drama

Resenha #271 Dear Aaron

Por Barbara em 29 maio • 2019
drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019

Posts arquivados em: Tag: verus

01fev • 19 Jamie McGuire, jovem adulto, literatura estrangeira, mistério, resenha, Romance, Verus

Resenha #245 Todas as Pequenas Luzes

Título: Todas as Pequenas Luzes
Autor: Jamie McGuire

Editora: Verus
Páginas: 350
Ano: 2018
Gênero: Jovem Adulto/Romance/ Literatura Estrangeira/Suspense
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Novo livro da autora da série best-seller Belo Desastre.

Quando Elliott Youngblood vê Catherine Calhoun pela primeira vez, ele é apenas um garoto com uma câmera nas mãos que nunca viu algo tão triste e tão belo. Os dois se sentem excluídos e logo se tornam amigos. Porém, no momento em que Catherine mais precisa dele, Elliott é forçado a sair da cidade. Alguns anos depois, Elliott finalmente retorna, mas ele e Catherine agora são pessoas diferentes. Ele é um atleta bem-sucedido, e ela passa todo o tempo livre trabalhando na misteriosa pousada de sua mãe. Catherine ainda não perdoou Elliott por abandoná-la num momento difícil, mas ele está determinado a reconquistar a amizade dela ― e a ganhar seu coração. Bem quando Catherine está pronta para confiar outra vez em Elliott, ele se torna o principal suspeito em uma tragédia local.

Apesar da desconfiança de todos na cidade, Catherine se agarra ao seu amor por Elliott. Mas um segredo devastador que ela esconde pode destruir qualquer chance de felicidade que os dois ainda têm.

Temos fãs da Jamie McGuire por aqui? Espero que sim! Rsrsrs

Hoje trago para vocês a resenha do seu mais recente lançamento, Todas as Pequenas Luzes. Olha, esse livro é completamente diferente do que eu esperava, sei que volta e meia vivo comprando gato por lebre nesse meio literário e os livros nunca são o que eu imaginava, mas esse bateu os recordes rs.

Bom, o livro conta a história de Elliott e Catherine. Ele costumava passar as férias de verão na casa da tia e toda vez observava a garotinha que morava na principal e maior casa da rua de sua tia. O dia mais marcante para ele é quando vê Catherine com o pai enterrando o cachorrinho da família que tinha morrido, ele está no alto da árvore que ficava no quintal da casa da garota tirando fotos e a tristeza dela o atrai a ponto de ele ficar horas e horas ali esperando e respeitando o luto de nossa mocinha.

Continue lendo