Posts arquivados em: Tag: literatura estrangeira

01ago • 18 Fantasia, intrínseca, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #230 Dias de Sangue e Estrelas

Título: Dias de Sangue e Estrelas
Autor: Laini Taylor
Série: Feita de Fumaça e Osso #2
Editora: Intrínseca
Páginas: 448
Ano: 2013
Gênero: Fantasia/Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Karou, uma estudante de artes plásticas e aprendiz de um monstro, por fim encontrou as respostas que sempre buscou. Agora ela sabe quem é – e o que é. Mas, com isso, também descobriu algo que, se fosse possível, ela faria de tudo para mudar: tempos atrás Karou se apaixonou pelo inimigo, que a traiu, e por sua culpa o mundo inteiro foi punido. Na deslumbrante sequência de Feita de fumaça e osso, ela terá que decidir até onde está disposta a ir para vingar seu povo. Dias de sangue e estrelas mostra Karou e Akiva em lados opostos de uma guerra ancestral. Enquanto os quimeras, com a ajuda da garota de cabelo azul, criam um exército de monstros em uma terra distante e desértica, Akiva trava outro tipo de batalha: uma batalha por redenção… por esperança. Mas restará alguma esperança no mundo destruído pelos dois?

 

Que livro! Que livro meus caros.

Se em Feita de Fumaça e Osso nós nos encantamos com a tragédia do romance entre um Serafim e uma Quimera, algo tão blasfemo, romântico e trágico quanto Romeu e Julieta, em Dias de Sangue e Estrelas somos levados a um outro nível.

Não é apenas um novo degrau na história de Karou e Akiva, Laini Taylor nos apresenta uma nova perspectiva do mundo que criou.

Naquele ciclo de massacres, represália gerava represália, para sempre.

Karou volta para Eretz após descobrir sua verdadeira identidade e o que tinha acontecido com sua família Quimera, mas ela volta para um mundo destruído em que a guerra foi oficialmente encerrada e o que resta de sua raça, está sendo aos poucos exterminada pelos vitoriosos Serafins.

Continue lendo

25jul • 18 Fantasia, intrínseca, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #229 Feita de Fumaça e Osso

Título: Feita de Fumaça e Osso
Autor: Laini Taylor
Série: Feita de Fumaça e Osso #1
Editora: Intrínseca
Páginas: 384
Ano: 2012
Gênero: Fantasia/Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: “Um romance de tirar o fôlego, sobre destino, esperança e a busca de si mesmo” The New York Times.
Pelos quatro cantos da Terra, marcas de mãos negras aparecem nas portas das casas, gravadas a fogo por seres alados que surgem de uma fenda no céu. Em uma loja sombria e empoeirada, o estoque de dentes de um demônio está perigosamente baixo. E, nas tumultuadas ruas de Praga, uma jovem estudante de arte está prestes a se envolver em uma guerra de outro mundo. O nome dela é Karou. Seus cadernos de desenho são repletos de monstros que podem ou não ser reais; ela desaparece e ressurge do nada, despachada em enigmáticas missões; fala diversas línguas, nem todas humanas, e seu cabelo azul nasce exatamente dessa cor. Quem ela é de verdade? A pergunta a persegue, e o caminho até a resposta começa no olhar abrasador de um completo estranho. Um romance moderno e arrebatador, em que batalhas épicas e um amor proibido unem-se na esperança de um mundo refeito.

 

Que livro meus amigos, que livro!

As GeLs se uniram para mais um BR e a escolha não poderia ser melhor! Essa foi a minha primeira releitura do ano e eu confesso sentir um certo receio com algumas releituras, de ter a sensação de que o livro não era tão bom assim como considerei na primeira vez que li. Por sorte isso não aconteceu aqui.

Feita se Fumaça e Osso é uma fantasia sensacional da Laini Taylor. O livro foi lançado na época do boom dos livros com anjos como protagonistas, então eu já estava saturada de romances entre humanos e anjos “caídos”, mas Feita de Fumaça me mostrou que dá pra ser criativo dentro dessa temática.

Continue lendo

19jul • 18 lançamento, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Verus

Resenha #228 Correndo Descalça

Título: Correndo Descalça
Autor: Amy Harmon
Editora: Verus
Páginas: 349
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Um romance emocionante sobre amizade, amor e família, da autora de Beleza Perdida.

Quando Josie Jensen, uma desajeitada menina prodígio da música, conhece Samuel Yates, um garoto confuso e revoltado descendente dos índios Navajos, uma amizade improvável floresce. Apesar de ser cinco anos mais nova, Josie ensina a Samuel sobre palavras, música, sonhos, e, com o tempo, eles formam um forte vínculo de amizade.

Após se formar no colégio, Samuel abandona a cidadezinha onde vivem em busca de um futuro, deixando sua jovem amiga com o coração partido. Muitos anos depois, quando Samuel retorna, percebe que Josie necessita exatamente das coisas que ela lhe oferecera na adolescência. É a vez de Samuel ensinar a Josie sobre a vida e o amor e guiá-la para que ela encontre seu rumo, sua felicidade.

Profundamente romântico, Correndo Descalça é a história de uma garota do interior e um garoto indígena, sobre os laços que os ligam a suas casas e famílias e sobre o amor que lhes dá asas para voar.

 

Mais um livro da Amy Harmon.
Mais um 5 estrelas.

Não tem um livro dessa mulher que não tenha me tocado de uma forma profunda, virei fã em Beleza Perdida e agora, após 4 livros, ela se tornou uma das minhas autoras favoritas.

Em Correndo Descalça, livro de estreia da Amy, ela nos conta a tocante história de Josie e Samuel. Tudo começa na pequena cidade de Levan, é lá que Josie vive com o pai e irmãos. Muito cedo ela perdeu a mãe, e desde então ela meio que se comporta como uma mini adulta. Responsável e um tanto solitária, ela passou a cuidar de sua família, da casa, aprendeu a cozinhar e se tornou autossuficiente.

Continue lendo

12jul • 18 Arqueiro, Desafio das GeLs, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, romance de época, Romance de Época

Resenha #227 A Caminho do Altar (Os Bridgertons #8)

Título: A Caminho do Altar
Autor: Julia Quinn
Série: Os Bridgertons #8
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano: 2016
Gênero: Romance de Época/ Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.

O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.

Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?

A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

 

Hey galera! Temos amantes de romance de época por aqui. Eu sei que tem rsrs.

Como estamos?

Hoje vim trazer para vocês as minhas impressões do livro A Caminho do Altar, oitavo da série Os Bridgertons da Julia Quinn. Aqui conhecemos a história de Gregory e Lady Lucinda.

Gregory é o sétimo filho de Violet, depois de ver todos os seus irmãos casados e muito felizes, era impossível nosso mocinho não acreditar em amor ou até mesmo topar um casamento de conveniência. Se não for amor verdadeiro, pra ele não serve. E essa era a maior certeza da vida de Gregory, um dia ele encontraria sua alma gêmea e tudo mudaria para sempre.

Continue lendo

03jul • 18 Chick Lit, literatura estrangeira, Paralela, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #226 Mais que Amigos

Título: Mais que Amigos
Autor: Lauren Layne
Série: Love Unexpectedly #1
Editora: Paralela
Páginas: 224
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Chick Lit/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível?

Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.
Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo?
Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível!

 

Hey galera, tudo bom com vocês? Acho que nos últimos tempos tô numa vibe muito amizade colorida rsrs. Sim, mais um livro com essa temática aqui no blog e eu sei que vocês adoram! 😉

Em Mais que Amigos, nós conhecemos Parker e Ben. Eles são melhores amigos há seis anos, dividem um apartamento e nada, frisem bem a palavra NADA, nunca rolou entre eles. Ambos são basicamente a comprovação de que homem e mulher podem sim serem melhores amigos sem envolver qualquer tipo de drama romântico.

Será?

Continue lendo

21jun • 18 intrínseca, literatura estrangeira, mistério, resenha, Resenhas de Livros, Suspense

Resenha #225 Objetos Cortantes

Título: Objetos Cortantes
Autor: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Páginas: 254
Ano: 2015
Gênero: Suspense/Thriller/Literatura Estrangeira
Classificação: 2,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Uma narrativa tensa e cheia de reviravoltas. Um livro viciante, assombroso e inesquecível. Recém-saída de um hospital psiquiátrico, onde foi internada para tratar a tendência à automutilação que deixou seu corpo todo marcado, a repórter de um jornal sem prestígio em Chicago, Camille Preaker, tem um novo desafio pela frente. Frank Curry, o editor-chefe da publicação, pede que ela retorne à cidade onde nasceu para cobrir o caso de uma menina assassinada e outra misteriosamente desaparecida.

Desde que deixou a pequena Wind Gap, no Missouri, oito anos antes, Camille quase não falou com a mãe neurótica, o padrasto e a meia-irmã, praticamente uma desconhecida. Mas, sem recursos para se hospedar na cidade, é obrigada a ficar na casa da família e lidar com todas as reminiscências de seu passado. Entrevistando velhos conhecidos e recém-chegados a fim de aprofundar as investigações e elaborar sua matéria, a jornalista relembra a infância e a adolescência conturbadas e aos poucos desvenda os segredos de sua família, quase tão macabros quanto as cicatrizes sob suas roupas.

 

Hey pessoas! Prontos para um suspense de leve?

Então vem comigo rs.

A leitura de Objetos Cortantes foi proposta pelo Jão, nosso Snow aqui do blog. Ele comentou sobre a série que vai estrear pela HBO e antes da estreia resolvemos fazer um Buddy Read do livro. Então eu, a Mi e o Jão começamos a leitura.

Eu confesso que não consegui respeitar o cronograma de leitura, comecei o livro de manhã e terminei a noite. Foi impossível parar! O que eu considero um ponto positivo quando uma história te prende dessa forma.

O livro traz Camille, uma jornalista mediana de um jornal mediano de Chicago, como protagonista. Quando o desaparecimento de uma adolescente acontece em sua cidade natal, o chefe de Camille acredita ser essa a chance que ela precisa para fazer a matéria investigativa de sua vida.

Continue lendo

18jun • 18 adulto, drama, internacional, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #224 Esta Noite é Nossa

Título: Esta Noite é Nossa
Autor: Corinne Michaels
Editora: The Gift Box
Páginas: 310
Ano: 2018
Gênero: Romance, Drama, Literatura Estrangeira
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Da autora best-seller do New York Times, Corinne Michaels surge com um novo romance repleto de sensualidade.

“Não sou mulher de uma noite só. E, principalmente, não sou como aquelas mulheres que tomam uns drinks em um show e acabam na cama com o meu crush celebridade de infância, Eli Walsh.
No entanto, é exatamente nela em que me encontro.

O que uma garota deve fazer depois de cometer um erro por conta da bebida? Correr? Eu pego as minhas roupas e fujo do superstar poderoso e irresistível, melhor sexo da minha vida, o mais rápido que consigo. Seus lindos olhos verdes, seu corpo duro como rocha e seu sorriso metido não têm espaço no meu mundo. A minha vida já é complicada o suficiente.
Alguém se esqueceu de dizer isso a ele.

Eli é persistente. Abrindo caminho até o meu coração, me ganhando pelo cansaço, provando ser diferente daquilo que eu tinha imaginado e tudo que preciso. Mas quando o meu mundo é estraçalhado, ele mantém juntos os pedaços. Relutante, eu me apaixono desesperadamente por ele.

Ele me fez pensar que teríamos a eternidade… Eu deveria ter dado ouvidos a ele quando me disse que poderíamos ter apenas aquela noite.”

 

Quem nunca sonhou em casar com aquele cantor/ator famoso que fazia seu coração acelerar, que atire a primeira pedra! Pois é galera, Esta Noite é Nossa é a personificação literária dos sonhos de todas as garotas que já suspiraram por um artista.

Heather é uma mulher que tem uma vida nada fácil, ela perdeu os pais muito cedo, cuida da irmã que sofre de uma doença degenerativa, trabalha como policial patrulhando a cidade, luta para sobreviver com a pouca grana do salário e ainda tem que aturar o ex marido como chefe!

Seu único escape é um tempo de qualidade e diversão que ela se permite ter com as amigas as vezes. Em um desses dias, elas vão para o show da boyband favorita de todas. Essa era a noite de voltar aos tempos de adolescência, gritar bastante e se deslumbrar com seus cantores favoritos. Só que Heather não imaginava que a noite seria muito mais surpreendente do que seus sonhos mais loucos poderiam criar rs.

Continue lendo

13jun • 18 adulto, internacional, lançamento, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance, universo dos livros

Resenha #223 Apenas Amigos

Título: Apenas Amigos
Autor: Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 368
Ano: 2018
Gênero: Romance, New Adult
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Holland Bakker foi salva de um ataque no metrô pelo musicista irlandês Calvin McLoughlin. Como agradecimento, Holland o apresenta a um grande diretor de musicais e o que era uma tentativa despretensiosa se transforma numa chance inimaginável, pois, antes mesmo de perceber, Calvin foi escalado para um grande musical da Broadway! Ou quase… Até admitir que seu visto de estudante expirou e ele está no país ilegalmente. Sem titubear, e com uma paixão crescente pelo rapaz que só ele ainda não percebeu, Holland se oferece para casar com o irlandês a fim de mantê-lo em Nova York. Conforme a relação dos dois se desenrola de “apenas amigos” a ”casal apaixonado”, Calvin se torna o queridinho da Broadway. No meio de tanto teatro e do gostar-sem-se-envolver, o que fará esse casal perceber que há muito amor verdadeiro em cena?

 

Hoje a resenha é de um livro que tem um dos maiores clichês de todos os tempos e com certeza é um dos meus favoritos rs. Casamento de conveniência! Hey, tava pensando que só acontecia nos romances de época? A dupla Christina Lauren vem nos provar que dá pra acontecer nos tempos modernos também!

Mas vamos à história.

Holland é uma jovem mulher, aspirante a escritora, vivendo em Nova York. Tudo poderia ser perfeito se ela não estivesse em um período de bloqueio em sua escrita. No momento ela trabalha com seu tio que é o criador de uns dos musicais de maior sucesso da Broadway. Ela também desenvolveu uma paixonite por um músico de rua, com quem sinceramente nunca pensou em conversar. Até que ela sofre um ataque no metrô e é salva por Calvin, o tal músico de rua.

Continue lendo

05jun • 18 Atria Books, drama, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #222 Before We Were Strangers

Título: Before We Were Strangers
Autor: Renée Carlino
Editora: Atria Books
Páginas: 320
Ano: 2015
Gênero: Romance, Drama, New Adult
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Para LovebirdGreen-eyed. Nos conhecemos há quinze anos, quase no mesmo dia que mudei minhas coisas do dormitório da NYU para perto do seu, na Senior House.Você nos chamou de amigos. Gosto de pensar que era mais.Não tivemos nada, mas a emoção de encontrar-nos através da música (você estava obcecada com Jeff Buckley), fotografia (não conseguia parar de tirar fotos suas), sair em Washington Square Park e todas as coisas estranhas que fizemos para ganhar dinheiro. Aprendi mais sobre mim nesse ano, do que em qualquer outro. No entanto, de alguma forma, tudo se desfez. Perdemos contato no verão depois da formatura, fui para a América do Sul trabalhar na National Geographic. Quando voltei, você não estava mais lá. Uma parte de mim ainda se pergunta se eu empurrei muito duro após o casamento… Eu não a vi novamente até um mês atrás. Era uma quarta-feira, você estava balançando para trás em seus saltos, equilibrando-se na faixa amarela da plataforma do metrô, esperando o trem. Não sabia quem era, até que fosse tarde demais, e, em seguida, você se foi. Mais uma vez. Você disse o meu nome,o vi em seus lábios. Eu quis fazer o trem parar, apenas para que pudesse dizer olá. Depois de vê-la, todos os sentimentos da juventude e memórias vieram à tona para mim, e agora depois de um mês, tenho me perguntado a maior parte do tempo, como está a sua vida. Posso estar totalmente fora da sua mente, mas você gostaria de ter uma bebida comigo e falar da última década e meia?

 

Era uma vez um eu e você.
Fomos amantes.
Nós éramos amigos.
Antes de a vida mudar.
Antes de nos tornarmos estranhos.
Você ainda pensa em mim?

Se preparem porque tá vindo resenha apaixonada pela frente kkk

Sim galera, esse livro me fez suspirar e terminar completamente apaixonada pela história, seus protagonistas e a autora com uma nova fã!

Eu descobri sobre Before… em um grupo no facebook. Uma garota tentava encontrar um livro só que não lembrava o nome nem autor, só sabia um pouco do enredo. Na mesma hora o pouco que ela descreveu já chamou minha atenção e acompanhei o post esperando que alguém descobrisse o tal do livro. Descobriram, mas minha maior surpresa foi ver que ele estava no meu kindle há séculos e eu nunca tinha parado para ler!

Sério, foi um choque enorme rs.

Continue lendo

30maio • 18 Desafio das GeLs, Fantasia, Globo Alt, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #221 A Rosa e a Adaga (A Fúria e a Aurora #2)

Título: A Rosa e a Adaga
Autor: Renée Ahdieh
Série: A Fúria e a Aurora #2
Editora: Globo Alt
Páginas: 364
Ano: 2017
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Inspirada nos clássicos contos do livro As mil e uma noites, produzidos entre os séculos XII e XVI, Renée Ahdieh criou uma história que conquistou leitores e chegou ao topo da lista de best-sellers do New York Times. A rosa e a adaga conclui o enredo de romantismo, traição, intrigas e mistério iniciado em A fúria e a aurora.

A jovem Sherazade chegou a acreditar que seu marido, Khalid, o califa de Khorasan, fosse um monstro. Mas por trás de seus segredos, ela descobriu um homem amável, atormentado pela culpa e por uma terrível maldição, que agora pode mantê-los separados para sempre. Refugiada no deserto com sua família e seu antigo amor, Tariq, ela concentra forças para quebrar a maldição e voltar a viver com seu verdadeiro amor.

Com uma narrativa envolvente e repleta de referências à cultura árabe, a autora desenvolve um universo de intriga política, magia negra e relações complexas. Os personagens, que em A fúria e a aurora já haviam conquistado o coração dos leitores, tornam-se ainda mais marcantes, profundos e sedutores.

 

Hey pessoal, chegou a hora de finalizar mais uma história… aaaahhhhh

Pois é, se você leu e amou A Fúria e a Aurora, com certeza vai se sentir muito satisfeito com o desfecho, mas prepare-se! Muitas tretas, mortes, revelações e novos personagens aparecem por aqui…

Então vamos para um breve resumo do enredo.

A sequência começa logo após os eventos finais de A Fúria com Khalid e Sherazade separados. Ele tentando reconstruir sua cidade que foi praticamente reduzida a pó após a tempestade, reorganizar seu exército e ainda lidar com tretas familiares. Já nossa mocinha está refugiada em um acampamento no deserto junto com sua família e o ex, Tariq. As situação está muito complicada para ambos. Uma guerra se aproxima e pode trazer fim ao reinado de Khalid, mas Sherazade não seria ela mesma se já não tivesse um plano em andamento rs.

Continue lendo

24maio • 18 literatura estrangeira, mistério, resenha, Suspense

Resenha #220 Assassinato no Expresso do Oriente

Título: Assassinato no Expresso do Oriente
Autor: Agatha Christie
Páginas: 200
Editora: Nova Fronteira
Gênero: Literatura Estrangeira, Mistério, Suspense
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Nada menos que um telegrama aguarda Hercule Poirot na recepção do hotel em que se hospedaria, na Turquia, requisitando seu retorno imediato a Londres. O detetive belga, então, embarca às pressas no Expresso do Oriente, inesperadamente lotado para aquela época do ano.
O trem expresso, porém, é detido a meio caminho da Iugoslávia por uma forte nevasca, e um passageiro com muitos inimigos é brutalmente assassinado durante a madrugada. Caberá a Poirot descobrir quem entre os passageiros teria sido capaz de tamanha atrocidade, antes que o criminoso volte a atacar ou escape de suas mãos.

 

Eu juro que tentei não criar teorias e descobrir quem era o assassino, não tinha a intenção de me sentir boba quando chegasse às páginas finais, mas foi impossível!!!

Impossível!

Provavelmente muitos de vocês já leram Agatha Christie, essa foi a minha primeira experiência com a autora, eu sabia que iria gostar do livro, mas não imaginava que seria tanto. Mas vou deixar pra falar mais sobre isso já já, vamos para um breve resumo sobre a história.

A História começa com Poirot sendo chamado com urgência para voltar à Londres, ele voltava da solução de um caso em Aleppo, e o modo mais breve de se chegar ao seu destino era tomando o trem conhecido como Expresso do Oriente.

Durante a viagem ele se depara com vários indivíduos diferente, um grupo bastante eclético. Um em especial chama a sua atenção, um homem chamado Rachett, que exalava uma vibe no mínimo suspeita.

Continue lendo

18maio • 18 best book, desafio, Desafio das GeLs, Fantasia, literatura estrangeira, mistério, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #219 A Garota que Perseguiu a Lua

Título: A Garota que Perseguiu a Lua
Autor: Sarah Addison Allen
Páginas: 243
Editora: Planeta do Brasil
Gênero: Literatura Estrangeira, Romance
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Como você pode achar seu caminho? Seguindo as nuvens ou a lua? Emily Benedict foi para Mullaby após a morte de sua mãe. Ao chegar à cidade e conhecer seu avô ela percebe que os mistérios do lugar nunca são resolvidos: eles são uma forma de vida. Existem quartos cujo papel de parede muda de acordo com o seu humor, luzes estranhas aparecem no quintal à noite e Julia Winterson, a vizinha, consegue cozinhar a esperança em forma de bolos. Emily percebe que sua mãe esteve envolvida no maior mistério da cidade, e conta com a ajuda de Julia para desvendá-lo. Em Mullaby nada é o que parece.

 

Sabe aquelas pessoas que tem um abraço tão bom, mas tão bom que dá vontade de morar ali? Transfira esse sentimento para um livro e você vai entender quão bom é A Garota que Perseguiu a Lua.

Eu ganhei esse livro no natal de 2014 da Mi, como eu tinha gostado de O Pessegueiro, ela apostou que eu gostaria desse título que é da mesma autora. O tempo foi passando e o livro foi ficando na estante até que esse ano eu o escolhi como um dos livros para o desafio de 12 livros para 2018.

Agora em maio resolvi ler e não consegui parar.

Há uma promessa de felicidade por aí. Eu sei disso. Até sinto às vezes. Mas é como perseguir a lua: bem na hora em que você acha que a tem, ela some no horizonte.

Após a morte de sua mãe, Emily se muda para Mullaby, uma cidade da Carolina do Norte, para viver com o avô que até então não sabia que existia. Lá ela descobre que a cidade é cheia de peculiaridades, descobre ainda que sua mãe no passado, não era exatamente a melhor das pessoas.

Continue lendo

1 2