Clichê

Resenha 459 Lugar Feliz

Por Barbara em 16 maio • 2024

Categoria: A. S. Teague

21abr • 22 A. S. Teague, adulto, drama, Esportes, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #409 The Hardest Hit

Título: The Hardest Hit
Autor: A. S. Teague
Editora: Independente
Páginas: 300
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Melanie Holstein é a mulher que deixei escorregar pelas pontas dos dedos.
Uma noite em Las Vegas, com a mulher apaixonante que dava o melhor de si, foi o suficiente para eu saber que ela é a única. Exceto por alguns pequenos problemas.
Sou Aiden Shaw, o quarterback estrela de um time que fica a quinhentas milhas de distância de sua casa em Atlanta. Ela não quer filhos e eu tenho três garotos barulhentos que ocupam todo o meu tempo livre.
O momento para nós nunca parece certo e, depois de tantas conexões perdidas, eu quase desisti de nós.
Até minha carreira dar uma guinada devastadora.
Mel é a primeira ao meu lado, determinada a me recompor. Ignorando minha amargura e dor, ela cura mais do que apenas minha perna machucada e, finalmente, parece haver um futuro para nós. Mas a senhora sorte nunca esteve do nosso lado.
E a próxima tragédia que nos persegue pode ser a mais dura de todas.

Alô galera fã de livros com esportistas, essa resenha é para vocês!

The Hardest Hit é o segundo livro da série The Hardest, o primeiro vocês podem conferir a resenha aqui. Eu amei o primeiro e naturalmente não poderia deixar de ler a sequência. Bom, nesse livro nós vamos acompanhar a história de Melanie e Aiden. Eles se conhecem na mesma noite que Griff e Brooke, mas diferente deles, a noite em Vegas não rendeu um bebê rsrs. A verdade é que eles tiveram uma noite muito divertida, mas pode ir parando com esses pensamentos impuros! Eles realmente se divertem apenas conversando e a noite só rende uma amizade.

Os anos passam e esses dois vivem em um eterno desencontro, a atração é forte e mútua, mas eles nunca estão na mesma página, por morarem em cidades diferentes e viverem suas vidas, era realmente difícil fazer um relacionamento real acontecer. Eles permanecem amigos e trocando mensagens, mas não evolui.

Continue lendo
23maio • 20 A. S. Teague, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #315 The Hardest Route

Título: The Hardest Route
Autor: A. S. Teague
Editora: Independente
Páginas: 294
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Meus amigos costumavam me dizer que ‘o que acontece em Vegas fica em Vegas’.

Claramente eles mentiram porque, alguns meses depois de uma noite na cidade, descobri que meu caso de uma noite ficou grávida.

Eu não podia lidar com um bebê.

Eu era Griffin Rockwell, o melhor receptor que a liga de futebol americano já havia visto.

Mas que opção eu tinha? Minha filhinha estava chegando, quer eu estivesse pronto para ela ou não.

Brooke acabou sendo uma mulher e mãe incrível. Por sete anos, nós éramos o MVP1 da co-parentalidade – e até melhores amigos. Tudo mudou quando uma tragédia atingiu nossa família improvisada, e eu me deparei com a terrível possibilidade de perder a única mulher que acabei percebendo rapidamente que não poderia viver sem.

Eu estava no auge da minha carreira e no caminho para me tornar o melhor de todos os tempos. Mas manter minha família unida, com Brooke ao meu lado, pode ser o caminho mais difícil de todos.

Esse livro tinha tudo para ser mais um clichê que tanto amamos, confesso que comecei a ler pensando que seria uma história fofa entre um casal que começou um relacionamento de uma forma um tanto controversa. Não esperava ser surpreendida, mas fui.

The Hardest Route começa com nossos protagonistas se encontrando em Las Vegas (hummmm) e aquela máxima de “o que acontece em Vegas fica em Vegas” parece ser o lema de ambos. Durante a viagem, Brooke decide ter uma noite “imprudente” rs, ela conhece Griffin, que estava na cidade para comemorar que tinha sido escolhido para jogar em um grande time de futebol americano. Sim, nosso mocinho estava no auge da vida, ele só não imaginava que uma noite poderia mudar tudo.

Continue lendo