Posts arquivados em: Tag: 4 estrelas

09maio • 22 12 livros para 2022, Agatha Christie, Haper Collins Brasil, literatura estrangeira, Literatura Inglesa, mistério, Policial, resenha, Suspense

Resenha #410 Um Pressentimento Funesto

Título: Um Pressentimento Funesto
Autor: Agatha Christie
Editora: Haper Collins Brasil
Páginas: 253
Ano: 2017
Gênero: Mistério/ Literatura Estrangeira/ Romance Policial
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Envolver-se em tramas perigosas é uma especialidade do casal de aventureiros Tommy e Tuppence Beresford. Desta vez, durante uma visita a um asilo de senhoras, Tuppence vê um quadro que retrata uma casa que não lhe parece totalmente estranha. Lá, também conhece uma anciã que lhe fala de um menino morto escondido em uma chaminé. Pouco tempo depois, a velha senhora abandona o asilo sem dar qualquer explicação. Disposta a descobrir o paradeiro dela, Tuppence decide encontrar a casa misteriosa e acaba deparando-se com um assassino perverso.

Hey galera! É hora de Agatha Christie nesse blog!

Um pressentimento funesto foi o sexto livro da autora que li, já posso me considerar fã dela? Acho que sim hein! Nesse livro eu fui apresentada ao casal Tommy e Tuppence Beresford, eu ainda não conhecia suas aventuras e como os outros personagens da rainha do mistério, eles vão precisar resolver um mistério rs.

Tudo começa quando o casal vai visitar a tia de Tommy em uma casa de repouso, Tuppence acaba esperando o marido em uma sala de espera, já que tia Ada não ia muito com a cara dela. Enquanto espera, ela começa a conversar com a sra. Lawrence. A boa velhinha diz algumas coisas sem pé nem cabeça e isso faz com que Tuppence fique bem curiosa.

Continue lendo
21abr • 22 A. S. Teague, adulto, drama, Esportes, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #409 The Hardest Hit

Título: The Hardest Hit
Autor: A. S. Teague
Editora: Independente
Páginas: 300
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Melanie Holstein é a mulher que deixei escorregar pelas pontas dos dedos.
Uma noite em Las Vegas, com a mulher apaixonante que dava o melhor de si, foi o suficiente para eu saber que ela é a única. Exceto por alguns pequenos problemas.
Sou Aiden Shaw, o quarterback estrela de um time que fica a quinhentas milhas de distância de sua casa em Atlanta. Ela não quer filhos e eu tenho três garotos barulhentos que ocupam todo o meu tempo livre.
O momento para nós nunca parece certo e, depois de tantas conexões perdidas, eu quase desisti de nós.
Até minha carreira dar uma guinada devastadora.
Mel é a primeira ao meu lado, determinada a me recompor. Ignorando minha amargura e dor, ela cura mais do que apenas minha perna machucada e, finalmente, parece haver um futuro para nós. Mas a senhora sorte nunca esteve do nosso lado.
E a próxima tragédia que nos persegue pode ser a mais dura de todas.

Alô galera fã de livros com esportistas, essa resenha é para vocês!

The Hardest Hit é o segundo livro da série The Hardest, o primeiro vocês podem conferir a resenha aqui. Eu amei o primeiro e naturalmente não poderia deixar de ler a sequência. Bom, nesse livro nós vamos acompanhar a história de Melanie e Aiden. Eles se conhecem na mesma noite que Griff e Brooke, mas diferente deles, a noite em Vegas não rendeu um bebê rsrs. A verdade é que eles tiveram uma noite muito divertida, mas pode ir parando com esses pensamentos impuros! Eles realmente se divertem apenas conversando e a noite só rende uma amizade.

Os anos passam e esses dois vivem em um eterno desencontro, a atração é forte e mútua, mas eles nunca estão na mesma página, por morarem em cidades diferentes e viverem suas vidas, era realmente difícil fazer um relacionamento real acontecer. Eles permanecem amigos e trocando mensagens, mas não evolui.

Continue lendo
09abr • 22 12 livros para 2022, Desafio das GeLs, Fantasia, Galera Record, Holly Black, jovem adulto, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #408 O Príncipe Cruel

Título: O Príncipe Cruel
Série: O Povo do Ar
Ordem: 1
Autor: Holly Black
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Estrangeira/ Jovem Adulto/ Fantasia/ Literatura Americana
Páginas: 374
Ano: 2018
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Primeiro livro da mais nova série de Holly Black. Conheça a impressionante história de uma garota mortal que se vê presa em uma teia de intrigas reais.

Jude tinha 7 anos quando seus pais foram assassinados e foi forçada a viver no Reino das Fadas. Dez anos depois, tudo o que ela quer é ser como eles – lindos e imortais – e realmente pertencer ao Reino das Fadas, apesar de sua mortalidade. Mas muitos do povo das Fadas desprezam os humanos.

Especialmente o Príncipe Cardan, o filho mais jovem, mais bonito e mais cruel do Grande Rei. Para ganhar um lugar na Alta Corte, ela deve desafiá-lo… e enfrentar as consequências. Envolvida em intrigas e traições do palácio, Jude descobre sua própria capacidade para truques e derramamento de sangue.

Mas, com a ameaça de uma guerra civil e o Reino das Fadas por um fio, Jude precisará arriscar sua vida em uma perigosa aliança para salvar suas irmãs, e o próprio Reino. Com personagens únicos, reviravoltas inesperadas, e uma traição de tirar o fôlego, este livro vai deixar o leitor pedindo bis – querendo mergulhar de cabeça na continuação deste universo.

Hey galera, hoje é dia de comentar com vocês as minhas impressões sobre esse livro que é um dos mais pesquisados do blog. O Príncipe Cruel faz parte do desafio 12 livros para 2022 e ainda foi o livro de estreia do nosso Clube de Leitura, vocês podem conferir a discussão clicando aqui no link.

Com isso dito, vamos para um breve resumo.

O livro vai contar a história de Jude, uma adolescente que foi criada no reino das fadas. Ela e suas irmãs foram levadas para lá por Madoc, o general do Grande Rei, e elas foram criadas como filhas dele e como pertencentes à nobreza, porém Jude e sua irmã gêmea Tarryn são humanas e as fadas não são muito tolerantes com humanos.

Continue lendo
23mar • 22 Literatura Americana, literatura estrangeira, Paralela, resenha, Romance, Taylor Jenkins Reid

Resenha #406 Evidências de uma traição

Título: Evidências de uma traição
Autor: Taylor Jenkins Reid
Editora: Paralela
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance/ Literatura Americana
Páginas: 101
Ano: 2021
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Querido estranho…

Uma jovem desesperada no sul da Califórnia se senta para escrever uma carta para um homem que ela nunca conheceu – uma escolha que mudará sua vida para sempre.

Meu coração te pertence, David. Mesmo sabendo que eu não te conheço…

Pouco a pouco, a correspondência entre Carrie Allsop e David Mayer revela os detalhes de um caso devastador entre seus cônjuges. Ao longo das cartas, eles confessam seus medos e compartilham sentimentos escondidos no fundo de suas almas, tentando decidir como seguir em frente.

Contada inteiramente por meio de cartas, Evidências de uma traição é uma história de decepções, mágoas e segredos, mas também de perdão e recomeços, e de como, no caso de algumas pessoas, a dor pode libertar.

Hey galera, chegou o momento de eu contar sobre a minha primeira experiência com um livro da Taylor. Ela é uma autora super hypada e eu confesso que tinha um pouco de receio de ler e não gostar, mas esse título em particular chamou a minha atenção. Evidências de Uma Traição traz uma premissa interessante, uma mulher que descobre estar sendo traída e decide entrar em contato com o marido da amante de seu marido. Tenso, certo?

Bom, essa é a Carrie. Ela descobriu uma carta de amor da amante de seu marido e ela toma a difícil decisão de entrar em contato com David, o outro traído da história. Eles começam a trocar cartas, onde nelas revelam seus sentimentos em relação ao que estava acontecendo entre seus cônjuges. O que começa como um casal revelando suas frustrações, acaba se tornando uma amizade e em seguida é fácil supor rs.

Continue lendo
18fev • 22 drama, jovem adulto, Kylie Scott, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #401 Trust

Título: Trust
Autor: Kylie Scott
Editora: Independente
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance/ Drama/ Jovem Adulto/ Literatura Americana
Páginas: 300
Ano: 2017
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Ser jovem tem tudo a ver com experiências: a primeira vez que você mata a escola, a primeira vez que você se apaixona … a primeira vez que alguém aponta uma arma para sua cabeça.
Depois de ser mantida refém durante um assalto na loja de conveniência local, Edie, de dezessete anos, vê sua atitude em relação à vida abalada. Não querendo suportar o esnobismo e o bullying em sua escola particular, ela se matricula na escola pública local, cruzando com John. O menino que arriscou a vida para salvar a dela.
Enquanto Edie está começando a ficar selvagem, John está apenas começando a se acalmar. Depois de anos festejando e traficando drogas com seu irmão mais velho, ele está se endireitando… chegando para a aula na hora e pensando sobre o futuro.
Um vínculo improvável cresce entre os dois enquanto John mantém Edie longe de problemas e a ajuda a ampliar seus horizontes. Mas quando ele a ajuda com outro primeiro, perder a virgindade, a amizade deles se complica.
Enquanto isso, Edie e John são puxados de volta para o mundo perigoso do qual escaparam por pouco. Eles tiveram sorte de sobreviver da primeira vez, mas desta vez eles têm mais a perder… um ao outro.

Hey pessoal, tudo bem com vocês? Eu gostei muito da minha primeira experiência lendo um livro da Kylie e por isso obviamente fui atrás de mais.

Trust é um jovem adulto que vai nos apresentar a John e Edie, eles vão se conhecer por causa de uma situação de quase morte. Ambos estavam em uma loja de conveniência quando um assaltante entra e os faz de refém. Ao final eles sobrevivem, mas não sem antes toda a situação deixa-los marcados e com um vínculo entre si.

O tempo passa e Edie passa a estudar na mesma escola que John, lá ela percebe que ele não era um cara muito certinho, e ela ainda está traumatizada com tudo o que viveu, então ela está pouco se lixando para os problemas e as consequências de suas atitudes. Edie vai viver uma fase destrutiva, e é John quem vai estar por perto para segurar as pontas da nossa mocinha.

Continue lendo
04jan • 22 Kylie Scott, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #391 Repeat

Título: Repeat
Autor: Kylie Scott
Editora: Independente
Páginas: 304
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Quando um ataque violento deixa Clementine Johns, de 25 anos, sem memória, ela é forçada a recomeçar. Agora ela tem que descobrir quem ela era e por que fez as escolhas que fez, o que inclui deixar o suposto amor de sua vida, o tatuador Ed Larsen, apenas um mês antes.
Ed mal pode acreditar quando sua ex aparece em seu estúdio de tatuagem sem nenhuma lembrança de seu passado, perguntando sobre a separação que quase o destruiu. A última coisa que ele precisa é de mais dor no coração, mas ele não consegue deixar ela ir novamente.
Eles deveriam se afastar para sempre ou seu amor merece uma repetição do desempenho?

Hey galera, tudo bom com vocês? Li recentemente esse livro e precisava vir comentar sobre com vocês.

O livro vai contar a história de Clementine, ela sofreu um atentado e acabou perdendo a memória. Ela está bem perdida quanto a quem é e sem ideia do que fazer quanto a seu futuro. Assim que recebe alta do hospital, ela passa a morar com a irmã e aos poucos vai reconstruindo a própria história. Nessa busca por sua identidade, ela acaba chegando a um estúdio de tatuagem e descobre que lá é o local onde seu ex trabalha.

Ed e Clem tiveram um longo relacionamento, moravam juntos e a vida parecia muito boa, até que tudo acabou. Seis meses depois, quando Clem aparece em seu estúdio, Ed fica verdadeiramente surpreso e mais ainda após saber o que tinha acontecido com ela. Aos poucos um vai voltando para a vida do outro, e apesar da relutância inicial de Ed e mais ainda da de seus amigos – eles conheciam a velha Clem e ela não foi muito legal com o boy rs – é meio inevitável que eles não se envolvam novamente.

Continue lendo
07dez • 21 Ficção, Literatura Nacional, Lu Fonseca, resenha, Resenha Publicitária, Resenhas de Livros

Resenha #388 Meu Campeão

Título: Meu Campeão
Série: Caminhos da Vida
Ordem: 1
Autor: Lu Fonseca
Editora: Uiclap
Gênero: Literatura Brasileira/ Romance/ Literatura Nacional
Páginas: 409
Ano: 2021
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Vinny Ferraz é um atleta, campeão e recordista brasileiro em medalhas olímpicas. Um acidente no auge de sua carreira provoca a perda de seus sonhos, seus objetivos e muito mais.

Ele precisa se reerguer das cinzas e recomeçar. Nem todo recomeço é fácil, mas é possível.

Ísis é uma mulher rica e bem realizada profissionalmente. Quando encontra Vinny pensa que sua vida está perfeita, mas uma perda desestabiliza sua vida equilibrada.

Duas almas machucadas que enfrentam as dificuldades e encontram no amor a força para recomeçar e construir novos sonhos. Juntos, aprendem que é possível seguir em frente e ser felizes!

Uma história que vai mexer com suas emoções.

Olá pessoal! Como vocês estão?
Hoje vim apresentar para vocês o livro Meu Campeão, da autora nacional Lu Fonseca. A história é sobre Vinny e Isis, eles se conhecem de uma forma bem inusitada, mas antes, me permitam fazer um recap até chegar o momento desse encontro.

O livro começa nos apresentando Vinny, ele é um jovem campeão olímpico na natação, um verdadeiro herói nacional que, com pouca idade, conquistou muitas medalhas e fama mundial, porém tudo muda em uma noite quando ele sofre um acidente que acaba de vez com a sua carreira. O carro que ele dirigia é atingido por um caminhão e ele acaba ficando preso nas ferragens. Quando Vinny recobra a consciência, ele está no hospital e com uma perna amputada.

O acidente é um divisor de águas na vida de nosso mocinho, mas esse é só o start para a verdadeira história, esse não é um livro para lamentar e sofrer pelas perdas e tragédias da vida, esse livro é sobre botar em prática aquele ditado, se a vida te dá limões… pelamor, faça uma bela de uma boa limonada!!!

Continue lendo
04dez • 21 AllBook Editora, Devney Perry, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #387 Desejos de Aniversário

Título: Desejos de Aniversário
Série: Maysen Jar
Ordem: 1
Autor: Devney Perry
Editora: AllBook Editora
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance/ Literatura Americana
Páginas: 324
Ano: 2021
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: UM ROMANCE SOBRE SEGUNDAS CHANCES.
Poppy Maysen carrega um diário na bolsa. As páginas foram preenchidas há muito tempo por um homem que desejava aventuras e que viveu plenamente e nunca deixou de fazê-la sorrir. Esse diário é a lista de desejos de aniversário dele, uma que Poppy prometeu completar.
Ela fará as coisas que ele mais desejou, porque, quem sabe, se conseguir finalizar a lista, talvez possa voltar a viver.
Poppy sabe que será difícil. Doloroso. Mas o que não imagina é que Cole entrará em sua vida.
Será que o homem que presenciou seu coração ser despedaçado será capaz de curá-lo de novo?

Hey galera, prontos para se apaixonarem por essa história emocionante? Então prepare-se e continue a leitura.

Desejos de Aniversário nos apresenta a história de Poppy, ela é uma jovem mulher que ficou viúva muito cedo. Ela perde seu marido após apenas um ano de casamento, ele é assassinado em um assalto, e esse acontecimento leva nossa mocinha a um estado profundo de depressão. Os anos passam, Poppy aos poucos vai se reerguendo e ela decidiu que esse era o ano de seguir em frente. Para isso ela resolve honrar os desejos de seu falecido marido, Jamie.

Jamie era um cara muito engraçado, amigo de todos e muito querido, ele vivia por suas boas ideias e em um ano, ele decidiu montar uma lista de desejos de aniversário, nada mais era do que pequenos (alguns nem tanto assim rs) desejos que ele gostaria de realizar em determinada idade. As ideias eram muitas, desde nadar em uma piscina de gelatina verde até dar um restaurante para Poppy.

Continue lendo
04nov • 21 Clichê, comédia romantica, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Sarah Adams

Resenha #384 The Cheat Sheet

Título: The Cheat Sheet
Autor: Sarah Adams
Editora: Independente
Páginas: 306
Ano: 2021
Gênero: Romance/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: É tarde demais para sair da friend zone?
Olá, meu nome é Bree Camden, e estou perdidamente apaixonada por meu melhor amigo e quarterback estrela Nathan Donelson (assim como metade da América, a julgar pelos tablóides e por quanto o cara namora).
O primeiro passo é admitir, certo?
Exceto que nunca posso admitir para ele, porque ele claramente não me vê dessa forma, e a última coisa que eu quero é que as coisas fiquem estranhas entre nós.
Nada além da boa e antiquada amizade platônica para nós!
Tudo está exatamente como eu gosto! Sim. Bem. (Não estou chorando, estou apenas descascando uma cebola.)
Nossa amizade está indo muito bem até que acidentalmente derramo meu feijão para um repórter depois de muita tequila, e agora o mundo parece pensar que Nathan e eu pertencemos um ao outro. Ah, e eu mencionei que temos que namorar publicamente por três semanas até depois do Super Bowl porque assinamos um contrato com… oops, esqueci que não posso contar a ninguém sobre isso!
O ponto principal é que agora meu melhor amigo está borrando todas as linhas e agindo de forma nada platônica, e estou apenas tentando evitar que meu corpo queime em chamas cada vez que ele me toca.
Como vou sobreviver a várias semanas de namoro falso com Nathan sem que nada mude entre nós?
Especialmente, quando quase meio que parece que ele está lutando por um resultado completamente diferente?
Envie ajuda.
XO Bree

Hey galera, tudo bem por aí?

Li The Cheat Sheet e durante a leitura eu só conseguia pensar o quanto gostaria de compartilhar as minhas impressões sobre esse livro com vocês. Vou fazer um pequeno resumo sobre a história, e já vou logo avisando, vocês que gostam de um clichê friends to lovers, vão amar essa história. Bora lá?

O livro vai contar a história de Bree e Nathan. Eles são amigos desde os tempos do colégio e não simplesmente bons amigos, mas melhores amigos. Um conta com o outro, confia no outro e são a pessoa mais importante da vida do outro. Isso te soa como amizade ou casamento? Kkk
Enfim, eles se importam e se amam de verdade, ao ponto de que se alguma namorada do Nathan não gostasse de Bree e pedisse para ele escolher entre as duas, a escolha seria a Bree sem pensar duas vezes. Pois é, esse é o nível rs.

Nathan é um jogador profissional de futebol americano, um quarterback, e após o fim dramático de um dos seus muitos relacionamentos aleatórios com garotas aleatórias, ele se vê em uma grande confusão. A garota vai para os jornais e revistas de fofoca falar mal do desempenho do nosso mocinho como amante kkk, Nathan pouco se importa, mas Bree se sente muito ofendida pelo seu amigo kkk.

Continue lendo
11set • 21 12 livros para 2021, Colleen Hoover, Galera Record, Literatura Americana, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #378 Essa Garota

Título: Essa Garota
Série: Slammed
Ordem: 3
Autor: Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Gênero: Romance /New Adult /Literatura Americana
Páginas: 336
Ano: 2014
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: O amor de Will e Layken enfrentou — e venceu — proibições, impedimentos, ciúme, tragédia. Mas, agora casados, os dois se sentem seguros do sentimento que os une.

Lake e Will estão em plena lua de mel, encantados com o futuro que têm pela frente. Lake quer saber tudo que há para saber sobre o marido — mesmo quando este se torna reticente quanto a despertar memórias dolorosas. Pouco a pouco, Lake convence Will a desembaraçar os nós da própria história e, pela primeira vez, seus mais íntimos sentimentos e pensamentos ganham voz.
Sob a ótica de Will, revisitamos os bons e maus momentos. E conhecemos alguns fatos chocantes. O futuro de Will e Lake agora depende de como os dois lidarão com essas revelações…

Hey galera, tudo bem com vocês? Hoje trago minhas impressões sobre o livro Essa Garota, terceiro da série Slammed. Se você não leu os primeiros livros, te aconselho a lê-los para entender a história desse livro e já aviso que você corre um leve risco de pegar spoiler aqui rs.

Com isso dito, vamos a um resumo da história.

Essa Garota vai nos apresentar os principais momentos do relacionamento entre Lake e Will, com a vantagem dessa vez, a história estar sendo contada por nosso mocinho poeta rs. Will e Lake acabaram de se casar, o tempo passou e as coisas estão encaminhadas na vida de ambos, eles finalmente podem desfrutar de uma vida a dois. É durante a lua de mel que o livro vai se passar, enquanto passam o dia juntos, nosso casal amorzinho vai relembrar momentos importantes e marcantes da história deles.

Continue lendo
07ago • 21 12 livros para 2021, Biblioteca Azul, clássico, distopia, Ficção, Literatura Americana, literatura estrangeira, Ray Bradbury, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #375 Fahrenheit 451

Título: Fahrenheit 451
Autor: Ray Bradbury
Editora: Biblioteca Azul
Páginas: 215
Ano: 2012
Gênero: Distopia / Literatura Americana/ Literatura Estrangeira/ Clássico
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Escrito após o término da Segunda Guerra Mundial, em 1953, Fahrenheit 451, de Ray Bradubury, revolucionou a literatura com um texto que condena não só a opressão anti-intelectual nazista, mas principalmente o cenário dos anos 1950, revelando sua apreensão numa sociedade opressiva e comandada pelo autoritarismo do mundo pós-guerra. Agora, o título de Bradbury, que morreu recentemente, em 6 de junho de 2012, ganhou nova edição pela Biblioteca Azul, selo de alta literatura e clássicos da Globo Livros, e atualização para a nova ortografia.

A singularidade da obra de Bradbury, se comparada a outras distopias, como Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, ou 1984, de George Orwell, é perceber uma forma muito mais sutil de totalitarismo, uma que não se liga somente aos regimes que tomaram conta da Europa em meados do século passado. Trata-se da “indústria cultural, a sociedade de consumo e seu corolário ético – a moral do senso comum”, segundo as palavras do jornalista Manuel da Costa Pinto, que assina o prefácio da obra. Graças a esta percepção, Fahrenheit 451 continua uma narrativa atual, alvo de estudos e reflexões constantes.

O livro descreve um governo totalitário, num futuro incerto, mas próximo, que proíbe qualquer livro ou tipo de leitura, prevendo que o povo possa ficar instruído e se rebelar contra o status quo. Tudo é controlado e as pessoas só têm conhecimento dos fatos por aparelhos de TVs instalados em suas casas ou em praças ao ar livre. A leitura deixou de ser meio para aquisição de conhecimento crítico e tornou-se tão instrumental quanto a vida dos cidadãos, suficiente apenas para que saibam ler manuais e operar aparelhos.

Fahrenheit 451 tornou-se um clássico não só na literatura, mas também no cinema. Em 1966, o diretor François Truffaut adaptou o livro e lançou o filme de mesmo nome estrelado por Oskar Werner e Julie Christie.

Olá para todos, hoje vim comentar com vocês as minhas impressões sobre o livro Fahrenheit 451. Um clássico distópico da literatura, e como boa fã de distopia que conheceu o gênero através de Jogos Vorazes, Divergente e semelhantes, decidi que era o momento de beber das fontes originais, e Fahrenheit 451 é um desses livros.

O livro começa com uma introdução do meu querido escritor Neil Gaiman, ele vai nos apresentar a história e dizer que ali vamos encontrar uma declaração de amor aos livros, mas que não é apenas isso. O livro é composto de diversos fatores e ele é muito mais do que uma pessoa possa te explicar. Fahrenheit 451 nos convida a uma reflexão e te exige interpretação de um mundo onde os livros são proibidos, onde bombeiros são pagos para incendiar e destruir aquilo que consideramos precioso: os livros.

Continue lendo
26jul • 21 K A Linde, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #371 On the Record

Título: On the Record
Série: Record
Ordem: 2
Autor: K. A. Linde
Editora: Independente
Gênero: Romance /Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 384
Ano: 2014
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Para a repórter política Liz Dougherty, o dia após a eleição era um novo dia de olhar para o futuro e dizer adeus ao passado, parece ser um momento adequado para iniciar um novo relacionamento.Mas sentimentos por seu ex ainda continuam…

18 anos +

Livro dois da série Record na área! Bora falar sobre ele, mas cuidado se você não leu o primeiro, vai encontrar leves spoilers sobre o final do livro anterior por aqui.

Vamos lá galera, o primeiro livro terminou com Liz decidindo que não era uma boa ideia continuar com Brady, o relacionamento às escondidas tinha potencial para acabar com as chances de eleição do jovem e promissor senador. Nas primarias está tudo acabado e o segundo livro começa no dia do resultado das eleições oficiais, é bem óbvio que Brady vai ganhar e após essa vitória, Liz coloca uma tampa no caixão desse relacionamento intenso e decide seguir em frente.

Nossa mocinha está em seu penúltimo ano na faculdade, com várias propostas boas para o futuro e iniciando um novo relacionamento com seu colega de jornal, Hayden. Ele era o editor do jornal da faculdade e estava ali no radar da Liz, mas ele nunca deixou claro que gostaria de investir em algo a mais com ela, e olha que nossa mocinha sempre teve uma quedinha por ele, mas após Brady, Hayden ficou meio que eclipsado.

Continue lendo
1 2 3 5