drama

Resenha #254 Ryan’s Bed

Por Barbara em 22 fev • 2019
Agir Now

Resenha #253 Calafrio

Por Barbara em 20 fev • 2019
distopia

Resenha #250 Scythe

Por Raquel em 13 fev • 2019
Charme

Resenha #247 Egomaníaco

Por Barbara em 06 fev • 2019

Posts arquivados em: Tag: resenha

13fev • 19 distopia, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Seguinte

Resenha #250 Scythe

Título: Scythe (Arc of Scythe #1)
Autor: Neil Shusterman
Editora: Simon Schuster Books
Páginas: 435
Ano: 2017
Gênero: YA, Distopia, Fantasia
Classificação: 6 estrelas

Compre o Livro:
Inglês: https://amzn.to/2WR5Vdl
Português: https://amzn.to/2TEohfM


Versão Brasileira
Título: O Ceifador
Editora: Seguinte
Páginas: 448
Ano: 2017

Sinopse:
Primeiro mandamento: matarás.
A humanidade venceu todas as barreiras: fome, doenças, guerras, miséria… Até mesmo a morte. Agora os ceifadores são os únicos que podem pôr fim a uma vida, impedindo que o crescimento populacional vá além do limite e a Terra deixe de comportar a população por toda a eternidade.
Citra e Rowan são adolescentes escolhidos como aprendizes de ceifador – papel que nenhum dos dois quer desempenhar. Para receberem o anel e o manto da Ceifa, os adolescentes precisam dominar a arte da coleta, ou seja, precisam aprender a matar. Porém, se falharem em sua missão ou se a cumplicidade no treinamento se tornar algo mais, podem colocar a própria vida em risco.


“O que mais desejo para a humanidade

não é a paz, o consolo ou a alegria. É que ainda morramos um pouco por dentro toda vez que testemunhemos a morte de outra pessoa. Pois só a dor da empatia nos manterá humanos.”

Não sei nem por onde começar esta resenha. Como falar de um livro que simplesmente me fez pensar no que significa ser humano e que abalou minhas estruturas? “Nossa, que drama!”, você deve estar pensando. No entanto, não consigo descrever de outra forma o que senti lendo Scythe. Há muito tempo não tenho em mãos um livro arrebatador. Dizer que Neil é um gênio é muito pouco. Este é o tipo de história que TODOS devem ler. Levanta questionamentos mais que válidos e super atuais. Agora vamos lá…

Continue lendo
06fev • 19 Charme, literatura estrangeira, resenha, Romance, Vi Keeland

Resenha #247 Egomaníaco

Título: Egomaníaco
Autor: Vi Keeland
Editora: Charme
Páginas: 320
Ano: 2018
Gênero: Romance
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Na noite em que conheci Drew Jagger, ele tinha acabado de invadir meu novo escritório na Park Avenue. Liguei para a polícia antes de atacá-lo com minhas novas habilidades de Krav Maga. Ele me conteve com rapidez e depois riu, achando graça da minha tentativa de agressão. Claro que meu invasor tinha que ser arrogante.

Mas, no fim, ele não era um invasor.

Drew era o proprietário legítimo do meu novo escritório. Ele estava de férias enquanto seu elegante espaço era reformado. E foi assim que um golpista conseguiu me enganar alugando para mim o escritório que não estava realmente disponível para aluguel.

Perdi dez mil dólares.

No dia seguinte, depois de horas na delegacia, Drew ficou com pena e me fez uma oferta que não pude recusar: em troca de atender seus telefonemas enquanto sua secretária estivesse fora, ele me deixaria ficar até encontrar um lugar novo. Provavelmente, eu deveria ter ficado agradecida e mantido a boca fechada quando ouvia o conselho que ele dava aos seus clientes. Mas não conseguia deixar de expressar minha opinião.

Nunca esperei que meu corpo reagisse toda vez que discutíamos. Principalmente quando parecia que era só isso que conseguíamos fazer. Nós dois éramos totalmente diferentes. Drew era amargo, bravo, lindo pra caramba e destruidor de relacionamentos. E meu trabalho era ajudar as pessoas a salvar seus casamentos. A única coisa que tínhamos em comum era o espaço que estávamos compartilhando. E uma atração que estava sendo difícil de negar a cada dia que passava.

Hey meu povo, hoje trouxe um livro bem divertido para vocês. Se você gosta de romance em escritório, tá na resenha certa!

Egomaníaco conta a história de Emerie e Drew. Ela é uma psicóloga que trabalha ajudando casais a se entenderem, uma especialista em relacionamentos. Ele é um advogado especializado em divórcio, nada poderia ser mais oposto do que isso né rsrs.

Continue lendo
04fev • 19 new adult, Romance

Resenha #246 Truth Or Beard

Título: Truth Or Beard (Winston Brothers #1)
Autor: Penny Reid
Editora: Caped Publishing
Páginas: 370
Ano: 2015
Gênero: New Adult
Classificação: 3.5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Barbas, irmãos e motociclistas. Minha nossa!

Gêmeos idênticos Beau e Duane Winston podem compartilhar o mesmo rosto devastadoramente bonito, mas onde Beau é extrovertido e sociável, Duane é caseiro e reservado. É por isso que Jessica James, formanda de pós-graduação e boa menina de nível perpétuo, sofreu uma incansável e insalubre paixão por Beau Winston durante a maior parte de sua vida.
Seus sorrisos amigáveis deixavam ela paralisada e com os joelhos fracos,
e ela nunca foi capaz de se mover além da paixão da infância. Considerando quem Duane e Jessica sempre foram adversários. Ela não consegue suportá-lo, e ela tem certeza de que ele não pode suportar a visão dela … Mas, depois de um caso de identidade equivocada, Jessica encontra-se em uma enorme confusão. Jessica James passou a vida inteira paralisada pela fantasia de Beau e suas opiniões sobre o desdém de Duane; portanto, ela não está preparada para a realidade que é o interesse insaciável de Duane, bem como suas mãos quentes e sua boca quente e seus olhares mais quentes. Não ajudando a mente confusa de Jessica e a boa sensibilidade das meninas, Duane parece ter tido problemas com a gangue de MC local, Iron Order.
Certamente, o feitiço mágico de Beau está quebrado. No entanto, quando
Jessica se sente atraída pelo homem que sempre foi seu adversário, agora mais perigoso do que nunca, quanto de seu coração está disposta a arriscar?

“Eu estava sempre correndo atrás dela,

mas desta vez não a deixarei escapar.”

Truth Or Beard foi uma surpresa inesperada e muito divertida. Esta é a história de Jessica James e Duane Winston. Ela é professora de matemática, mas está apenas de passagem. Seu verdadeiro sonho é sair viajando pelo mundo e descobrindo o quanto ele é incrível. Ele é um mecânico, fortão, e com jeito de bad boy. Pra falar a verdade, os dois nunca se deram muito bem. O crush de Jess sempre foi o gêmeo idêntico de Duane, Beau.

Continue lendo
01fev • 19 Jamie McGuire, jovem adulto, literatura estrangeira, mistério, resenha, Romance, Verus

Resenha #245 Todas as Pequenas Luzes

Título: Todas as Pequenas Luzes
Autor: Jamie McGuire

Editora: Verus
Páginas: 350
Ano: 2018
Gênero: Jovem Adulto/Romance/ Literatura Estrangeira/Suspense
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Novo livro da autora da série best-seller Belo Desastre.

Quando Elliott Youngblood vê Catherine Calhoun pela primeira vez, ele é apenas um garoto com uma câmera nas mãos que nunca viu algo tão triste e tão belo. Os dois se sentem excluídos e logo se tornam amigos. Porém, no momento em que Catherine mais precisa dele, Elliott é forçado a sair da cidade. Alguns anos depois, Elliott finalmente retorna, mas ele e Catherine agora são pessoas diferentes. Ele é um atleta bem-sucedido, e ela passa todo o tempo livre trabalhando na misteriosa pousada de sua mãe. Catherine ainda não perdoou Elliott por abandoná-la num momento difícil, mas ele está determinado a reconquistar a amizade dela ― e a ganhar seu coração. Bem quando Catherine está pronta para confiar outra vez em Elliott, ele se torna o principal suspeito em uma tragédia local.

Apesar da desconfiança de todos na cidade, Catherine se agarra ao seu amor por Elliott. Mas um segredo devastador que ela esconde pode destruir qualquer chance de felicidade que os dois ainda têm.

Temos fãs da Jamie McGuire por aqui? Espero que sim! Rsrsrs

Hoje trago para vocês a resenha do seu mais recente lançamento, Todas as Pequenas Luzes. Olha, esse livro é completamente diferente do que eu esperava, sei que volta e meia vivo comprando gato por lebre nesse meio literário e os livros nunca são o que eu imaginava, mas esse bateu os recordes rs.

Bom, o livro conta a história de Elliott e Catherine. Ele costumava passar as férias de verão na casa da tia e toda vez observava a garotinha que morava na principal e maior casa da rua de sua tia. O dia mais marcante para ele é quando vê Catherine com o pai enterrando o cachorrinho da família que tinha morrido, ele está no alto da árvore que ficava no quintal da casa da garota tirando fotos e a tristeza dela o atrai a ponto de ele ficar horas e horas ali esperando e respeitando o luto de nossa mocinha.

Continue lendo
30jan • 19 Fantasia, internacional, literatura estrangeira, resenha, Stephen King, Suma de Letras

Resenha #244 O Pistoleiro

Título: O Pistoleiro (A Torre Negra #1)
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 224
Ano: 2004
Gênero: Fantasia
Classificação: 3 estrelas

Compre o livro

Sinopse: Este livro é o primeiro dos sete volumes da série A Torre Negra, obra mais ambiciosa do escritor Stephen King. “O Pistoleiro” apresenta ao leitor o fascinante personagem de Roland Deschain, último descendente do clã de Gilead, e derradeiro representante de uma linhagem de implacáveis pistoleiros desaparecida desde que o Mundo Médio onde viviam “seguiu adiante”. Para evitar a completa destruição desse mundo já vazio e moribundo, Roland precisa alcançar a Torre Negra, eixo do qual depende todo o tempo e todo o espaço, e verdadeira obsessão para Roland, seu Cálice Sagrado, sua única razão de viver. O pistoleiro acredita que um misterioso personagem, a quem se refere como o homem de preto, conhece e pode revelar segredos capazes de ajudá- lo em sua busca pela Torre Negra, e por isso o persegue sem descanso. Pelo caminho, encontra pessoas que pertencem a seu ka-tet – ou seja, cujo destino está irremediavelmente ligado ao seu. Entre eles estão Alice, uma mulher que Roland encontra na desolada cidade de Tull, e Jake Chambers, um menino que foi transportado para o mundo de Roland depois de morrer em circunstâncias trágicas na Nova York de 1977. Mas o pistoleiro não conseguirá chegar sozinho ao fim da jornada que lhe foi predestinada. Na verdade, sua aventura se estenderá para outros mundos muito além do Mundo Médio, levando-o a realidades que ele jamais sonhara existir. Inteiramente revista pelo autor, esta primeira edição brasileira de “O Pistoleiro” traz também prefácio e introdução inéditos de King.

“Continuaria avançando até que algo mudasse e, se nada mudasse, mesmo assim continuaria avançando. Haveria água se Deus quisesse, diziam os moradores antigos. Água se Deus quisesse, mesmo no deserto.”

“O homem de preto fugia pelo deserto e o pistoleiro ia atrás”. É assim que iniciamos nossa longa jornada ao lado de Roland, um pistoleiro que tinha como objetivo chegar até a Torre e pegar o homem de preto. O livro todo narra sua busca desesperada por ele, que parece estar brincando com sua paciência. Há vezes em que deixa rastros e mostra que está a seu alcance e há outros em que parece ter desaparecido. Ainda assim, Roland jamais desiste; não pode parar. Precisa encontrá-lo a todo custo.

Continue lendo
11jan • 19 Esportes, Indicação, literatura estrangeira, Mariana Zapata, resenha, Romance

Resenha #242 From Lukov With Love

Título: From Lukov With Love
Autor: Mariana Zapata

Editora: Kindle Edition
Páginas: 493
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Se alguém pedisse a Jasmine Santos para descrever os últimos anos de sua vida com uma única palavra, seria definitivamente uma de quatro letras.

Depois de dezessete anos – e incontáveis ossos quebrados e promessas quebradas – ela sabe que sua janela para competir na patinação artística está chegando ao fim.

Mas quando a oferta de uma vida inteira vem de um idiota arrogante que ela passou a última década sonhando em empurrar no caminho de um ônibus em movimento, Jasmine pode ter que reconsiderar tudo.
Incluindo Ivan Lukov.

A pergunta que não quer calar, por que não conheci Mariana Zapata antes?!?!

Sim, eu sei que sou a rainha dos livros random nesse blog, e por isso mesmo fiquei chocada por nunca ter nem ouvido falar dela, até um belo dia em que estava passando tempo no facebook, vi a indicação do livro que apresento para vocês hoje. De cara eu sabia que ia gostar, adoro livros com esportistas e nunca tinha lido nada sobre patinação artística, apesar de amar o esporte. Comecei e não consegui parar de ler até acabar. Amei esse livro com força!

A história é sobre a Jasmine, uma patinadora profissional que não está em seu melhor momento na carreira. Ela patinava em duplas e foi abandonada por seu par, como uma esportista muito competitiva, isso a abalou totalmente e agora, um tempo depois, ela precisa decidir se insiste e encontra outra dupla ou se aposenta.

Continue lendo
27dez • 18 Amy Harmon, best book, drama, resenha, Romance

Resenha #241 The Song of David

Título: The Song of David
Autor: Amy Harmon

Série: The Law of Moses #2
Editora: Kindle Edition
Páginas: 285
Ano: 2015
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Sobrenatural
Classificação: 5 est
relas

Compre o Livro

Sinopse: Você me esquecerá para sempre?
Por quanto tempo você esconderá seu rosto de mim?
Por quanto tempo devo lutar contra meus pensamentos e dia após dia ter sofrimento em meu coração?
Por quanto tempo o meu inimigo vai triunfar sobre mim?
Olhe para mim e responda.
Ilumine meus olhos, ou eu vou dormir na morte. 
E meu inimigo dirá “Eu o derrotei.”

Demorou mas chegou! O segundo livro da duologia The Law of Moses está no ar.

Chegou a hora de conhecer a história de David. Preparem os lencinhos porque vai ser intenso.

Acho que cheguei a comentar na resenha de The Law que eu comecei essa série pelo livro errado rs. Sim, a história de David foi a primeira que abri no kindle quando fui escolher o próximo livro da Amy que eu queria ler.

Lá pelos 15/20% da leitura, lembrei que a Amy tinha um livro com o nome de um personagem muito presente nesse livro, o Moses. Aí usei minha inteligência e fui no Goodreads checar a ordem dos livros. Sim, sou dessas pessoas aleatórias que as vezes não leem sinopse, compra o livro só por causa do autor e torce pra gostar rsrs.

Continue lendo
05dez • 18 adulto, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #240 O Jogador

Título: O Jogador
Autor: Vi Keeland
Editora: Charme
Páginas: 304
Ano: 2017
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Adulto
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar.
Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém.
Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar.
De repente, eu era essa garota.
Simples, certo?
Vamos encarar, nunca é.
Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre…
E esta é a nossa.

 

Hey pessoas! Resenha nova na área!

Hoje trago para vocês as minhas impressões de O Jogador, um romance da Vi Keeland.

A princípio pensei que seria mais uma história simples e clichê, não esperava gostar tanto e me surpreender com a qualidade. O livro nos apresenta Delilah e Brody. Ela é uma repórter esportiva, acompanha vários jogos e está sempre atualizada com tudo relacionado a esse mundo, nossa mocinha é muito competente e por isso logo cresce na emissora onde trabalha. No momento ela tem a chance de fazer a cobertura dos jogos do Steel, time que Brody  é a principal estrela e quarterback.

Continue lendo

20nov • 18 drama, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #239 Verão no Lago

Título: Verão no Lago
Autor: Susan Wiggs
Série: Diários do Lago #1
Editora: Harlequin Books
Páginas: 420
Ano: 2009
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Drama
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: É possível superar a magia do primeiro amor?
Olivia Bellamy é uma das mais talentosas decoradoras de Manhattan. Agora, sua avó quer contratá-la para restaurar um lugar muito importante na história da família: o acampamento Kioga.
Olivia sabe que terá muito trabalho pela frente, e precisará contratar um empreiteiro para realizar a grande reforma. Porém, o único profissional disponível é Connor Davis, o menino que roubou seu coração em um dos verões no Kioga. Tendo como cenário um acampamento rodeado pelas montanhas Catskills, Verão no lago é o primeiro livro da coleção Diários do Lago, uma saga sobre os Bellamy, uma família cujo passado precisa ser superado para que juntos possam encontrar a felicidade. Ao utilizar ingredientes como amores perdidos, lembranças da infância, intrigas e redenção, Susan Wiggs cria uma narrativa que, tal qual o lago, espelha a paisagem e a alma de seus personagens a cada página e a cada linha.

 

Sabe aquele livro que vai te deixar nostálgico e desejar ter passado férias de verão em um acampamento? Verão no Lago é esse livro.

“Às vezes, bastava ser feliz, sem nenhum motivo aparente.”

Eu conheci a Susan Wiggs através do livro Mesa para Cinco, uma história familiar emocionante que me fez derramar muitas lágrimas rs, desde então li outros títulos da autora e gostei muito do seu estilo, por isso resolvi ler Verão No Lago, primeiro livro da trilogia Diários do Lago.

O livro conta a história de Olivia Bellamy e Connor Davis. Eles se conheceram, se tornaram amigos e se apaixonaram durante os anos que passaram no Acampamento Kioga. O tempo passou, ambos se tornaram adultos e não sabemos bem o que aconteceu pra afastar o casal. Agora Olivia está de volta ao Kioga, que há muito tempo já não é aberto ao público, com a missão de reformar o lugar para o aniversário de casamento de seus avós.

Continue lendo

02nov • 18 Amy Harmon, best book, drama, Fantasia, literatura estrangeira, mistério, resenha, Romance, Suspense

Resenha #238 The Law of Moses

Título: The Law of Moses
Autor: Amy Harmon

Série: The Law of Moses #1
Editora: CreateSpace Independent Publishing Platform
Páginas: 332
Ano: 2014
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Sobrenatural
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Se eu te contar logo de cara, desde o início, que eu o perdi, será mais fácil para você suportar. Você saberá o que está por vir, e irá doer. Mas você será capaz de se preparar.
Alguém o encontrou em um cesto de roupa suja de uma lavanderia, enrolado em uma toalha, com apenas algumas horas de vida e próximo da morte. Eles o chamavam de bebê Moses quando compartilharam sua história no noticiário das dez, o pequeno bebê deixado em um cesto, numa lavanderia suja, nascido de uma viciada em crack e destinado a ter todos os tipos de problemas. Imaginei esse filho do crack, Moses, com uma rachadura gigante percorrendo seu corpo, como alguém que fora quebrado no momento de seu nascimento. Eu sabia que não era o que o termo significava, mas a imagem ficou na minha mente. Talvez o fato de ele ser quebrado seja o me atraiu desde o início.
Tudo aconteceu antes de eu nascer, e quando eu conheci Moses minha mãe já havia me contado tudo sobre ele, a história já era notícia velha e ninguém queria qualquer ligação com ele. As pessoas adoram bebês, até mesmo bebês doentes. Inclusive bebês do crack. Mas bebês crescem e se tornam crianças, e as crianças crescem e viram adolescentes. Ninguém quer um adolescente confuso.
E Moses estava confuso. Ele fazia sua própria lei. Mas também era estranho, exótico e bonito. Estar com ele mudaria a minha vida de maneiras que eu nunca poderia ter imaginado. Talvez eu devesse ter ficado longe. Talvez eu devesse ter escutado. Minha mãe me avisou. Até Moses me avisou. Mas eu não queria ficar longe.
E assim começa uma história de sofrimento e promessa, de mágoa e cura, de vida e de morte. Uma história de antes e depois, de novos começos e sem final. Mas acima de tudo… uma história de amor.

 

Olá meu povo! Hoje é dia de Amy Harmon por aqui \o/

Quem acompanha o blog há um tempinho já sabe do meu amor pela autora, sim, sou super fã e estava bem ansiosa para ler mais um título dela. O escolhido da vez foi The Law of Moses, um livro que ainda não foi lançado no Brasil, mas oremos para que chegue logo, e é o primeiro da duologia homônima ao título.

Bom, a história é um tanto peculiar, diferente dos romance a que estava acostumada, em The Law, a Amy nos apresenta seu lado fantástico e nos faz caminhar pelo sobrenatural. Confesso que estranhei no início, mas adorei no final. Agora vou explicar os motivos.

Em The Law of Moses, nós conhecemos Moses, um jovem rapaz que tem uma habilidade especial. Ele consegue ver fantasmas e mais do que isso, eles só desaparecem após Moses pintar o que eles mostram pra ele. Sim, muito perturbador!

Imaginem viver sendo atormentado com visões de pessoas que se foram, mas que ainda tem uma mensagem a transmitir para seus entes queridos. É realmente um tormento para Moses, ainda mais por ele não conseguir controlar as visões e suas ações. Ele cresce e se torna um encrenqueiro rs, por isso ele é enviado para morar com a bisavó, a única que ainda tinha paciência e carinho para lidar com nosso menino problema rs.

Continue lendo

24out • 18 lançamento, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #237 Two Weeks Notice

Título: Two Weeks Notice
Autor: Whitney G.
Editora: WGW Books
Páginas: 240
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A quem possa interessar:
Eu estou escrevendo esta carta para anunciar formalmente minha eficaz demissão de Parker Internacional (& o CEO arrogante e condescendente) daqui a duas semanas.
Esta foi uma decisão muito fácil de tomar , com os últimos dois anos foram totalmente infelizes. Eu desejo a sua próxima assistente executivo toda a sorte do mundo (ela vai precisar disso) e se meu chefe precisar de mim nas próximas duas semanas, gentilmente diga que ele pode fazer isto [ele] mesmo…
Sinceramente (não realmente),
Tara Lauren
**
Essa é a minha versão do aviso prévio de duas semanas que eu devia ter mandado para meu chefe, porque a versão mais profissional..–aquela onde eu disse que estava “grata por todas as oportunidades,” e “honrada por todas as experiências gratificantes” ao longo dos anos?
Essa carta foi rejeitada com seu marcante sexy sorriso e um “Eu sugiro que você leia as letras miúdas do seu contrato…”
Então eu fiz.
E agora eu percebi que, a não ser finja a minha morte, que eu o envene ou que encontre uma maneira de renegociar o meu impossível contrato, eu estou presa e trabalhando para um dos chefes mais cruéis e charmosos em Nova York.
Então, eu pensei que era isso até que ele me ligou ontem à noite com uma proposta de emergência…

 

Alô alô fãs de romance em escritório!! Esse livro é pra vocês!

Só um aviso: preparem-se para muitas risadas rs.

Esse livro foi mais um dos meus achados no garimpo dos livros random rs. Gostei da sinopse e resolvi dar uma chance, por sorte não me arrependi, na verdade me diverti bastante! Eu tinha acabado de sair de duas leituras densas e com uma carga emocional bem grande e esse livro foi perfeito para relaxar.

Ele conta a história Tara e Preston. Ele é um CEO muito exigente e workaholic, o terror de seus empregados, de quem espera a excelência em suas funções. Ele domina o setor hoteleiro e seu negócio está sempre em expansão, por isso ele não para, chegando a trabalhar por horas infindáveis. Por esse motivo não consegue manter um assistente executivo por mais de duas semanas, todos sucumbem ao estresse porque ele é IMPOSSÍVEL de lidar kkk. Sério!

Continue lendo

12out • 18 Atria Books, Colleen Hoover, drama, lançamento, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #236 All Your Perfects

Título: All Your Perfects
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Páginas: 320
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Ficção
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A autora best-seller número um do New York Times, também autora do livro It Ends With Us, cuja escrita é “emocionalmente dolorosa e totalmente original” (Sarah Sheperd, autora best-seller do New York Times da série Pretty Little Liars) apesenta um romance excepcional sobre um casamento conturbado e uma velha e esquecida promessa que pode ser capaz de salvá-lo.

O amor perfeito de Quinn e Graham está ameaçado por seu casamento imperfeito. As lembranças, erros e segredos que eles acumularam ao longo dos anos estão, agora, os destruindo. E, a única coisa que pode salvá-los é, também, a única coisa que empurra seu casamento para muito além de um ponto de reparo.

All Your Perfects é um profundo romance sobre um casal destruído que tem seu potencial futuro preso a promessas feitas no passado. Esta é um livro interessante e devastador que questiona: Um amor tão grande e com um início tão perfeito pode sobreviver a uma vida inteira em meio a duas pessoas imperfeitas?

 

 

Eu não queria que você se apaixonasse por mim por causa do destino. Eu queria que você se apaixonasse por mim simplesmente porque não podia evitar.

Eu ouvi Colleen Hoover?

Isso mesmo meus caros, hoje é dia de Colleen Hoover nesse blog #adooooro. Dessa vez, trago para vocês a resenha do mais recente lançamento da nossa diva querida. Preparem os corações e o lencinhos!

Em All Your Perfects temos uma história completamente diferente dos livros anteriores da Colleen. Aqui temos Graham e Quinn, um casal passando por uma crise no casamento e que estão afundados em tantos problemas que parece não haver mais esperança e a melhor decisão é o divórcio.

O livro é dividido em Antes e Agora, tudo narrado por Quinn e nos mostra no presente o que o casamento se tornou e no Antes, como eles se conheceram e se apaixonaram. Eu vou me abster de contar sobre o enredo do livro, acho que é muito mais interessante vocês descobrirem as razões para o relacionamento de Quinn e Graham estar se desfazendo por conta própria, vou falar mais sobre o que senti durante a leitura.

Continue lendo

1 2 3