de Casamento Para Um. O livro é sobre Jack e Rose. Sim!!! Os protagonistas se chamam Jack e Rose, mas fiquem tranquilos que ninguém aqui vai morrer num trágico acidente de navio. Amém!

Continue lendo
17dez • 20 Clichê, jovem adulto, literatura estrangeira, Meagan Brandy, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #338 Fake It Til You Break It

Título: Fake It Til You Break It
Autor: Meagan Brandy
Editora: Independente
Gênero: Jovem Adulto/ Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 367
Ano: 2020
Classificação: 4 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Falso.
Isso é o que somos.
Foi assim que concordamos em ser. Então, por que isso parece tão real?
Eu pensei que teria sido mais difícil, convencendo todos os receptores principais da nossa escola eram meus e apenas meus, mas eu estava errado. Nós desempenhamos nossas partes tão bem que as linhas entre nós começaram a ficar borradas até desaparecerem completamente. A questão de fingir, no entanto, alguém é sempre melhor nisso, e quando percebi meu erro, não havia como voltar atrás. Eu me apaixonei por nossa mentira.
E então tudo desmoronou. Acabou que ele e eu nunca estávamos jogando o mesmo jogo. Ele não teve que me quebrar para vencer.
Mas ele fez de qualquer maneira.

Hey galera! Aviso! Apesar de não ser um New Adult, os amantes do gênero vão gostar. A sinopse desse livro me conquistou de cara, um clichê de namoro falso? Tô dentro!

Nico e Demi eram amigos quando mais jovens, mas acabaram se afastando conforme os anos foram passando, até que se tornam parceiros na aula de química… hummm rs. Porém essa união surpreendeu e muito nossa mocinha, ela tinha uma quedinha por outro rapaz e tinha certeza que ser parceira dele esse ano mudaria seu status de single ladie. Ela só não contava com a recusa do professor em alterar as duplas e Demi se viu “presa” a Nico por todo o ano.

Continue lendo