Categoria: resenha

23abr • 18 adulto, new adult, resenha, Romance

Resenha #216 A Conquista (Amores Improváveis #4)

Título: A Conquista
Autor: Elle Kennedy
Editora: Paralela
Gênero: New Adult/Romance/Adulto
Páginas: 336
Ano: 2017
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: De todos os jogadores do time de Hóquei da universidade de Briar, John Tucker se destaca por ser o mais sensato, gentil e amável. Diferente de seus amigos mulherengos, ele sonha mesmo é com uma vida tranquila- esposa, filhos e, quem sabe um dia, abrir um negócio próprio. Mas nem mesmo o cara mais calmo do mundo estaria preparado para o turbilhão de emoções que ele está prestes a enfrentar. Sabrina James é a pessoa mais ambiciosa, dedicada e batalhadora do campus. Seu jeito sério e objetivo é interpretado por muitos como frieza, mas ela não está nem aí para sua fama de antipática. Tudo o que ela quer é passar em Harvard, tirar ótimas notas e conquistar a tão sonhada carreira como advogada. Só assim ela conseguirá escapar de seu passado difícil e de sua família terrível. Um acontecimento inesperado vai desses jovens de cabeça para baixo. Tucker e Sabrina vão precisar se unir e rever seus planos para o futuro. Juntos, eles aprenderão que a vida é cheia de surpresas, e que o amor é a maior conquista de todas.

Aviso 1: Esse é um livro indicado para +18

Aviso 2: Pode conter spoilers para quem não leu os livros anteriores

Chegamos ao quarto e último livro dessa série que é só amor <3. Elle Kennedy nos proporcionou ótimos momentos de diversão com esses jogadores né!?

Em A Conquista é hora de conhecer a história de Tucker e Sabrina, o livro anterior terminou de forma chocante com Tucker revelando que seria papai em breve, agora é o momento de voltar um pouco no tempo e entender como tudo começou.

O Tucker, diferente dos amigos, é aquele cara que toda garota sonha. Bonito, charmoso, educado e cavalheiro aka um verdadeiro príncipe. Em uma noite num bar ele conhece Sabrina, uma garota de atitude, linda, um tantinho má e que não tem tempo para mimimi. No momento que os olhares se cruzam é game over galera.

Continue lendo

18abr • 18 adulto, book, literatura estrangeira, mistério, resenha, Romance, Suspense

Resenha #215 Uma Esposa Confiável

Título: Uma Esposa Confiável
Autor: Robert Goolrick
Editora: Ponto de Leitura
Gênero: Romance
Páginas: 359
Ano: 2009
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Um amor capaz de superar as piores traições. Sucesso de crítica e vendas nos EUA – primeiro lugar na lista de mais vendidos do The New York Times, o romance Uma Esposa Confiável, estreia literária de Robert Goolrick, autor do aclamado livro de memórias The End of the World as We Know It, conta uma história de paixão, desejos proibidos e morte.

Já lançado em mais de dez países, o livro narra um caso amoroso que supera as piores traições e pecados da vida. Tudo começa em 1907, numa cidadezinha gelada no interior do Wisconsin. Ralph Truitt, o homem mais poderoso da região, aguarda o trem que trará Catherine Land, sua nova esposa. Em sua bagagem, ela traz mais do que roupas e poucos pertences: uma garrafa azul, cujo conteúdo servirá para cumprir uma antiga promessa de vingança. O que nenhum deles espera, no entanto, é que forças do desejo e do amor mudassem seus planos traçados com tanto cuidado.

Uma esposa confiável é inspirado nas memórias de infância do autor, que cresceu ouvindo de seus pais e amigos as histórias dramáticas do sul dos Estados Unidos.

 

Eu comprei esse livro numa promoção na Livraria Leitura, tinham vários livros de bolso por lá e esse, pela sinopse, foi o que me ganhou. No mesmo dia comecei a leitura e não parei mais. O livro tem uma pegada de mistério que vai te instigando a continuar lendo e te prende totalmente à história. Ao mesmo tempo, senti um tom erótico que confesso, não esperava.

O livro gira em torno de três pessoas. Ralph é um homem muito rico, lá nos seus 50 e tantos anos e muito entristecido pelas tragédias que ocorreram ao longo de sua vida. Após 20 anos viúvo, ele decide que é o momento de dar uma nova chance para a felicidade. Ele quer se redimir do passado e recomeçar, para isso ele coloca um anúncio no jornal em busca de uma esposa. Estamos nos EUA de 1907, numa cidadezinha do interior de Wisconsin. Essa era uma prática muito comum e não difere muito dos aplicativos de encontro atuais né rs.

“Às vezes havia uma bondade sussurrada porque havia algo em Ralph, mesmo imóvel e em silêncio, capaz de comover um coração compassivo.”

Através desse anúncio ele conhece Catherine, uma mulher misteriosa que em suas cartas afirmava ser uma pessoa tranquila e sem pretensões e ao primeiro encontro, Ralph percebe que não é.

Continue lendo

11abr • 18 resenha, Resenhas de Livros, Romance de Época, romance histórico

Resenha #214 A Condessa de Camus

Título: A Condessa de Camus
Autor: Claire Phillips
Editora: Kindle Edition
Gênero: Romance de Época
Páginas: 346
Ano: 2016
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Lady Madeleine não conseguia entender como se perder na mata em uma noite de tempestade, perto da casa onde passou alguns dias com a sua família, acabaria por levá-la a casar-se com um dos maiores libertinos contumazes das Ilhas.
O Conde de Camus conhecido como um libertino, desejado pelas mulheres e invejado e odiado também por muitos de seus companheiros, foi forçado a um casamento que não esperava e nem desejava. Como havia terminado naquela situação?
Poderia um libertino reformar-se quando não desejava ser reformado? Ela poderia perdoá-lo e acreditar que eles poderiam chegar a ter um casamento real?

 

Às vezes, tudo o que a gente precisa é de um bom romance de época… né verdade?

Eu estava aleatoriamente passeando pelo meu kindle e resolvi que precisava ler esse livro, o título me atraiu, a sinopse também e então me joguei.

A história é sobre um casal que é forçado a se casar para evitar um escândalo. Nossa mocinha, Lady Madeleine é pega em uma situação um tanto quanto suspeita com um dos maiores libertinos da época – O Conde de Camus. Como ele é um cavalheiro, para proteger a jovem, propõe um casamento de conveniência.

Continue lendo

14mar • 18 internacional, new adult, resenha, Romance

Resenha #213 On a Tuesday

Título: On a Tuesday
Autor: Whitney G
Editora: WGW Books
Páginas: 216
Gênero: New Adult, Romance
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Em uma terça-feira
Nos conhecemos em uma terça-feira.
Nos tornamos melhores amigos, e então amantes em uma terça-feira.
E tudo se desfez em uma terça-feira

Charlotte Taylor tem três problemas sérios em minha opinião:
1) Ela me odeia. Ela também afirma que eu sou um idiota dominador com um ego enorme, arrogante. (Eu tenho algo enorme. Não é o meu ego, no entanto).
2) Ela leva nossas sessões de estudos de reforço muito a sério.
3) Ela é super sexy … E virgem.
Pelo menos, esses eram seus problemas antes
das nossas sessões de estudo começarem a
durar mais tempo do que deveriam.
Até que um beijo inocente se tornou em uma
centena de beijos indecentes, e até que ela se
tornou a primeira mulher que eu já me apaixonei.
O nosso futuro junto após a graduação deveria ser:
Futebol profissional para mim.
Faculdade de direito para ela.
Mas ela me deixou no final do semestre sem
Nenhuma explicação, e então desapareceu
completamente da minha vida.
Até hoje à noite.

Nós conhecemos em uma terça-feira.
Tornou-se tudo, então nada, em uma terça-feira.
E agora sete anos mais tarde, em uma terça-feira…

 

Hey galera! New Adult na área \o/

Eu comecei a ler esse livro muito aleatoriamente, tava fuxicando no kindle, lendo sinopses e aí decidi ler o primeiro capítulo de On a Tuesday… isso era por volta de 1 da manhã, eu só desliguei o kindle às 5 da manhã após finalizar a leitura kkk.

A história me prendeu já no primeiro capítulo. O casal que ficou separado por sete anos, o mocinho ainda apaixonado por ela e sem saber onde a garota estava, o mistério por trás dessa separação… Ih, me ganhou logo nas primeiras páginas!

Continue lendo

07mar • 18 Fantasia, Literatura Nacional, parceria, resenha

Resenha #212 Querubins – A Rebelião da Luz #3

Título: Querubins – A Rebelião da Luz
Autor: Martha Ricas
Editora: PenDragon
Páginas: 230
Gênero: Fantasia
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Rebeliões são perigosas, letais e incontroláveis. Elas revelam a verdadeira natureza daqueles que participam e dos que se opõem ao levante. Porém, uma vez iniciado, um conflito sempre divide lados e implica em escolhas.

Conheça mais sobre a guerra que derrubou os anjos do céu e entre na batalha interna travada por uma garota que desistiu de sua vida.
Salatiel é um querubim guerreiro tido em grandes honrarias, garantindo para si o título de Dourado. Contudo, suas habilidades em batalha aliadas ao intelecto criterioso acabam chamando a atenção de um dos querubins mais respeitáveis do Céu: Lúcifer. Forçado a ser treinado pelo obscuro mestre, Salatiel acaba deparando-se com opções que podem selar seu destino pela eternidade.

Hana Toshida é uma jovem cujas decisões a levaram ao que, para ela, é o fim da linha. Sem motivos para continuar vivendo, a garota leva seus dias pensando em quanto sua morte não faria diferença para ninguém além dela mesma. Até que um estranho vizinho cruza seu caminho com uma história para contar.

Querubins – A rebelião da luz é uma aventura épica dividida entre o Céu e a Terra, onde palavras ferem tanto quanto espadas e pensamentos conduzem a caminhos sem volta. Passeie pelos quarteis dos querubins, conheça a biblioteca do Pavilhão de Luz, ande pelas ruas da Tóquio contemporânea.

Entretanto, nunca se esqueça: estamos em guerra. Qual lado você escolherá? A vida humana ainda teria algum valor?​

 

Literatura nacional na área galera!!!
A Rebelião da Luz é o terceiro livro da série Querubins da nossa autora parceira Martha Ricas, e é definitivamente o melhor livro escrito pela Martha, e vou explicar os motivos.

Mas antes, um breve resumo sobre a história.

Continue lendo

19fev • 18 Chick Lit, desafio, Desafio das GeLs, literatura estrangeira, resenha, Verus

Resenha #211 A Pequena Livraria dos Corações Solitários #1

Título: A Pequena Livraria dos Corações Solitários
Série: A Livraria dos Corações Solitários
Ordem: 1
Autor: Annie Darling
Editora: Verus
Gênero: Chick Lit/Romance
Páginas: 308
Ano: 2017
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

 

Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes. Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. O primeiro livro da série A Livraria dos Corações Solitários!

 

Hey pessoal, como vocês estão?

Hoje a resenha é desse livro que só pela capa já dá pra perceber que é fofo né?!

A Pequena Livraria dos Corações Solitários, conta a história de Posy, uma jovem mulher que acabou de herdar uma livraria centenária, a Bookends. Essa livraria estava na família de sua antiga dona há muitos anos, mas seus tempos de glória se foram há tempos.

Em seu testamento, Lavinia – antiga dona, deixa para Posy, que era como uma neta para Lavinia, a missão de reformar a Bookends e fazer com que ela tivesse sucesso novamente. Em um prazo de dois anos, Posy deveria fazer a livraria gerar lucro ou então ela passaria para Sebastian, neto de Lavinia e ex-crush da nossa mocinha.

Continue lendo

29jan • 18 Fantasia, jovem adulto, resenha, Seguinte

Resenha #210 A Melodia Feroz (Monstros da Violência #1)

Título: A Melodia Feroz
Série: Monstros da Violência
Ordem: 1
Autor: Victoria Schwab
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Jovem Adulto
Páginas: 384
Ano: 2017
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.

 

“Monstro grandes e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você.
Corsais, corsais, dentes e garras,
Sombras e ossos abrirão as bocarras.
Malchais, malchais, cadavéricos e sagazes,
Bebem seu sangue com mordidas vorazes.
Sunais, sunais, olhos de carvão,
Com uma melodia sua alma sugarão.
Monstros grandes e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você!”

 

Primeiro livro lido e finalizado em 2018 \o/

A Melodia Feroz foi um livro que me deixou encucada só por causa desse título, é forte né? E música e literatura é uma perfeição só, então acabei comprando e esse foi o primeiro livro escolhido para eu ler no desafio dos 12 livros para 2018.

A história é sobre uma cidade chamada Veracidade, por causa do grande número de violência e maldade, aquilo que só existia nos sonhos e imaginação tomou vida. Sim, dos crimes mais cruéis e violentos nasceram três espécies de monstros. Os Corsais surgiram dos crimes que não envolvem mortes, os Malchais, dos assassinatos e os Sunais, os mais raros dos monstros – só existem três – que se originaram de grandes massacres.

Continue lendo

24jan • 18 mistério, resenha, romance policial, Suspense

Resenha #209 Flores Partidas

Título: Flores Partidas
Autor: Karin Slaughter
Editora: Harper Collins
Gênero: Romance Policial/Suspense
Páginas: 400
Ano: 2017
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Irmãs. Estranhas. Sobreviventes.
Quando Lydia contou para a irmã que o cunhado havia tentado estuprá-la, Claire não acreditou. Dezoito anos depois, porém, tudo o que Claire achava saber sobre o marido se prova uma mentira. Quando vídeos escondidos no computador de Paul mostram uma face terrível do homem que ela julgava conhecer, Claire percebe que o drama de sua família tem muitas camadas, que precisarão ser descobertas antes que a assustadora verdade por fim venha à tona.

 

E as definições de psicopata foram atualizadas com sucesso!

Flores Partidas foi um dos livros finalizados em 2017, a Mi comprou na Bienal e como eu não conhecia nada da autora, deixei a oportunidade passar. Um tempo depois numa das minhas idas à livraria, a curiosidade foi mais forte, acabei comprando e logo iniciei a leitura.

Tudo começa quando Claire vê seu marido Paul sendo assassinado após uma tentativa de assalto. Isso abala a vida de Claire, uma mulher milionária, com uma vida aparentemente estável e completamente apaixonada pelo marido. Só que essa não é a primeira tragédia que aconteceu na vida de Claire.

Continue lendo

29dez • 17 best, best book, distopia, ficção científica, Globo Alt, resenha

Resenha #208 Estrela da Manhã (Red Rising #3)

Título: Estrela da manhã
Série: Red Rising
Ordem: 3
Autor: Pierce Brown
Editora: Globo Alt
Gênero: Sci-Fi/Distopia/Fantasia/Ficção Científica
Páginas: 632
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Darrow teria vivido em paz , mas seus inimigos trouxe-lhe guerra. Os senhores de ouro exigiram sua obediência, enforcaram sua esposa, e escravizou seu povo. Mas Darrow está determinado a revidar. Arriscando tudo para transformar a si mesmo e violar a sociedade dos Ouros, Darrow tem lutado para sobreviver as rivalidades acirradas ás quais reproduzem os mais poderosos guerreiros da Sociedade, ascendeu as fileiras, e esperou pacientemente para desencadear a revolução que vai rasgar a hierarquia por dentro.

Finalmente, chegou a hora .

Mas a devoção à honra e a sede de vingança são profundas em ambos os lados . Darrow e seus companheiros de armas enfrentam inimigos poderosos sem escrúpulos ou piedade . Entre eles estão alguns que Darrow uma vez considerou amigos. Para vencer, Darrow terá de inspirar aqueles acorrentados na escuridão para quebrar suas correntes , desfazer o mundo que seus mestres cruéis construíram, e reivindicar um destino há muito tempo negado – e glorioso demais para abandonar.

“Se seu coração está acelerado e sua calça molhada, é por ter o Ceifeiro chegado, pra receber sua dívida não paga.”

Uma aula de como encerrar uma trilogia com chave de ouro, isso é o que Pierce Brown fez em Estrela da Manhã. O livro já começa de forma tensa, nove meses após o final de Filho Dourado, tudo já tinha sido jogado no ventilador, Darrow preso, traições a torto e a esquerdo e mortes para deixar George Martin orgulhoso…

Filho Dourado nos deixou desamparados. Não tenho outra palavra para definir, e tenho certeza de que iria sofrer igual uma louca se tivesse que esperar o lançamento de Estrela da Manhã. Fãs que tiveram que esperar, vocês tem todo o meu respeito.

Continue lendo

07out • 17 jovem adulto, literatura estrangeira, resenha

Resenha #204 Without Merit

Título: Without Merit
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Páginas: 384
Gênero: YA, Jovem Adulto
Ano: 2017
Idioma: Inglês
Classificação: 5 estrelas
Adquira: ebook / físico

 
Sinopse: “Nem todo erro merece uma consequência. Tudo que merecem, às vezes, é perdão.”
 
A família Voss é tudo, menos normal. Eles vivem em igreja adaptada, recentemente batizada como Dollar Voss. A mãe, que já teve câncer, vive no porão. O pai é casado com a antiga enfermeira da mãe. O irmão mais novo não pode comer ou fazer nada divertido, e os irmãos mais velhos são irritantemente perfeitos. E então, existe a Merit.
 
Merit Voss coleciona troféus que ela não ganhou e segredos que sua família a força a guardar. Enquanto procura por um novo troféu em uma loja de antiguidades, ela encontra Sagan. Sua esperteza e idealismo indesculpável a desarmam e acendem uma nova faísca de vida dentro dela – até que ela descobre que ele é completamente indisponível. Merit se retrai ainda mais, vendo sua família de longe, quando ela descobre um segredo que troféu nenhum no mundo poderia consertar.
 
Cansada das mentiras, Merit decide destruir a ilusão de família feliz da qual ele nunca fez parte antes de deixá-los de uma vez por todas. Quando seu plano de escape falha, Merit é forçada a lidar com as consequências de contar a verdade e perder o único garoto que ela ama.
 
 
“Suas emoções e reações são válidas, Merit. 
Não permita que te digam o contrário. 
Só você pode senti-las.”
Without Merit mexeu tanto comigo que, dias após a leitura, eu ainda estou sem palavras. É fato que amo todo os livros da Colleen, mas a preciosidade do que ela criou aqui e o fato de que, em um mundo tão imerso em caos, alguém investiria seu tempo em uma história deste tipo me encanta.
Esta é a história de Merit, uma garota de dezessete anos emocionalmente complexa. A verdade é que, apesar de parecer uma garota comum, ela esconde segredos e cicatrizes profundas. Conforme avançamos na leitura podemos ver que sua família tem sérios problemas de relacionamento, o que a faz sentir-se cada vez mais insignificante. O fato de ter uma irmã gêmea também mexe com Merit. É como se sua irmã tivesse tudo e a tornasse invisível. E é por causa de tal irmã que Sagan entra em sua vida. Bom, vocês conhecem os mocinhos da Colleen. São todos lindos, fofos e apaixonantes, que fazem com que você caia de amores por eles em um piscar de olhos e coisa e tal. Sim, vocês sabem do que estou falando. Sagan é tudo isso…  e um pouco mais, mas está fora dos limites se apaixonar por ele, porque …. AHA! TE PEGUEI. Acho melhor deixar que vocês mesmos descubram.

Continue lendo

28set • 17 intrínseca, resenha

Resenha #201 Tony & Susan

Título: Tony & Susan
Autor: Austin Wright
Editora: Intrínseca
Gênero: Suspense/Thriller
Páginas: 334
Ano: 2011
Classificação: 3,5 estrelas
Compre o Livro

Sinopse: Há vinte e cinco anos, Susan Morrow deixou Edward Sheffield, seu primeiro marido. Certo dia, instalada confortavelmente na casa em que mora, com os filhos e o segundo marido, inesperadamente ela recebe, pelo correio, um embrulho que contém o manuscrito do primeiro romance escrito por Edward. Ele lhe pede que leia seu livro: Susan sempre foi sua melhor crítica, justifica. Tony e Susan, de Austin Wright, publicado originalmente nos Estados Unidos em 1993, ganha nova edição, dezoito anos depois de seu lançamento, por se tratar, segundo seus editores, da “mais impressionante obra de arte da ficção americana desde Revolutionary Road, de Richard Yeats”, publicado no Brasil como Foi apenas um sonho.
Ao iniciar a leitura, Susan é arrastada para dentro da vida do personagem Tony Hastings, um professor de matemática que leva a família de carro para a casa de veraneio no Maine. Quando a vida comum e civilizada dos Hastings é desviada de seu curso de forma violenta e desastrosa, Susan se vê novamente às voltas com seu passado, obrigada a encarar a própria escuridão e a dar um nome para o medo que corrói seu futuro e que vai mudar sua vida.

Tony e Susan foi um livro que comprei na bienal de 2013 ou 2015 numa promoção bem boa e acabei deixando o tempo passar sem ler, recentemente ele foi o escolhido para a leitura do mês das GeLs e fui com bastante sede ao livro porque esperava um suspense grandioso rsrs.

Tudo estava indo muito bem, história fluindo, narrativa sagaz e inteligente. Eu sentia que o livro ia em um crescente e me preparava para um desfecho no mínimo digno! E, bom…

Continue lendo

22set • 17 resenha

Resenha #200 Hollywood Dirt

Título: Hollywood Dirt
Autor: Alessandra Torre
Editora: Kindle Edition
Gênero: Romance
Páginas: 414
Ano: 2015
Classificação: 3 estrelas
Compre o Livro

Sinopse: Cole Masten. Foi abandonado por sua esposa Superstar, o marido perfeito de Hollywood agora é o solteiro mais sexy de Hollywood: festeiro e enroscando-se ainda mais difícil. Cuidado Los Angeles, há um novo bad boy na cidade.
Simmer Jenkins. Eu, uma garota presa na pequena cidade de Quincy, Georgia. Eu posso cozinhar um pouco de frango e dumplins, posso blefar para um homem em um jogo de poker arrancando as suas economias e fui eleita com a senior mais amigavel no meu último ano.
Nós éramos de mundos diferentes. Nossas vidas não deveriam ter colidido. Mas, em seguida, Cole Masten leu um livro sobre a minha pequena cidade. Seis meses depois, seu jato pousou na nossa pista empoeirada e trouxe Hollywood com ele.
Desde o início, eu sabia que ele era um problema. Para nossa cidade. E para mim.
Às vezes, os opostos não estão preparados para se atrair.

Hey pessoal! Sentiram falta de resenhas novas por aqui? Mês de bienal, muitas coisas acontecendo mas finalmente consegui tempo para escrever essa resenha.

Hollywood Dirt, segundo livro que li da Alessandra Torre, autora best-seller do New York Times, que é cheia de fãs em vários grupos de leitores de livros random rsrs, mas que ainda não foi publicada no Brasil! Não sei como…

Continue lendo

1 2 3 13