adulto

Resenha #231 Tight

Por Barbara em 21 ago • 2018

Categoria: jovem adulto

30maio • 18 Desafio das GeLs, Fantasia, Globo Alt, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #221 A Rosa e a Adaga (A Fúria e a Aurora #2)

Título: A Rosa e a Adaga
Autor: Renée Ahdieh
Série: A Fúria e a Aurora #2
Editora: Globo Alt
Páginas: 364
Ano: 2017
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Inspirada nos clássicos contos do livro As mil e uma noites, produzidos entre os séculos XII e XVI, Renée Ahdieh criou uma história que conquistou leitores e chegou ao topo da lista de best-sellers do New York Times. A rosa e a adaga conclui o enredo de romantismo, traição, intrigas e mistério iniciado em A fúria e a aurora.

A jovem Sherazade chegou a acreditar que seu marido, Khalid, o califa de Khorasan, fosse um monstro. Mas por trás de seus segredos, ela descobriu um homem amável, atormentado pela culpa e por uma terrível maldição, que agora pode mantê-los separados para sempre. Refugiada no deserto com sua família e seu antigo amor, Tariq, ela concentra forças para quebrar a maldição e voltar a viver com seu verdadeiro amor.

Com uma narrativa envolvente e repleta de referências à cultura árabe, a autora desenvolve um universo de intriga política, magia negra e relações complexas. Os personagens, que em A fúria e a aurora já haviam conquistado o coração dos leitores, tornam-se ainda mais marcantes, profundos e sedutores.

 

Hey pessoal, chegou a hora de finalizar mais uma história… aaaahhhhh

Pois é, se você leu e amou A Fúria e a Aurora, com certeza vai se sentir muito satisfeito com o desfecho, mas prepare-se! Muitas tretas, mortes, revelações e novos personagens aparecem por aqui…

Então vamos para um breve resumo do enredo.

A sequência começa logo após os eventos finais de A Fúria com Khalid e Sherazade separados. Ele tentando reconstruir sua cidade que foi praticamente reduzida a pó após a tempestade, reorganizar seu exército e ainda lidar com tretas familiares. Já nossa mocinha está refugiada em um acampamento no deserto junto com sua família e o ex, Tariq. As situação está muito complicada para ambos. Uma guerra se aproxima e pode trazer fim ao reinado de Khalid, mas Sherazade não seria ela mesma se já não tivesse um plano em andamento rs.

Continue lendo

30abr • 18 Cassandra Clare, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Shadowhunters

Resenha #217 Senhor das Sombras (Os Artifícios das Trevas #2)

Título: Senhor das Sombras
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 2
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 602
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Literatura Estrangeira
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A ensolarada Los Angeles pode ser um lugar sombrio na continuação de Dama da Meia-Noite, de Cassandra Clare. Emma Carstairs finalmente conseguiu vingar a morte dos pais e pensou que com isso estaria em paz. Mas se tem uma coisa que ela não encontrou foi tranquilidade. Dividida entre o amor que sente pelo seu parabatai Julian e a vontade de protegê-lo das graves consequências que um relacionamento entre os dois pode trazer, ela começa a namorar Mark Blackthorn, irmão de Julian. Mark, por sua vez, passou os últimos cinco anos preso no Reino das Fadas e não sabe se um dia voltará a ser o Caçador de Sombras que já foi. Como se não bastasse, as cortes das fadas estão em polvorosa. O Rei Unseelie está farto da Paz Fria e decidido a não mais ceder às exigências dos Nephlim. Presos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar um modo de proteger tudo aquilo que mais amam — juntos e antes que seja tarde.

Aviso: Contém spoiler do livro anterior.

Não pensei que fosse dizer isso em um futuro próximo, mas Cassandra Clare me decepcionou, e nessa resenha você vai conhecer os motivos.

Porém antes um breve resumo sobre a história.

Senhor das Sombras é a continuação de Dama da Meia-Noite, lá no primeiro livro começamos a acompanhar a saga do Blackthorne em Los Angeles e os eventos que culminaram na descoberta da traição do feiticeiro Malcolm Fade, e seus planos para trazer seu antigo amor de volta à vida.

Continue lendo

29jan • 18 Fantasia, jovem adulto, resenha, Seguinte

Resenha #210 A Melodia Feroz (Monstros da Violência #1)

Título: A Melodia Feroz
Série: Monstros da Violência
Ordem: 1
Autor: Victoria Schwab
Editora: Seguinte
Gênero: Fantasia/Jovem Adulto
Páginas: 384
Ano: 2017
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.

 

“Monstro grandes e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você.
Corsais, corsais, dentes e garras,
Sombras e ossos abrirão as bocarras.
Malchais, malchais, cadavéricos e sagazes,
Bebem seu sangue com mordidas vorazes.
Sunais, sunais, olhos de carvão,
Com uma melodia sua alma sugarão.
Monstros grandes e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você!”

 

Primeiro livro lido e finalizado em 2018 \o/

A Melodia Feroz foi um livro que me deixou encucada só por causa desse título, é forte né? E música e literatura é uma perfeição só, então acabei comprando e esse foi o primeiro livro escolhido para eu ler no desafio dos 12 livros para 2018.

A história é sobre uma cidade chamada Veracidade, por causa do grande número de violência e maldade, aquilo que só existia nos sonhos e imaginação tomou vida. Sim, dos crimes mais cruéis e violentos nasceram três espécies de monstros. Os Corsais surgiram dos crimes que não envolvem mortes, os Malchais, dos assassinatos e os Sunais, os mais raros dos monstros – só existem três – que se originaram de grandes massacres.

Continue lendo

15jan • 18 best, best book, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, mistério, new adult, Romance

O Melhores de 2017 #Top3

Chegou o momento de elegermos os melhores de 2017, então se liga aí no top 3 das nossas melhores leituras do ano!

 

 

1. Estrela da Manhã

Esse livro, essa trilogia… é simplesmente sensacional! Eu lia e surtava a cada página e novo acontecimento, é uma trilogia que você definitivamente precisa dar um chance. Quer emoção? Então leia a trilogia Red Rising. Ah, tem resenha dos três livros aqui no blog. Clica no link aí confere.

2. Uma Tocha na Escuridão

Esse livro está aqui por motivos de Helene Aquilla. Sério, eu lia os caps dela e só queria aplaudir de pé, amo com força! Também tem resenha e você precisa ler e conhecer a série Uma Chama Entre as Cinzas.

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
08jan • 18 jovem adulto, literatura estrangeira, Novo Século, resenha dupla, Resenhas de Livros

Resenha #208 Eleanor & Park

Título: Eleanor & Park
Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Gênero: Romance/Jovem Adulto
Páginas: 328
Ano: 2014
Classificação: Barbara 4 estrelas / Michelli 3 estrelas

Sinopse: Eleanor é a nova garota na cidade, e ela nunca se sentiu mais sozinha. Todas as roupas estranhas, cabelo ruivo caótico e uma vida familiar cheia de problemas, ela não poderia ficar mais de fora nem se tentasse. Então ela senta no ônibus ao lado de Park. Calmo, cuidadoso e, aos olhos de Eleanor, impossivelmente legal, Park acredita que ficar fora do caminho é o melhor jeito de sobreviver ao colegial. Devagar e instantaneamente, através das conversas tarde da noite e uma grande pilha de fitas, Eleanor e Park se apaixonam. Eles se apaixonam do jeito que sempre é a primeira vez, quando se tem 16 anos, e não há nada e tudo a perder. Ambientado no ano escolar de 1986, Eleanor e Park é chocante, engraçado, triste e verdadeiro, uma viagem nostálgica para quem nunca esqueceu seu primeiro amor.

Oi pessoal! 2018 chegou e o primeiro post é resenha dupla! Só para lembrar, cor roxa são palavras da Ba e vermelho de Mi. Enjoy!

Rainbow Rowell! Ainda não acredito que tenha um livro seu que eu não goste! rsrs. Sabe aquele livro que você abre e tem uma sensação estranha… tipo um desastre de trem e você está de fora sem poder fazer nada para impedir? Foi assim que me senti quando comecei a ler Eleanor e Park. – Barbara

Eleanor e Park me lembrou um pouco da música Eduardo e Monica de Legião Urbana kkk, dois opostos que se atraem. Um carinha que parece ter saído de uma banda de K-pop somando com uma gordinha cacheada e ruiva.
Quem aí se lembra do primeiro amor, aquele amor inocente e avassalador? É bem disso que se trata esse livro. Eu comecei a leitura com um pressentimento bem ruim em relação ao final, sorte que não foi a tragédia que eu esperava, mas também foi bem diferente do que eu tinha em mente. – Michelli

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
24nov • 17 jovem adulto, literatura estrangeira, Romance

Resenha #206 Mil Beijos de Garoto

Título: Mil Beijos de Garoto
Autor: Tillie Cole
Editora: Outro Planeta
Gênero: Romance, Jovem Adulto, Ficção
Páginas: 400
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse:  Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.

 

Atenção, preparem os lencinhos porque esse livro é de chorar rios…
Mil beijos de garoto da Tillie Cole foi um livro escolhido e comprado baseado apenas no tanto que as pessoas nas minhas redes sociais falavam sobre ele. Eu sabia que seria um livro emocionante e que provavelmente me levaria às lágrimas, mas eu não li a sinopse nem resenhas sobre, então foi realmente um salto no precipício literário.

E não me arrependi.

 

Continue lendo

07out • 17 jovem adulto, literatura estrangeira, resenha

Resenha #204 Without Merit

Título: Without Merit
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Páginas: 384
Gênero: YA, Jovem Adulto
Ano: 2017
Idioma: Inglês
Classificação: 5 estrelas
Adquira: ebook / físico

 
Sinopse: “Nem todo erro merece uma consequência. Tudo que merecem, às vezes, é perdão.”
 
A família Voss é tudo, menos normal. Eles vivem em igreja adaptada, recentemente batizada como Dollar Voss. A mãe, que já teve câncer, vive no porão. O pai é casado com a antiga enfermeira da mãe. O irmão mais novo não pode comer ou fazer nada divertido, e os irmãos mais velhos são irritantemente perfeitos. E então, existe a Merit.
 
Merit Voss coleciona troféus que ela não ganhou e segredos que sua família a força a guardar. Enquanto procura por um novo troféu em uma loja de antiguidades, ela encontra Sagan. Sua esperteza e idealismo indesculpável a desarmam e acendem uma nova faísca de vida dentro dela – até que ela descobre que ele é completamente indisponível. Merit se retrai ainda mais, vendo sua família de longe, quando ela descobre um segredo que troféu nenhum no mundo poderia consertar.
 
Cansada das mentiras, Merit decide destruir a ilusão de família feliz da qual ele nunca fez parte antes de deixá-los de uma vez por todas. Quando seu plano de escape falha, Merit é forçada a lidar com as consequências de contar a verdade e perder o único garoto que ela ama.
 
 
“Suas emoções e reações são válidas, Merit. 
Não permita que te digam o contrário. 
Só você pode senti-las.”
Without Merit mexeu tanto comigo que, dias após a leitura, eu ainda estou sem palavras. É fato que amo todo os livros da Colleen, mas a preciosidade do que ela criou aqui e o fato de que, em um mundo tão imerso em caos, alguém investiria seu tempo em uma história deste tipo me encanta.
Esta é a história de Merit, uma garota de dezessete anos emocionalmente complexa. A verdade é que, apesar de parecer uma garota comum, ela esconde segredos e cicatrizes profundas. Conforme avançamos na leitura podemos ver que sua família tem sérios problemas de relacionamento, o que a faz sentir-se cada vez mais insignificante. O fato de ter uma irmã gêmea também mexe com Merit. É como se sua irmã tivesse tudo e a tornasse invisível. E é por causa de tal irmã que Sagan entra em sua vida. Bom, vocês conhecem os mocinhos da Colleen. São todos lindos, fofos e apaixonantes, que fazem com que você caia de amores por eles em um piscar de olhos e coisa e tal. Sim, vocês sabem do que estou falando. Sagan é tudo isso…  e um pouco mais, mas está fora dos limites se apaixonar por ele, porque …. AHA! TE PEGUEI. Acho melhor deixar que vocês mesmos descubram.

Continue lendo

20jul • 17 Globo Alt, jovem adulto, resenha

Resenha #195 O Garoto dos Meus Sonhos

Título: O Garoto dos Meus Sonhos
Autor: Lucy Keating
Editora: Globo Alt
Gênero: YA, romance
Páginas: 264
Ano: 2016
Classificação: 2 estrelas
Compre o Livro

Sinopse: Desde quando consegue se lembrar, Alice tem sonhado com Max. Juntos eles viajaram o mundo, passearam em elefantes cor-de-rosa, fizeram guerra de biscoitos no Metropolitan Museum of Art… e acabaram se apaixonando. Max é o garoto dos sonhos – e somente dos sonhos – até o dia em que Alice o vê, surpreendentemente, na vida real. Mas ele não faz ideia de quem ela é… Ou faz? Enquanto começam a se conhecer, Alice percebe que o Max dos Sonhos em nada se parece com o Max Real. Ele é complicado e teimoso, além de ter uma namorada e uma vida inteira da qual Alice não faz parte. Quando coisas fantásticas dos sonhos começam estranhamente a aparecer na vida real – como pavões gigantes que falam, folhas de outono cor-de-rosa incandescente, e constelações de estrelas coloridas –, Alice e Max precisam tomar a difícil decisão de fazer isso tudo parar. Mesmo que os sonhos sejam mais encantadores que a realidade, seria realmente bom viver neles para sempre?

A capa é mais bonita que o conteúdo.

Infelizmente vou ter que começar essa resenha dizendo logo de cara que esse livro serve mais pra embelezar a estante do que pra acrescentar algo ou até mesmo distrair. Continue lendo que vou explicar melhor…

Seguindo o desafio das GeLs de 12 livros para 2017, O Garoto dos Meus Sonhos foi o escolhido para junho. Meu primeiro pensamento ao escolhe-lo foi “ele é curtinho e pela sinopse parece ser bem fofo, vou ler em dois tempos”…

Continue lendo

25jul • 16 drama, Globo Alt, jovem adulto

Resenha #160 Redoma

Título: Redoma
Autor: Meg Wolitzer
Editora: Globo Alt
Páginas: 287
Classificação: 3,5 estrelas


Sinopse: Considerado o melhor livro jovem de 2014 pela Time se inspira no clássico autobiográfico de Sylvia Plath para falar sobre a dor da perda e a busca pela aceitação na adolescência
Se a vida fosse justa, Jam Gallahue estaria vivendo sua vida tranquila em Nova Jersey, assistindo a séries de comédia e abraçando seu namorado, Reeve Maxfield. Ela não estaria infeliz e sem vontade de se levantar da cama, nem estaria em um internato para adolescentes “emocionalmente frágeis”, com uma colega de quarto esquisita. Mas a vida não é justa, Jam perdeu seu primeiro amor e está completamente perdida.
A mudança de escola parece a única possibilidade de recuperação para a garota, que passou quase um ano mergulhada em tristeza. No entanto, ela odeia a nova rotina e decide levar tudo com o menor esforço possível. Por isso, Jam fica bastante surpresa quando descobre que foi selecionada para a exclusiva e lendária aula de “Tópicos Especiais em Inglês”, da misteriosa Sra. Quenell. A turma tem mais quatro estudantes, todos com histórico de traumas ainda piores que os de Jam. Mesmo assim, a professora parece não se importar com a fragilidade de seus alunos quando escolhe o livro que trabalhará durante o semestre: A redoma de vidro, de Sylvia Plath. O romance, que narra a série de eventos que levariam a estudante Esther Greenwood a um colapso nervoso, parece a opção mais improvável, e talvez inadequada, para adolescentes que ainda estão superando experiências difíceis.Além das discussões sobre o livro, cada aluno tem a tarefa de escrever em um diário entregue pela professora. E é esse trabalho que leva Jam e seus amigos desajustados à Redoma, um lugar misterioso onde o passado pode ser revivido, e cada um dos alunos pode rever sua vida antes do momento traumático que levou ao internato. Repleto de referências ao clássico de Sylvia Plath, Redoma é um romance sobre o primeiro amor, o sofrimento profundo, o amadurecimento e os problemas de aceitação na adolescência. É também uma história sobre como a amizade pode ajudar a superar os piores traumas da vida.

Olá galera, eu disse que tinha voltado a ser a frenética dos livros rsrs e hoje já estou de volta com mais uma resenha! Sim, esse segundo semestre promete ser bem produtivo em relação ao atraso com as leituras rs.

Hoje vou falar sobre Redoma, um jovem adulto escrito pela Meg Wolitzer e que causou muito burburinho em 2015. Logo quando vi a Globo Alt anunciando, fiquei bastante curiosa e acabei ganhando de presente no amigo secreto (aqueles de fim de ano rs), mas só agora tive a oportunidade de me dedicar a leitura, e foi uma experiência bem interessante.

Primeiro de tudo, Redoma não era nada do que eu imaginava. Já tinha lido a sinopse e sabia que a personagem principal tinha passado por um trauma etc. Mas o livro é mais do que isso.

Continue lendo

22jun • 16 best book, Fantasia, Globo Alt, jovem adulto, resenha

Resenha #154 A Fúria e a Aurora (A Fúria e a Aurora #1)

Título: A Fúria e a Aurora
Autor: Renée Ahdieh
Série: A Fúria e a Aurora #1
Editora: Globo Alt
Páginas: 336
Ano: 2016
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. 
Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. 
Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

Olá pessoal!
Tem resenha nova chegando o/
Primeiro eu gostaria de agradecer a Globo Alt por nos enviar o livro, essa parceria com vocês é puro amor! Obrigada mesmo!

Eu tenho uma atração por livros que passam em ambientes exóticos e diferentes do que estou acostumada a ver publicado. A Fúria e a Aurora me chamou a atenção assim que vi a editora começar a divulgar. Isso às vezes acontece comigo, eu vejo o quote ou uma imagem do livro e sei que preciso ler e que vou adorar. Aconteceu com Meu Romeu (e eu realmente adorei) e agora com A Fúria e a Aurora.

Segurem o fôlego caros leitores, porque esse livro vai fazer você desejar muitas páginas a mais.

Continue lendo

30maio • 16 Cassandra Clare, Galera Record, jovem adulto, lançamento, resenha

Resenha #149 Dama da Meia-Noite

Título: Dama da Meia-Noite
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 1
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 574
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Paranormal
Classificação: 5 estrelas
 
Sinopse: Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada. O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar. Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade? A magia e aventura das Crônicas dos Caçadres de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data.


“Rogo não deixá-lo, ou voltar após segui-lo;

Pois, para onde fores, irei, e onde estiver, estarei;
Os teus serão os meus, e teu Deus, o meu Deus,
Onde morreres, eu morrerei, e lá serei enterrado.
O anjo o fez para mim, mas também, 
nada senão a morte partirá a mim e a ti.”
– Juramento Parabatai
 

Uma história absurdamente incrível, que nos faz mergulhar de cabeça, mais uma vez, no universo shadowhunter. Em Dama da Meia-Noite, Tia Clare nos mostra Emma e Julian após a tragédia da Guerra Maligna, causada por Sebastian. No fim de Cidade do Fogo Celestial, conhecemos esses dois ainda pequenos, entrando na adolescência e sendo os melhores dos amigos, não se desgrudando mesmo quando as coisas ruins batem à porta.

Neste livro, Emma ainda vive traumatizada pela perda de seus pais, e continua achando que não foi Sebastian o culpado por suas mortes, mas sim outra coisa. Ela dedica seu tempo e energia à investigar e descobrir o que realmente poderia ter acontecido.

Continue lendo

22jan • 16 jovem adulto, resenha, Verus

Resenha #131 No Limite da Ousadia (Pushing the Limits #2)

Título: No Limite da Ousadia
Autor: Katie McGarry
Editora: Verus
Páginas: 420
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o livro

Sinopse: No limite da ousadia conta a história de Beth Risk, a miga durona de Noah, de No limite da atração. Este livro é um spin-off, passando-se no mesmo universo do primeiro, com participações especiais de Isaiah, Noah e Echo.
Se você é fã de No limite da atração ou está descobrindo este mundo agora, certamente vai se deixar envolver pela paixão perigosa e arrebatadora de Beth e Ryan.

 

 

Olá galera, hoje a resenha é sobre um jovem adulto da série “Pushing the Limits”, o primeiro – No Limite da Atração – já tem resenha aqui no blog e vocês podem conferir aqui. Como eu gostei bastante de NLA, resolvi seguir a série e o segundo é No Limite da Ousadia. Ele foi lançado faz um tempinho, mas só recentemente tirei o meu exemplar da estante e vou contar um pouco da história e a minha opinião para vocês. Mas antes dá play aí e aproveite a resenha ao som de uma das músicas que a autora se inspirou durante a escrita.

Continue lendo

1 2