Colleen Hoover

Resenha #344 Layla

Por Raquel em 23 jan • 2021
Aprilynne Pike

Resenha #341 Asas

Por Barbara em 09 jan • 2021

Categoria: Romance

26jan • 21 Beth O'Leary, Chick Lit, drama, intrínseca, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #346 A Troca

Título: A Troca
Autor: Beth O’Leary
Editora: Intrínseca
Páginas: 352
Ano: 2020
Gênero: Chick Lit / Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Leena Cotton tem 29 anos e sente que já não é mais a mesma. Eileen Cotton tem 79 e está em busca de um novo amor. Tudo de que neta e avó precisam no momento é pôr em prática uma mudança radical. Então, para colocar suas respectivas vidas de volta nos trilhos, as duas têm uma ideia inusitada: trocar de lugar uma com a outra.

Leena sabe que precisa descansar, mas imagina que a parte mais difícil será se adaptar à calmaria da cidadezinha onde a avó mora. Cadastrada em um site de relacionamentos, Eileen por sua vez embarca na aventura com a qual sonha desde a juventude. Dividindo o apartamento com dois amigos da neta, ela logo percebe que na cidade grande suas ideias mirabolantes não são tão complicadas assim.

Ao trocar não só de casas, mas de celulares e computadores, de amigos e rotinas, Leena e Eileen vão descobrir muito mais sobre si mesmas do que imaginam. E se tudo der certo, talvez destrocar não seja a melhor solução.

A Beth O’Leary conquistou nossos corações em Teto Para Dois, então quando um novo livro da autora foi anunciado as expectativas estavam na lua, e essa é a hora de vocês descobrirem o que achei de A Troca.

A premissa do livro é bem interessante e me fisgou de cara, começa assim: Leena é uma jovem mulher de sucesso, ela é uma das melhores do seu ramo e conquistou tudo em uma idade bem jovem, uma verdadeira workaholic. Ela mora em Londres, divide o apartamento com bons amigos, tem um namorado bacana e pretende abrir a própria empresa em breve.

Do outro lado dessa moeda nós temos Eileen, a avó de Lena que também se chama Eileen rs, bom ela vive em uma cidade mais pacata no interior da Inglaterra. Uma vida bem diferente da Eileen de Londres rs. Além do nome, sangue e amor mútuo que compartilham, essas duas mulheres estão em momentos delicados da vida e uma ideia surge, a de trocar de lugar.

Continue lendo
25jan • 21 Charme, Clichê, Ella Maise, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #345 Casamento para Um

Título: Casamento para Um
Autor: Ella Maise
Editora: Charme
Páginas: 464
Ano: 2020
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Eu e Jack fizemos tudo ao contrário. No dia que me atraiu para seu escritório – e que também foi o dia que nos conhecemos –, ele me propôs casamento. Qualquer um pensaria que um cara como ele – talvez um pouco frio, mas de uma beleza impressionante e muito inatingível – só faria esse tipo de proposta ao amor da sua vida, certo? Qualquer um pensaria que ele deveria estar loucamente apaixonado.

Não. A proposta foi feita a mim. Uma completa estranha, que nunca tinha ouvido falar dele. Uma estranha que fora dispensada pelo noivo algumas semanas antes. Qualquer um pensaria que eu iria rir na cara dele, chamá-lo de louco – e alguns outros nomes – depois ir embora o mais rápido possível. Bem… eu fiz todas essas coisas, exceto a parte de ir embora.

Demorou apenas alguns minutos para me convencer a aceitar o negócio… Bem, quero dizer, casamento, e apenas alguns dias para oficialmente nos enlaçarmos. O dia mais feliz da minha vida. Mágico. Regado a champanhe… Não. Foi o pior dia. Jack Hawthorne não era nada do que eu queria para mim.
Eu o culpei pelo meu lapso de julgamento. Culpei seus olhos, em um tom de oceano, que olhavam diretamente para os meus sem desculpas, e aquela carranca em seu rosto pela qual eu não tinha ideia de que ficaria tão fascinada com o tempo.

Pouco depois de ele dizer que eu era o maior erro da sua vida, as coisas começaram a mudar. Não, ele ainda não falava muito, mas qualquer um é capaz de proferir algumas palavras. Suas ações falaram mais alto para mim. E, dia após dia, meu coração começou a ter vontade própria.

Em um segundo, ele não era ninguém. No próximo, ele se tornou tudo.
Em um segundo, ele era inatingível. No outro, parecia ser completamente meu.
Em um segundo, pensei que estávamos apaixonados. No outro, não passava de uma mentira.
Afinal, eu era Rose, e ele era Jack. Estávamos condenados desde o início com esses nomes. Quem poderia esperar mais alguma coisa?

Clichê sobre casamento de conveniência? Check.
Mocinho mal humorado? Check.
Mocinha forte e engraçada? Check.
Referências a Titanic? Check.
E cinco estrelas por isso rs.

Hey pessoal, tudo bom por aí? Hoje vim contar um pouco sobre a história de Casamento Para Um. O livro é sobre Jack e Rose. Sim!!! Os protagonistas se chamam Jack e Rose, mas fiquem tranquilos que ninguém aqui vai morrer num trágico acidente de navio. Amém!

Continue lendo
16jan • 21 12 livros para 2020, Desafio das GeLs, José de Alencar, L&PM, Literatura Nacional, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #342 Senhora

Título: Senhora
Autor: José de Alencar
Editora: L&PM
Gênero: Romance/ Literatura Brasileira
Páginas: 272
Ano: 2017
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: José de Alencar publicou Senhora em 1875, quando o Romantismo vivia já seus últimos anos de glória. Ao lado de Diva e Lucíola, Alencar completa com Senhoraa trilogia com que se propôs a traçar “perfis” de mulher. São perfis marcados pela romântica passionalidade de mulheres que movem os romances urbanos de Alencar, ambientados no Rio de Janeiro do Segundo Império.

Em Senhora, Alencar tematiza o casamento por interesse, envolvendo Aurélia e Fernando num desgaste emocional que instigará o leitor até a situação final dos acontecimentos em nível da paixão humana.

É dia de clássico da literatura nacional por aqui. Senhora foi um dos livros que escolhi para o desafio de 12 livros para 2020, confesso que sempre quis ler essa história, mas acabei enrolado por N motivos, seu eu soubesse que iria gostar tanto com certeza teria lido mais cedo.

O livro vai nos contar a história de Aurélia, uma jovem que acabou de debutar na sociedade fluminense e é cercada de mistérios. De uma beleza ímpar, a jovem era órfã e ninguém sabia muito a seu respeito, mas logo fica claro que além da beleza ela era dotada de muita inteligência e uma fortuna enorme.

Continue lendo
09jan • 21 Aprilynne Pike, Bertrand Brasil, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #341 Asas

Título: Asas
Série: Fadas
Ordem: 1
Autor: Aprilynne Pike
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Fantasia/ Jovem Adulto/Literatura Estrangeira
Páginas: 287
Ano: 2011
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Laurel foi encontrada na porta da casa de seus pais adotivos e sempre estudou com a mãe. Aos quinze anos, após se mudar para uma nova cidade e se matricular em uma escola, sua vida muda completamente. Para começar, desde sempre solitária, ela ganha um grupo de amigos e um admirador apaixonado, David. E isso será apenas o início.

À primeira vista, Laurel é uma garota comum, com os problemas de qualquer adolescente. O que a diferencia, porém, é ter um segredo maravilhoso e perigoso: ela é uma fada e tem a missão de proteger o portal de Avalon.

Fantasia na área!

Sei que esse livro é um pouco antigo e provavelmente muitos de vocês conhecem a história, ainda mais se gostar de fantasia com fadas. A Mi tinha esse livro e resolveu ler para finalizar a série e me convidou para um Buddy Read. Eu gostei da premissa e achei interessante uma história que abordasse as fadas de um jeito que eu ainda não conhecia e não tinha lido.

Tudo começa quando Laurel se muda com a família para uma nova cidade. Nossa mocinha tem 15 anos e nunca estudou em uma escola regular, criada no interior e estudando em casa, ela tinha preferência por manter seu estilo de vida, principalmente agora que sua mãe insistia que ela frequentasse a escola rs.

Continue lendo
29dez • 20 Devney Perry, drama, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #340 Letters to Molly

Título: Letters to Molly
Série: Maysen Jar
Ordem: 2
Autor: Devney Perry
Editora: Independente
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance
Páginas: 300
Ano: 2019
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Molly Alcott não esperava abrir sua caixa de correio em uma manhã de verão e encontrar uma velha carta enfiada entre as contas e um panfleto de supermercado. Escrita com letra familiar, datada de mais de quinze anos, a carta foi escrita para Molly depois de seu primeiro encontro com o homem que ela nunca esquecerá.
Semana após semana, novas cartas apareceram. Cada uma delas marca um evento na história de seu épico caso de amor. Cada uma cura uma ferida. Cada uma detém a confissão do homem que ainda possui o coração de Molly.
As cartas estão cheias de promessas, esperança e amor, mas, verdade seja dita, Molly deseja poder não ler todas elas.
Porque o homem que escreveu estas cartas não é quem as envia.

Eu amo um livro com drama entre casais e com segundas chances para o amor. Amo com força! Letters to Molly é exatamente assim.

Finn e Molly estão divorciados a seis anos, são pais dedicados de duas crianças e vivem suas vidas com muita tranquilidade. Finalmente eles encontraram aquele equilíbrio para fazer a família e o relacionamento com os filhos funcionar de maneira saudável. Molly parece que finalmente está pronta para um novo relacionamento, decidida a investir no vizinho simpático, trocou de carro, já aceita o fato de Finn ter uma namorada fixa e todos estão bem com o momento atual.

Continue lendo
22dez • 20 Amy Harmon, Fantasia, Ficção, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #339 The Bird and The Sword

Título: The Bird and The Sword
Série: The Bird and The Sword Chronicles
Ordem: 1
Autor: Amy Harmon
Editora: Independente
Gênero: Fantasia/ Literatura Estrangeira/ Romance
Páginas: 338
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Engula, Filha, coloque para dentro essas palavras que paíram em
seus lábios. Tranque-as profundamente dentro de sua alma,
esconda-as até elas terem tempo para crescer. Feche sua boca
sobre o poder, não amaldiçoe, não cure, até chegar a hora. Você
não falará e não cantará, você clamará pelo céu ou o inferno.
Você aprenderá e você prosperará. Silêncio, filha. Mantenha-se
viva.
O dia em que minha mãe foi morta, ela disse ao meu pai que eu não falaria novamente, e ela lhe disse que se eu morresse, ele morreria também. Em seguida, ela previu que o rei trocaria sua alma e perderia seu único filho para o céu.
Meu pai deseja o trono, e ele está esperando nas sombras que todas as palavras de minha mãe venham a acontecer. Ele quer
desesperadamente ser rei, e eu só quero ser livre.
Mas a liberdade exigirá uma fuga, e eu sou uma prisioneira da maldição de minha mãe e da ganância de meu pai. Eu não posso falar ou emitir um som, e eu não posso empunhar uma espada ou enganar um rei. Em uma terra repleta de encantamento, o amor pode ser a única mágica que resta, e quem poderia amar… um pássaro?

Hey pessoal! É dia de Amy Harmon no blog, e Amy Harmon escrevendo fantasia, então preparem-se, porque essa história merece sua atenção e ser sua próxima leitura! Vamos lá?

The Bird and The Sword é o primeiro livro da série The Bird and The Sword Chronicles. Aqui nós vamos conhecer o reino de Jeru, inicialmente ele é governado por Zoltev, um rei muito cruel e poderoso, que fez com que seu maior objetivo de vida fosse destruir todas as pessoas que tivessem habilidades especiais.

“O medo faz de nós todos fracos”

No universo que Amy Harmon criou, existem quatro habilidades especiais com as quais as pessoas poderiam nascer dotadas, são elas: Os Tellers, aqueles que tem o dom de falar algo e isso acontecer futuramente, como profetas; Os Spinners, pessoas capazes de criar coisas valiosas com as mãos, como o mais puro ouro; Os Healers, os que possuíam o dom da cura; e os Changers, que eram os que conseguiam se transformar em outras coisas como animais.

Continue lendo
17dez • 20 Clichê, jovem adulto, literatura estrangeira, Meagan Brandy, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #338 Fake It Til You Break It

Título: Fake It Til You Break It
Autor: Meagan Brandy
Editora: Independente
Gênero: Jovem Adulto/ Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 367
Ano: 2020
Classificação: 4 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Falso.
Isso é o que somos.
Foi assim que concordamos em ser. Então, por que isso parece tão real?
Eu pensei que teria sido mais difícil, convencendo todos os receptores principais da nossa escola eram meus e apenas meus, mas eu estava errado. Nós desempenhamos nossas partes tão bem que as linhas entre nós começaram a ficar borradas até desaparecerem completamente. A questão de fingir, no entanto, alguém é sempre melhor nisso, e quando percebi meu erro, não havia como voltar atrás. Eu me apaixonei por nossa mentira.
E então tudo desmoronou. Acabou que ele e eu nunca estávamos jogando o mesmo jogo. Ele não teve que me quebrar para vencer.
Mas ele fez de qualquer maneira.

Hey galera! Aviso! Apesar de não ser um New Adult, os amantes do gênero vão gostar. A sinopse desse livro me conquistou de cara, um clichê de namoro falso? Tô dentro!

Nico e Demi eram amigos quando mais jovens, mas acabaram se afastando conforme os anos foram passando, até que se tornam parceiros na aula de química… hummm rs. Porém essa união surpreendeu e muito nossa mocinha, ela tinha uma quedinha por outro rapaz e tinha certeza que ser parceira dele esse ano mudaria seu status de single ladie. Ela só não contava com a recusa do professor em alterar as duplas e Demi se viu “presa” a Nico por todo o ano.

Continue lendo
03dez • 20 adulto, Erótico, ficção científica, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Ruby Dixon

Resenha #336 Ice Planet Barbarians

Título: Ice Planet Barbarians
Série: Ice Planet Barbarians
Ordem: 1
Autor: Ruby Dixon
Editora: Independente
Gênero: Ficção Científica/ Literatura Estrangeira/ Erótico
Páginas: 188
Ano: 2015
Classificação: 2,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Você acha que ser abduzida por alienígenas seria a pior coisa que poderia acontecer comigo. Você está errado. Porque agora, os alienígenas estão tendo problemas com navios e eles deixaram sua carga de mulheres humanas, inclusive eu, em um planeta de gelo.
E o único habitante nativo que conheci? Ele é grande, chifrudo, azul e realmente tem algo por mim…
Esta é uma história completa e inacreditável

Gente, eu nunca tinha lido livro com Aliens, só A Hospedeira que é uma história totalmente diferente, mas ficção científica e romance erótico com Aliens como protagonistas? Jamais! Ao conhecer Ice Planet Barbarians e toda a série, descobri que existe todo um mundo desse gênero, várias autoras e várias séries! É, a cada dia uma nova descoberta nesse maravilhoso mundo da literatura rsrs.

Mas você está aqui para saber o que achei de IPB, vamos a um breve resumo!

O primeiro livro da série conta como algumas mulheres foram sequestradas do planeta terra e levadas para uma nave. Algumas delas são mantidas desacordadas e outras, a “carga extra”, estão bem cientes do que está acontecendo. Esse é o caso de Georgie, ela é uma das sequestradas para ser escrava sexual em outro planeta. De cara ela decide que não vai deixar de lutar e arma um plano com suas companheiras para tentar tomar a nave em que estão. Elas só não contavam com um acidente, e que seus captores as abandonariam em um outro planeta.

Continue lendo
10nov • 20 adulto, drama, Kate Stewart, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #333 Method

Título: Method
Autor: Kate Stewart
Editora: KLS Press
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Drama
Páginas: 410
Ano: 2019
Classificação: 4 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Hollywood é uma sedutora, uma trapaceira, um demônio que rouba almas. Casei com um ator de sucesso consciente que eu viria depois do seu ofício. Mas Lucas e eu somos um casal de ouro, um conto de fadas moderno.
Eu nunca duvidei do que nós construímos… Até a morte repentina do melhor amigo de Lucas provocar um escândalo e abalar a base do nosso relacionamento.
Eu escolhi Lucas como meu porto seguro… ele escolheu o papel de uma vida.
Nos próximos três meses, vou compartilhar minhas noites com um estranho, observando enquanto ele enterra sua dor, imerso em seu papel e vivendo como outra pessoa.
Já fizemos isso antes. Eu digo a mim mesma que é apenas outro filme, e ele vai voltar para mim.
Eu deveria saber que desta vez seria diferente.
Para ter meu marido de volta, vou precisar da força de dez homens. Acontece que vou ter que passar dois.

Depois que li meu primeiro livro da Kate Stewart, sabia que iria querer muito mais dela rsrs. Dito e feito! Cá estou eu para contar minha opinião sobre Method.

Comecei a leitura após conversar com as GeLs sobre esse estilo de atuação. O Método nada mais é que um estilo que muitos atores adotam quando vão compor seus personagens. Eles literalmente passam a viver como se fossem aquelas pessoas e por um período de tempo, abandonam suas personalidades para assumir a de seus personagens. Quando ouvi falar a primeira vez sobre o tema, achei bem interessante e muito louco, e após a conversa com as meninas, decidi investir e conhecer na “prática” como acontecia.

Lucas e Mila são casados há alguns anos, eles tem um relacionamento sólido, tranquilo e apaixonado. Lucas é uma estrela de Hollywood, já está entre os mais requisitados atores de sua geração e é considerado um grande artista. Já Mila não veio do mundo artístico, mesmo tendo crescido em LA, ela nunca se envolveu com esse lado glamoroso da cidade, até conhecer Lucas.

Continue lendo
27out • 20 Colleen Hoover, lançamento, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #332 Heart Bones

Título: Heart Bones
Autor: Colleen Hoover
Editora: Hoover Ink
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 338
Ano: 2020
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Vida e um sobrenome sombrio são as únicas duas coisas que os pais de Beyah lhe deram. Forçada a trilhar seu próprio caminho sozinha, Beyah está a caminho de coisas maiores e melhores, graças a ninguém além de si mesma.
Com apenas dois curtos meses separando-a do futuro que ela construiu para si mesma e do passado que ela deseja desesperadamente abandonar, uma morte inesperada deixa Beyah sem nenhum lugar para ir durante esse período.
Forçada a chamar seu último recurso, Beyah não tem outra opção a não ser passar o resto de seu verão em uma península no Texas com um pai que ela mal conhece.
O plano de Beyah é manter a cabeça baixa e deixar o verão passar sem problemas, mas seu novo vizinho Samson joga uma chave nesse plano.
Samson e Beyah não têm nada em comum na superfície. Ela vem de uma vida de pobreza e abandono; ele vem de uma família rica e privilegiada.
Mas, uma coisa que eles têm em comum é que ambos são atraídos por coisas tristes.
O que significa que eles são atraídos um pelo outro.
Com uma conexão quase imediata, muito intensa para eles continuarem negando, Beyah e Samson concordam em ficar no final de uma aventura de verão. O que Beyah não percebe é que uma correnteza está chegando e está prestes a arrastar seu coração para o mar.

Esse livro!
Ah, esse livro!

Colleen Hoover está de volta com esse livro que é pra te deixar com o coração na mão, chorar rios e aplaudir de pé. Eu fiz isso nessa exata ordem rs.

O livro conta a história de Beyah, ela mora com a mãe em um trailer, terminou a escola e está prestes a entrar na faculdade com uma bolsa de estudos. A vida dela é muito complicada, o relacionamento com a mãe é ruim, elas vivem em situação de pobreza, e desde cedo nossa mocinha precisou aprender a se virar para se manter viva. A relação com o pai também é distante, por morar em outro estado, ele não é presente na vida da Beyah.

Continue lendo
05out • 20 literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Tijan

Resenha #330 Enemies

Título: Enemies
Autor: Tijan
Editora: Independente
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 368
Ano: 2019
Classificação: 4 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Stone Reeves era meu vizinho, e eu o odeio desde a sexta série.
Lindo e carismático, ele se tornou o deus do futebol, enquanto eu me tornei a garota invisível da cidade.
Enquanto ele estudava futebol na primeira divisão, meu pai foi demitido.
Quando sua equipe venceu o campeonato nacional, minha mãe morreu no mesmo dia.
Ele foi a primeira escolha da NFL…
… enquanto eu tomei a pior decisão da minha vida.
Agora estou no Texas tentando juntar os pedaços da minha vida.
Mas, Stone está aqui.
Stone está em todo lugar.
Não importa que o desastre tenha atingido minha vida novamente.
Não importa que ele esteja tentando me consolar.
Não importa se ele é a mais nova obsessão do futebol no país.
Porque para mim, ele sempre foi e sempre será meu inimigo.

Livros da Tijan estão cada vez mais frequentes nesse blog né? Rsrs

Enemies foi indicação de uma leitora aqui do blog, vocês já estão cansados de saber que eu gosto muito de livros com esportistas e junta isso com New Adult, já estou na fila pedindo o meu rsrs. É o caso de Enemies.

Stone e Dusty cresceram juntos, mas como todas as crianças, chegou um momento em que se afastaram. Aí o Stone se tornou bem babaquinha e a vida desses melhores amigos de infância se tornou bem distinta.

A Dusty enfrentou situações bem difíceis em sua família, a perda da mãe e problemas financeiros após o pai perder o emprego serviram para afundar o futuro promissor de nossa mocinha. Já o Stone se tornou um astro do futebol americano, e não é futebol universitário, é a grande liga! Outro nível galera rsrs. Ele está vivendo o auge de sua carreira, muito famoso, popular e rico!

Continue lendo
15set • 20 12 livros para 2020, Desafio das GeLs, Dicas da Ba, drama, intrínseca, Lauren Groff, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #328 Destinos e Fúrias

Título: Destinos e Fúrias
Autor: Lauren Groff
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Drama
Páginas: 368
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Toda história tem dois lados. Todo relacionamento tem duas perspectivas. E às vezes a chave para um grande casamento não está em suas verdades, mas em seus segredos.

Aos 22 anos, Lotto e Mathilde são jovens, perdidamente apaixonados e destinados ao sucesso. Eles se conhecem nos últimos meses da faculdade e antes da formatura já estão casados. Seguem-se anos difíceis, mas românticos: reuniões com amigos no apartamento em Manhattan; uma carreira que ainda não paga as contas; uma casa onde só cabem felicidade e sexo bom. Uma década depois, o caminho tornou-se mais sólido. Ele é um dramaturgo famoso e ela se dedica integralmente ao sucesso do marido. A vida dos dois é invejada como a verdadeira definição de parceria bem-sucedida.
Porém, nem tudo é o que parece; toda história tem dois lados, e em um casamento essa máxima se faz ainda mais verdadeira. Se em Destinos somos seduzidos pela imagem do casal perfeito, em Fúrias a tempestuosa raiva de Mathilde se revela fervendo sob a superfície. Em uma reviravolta emocionalmente complexa, o que começou como uma ode a uma união extraordinária se torna muito mais.
Com profundidade e um emaranhado de tramas, a prosa vibrante e original de Destinos e fúrias comove, provoca e surpreende. Um romance sobre os muitos casamentos possíveis entre o amor, a arte e o poder e sobre os diferentes pontos de vista pelos quais essas combinações podem ser enxergadas.

Romance finalista do National Book Award de 2015 e do Kirkus Prize, eleito livro do ano pela Amazon e diversos veículos de imprensa, entre eles The Washington Post, Time, Slate e Kirkus Reviews.
Best-seller do The New York Times, Destinos e fúrias teve direitos de publicação vendidos para mais de 20 países.

Olá galera! Essa resenha é para todos que gostam de um bom romance com altas doses de realidade, que poderia muito bem ser a história de vida dos seus vizinhos ou até de seus pais. Sim, Destinos e Fúrias trabalha com a realidade e todos os segredos e verdades que envolvem um casamento.

Comprei esse livro na Bienal, numa promoção boa na Intrínseca. Creio que por não ter feito tanto sucesso, o livro ficou encalhado e eles baratearam para vender. O título de cara me chamou atenção e eu gosto de dramas familiares, desde que pus as mãos nele, eu senti uma vibe positiva de que eu iria gostar. Confesso que enrolei para começar a ler, mas não me arrependo. Foi no momento certo e valeu a expectativa.

Destinos e Fúrias conta a história de Mathilde e Lotto, suas infâncias, como se conheceram, se casaram e todas as peculiaridades que envolve um casamento. A primeira parte é narrada pela perspectiva de Lotto, e apesar do livro não ser em primeira pessoa, conseguimos facilmente entende-lo.

Continue lendo
1 2 3 10