Clichê

Resenha 459 Lugar Feliz

Por Barbara em 16 maio • 2024

Posts arquivados em: Mês: julho 2024

18jul • 24 12 livros para 2024, Clichê, De sangue e cinzas, Desafio das GeLs, Fantasia, Galera Record, Jennifer L Armentrout, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha 461 De sangue e cinzas

Compre o Livro

Quem me acompanha aqui no blog ou no canal sabe o quanto sou fã de fantasias, é um dos meus gêneros favoritos e sempre quando lança um livro novo eu dou uma chance, porém nem sempre funciona e foi esse o caso com De Sangue e Cinzas.

Uma grande decepção e vou te contar os motivos.

O livro vai contar a história de Poppy, ela é a donzela do seu reino, uma jovem criada com o objetivo de ser entregue aos deuses e por isso ela precisava ser digna, motivo que a fez crescer sendo super protegida. A vida de Poppy foi traçada desde o momento em que se tornou a favorita da rainha e a donzela, por isso ela tinha várias restrições, não podia se divertir, ter amizades, não podia nem mostrar o rosto para as pessoas, mas como uma boa jovem esperta, ela dava seu jeitinho de aproveitar a vida rs.

Continue lendo
04jul • 24 As Crônicas da Nárnia, C S Lewis, Fantasia, Haper Collins Brasil, Infantojuvenil, literatura estrangeira, Literatura irlandesa, resenha, Resenhas de Livros

Resenha 460 Príncipe Caspian

Compre o Livro

O Príncipe Caspian é o segundo livro a ser lançado e o quarto na ordem cronológica da história pensada e escrita por C. S. Lewis. 

É o momento oportuno – respondeu ele. – Eu observo os céus, texugo, porque compete a mim vigiar, como a você compete não esquecer. Tarva e Alambil encontraram-se nos salões do firmamento, e na terra voltou a surgir um filho de Adão para governar e dar nome às criaturas. A hora do combate soou. O nosso encontro no Gramado da Dança deve ser um conselho de guerra. 

Após o retorno dos Pevensie para o nosso mundo ao final d’O Leão, da Feiticeira e o Guarda-roupa, séculos de paz se passam em Nárnia sob o reinado dos Caspian, até que Caspian IX morre de forma misteriosa e seu irmão, Miraz, assume o trono, usurpando-o de Caspian X, o Príncipe Caspian. 

Nesses séculos entre a partida dos Pevensie e a morte de Caspian IX, a magia foi sendo tolhida e muitas pessoas não acreditam que esta um dia existiu. A forma como o livro fala sobre memória e como a falta de preservação dessa memória pode nos tornar ignorantes é interessante.  

Continue lendo