Aventura

Resenha #313 O Rei Corvo

Por Barbara em 16 Maio • 2020

Categoria: literatura estrangeira

30Maio • 20 Fantasia, Garotos entre Livros, intrínseca, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Stephenie Meyer

Resenha #316 Crepúsculo

Título: Crepúsculo
Série: Crepúsculo
Ordem: 1
Autor: Stephenie Meyer
Editora: Intrínseca
Gênero: Fantasia/ Romance/ Jovem Adulto/ Literatura Estrangeira
Páginas: 416
Ano: 2008
Classificação: 3,5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Isabella Swan chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks – último lugar onde gostaria de viver. Tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen. Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella – o que provoca nela uma inquietação desconcertante.

Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo “amor proibido”, alerta: Sou um risco para você. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela.O que Bella não percebe é que quanto mais se aproxima dele, maior é o perigo para si e para os que a cercam. E pode ser tarde demais para voltar atrás…

Combinando sensualidade e mistério, romance e fantasia, Stephenie Meyer produz uma trama de extraordinário suspense neste primeiro volume da série que marcou sua estréia literária. Tremendamente sedutor, Crepúsculo mantém seus leitores ligados até a última página.

No ano em que o primeiro livro da saga escrita por Stephenie Meyer completa 15 anos de seu lançamento estadunidense, eu me lancei a leitura dessa história, talvez a que mais divida opiniões entre leitores, e até escritores (sim, Stephen King, se você estiver lendo essa resenha, eu sei o que você disse sobre Crepúsculo), desse modo, tive que me mudar para Forks junto com Bella.

Admito que, por muito tempo, estive do lado dos que criticavam, mesmo nunca tendo lido uma frase escrita por Stephenie, obviamente eu estava do lado errado da história, não por criticar, mas por não conhecer aquilo que eu criticava. Mas não se preocupe, eu não li a obra para falar mal, seria uma completa perda de tempo fazer isso, em geral, quando me proponho a consumir algo eu quero gostar. Não foi diferente com Crepúsculo.

Continue lendo
23Maio • 20 A. S. Teague, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #315 The Hardest Route

Título: The Hardest Route
Autor: A. S. Teague
Editora: Independente
Páginas: 294
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Meus amigos costumavam me dizer que ‘o que acontece em Vegas fica em Vegas’.

Claramente eles mentiram porque, alguns meses depois de uma noite na cidade, descobri que meu caso de uma noite ficou grávida.

Eu não podia lidar com um bebê.

Eu era Griffin Rockwell, o melhor receptor que a liga de futebol americano já havia visto.

Mas que opção eu tinha? Minha filhinha estava chegando, quer eu estivesse pronto para ela ou não.

Brooke acabou sendo uma mulher e mãe incrível. Por sete anos, nós éramos o MVP1 da co-parentalidade – e até melhores amigos. Tudo mudou quando uma tragédia atingiu nossa família improvisada, e eu me deparei com a terrível possibilidade de perder a única mulher que acabei percebendo rapidamente que não poderia viver sem.

Eu estava no auge da minha carreira e no caminho para me tornar o melhor de todos os tempos. Mas manter minha família unida, com Brooke ao meu lado, pode ser o caminho mais difícil de todos.

Esse livro tinha tudo para ser mais um clichê que tanto amamos, confesso que comecei a ler pensando que seria uma história fofa entre um casal que começou um relacionamento de uma forma um tanto controversa. Não esperava ser surpreendida, mas fui.

The Hardest Route começa com nossos protagonistas se encontrando em Las Vegas (hummmm) e aquela máxima de “o que acontece em Vegas fica em Vegas” parece ser o lema de ambos. Durante a viagem, Brooke decide ter uma noite “imprudente” rs, ela conhece Griffin, que estava na cidade para comemorar que tinha sido escolhido para jogar em um grande time de futebol americano. Sim, nosso mocinho estava no auge da vida, ele só não imaginava que uma noite poderia mudar tudo.

Continue lendo
19Maio • 20 12 livros para 2020, Buddy Read, Haper Collins Brasil, Karin Slaughter, literatura estrangeira, mistério, resenha, Resenhas de Livros, romance policial, Suspense, thriller

Resenha #314 Esposa Perfeita

Título: Esposa Perfeita
Série: Will Trent
Ordem: 8
Autor: Karin Slaughter
Editora: Harper Collins
Gênero: Suspense/ Romance Policial/ Literatura Estrangeira
Páginas: 464
Ano: 2017
Classificação: 3 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Maridos e esposas. Mães e filhas. Passado e futuro.
Segredos os unem. E segredos podem destruí-los.

Com a descoberta de um corpo de um ex-policial em um canteiro de obras, o detetive Will Trent é chamado para resolver um caso muito perigoso. Ao analisar o cadáver, Sara Linton – nova investigadora forense e amante de Will – nota que parte do sangue do presente na cena do crime é de outra pessoa. Há uma outra vítima: uma mulher, que desapareceu… E que vai morrer se não for encontrada logo.
Para piorar, o terreno pertence a um atleta rico, poderosos, com amigos no Congresso e um dos advogados mais inescrupulosos que existem. Um homem que já escapou de acusações de estupro, apesar dos esforços de Will para colocá-lo na cadeia.
Mas o pior ainda está por vir. Evidências conectam o passado turbulento de Will com o crime… E as consequências vão despedaçar sua vida, colocando Will em conflito com todos ao seu redor, incluindo seus colegas de trabalho, sua família, seus amigos e, acima de tudo, o suspeito que ele tanta procura: sua ex-mulher.

Faz um tempinho que entrei na vibe dos livros de suspense. Já lia antes, mas agora a frequência aumentou, e desde que li o primeiro da Karin Slaughter eu sabia que tinha encontrado uma autora para entrar para os “queridinhos”.

Vocês já conhecem a minha experiência com Flores Partidas e o quanto achei sensacional o livro. Comprei Esposa Perfeita logo em seguida e apesar das capas semelhantes, as histórias são completamente distintas. Flores Partidas é um standalone e Esposa Perfeita é o oitavo livro da série Will Trent.

Sim, eu comecei uma nova série pelo oitavo livro. Não, não foi intencional.

Eu comecei a ler o livro em um Buddy Read junto com a Mi e o Jão, e depois do livro decidido e já ter lido as primeiras páginas, pesquisamos um pouco e fomos descobrir a ordem correta dos dessa série. Vou falar mais sobre isso a seguir, mas antes deixa eu resumir a história, e assim poder fundamentar as minhas críticas mais corretamente.

Continue lendo
16Maio • 20 Aventura, jovem adulto, literatura estrangeira, Maggie Stiefvater, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Verus

Resenha #313 O Rei Corvo

Título: O Rei Corvo
Série: A Saga dos Corvos
Ordem: 4
Autor: Maggie Stiefvater
Editora: Verus
Gênero: Fantasia/ Aventura/ Jovem Adulto/ Literatura Estrangeira
Páginas: 378
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: O aguardado volume final da Saga dos Corvos, uma conclusão espetacular à história mítica e sombria criada por Maggie Stiefvater. Nada que está vivo é seguro. Nada que está morto é confiável. Há anos Gansey iniciou uma jornada para encontrar um rei perdido. Um a um, ele atraiu seus amigos para essa missão: Ronan, que rouba coisas de sonhos; Adam, cuja vida já não é sua; Noah, cuja vida não é mais vida; e Blue, que ama Gansey… e tem certeza de que está destinada a matá-lo. O fim já começou. Sonhos e pesadelos estão convergindo. Amor e perda são coisas inseparáveis. E a busca pelo rei se recusa a ser fixada em um caminho. A busca pelo rei adormecido vai chegar ao fim em Henrietta — mas não sem perdas, desejos, revelações e uma verdade brutal. Com O rei Corvo, Stiefvater conclui uma verdadeira obra-prima.

É difícil dizer adeus quando se ama muito uma série. Está sendo complicado, mas necessário. A vantagem é saber que posso sempre revisitar meus personagens favoritos e que eles estarão a poucos metros de distância, no caso, na minha estante rs.

Mas antes de falar sobre minhas emoções durante esse encerramento, vamos a um breve resumo da história.

“Todos devemos temer. Quando se brinca com o tempo.”

Cabeswater não é mais a mesma, algo com um poder forte e destruidor está minando a energia positiva da floresta e destruindo com tudo o que de bom ela representa. Gansey, Ronan, Adam e Blue precisam descobrir, com urgência, o que fazer para salvar Cabeswater, se protegerem de todos os possíveis interessados em seus dons mágicos e principalmente: sobreviverem.

Continue lendo
07Maio • 20 clássico, Ficção, Franz Kafka, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #312 A Metamorfose

Título: A Metamorfose
Autor: Franz Kafka
Editora: Antofágica
Páginas: 232
Ano: 2019
Gênero: Clássico/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Quando Gregor Samsa, certa manhã, acordou de sonhos intranquilos, tudo mudou. Não só em sua vida, mas no mundo. Ao se encontrar metamorfoseado em um inseto monstruoso, Gregor acompanha as reações de sua família ao perceberem o estranho ser em que ele se tornou. E, enquanto luta para se manter vivo e entender a sua nova realidade, reflete sobre o comportamento de seus pais, de sua irmã e de seu chefe, e de forma ainda mais angustiante, pensa na própria vida até então.

Uma mítica que criei para mim foi de que clássicos possuem uma leitura mais complicada e isso me afastou de grandes livros e consagrados autores, porém isso agora é passado.

Lutando contra tal estigma enveredei na leitura de A Metamorfose, conto mais conhecido do autor, lançado em 1915.

Continue lendo
28abr • 20 Agatha Christie, Buddy Read, Haper Collins Brasil, literatura estrangeira, mistério, resenha, Resenhas de Livros, romance policial, Suspense

Resenha #311 Assassinato na Casa do Pastor

Título: Assassinato na Casa do Pastor
Autor: Agatha Christie
Editora: Haper Collins Brasil
Páginas: 253
Ano: 2017
Gênero: Policial/ Mistério/ Suspense/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: St. Mary Mead, um pacato vilarejo onde há quinze anos não ocorre um homicídio e onde as pessoas discutem a vida alheia tomando chá. Quando um sangrento crime acontece em plena casa do pastor, o alvoroço é grande. O arrogante inspetor Slack é escalado para investigar o caso. O mistério também intriga uma discreta moradora que gosta de jardinagem e de observar pássaros de binóculo, mas cujo principal hobby é o estudo do comportamento humano: Miss Marple. A estreia da sagaz velhinha, o aparecimento de personagens inusitados e a engenhosidade da trama fazem deste romance de 1930 um dos clássicos de Agatha Christie.

Miss Marple é a melhor!

Assassinato na Casa do Pastor é de um primor… Esse é o livro em que conhecemos a nova personagem da Agatha Christie, uma velhinha solteirona, que mora numa vila pequena e com bastante tempo livre aka vizinha fofoqueira rs.

A verdade é que Miss Marple é muito observadora e sabe ler muito bem as pessoas, por esse motivo ela acaba ficando “famosinha” na sua região por sua perspicácia. Vocês já acompanharam minha primeira experiência com ela em Um Corpo na Biblioteca, nesse livro eu já tinha tomado uma volta em toda a investigação, mas com AnCP fui enganada em outro nível.

Continue lendo
14abr • 20 Colleen Hoover, drama, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #310 Regretting You

Título: Regretting You
Autor: Colleen Hoover
Editora: Montlake Romance
Páginas: 365
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Drama/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Morgan Grant e sua filha de dezesseis anos, Clara, gostariam de não ser parecidas.

Morgan está determinada a impedir que sua filha cometa os mesmos erros que cometeu. Ao engravidar e se casar muito jovem, Morgan colocou seus próprios sonhos em espera. Clara não quer seguir os passos de sua mãe. Sua mãe, sempre previsível, não tem sequer um grama de espontaneidade no corpo.

Com personalidades antagônicas e objetivos conflitantes, Morgan e Clara acham cada vez mais difícil coexistir. A única pessoa que pode trazer paz à família é Chris — o marido de Morgan, pai de Clara e a âncora da família. Mas essa paz é destruída quando Chris se envolve em um acidente trágico e suspeito. As consequências devastadoras e que vão durar muito tempo vão muito além de apenas Morgan e Clara.

Enquanto luta para reconstruir tudo o que aconteceu ao seu redor, Morgan encontra conforto na última pessoa que espera e Clara se volta para o garoto que está proibida de ver. A cada dia que passa, novos segredos, ressentimentos e mal-entendidos fazem com que mãe e filha se afastem ainda mais. Tão distantes, pode ser impossível para as duas voltarem a ficar juntas.

Se tem uma coisa que ninguém pode contestar é que Colleen Hoover sabe escrever sobre dramas familiares. É fato também que ela consegue flutuar por gêneros (YA, NA, Thriller…), mas em todas, ou a maioria, nós somos absorvidos por uma família e o drama que os cerca. Não nos esqueçamos dos mocinhos apaixonantes que nos fazem suspirar também! Eles são imprescindíveis rs. Em Regretting You, Colleen nos apresenta a história de Morgan e Clara, mãe e filha que estão prestes a sofrer uma mudança radical em suas vidas.

O livro é divido entre as visões de ambas. No primeiro capítulo descobrimos os conflitos que Morgan passa na adolescência ao descobrir a gravidez. Ela está namorando Chris, e não muito certa do que sente por ele, ela também é responsável pela irmã mais nova. Nós entendemos de cara que ela precisou amadurecer muito cedo por conta de tudo o que aconteceu em sua vida. Mas isso tudo não impede que ela sinta um vazio dentro de si.

“Às vezes, quando estamos sozinhos, ele olha para mim de uma maneira que me faz sentir vazia quando desvia o olhar”

Continue lendo
06abr • 20 L J Shen, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #309 Broken Knight

Título: Broken Knight
Série: All Saint High
Ordem: 2
Autor: L. J. Shen
Editora: Independente
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 450
Ano: 2019
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Nem todas as histórias de amor são escritas da mesma maneira. A nossa tinha capítulos rasgados, parágrafos faltando e um final agridoce.

Luna Rexroth é a garota introvertida que todos adoram.
Doce.
Carinhosa.
Caridosa.
Quieta.
Falsa.

Debaixo do jeito moleque e manso que todo mundo ama (e tem piedade), há uma garota que sabe exatamente o que e quem ela quer – especificamente, o garoto da casa da árvore que a ensinou a dizer palavrões usando a linguagem de sinais.

Que a ensinou a sorrir.
A viver.
A amar.

Knight Cole é o herói do futebol que todos adoram.

Lindo.
Atlético.
Bruto.
Popular.
Mentiroso.

Esse encrenqueiro dos infernos poderia te derrubar somente com o olhar, mas ele só tem olhos para a garota do outro lado da rua: Luna.

Mas Luna não é mais quem costumava ser. Ela não precisa mais de sua proteção.

Quando a vida apresenta um obstáculo para o garoto de ouro de All Saints, ele é forçado a perceber que nem todos os cavaleiros são heróis.

Às vezes, as maiores histórias de amor florescem de uma tragédia.

Chegamos ao segundo livro da série All Saint High, spin-off de Sinners os Saint. Confesso para vocês que estava bem curiosa para ler a história do Knight e Luna. Um mocinho mulherengo e uma mocinha muda… melhores amigos desde sempre, mas que aparentemente nunca rolou nada. Sim, se você leu o primeiro livro sabe que essa relação levantava muitas suspeitas e finalmente chegou o momento de conhece-la em detalhes.

Continue lendo
31mar • 20 Aventura, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, Maggie Stiefvater, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Verus

Resenha #308 Lírio Azul, Azul Lírio

Título: Lírio Azul, Azul Lírio
Série: A Saga dos Corvos
Ordem: 3
Autor: Maggie Stiefvater
Editora: Verus
Gênero: Fantasia/ Aventura/ Jovem Adulto/ Literatura Estrangeira
Páginas: 347
Ano: 2015
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: A complexa teia de intrigas, magia e ação torna-se ainda mais enigmática no terceiro volume da série

Blue Sargent encontrou coisas. Pela primeira vez na vida, ela tem amigos em quem pode confiar e um grupo ao qual pertencer. Os ¬garotos corvos a acolheram como se ela fosse um deles. Os infortúnios deles tornaram-se dela e vice-versa.
O problema de coisas encontradas, porém, é a facilidade com que podem se perder. Amigos podem trair. Mães podem desaparecer. Visões podem iludir. Certezas podem se desfazer.
Em Lírio azul, azul lírio, o leitor vai descobrir para onde Blue, Gansey, Adam, Ronan e Noah serão levados em sua jornada para encontrar o lendário rei galês Glendower.

Chegamos ao terceiro livro da Saga dos Corvos, se você não leu os anteriores, pode ser que encontre pequenos spoilers por aqui. Continue a leitura por sua conta e risco.

Bom, finalizamos Ladrões de Sonhos com a notícia chocante do desaparecimento de Maura, mãe de Blue. Lírio Azul começa alguns dias após o sumiço de Maura, todos acreditam que ela voltará em breve, mas isso não acontece e não temos notícias dela ainda. Com as aulas prestes a voltar, o tempo de exploração de nossos jovens aventureiros está mais curto e a verdade é que todos querem é encontrar Maura.

Tudo indica que o desaparecimento tem relação com todos os eventos extraordinários ocorridos após o despertar das linhas Ley, e a chegada do professor e mentor de Gansey leva-os a crer que em breve encontrarão as respostas que tanto buscam e possivelmente, Glendower.

Continue lendo
26mar • 20 adulto, Charme, literatura estrangeira, Penelope Ward, resenha, Romance, Vi Keeland

Resenha #307 Piloto Playboy

Título: Piloto Playboy
Série: Cocky Bastard
Ordem: 3
Autor: Penelope Ward e Vi Keeland
Editora: Charme
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 273
Ano: 2019
Classificação: 3 estrelas
Compre o Livro
Sinopse: Dinheiro ou amor? Qual você escolheria?
Você provavelmente acabou de responder a pergunta na sua mente pensando que é uma decisão fácil.
Para mim, não é. Eu já disse que é bastante dinheiro? Muito mesmo.
Eu precisava ir para longe para pensar nisso.
Quando embarquei em uma viagem impulsiva, mudei o rumo ao conhecer o sexy Carter no lounge do aeroporto. Nos envolvemos em uma conversa acalorada.
Depois, ele foi embora.
Pensei que nunca mais fosse vê-lo.
Mas o destino tinha outros planos.
Surpresa! Ele era o piloto do meu voo.
A surpresa maior foi a aventura que aconteceu depois que o avião pousou.
Carter era perigoso e estava sempre viajando.
Embora nossa conexão fosse magnética, eu sabia que era apenas temporária.
Ele me dava passagens, e eu o seguia pelo mundo para lugares exóticos.

Um bando de aeromoças ex dele e boatos sobre a reputação de Carter sempre estavam nos rodeando.
Eu não sabia no que acreditar.
Mas estava viciada. Nada mais importava. E eu ia me magoar. Porque parte de mim queria ser a garota que finalmente faria o piloto playboy se aquietar.
Pelo menos, ele estava me levando para um passeio emocionante.
Todas as coisas boas acabam, certo?
Só que não previ como seria o nosso final.

Existem algumas histórias que só dá pra acreditar em livros mesmo. Imaginem a seguinte situação: Mocinha conhece mocinho no aeroporto. Mocinha está passando por conflitos internos. Mocinho fala para ela qual, em teoria, seria seu próximo destino. Mocinha resolve apostar no mocinho e embarcar em uma aventura. Mocinho tem certeza que seus destinos estão ligados. Isso tudo após uma bebida na área de espera do aeroporto!

Clichê galera, vocês podem imaginar como termina, mas digo para vocês, essa foi uma viagem interessante rs.

Continue lendo
03mar • 20 12 livros para 2020, Agatha Christie, Desafio das GeLs, literatura estrangeira, mistério, Nova Fronteira, resenha, Resenhas de Livros, romance policial

Resenha #306 Morte no Nilo

Título: Morte no Nilo
Autor: Agatha Christie
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 256
Ano: 2014
Gênero: Policial/ Mistério/ Suspense/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Bela, rica e inteligente, a jovem herdeira Linnet Ridgeway parece conseguir tudo o que quer. No entanto, quando rouba o noivo de sua melhor amiga e se casa com ele sem pensar duas vezes, talvez Linnet esteja indo longe demais…
Em sua viagem de lua de mel num cruzeiro pelo rio Nilo, no Egito, o casal apaixonado se depara com uma série de antagonistas interessados em sua fortuna e em provocar sua infelicidade. Então alguém é encontrado morto, com um tiro na cabeça. O detetive Hercule Poirot, que por acaso também estava no navio, entra em ação para tentar montar mais esse quebra-cabeça.

Agatha Christie na área! Mais um livro da rainha do mistério finalizado, o segundo do desafio 12 livros para 2020.

Em Morte no Nilo nós temos uma trama muito interessante. Um triângulo amoroso formado ainda na Inglaterra, um assassinato aparentemente sem explicação, vários personagens de índole duvidosa – e por isso muito suspeitos, e por fim uma viagem pelo Egito.

Linnet e Simon Doyle acabaram de se casar e saíram em lua de mel pelo Egito, durante a viagem eles conhecem outras pessoas e nesse meio está o detetive mais famoso da Agatha, Poirot.

Continue lendo
27fev • 20 adulto, L J Shen, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #305 Vicious

Título: Vicious
Série: Sinners of Saint
Ordem: 1
Autor: L. J. Shen
Editora: Independente
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Páginas: 328
Ano: 2016
Classificação: 1,5 estrelas
Compre o Livro
Sinopse:
Emilia
Dizem que o amor e o ódio são os mesmos sentimentos experimentados sob diferentes circunstâncias, e é verdade. O homem que vem a mim em meus sonhos também me assombra em meus pesadelos. Ele é um advogado brilhante. Um criminoso habilidoso. Um lindo mentiroso. Um valentão e um salvador, um monstro e um amante.
Dez anos atrás, ele me fez fugir da pequena cidade onde vivíamos. Agora, ele veio atrás de mim em Nova York, e não vai embora até que me leve com ele.

Vicious
Ela é uma artista faminta. Bonita e evasiva como a flor de cerejeira. Dez anos atrás, ela invadiu minha vida sem avisar e virou tudo de cabeça para baixo. Ela pagou o preço.
Emilia Leblanc é completamente proibida, a ex-namorada do meu melhor amigo. A mulher que sabe o meu segredo mais obscuro, e a filha da ajudante barata que contratamos para cuidar da nossa propriedade. Isso deve impedir-me de persegui-la, mas não o faz. Então ela me odeia. Grande merda de negócio. É melhor ela se acostumar comigo.

Esse livro exigiu muita força de vontade para suportar esse protagonista. Mesmo alcançando a redenção no final, foi tenso e vou explicar os motivos.

Vicious é o primeiro livro da série Sinners of Saint, como eu comecei pelo spin-off e amei, resolvi dar uma chance para a série principal mesmo não tendo gostado das sinopses. Todos os livros tratam de algum tipo de tabu e nesse nós conhecemos a história de Vicious e Emilia.

Quando mais novos, eles frequentaram o mesmo colégio. Vicious fazia parte da galera popular, nunca foi o mais simpático dos amigos, mas mesmo assim era um dos reis de All Saint High. A verdade é que ele era um jovem muito violento, principalmente com as palavras. Os pais de Millie passam a trabalhar para a família de Vicious e ele logo transforma a garota em um alvo para suas maldades. Sim, o Vicious praticava tanto bullying que seria o exemplo perfeito de como não se comportar.

Continue lendo
1 2 3 11