drama

Resenha #366 Blackmoore

Por Barbara em 19 jun • 2021

Posts arquivados em: Mês: julho 2021

24jul • 21 adulto, K A Linde, Literatura Americana, literatura estrangeira, Montlake, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #370 Off the Record

Título: Off the Record
Série: Record
Ordem: 1
Autor: K. A. Linde
Editora: Montlake Romance
Gênero: Romance /Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 445
Ano: 2014
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Sua primeira missão, em uma conferência para o jornal da faculdade da Carolina do Norte, era fazer a cobertura improvisada na coletiva de imprensa de um senador estadual. Brady Maxwell pode ter tudo o que é preciso para ser um político, um pedigree vencedor, boa aparência devastadora, um corpo feito para usar ternos, mas sua política foi expressa de forma errada para Liz. Quando uma contundente pergunta de Liz pega o senador arrivista desprevenido, isso impressiona Hayden Lane, editor de Liz que sente que ela estava a caminho de uma promissora carreira como repórter.

Mas Liz encontra-se, também, em um romance secreto com Brady que poderia destruir as suas ambições. Embora ele seja um solteirão, potenciais eleitores poderiam desaprovar Brady se aproximando de uma repórter. E Liz não tinha certeza que se esconder seria o suficiente para ela, especialmente quando as coisas entre ela e Hayden poderiam ser menos platônicas do que ela pensava.

Oi galera, hoje quero apresentar uma nova série que me ganhou nas primeiras páginas do primeiro livro rs, nos próximos dias vou postar as resenhas dos seguintes, mas hoje vamos começar com o primeiro livro: Off The Record.

Tudo começa com Liz, uma estudante de jornalismo, indo participar da coletiva de imprensa de um político local. Brady Maxwell é um dos mais jovens senadores do seu estado, vem de uma família de políticos e tem como seu objetivo máximo, um dia se tornar presidente dos Estados Unidos, levemente pretensioso? Só um pouquinho rs.

A questão é que Brady sabe o caminho que precisa percorrer e está disposto a abrir mão de tudo para perseguir seus objetivos. Em um primeiro momento pode até parecer que ele só quer poder, porém esse jovem senador é o político ideal galera, aquele que todos sonhamos que seja nosso representante.

Bom, voltando à coletiva de imprensa…

Continue lendo
22jul • 21 Ficção, LaVyrle Spencer, Literatura Americana, literatura estrangeira, Pedrazul, resenha, Resenhas de Livros, Romance, romance histórico

Resenha #369 Glória da Manhã

Título: Glória da Manhã
Autor: LaVyrle Spencer
Editora: Pedrazul
Páginas: 416
Ano: 2021
Gênero: Romance / Ficção Histórica/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Na cidade de Whitney, na Georgia, eles a chamavam de “a louca viúva”. Eleanor era mãe de dois meninos e estava grávida do terceiro. Sem ter como cuidar do sítio, dos animais, e de rachar lenha para o rigoroso inverno que se aproximava, desesperada, colocou um anúncio no jornal da cidade: PROCURA-SE UM MARIDO. Precisa-se de um homem saudável, de qualquer idade, disposto a trabalhar bastante e compartilhar o lugar”.
Will Parker tinha passado os cinco últimos anos na prisão por ter matado uma prostituta para defender seu único amigo da morte, mas a justiça não encarou seu ato como uma boa ação. Sem ter onde morar, comer, e usando uma calça e uma camisa que ele havia acabado de “pegar emprestado” num varal da cidade, candidata-se a marido de Eleanor.

Hey galera, como vocês estão?

Hoje vim comentar com vocês as minhas impressões sobre Glória da Manhã, um livro emocionante da Lavyrle Spencer.

O livro conta a história de Eleanor e Will. Ela é uma jovem viúva, mãe de dois meninos e grávida do terceiro, morando em uma fazenda e sem condições de mantê-la sozinha, ela coloca um anúncio no jornal local em busca de um marido. Sim, você leu certo, ela estava atrás de um marido. O ano é 1941, e Will é um andarilho que foi recém demitido de seu emprego na serraria da pequena cidade de Whitney. Ele é um ex presidiário e está numa fase desoladora da vida, quando lê o anúncio de Eleanor se candidata ao posto de possível marido.

A fazenda está em estado deplorável, a casa com várias partes apodrecidas, o celeiro precisando de reformas, os animais completamente soltos… por sorte Will é homem que não tem medo do trabalho duro. Eles logo caem numa rotina onde através do convívio um ganha a confiança do outro até evoluir para o casamento de fato.

Continue lendo
03jul • 21 Ashley Elston, Clichê, Globo Alt, jovem adulto, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #368 10 Dates Surpresa

Título: 10 Dates Surpresa
Autor: Ashley Elston
Editora: Globo Alt
Páginas: 328
Ano: 2020
Gênero: Jovem Adulto/ Romance / Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Divertido e envolvente, Dez dates surpresa é uma história sobre crescimento, família e amizade

Sophie planejava aproveitar as férias de fim de ano para ter uma folga de seus pais e passar mais tempo com seu namorado – ela só não esperava que ele quisesse uma folga dela. De coração partido, ela corre para a casa dos avós, onde sua grande família italiana já está reunida para as festas. E é lá que sua Nonna bola um plano para fazê-la seguir em frente: a família deve arranjar dez encontros às cegas para a garota. De dates legais e engraçados aos verdadeiramente bizarros, Sophie passa a entender melhor quem realmente é, e que nem sempre o que achamos querer é o melhor para nós…O livro vai virar filme pela mesma equipe de Para todos os garotos que já amei.

Hey galera, estou bem animada para comentar com vocês as minhas impressões sobre esse livro. Já vou logo avisando que amei e deixo aqui meus agradecimentos à Adriana, leitora do blog, por me indicar o livro.

Xô contar um pouco sobre o enredo… a história é sobre a Sophie, ela vai passar as férias de fim de ano com os avós após os pais dela irem visitar a irmã de Sophie que está de repouso por conta de uma gravidez de risco, nossa mocinha consegue convencer os pais a ficar, com a desculpa de que iria pra casa dos avós. Sim, ela iria fazer isso, mas o interesse mesmo era passar mais tempo com o namorado e se divertir com ele.

Continue lendo