Clichê

Resenha #360 Bossman

Por Barbara em 01 maio • 2021
adulto

Resenha #356 The Dare

Por Barbara em 18 mar • 2021
It

Resenha #355 It: A Coisa

Por Raquel em 13 mar • 2021

Posts arquivados em: Mês: maio 2021

12maio • 21 Fantasia, Galera Record, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Sarah J. Maas

Resenha #361 Casa de Terra e Sangue

Título: Casa de Terra e Sangue
Série: Cidade da Lua Crescente
Ordem: 1
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Gênero: Fantasia/Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 896
Ano: 2020
Classificação: 2 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Metade feérica e metade humana, Bryce Quinlan ama sua vida. Durante o dia, ela trabalha para um negociante de antiguidades, vendendo artefatos mágicos ilegais. À noite, ela se diverte com os amigos, saboreando todos os prazeres que Lunathion – também conhecida como Crescent City – tem a oferecer. Mas tudo desmorona, quando um assassino implacável abala as estruturas da cidade – e do mundo de Bryce.

Dois anos mais tarde, seu trabalho se tornou um beco sem saída, e ela agora busca o esquecimento nas casas noturnas mais famosas da cidade. Mas quando o assassino ataca novamente, Bryce se vê arrastada para uma investigação e juntamente com um infame anjo Caído, cujo próprio passado brutal assombra todos os seus passos.

Hunt Athalar, assassino pessoal dos Arcanjos, não quer ter nada a ver com Bryce Quinlan, apesar de ter recebido ordens para protegê-la. Ela defende tudo o que ele, uma vez, se rebelou contra e parece mais interessada em se divertir do que resolver o assassinato. Não importa o quão perto de casa ela possa estar. Mas Hunt logo percebe de que há muito mais em Bryce do que aparenta, e que ele vai ter que encontrar uma maneira de trabalhar com ela, se quiser resolver o caso.

Enquanto Bryce e Hunt correm para desvendar o mistério, eles não têm como saber das ameaças que envolvem a cidade através do submundo, através dos continentes em guerra, até os níveis mais escuros do inferno, onde as coisas que estão dormindo durante milênios começam a despertar…

Com suspense e personagens inesquecíveis, essa nova série de fantasia ricamente criativa de Sarah J. Maas, explora a dor da perda, o preço da liberdade e o poder do amor.

Hey galera, finalmente vamos conversar sobre esse livro. A hype da Sarah está nas nuvens, a capa desse livro é linda e a promessa de uma fantasia mais madura me convenceram a iniciar a leitura de Casa de Terra e Sangue.

Vou fazer um breve resumo da história.

O livro vai nos apresentar a Bryce, uma semifeérica que trabalha em uma galeria de arte bem peculiar, na verdade, toda a vida da Bryce é bem peculiar rs. Ela é a melhor amiga de Danika, a alfa da matilha de lobos que patrulha a cidade em que vivem. Aí você me pergunta, que mundo é esse que mistura lobos, fadas e muito mais? É um mundo bem diverso e eu vou tentar explicar um pouco.

Bom, há muito tempo atrás os Asteri invadiram esse universo e passaram a dominá-lo. Como consequência, os humanos que lá existiam, em grande parte se tornaram escravos e ainda lutam pela libertação de seu universo. Junto com os Asteri chegaram os Vanir, que são toda a classe de seres sobrenaturais como Anjos, Feéricos, Bruxas, Lobos, Metamorfos, Sereias e muito mais.

Continue lendo
01maio • 21 Clichê, comédia romantica, EverAfter Romance, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Vi Keeland

Resenha #360 Bossman

Título: Bossman
Autor: Vi Keeland
Editora: EverAfter Romance
Páginas: 326
Ano: 2016
Gênero: Romance/Literatura Americana/ Literatura Estrangeira/ Comédia Romântica
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A primeira vez que encontrei Chase Parker, eu não fiz exatamente uma boa impressão. Eu estava me escondendo no corredor do banheiro de um restaurante, deixando uma mensagem para a minha melhor amiga me salvar do meu encontro horrível.
Ele ouviu e disse que eu era uma cadela, então começou a me oferecer alguns conselhos de namoro. Então eu disse-lhe para se preocupar com seu próprio maldito negócio, seu próprio, lindo, cheio de si maldito negócio, e voltei para o meu miserável encontro.
Quando ele passou pela minha mesa, ele sorriu, e eu vi sua arrogante, sexy bunda caminhar de volta para o seu encontro. Eu não poderia evitar espiar o idiota condescendente do outro lado da sala. Claro, ele me pegou em mais de uma ocasião, e piscou. Quando o estranho lindo e seu encontro igualmente quente de repente apareceram na nossa mesa, eu pensei que ele ia me dedurar. Mas em vez disso, ele fingiu que nos conhecíamos e se juntou a nós, contando elaboradas histórias embaraçosas sobre a nossa falsa infância.
Meu encontro de repente foi de chato a bizarramente emocionante. Quando acabou e nos separamos, eu pensei sobre ele mais do que eu jamais iria admitir, embora eu soubesse que nunca o veria novamente. Quer dizer, quais eram as chances de eu esbarrar com ele novamente em uma cidade com oito milhões de pessoas? Então de novo… Quais eram as chances de um mês depois ele acabar sendo meu novo chefe sexy?

Romance no escritório? Quero!

Esse livro vai contar a história muito engraçada e levemente dramática de Chase e Reese. Ela estava em um encontro terrível enquanto ele estava na mesa ao lado, também em um encontro, mas muito ligado no que acontecia na mesa da nossa mocinha. Até que num ato muito bem pensado, Chase acaba se sentando com Reese e seu “date”, finge que a conhece e eles desenvolve uma história de um passado em comum dos dois. Tudo mentira, obviamente, mas que serviu para animar a noite de ambos.

Depois desse interlúdio a vida segue, até que novamente Reese e Chase esbarram na academia. Já podemos dizer que desde o primeiro momento tinha pintado uma atração bem forte, mas entre piadas e trocas de histórias fakes, nada evolui. O tempo passa novamente e Reese estava em busca de um novo emprego, e o lugar onde ela acaba parando é justamente na empresa de Chase. Sim, nosso mocinho é um CEO gato e podre de rico rs #adooooro.

Continue lendo