adulto

Resenha #231 Tight

Por Barbara em 21 ago • 2018

Posts arquivados em: Tag: Jovem Adulto

13set • 18 Fantasia, intrínseca, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #234 Sonhos com Deuses e Monstros

Título: Sonhos com Deuses e Monstros
Autor: Laini Taylor
Série: Feita de Fumaça e Osso #3
Editora: Intrínseca
Páginas: 560
Ano: 2015
Gênero: Fantasia/Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Dois mundos se equilibram na iminência de uma terrível guerra. Na Terra, os humanos recebem com êxtase os anjos e seu imperador, que pretendem angariar armas para um combate maligno. Jael nem desconfia de que, em Eretz, quimeras e Ilegítimos ensaiam unir forças na tentativa de alcançar a paz.
Karou assumiu o controle da rebelião quimera e, ao menos na batalha contra o inimigo em comum, está, finalmente, ao lado de Akiva. É uma versão distorcida do tão antigo sonho dos dois, uma esperança de futuro para seus povos. E, talvez, para o amor que eles sentem renascer.

 

É hora de dar Tchau
É hora de dar Tchau

E assim nos despedimos de mais uma trilogia emocionante. A verdade é que é gratificante encerrar uma série com uma opinião positiva. Já vou logo avisando, nem tudo é perfeito, mas vale muito a pena conhecer a história de Karou e Akiva.

O livro começa logo após os acontecimentos de Dias de Sangue e Estrelas. Uma união entre quimeras e Serafins nunca imaginada passa a existir. Enquanto isso, Jael chega a terra com uma grande parte do seu glorioso exército de anjos, e o óbvio acontece… passam a ser adorados pelos humanos.

Continue lendo

19jul • 18 lançamento, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Verus

Resenha #228 Correndo Descalça

Título: Correndo Descalça
Autor: Amy Harmon
Editora: Verus
Páginas: 349
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Um romance emocionante sobre amizade, amor e família, da autora de Beleza Perdida.

Quando Josie Jensen, uma desajeitada menina prodígio da música, conhece Samuel Yates, um garoto confuso e revoltado descendente dos índios Navajos, uma amizade improvável floresce. Apesar de ser cinco anos mais nova, Josie ensina a Samuel sobre palavras, música, sonhos, e, com o tempo, eles formam um forte vínculo de amizade.

Após se formar no colégio, Samuel abandona a cidadezinha onde vivem em busca de um futuro, deixando sua jovem amiga com o coração partido. Muitos anos depois, quando Samuel retorna, percebe que Josie necessita exatamente das coisas que ela lhe oferecera na adolescência. É a vez de Samuel ensinar a Josie sobre a vida e o amor e guiá-la para que ela encontre seu rumo, sua felicidade.

Profundamente romântico, Correndo Descalça é a história de uma garota do interior e um garoto indígena, sobre os laços que os ligam a suas casas e famílias e sobre o amor que lhes dá asas para voar.

 

Mais um livro da Amy Harmon.
Mais um 5 estrelas.

Não tem um livro dessa mulher que não tenha me tocado de uma forma profunda, virei fã em Beleza Perdida e agora, após 4 livros, ela se tornou uma das minhas autoras favoritas.

Em Correndo Descalça, livro de estreia da Amy, ela nos conta a tocante história de Josie e Samuel. Tudo começa na pequena cidade de Levan, é lá que Josie vive com o pai e irmãos. Muito cedo ela perdeu a mãe, e desde então ela meio que se comporta como uma mini adulta. Responsável e um tanto solitária, ela passou a cuidar de sua família, da casa, aprendeu a cozinhar e se tornou autossuficiente.

Continue lendo

30maio • 18 Desafio das GeLs, Fantasia, Globo Alt, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #221 A Rosa e a Adaga (A Fúria e a Aurora #2)

Título: A Rosa e a Adaga
Autor: Renée Ahdieh
Série: A Fúria e a Aurora #2
Editora: Globo Alt
Páginas: 364
Ano: 2017
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Inspirada nos clássicos contos do livro As mil e uma noites, produzidos entre os séculos XII e XVI, Renée Ahdieh criou uma história que conquistou leitores e chegou ao topo da lista de best-sellers do New York Times. A rosa e a adaga conclui o enredo de romantismo, traição, intrigas e mistério iniciado em A fúria e a aurora.

A jovem Sherazade chegou a acreditar que seu marido, Khalid, o califa de Khorasan, fosse um monstro. Mas por trás de seus segredos, ela descobriu um homem amável, atormentado pela culpa e por uma terrível maldição, que agora pode mantê-los separados para sempre. Refugiada no deserto com sua família e seu antigo amor, Tariq, ela concentra forças para quebrar a maldição e voltar a viver com seu verdadeiro amor.

Com uma narrativa envolvente e repleta de referências à cultura árabe, a autora desenvolve um universo de intriga política, magia negra e relações complexas. Os personagens, que em A fúria e a aurora já haviam conquistado o coração dos leitores, tornam-se ainda mais marcantes, profundos e sedutores.

 

Hey pessoal, chegou a hora de finalizar mais uma história… aaaahhhhh

Pois é, se você leu e amou A Fúria e a Aurora, com certeza vai se sentir muito satisfeito com o desfecho, mas prepare-se! Muitas tretas, mortes, revelações e novos personagens aparecem por aqui…

Então vamos para um breve resumo do enredo.

A sequência começa logo após os eventos finais de A Fúria com Khalid e Sherazade separados. Ele tentando reconstruir sua cidade que foi praticamente reduzida a pó após a tempestade, reorganizar seu exército e ainda lidar com tretas familiares. Já nossa mocinha está refugiada em um acampamento no deserto junto com sua família e o ex, Tariq. As situação está muito complicada para ambos. Uma guerra se aproxima e pode trazer fim ao reinado de Khalid, mas Sherazade não seria ela mesma se já não tivesse um plano em andamento rs.

Continue lendo

30abr • 18 Cassandra Clare, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Shadowhunters

Resenha #217 Senhor das Sombras (Os Artifícios das Trevas #2)

Título: Senhor das Sombras
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 2
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 602
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Literatura Estrangeira
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A ensolarada Los Angeles pode ser um lugar sombrio na continuação de Dama da Meia-Noite, de Cassandra Clare. Emma Carstairs finalmente conseguiu vingar a morte dos pais e pensou que com isso estaria em paz. Mas se tem uma coisa que ela não encontrou foi tranquilidade. Dividida entre o amor que sente pelo seu parabatai Julian e a vontade de protegê-lo das graves consequências que um relacionamento entre os dois pode trazer, ela começa a namorar Mark Blackthorn, irmão de Julian. Mark, por sua vez, passou os últimos cinco anos preso no Reino das Fadas e não sabe se um dia voltará a ser o Caçador de Sombras que já foi. Como se não bastasse, as cortes das fadas estão em polvorosa. O Rei Unseelie está farto da Paz Fria e decidido a não mais ceder às exigências dos Nephlim. Presos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar um modo de proteger tudo aquilo que mais amam — juntos e antes que seja tarde.

Aviso: Contém spoiler do livro anterior.

Não pensei que fosse dizer isso em um futuro próximo, mas Cassandra Clare me decepcionou, e nessa resenha você vai conhecer os motivos.

Porém antes um breve resumo sobre a história.

Senhor das Sombras é a continuação de Dama da Meia-Noite, lá no primeiro livro começamos a acompanhar a saga do Blackthorne em Los Angeles e os eventos que culminaram na descoberta da traição do feiticeiro Malcolm Fade, e seus planos para trazer seu antigo amor de volta à vida.

Continue lendo

29jan • 18 Fantasia, jovem adulto, resenha, Seguinte

Resenha #210 A Melodia Feroz (Monstros da Violência #1)

Título: A Melodia Feroz
Série: Monstros da Violência
Ordem: 1
Autor: Victoria Schwab
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Jovem Adulto
Páginas: 384
Ano: 2017
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.

 

“Monstro grandes e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você.
Corsais, corsais, dentes e garras,
Sombras e ossos abrirão as bocarras.
Malchais, malchais, cadavéricos e sagazes,
Bebem seu sangue com mordidas vorazes.
Sunais, sunais, olhos de carvão,
Com uma melodia sua alma sugarão.
Monstros grandes e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você!”

 

Primeiro livro lido e finalizado em 2018 \o/

A Melodia Feroz foi um livro que me deixou encucada só por causa desse título, é forte né? E música e literatura é uma perfeição só, então acabei comprando e esse foi o primeiro livro escolhido para eu ler no desafio dos 12 livros para 2018.

A história é sobre uma cidade chamada Veracidade, por causa do grande número de violência e maldade, aquilo que só existia nos sonhos e imaginação tomou vida. Sim, dos crimes mais cruéis e violentos nasceram três espécies de monstros. Os Corsais surgiram dos crimes que não envolvem mortes, os Malchais, dos assassinatos e os Sunais, os mais raros dos monstros – só existem três – que se originaram de grandes massacres.

Continue lendo

15jan • 18 best, best book, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, mistério, new adult, Romance

O Melhores de 2017 #Top3

Chegou o momento de elegermos os melhores de 2017, então se liga aí no top 3 das nossas melhores leituras do ano!

 

 

1. Estrela da Manhã

Esse livro, essa trilogia… é simplesmente sensacional! Eu lia e surtava a cada página e novo acontecimento, é uma trilogia que você definitivamente precisa dar um chance. Quer emoção? Então leia a trilogia Red Rising. Ah, tem resenha dos três livros aqui no blog. Clica no link aí confere.

2. Uma Tocha na Escuridão

Esse livro está aqui por motivos de Helene Aquilla. Sério, eu lia os caps dela e só queria aplaudir de pé, amo com força! Também tem resenha e você precisa ler e conhecer a série Uma Chama Entre as Cinzas.

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
08jan • 18 jovem adulto, literatura estrangeira, Novo Século, resenha dupla, Resenhas de Livros

Resenha #208 Eleanor & Park

Título: Eleanor & Park
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Gênero: Romance/Jovem Adulto
Páginas: 328
Ano: 2014
Classificação: Barbara 4 estrelas / Michelli 3 estrelas

Sinopse: Eleanor é a nova garota na cidade, e ela nunca se sentiu mais sozinha. Todas as roupas estranhas, cabelo ruivo caótico e uma vida familiar cheia de problemas, ela não poderia ficar mais de fora nem se tentasse. Então ela senta no ônibus ao lado de Park. Calmo, cuidadoso e, aos olhos de Eleanor, impossivelmente legal, Park acredita que ficar fora do caminho é o melhor jeito de sobreviver ao colegial. Devagar e instantaneamente, através das conversas tarde da noite e uma grande pilha de fitas, Eleanor e Park se apaixonam. Eles se apaixonam do jeito que sempre é a primeira vez, quando se tem 16 anos, e não há nada e tudo a perder. Ambientado no ano escolar de 1986, Eleanor e Park é chocante, engraçado, triste e verdadeiro, uma viagem nostálgica para quem nunca esqueceu seu primeiro amor.

Oi pessoal! 2018 chegou e o primeiro post é resenha dupla! Só para lembrar, cor roxa são palavras da Ba e vermelho de Mi. Enjoy!

Rainbow Rowell! Ainda não acredito que tenha um livro seu que eu não goste! rsrs. Sabe aquele livro que você abre e tem uma sensação estranha… tipo um desastre de trem e você está de fora sem poder fazer nada para impedir? Foi assim que me senti quando comecei a ler Eleanor e Park. – Barbara

Eleanor e Park me lembrou um pouco da música Eduardo e Monica de Legião Urbana kkk, dois opostos que se atraem. Um carinha que parece ter saído de uma banda de K-pop somando com uma gordinha cacheada e ruiva.
Quem aí se lembra do primeiro amor, aquele amor inocente e avassalador? É bem disso que se trata esse livro. Eu comecei a leitura com um pressentimento bem ruim em relação ao final, sorte que não foi a tragédia que eu esperava, mas também foi bem diferente do que eu tinha em mente. – Michelli

Continue lendo

Garotas Livros
GeL