drama

Resenha #271 Dear Aaron

Por Barbara em 29 maio • 2019
drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019

Categoria: Resenhas de Livros

09ago • 19 Amy Harmon, drama, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, romance histórico

Resenha #275 From Sand and Ash

Título: From Sand and Ash
Autor: Amy Harmon
Editora: Lake Union Publishing
Páginas: 386
Ano: 2016
Gênero: Romance/ Romance Histórico/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Itália, 1943 – A Alemanha ocupa grande parte do país, colocando a população judaica em sério perigo durante a Segunda Guerra Mundial.

Quando crianças, Eva Rosseli e Angelo Bianco foram criados como família, mas divididos por circunstâncias e religião. Com o passar dos anos, os dois encontram-se apaixonados. Mas a igreja chama Angelo e, apesar de seus sentimentos profundos por Eva, ele escolhe o sacerdócio.

Agora, mais de uma década depois, Angelo é um padre católico e Eva é uma mulher sem lugar para voltar. Com a chegada da Gestapo, Angelo esconde Eva dentro das paredes de um convento, onde Eva descobre que ela é apenas um dos muitos judeus que estão sendo abrigados pela Igreja Católica.

Mas Eva não pode se esconder silenciosamente, esperando pela libertação, enquanto Angelo arrisca tudo para mantê-la segura. Com o mundo em guerra e tantos necessitados, Angelo e Eva enfrentam julgamento após julgamento, escolha após escolha agonizante, até que o destino e sorte finalmente colidem, deixando-os com a decisão mais difícil de todas.

Sinceramente, acho que ainda não sei como colocar em palavras tudo o que senti durante a leitura desse livro. Essa, provavelmente, será uma resenha bem emocional, então me perdoem os excessos rs.

Sintam-se avisados!

Ainda estou esperando por um livro da Amy em que eu me decepcione um pouco com a história. From Sand and Ash é o sétimo título da autora que leio e o sétimo que ganha cinco estrelas.

O livro se passa durante o período da Segunda Guerra Mundial na Itália, como boa fã de história que sou, confesso gostar muito de ler romances que se passem nesse período.

Continue lendo
25jun • 19 Ella Maise, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha 274 The Hardest Fall

Título: The Hardest Fall
Autor: Ella Maise
Editora: Amazon
Páginas: 444
Ano: 2018
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A primeira vez que você encontra alguém, você faz contato visual. Você sorri, diz olá. Deve ser simples, se você não for eu. A primeira vez que encontrei Dylan Reed, me vi fazendo contato visual com uma parte diferente do corpo dele. Você sabe, eu sou muito boa em ser tímida, para não mencionar extremamente propensa a dizer bobagens e, infelizmente, bastante habilidosa em fazer papel de idiota na frente de um cara por quem sou atraída.

Na época, eu não sabia nada sobre ele e achava que nada do que eu dizia importaria, já que nunca mais falaria com ele. Acontece que eu estava muito errada. Ele era o grande receptor do time de futebol americano, um dos poucos jogadores esperados para entrar na NFL, e acabei o vendo por todo o campus. Eu também poderia ter proposto algo a ele, fugido dele, atacado ele com um utensílio de cozinha … e … uh, talvez eu não devesse lhe contar tudo. É algo normal, coisas que você espera… de mim. Eventualmente, chegou uma hora em que eu não conseguia mais me esconder – não que ele tivesse deixado, mesmo se eu tentasse.

Antes disso, ele nunca soube que eu estava secretamente olhando para ele. Agora que nos vemos todos os dias, ele sabe quando tenho dificuldade em desviar o olhar. Não ajuda que eu não seja a pessoa mais sutil do mundo também. Ele sorri para mim e me diz que me acha fascinante por causa das minhas peculiaridades. Eu nem posso dizer a ele que acho que meu coração bate diferente quando ele está por perto.

Ele acha que seremos melhores amigos. Eu acho que tenho uma grande coisa por ele, e quanto mais eu o conheço, mais eu não ligo de não poder ser amiga dele, muito menos me apaixonar por ele. O problema é que é exatamente isso que eu estou fazendo, o que estamos fazendo, eu acho. Nos apaixonando.

Cadê os fãs de New Adult desse blog?!

Eu sei que vocês gostam e eu também! Hoje vamos conversar sobre The Hardest Fall, um romance entre dois colegas de apartamento com uma vida um tanto complicada e prestes a se formarem na faculdade.

Dylan e Zoe se conhecem no primeiro ano de faculdade dela, ele já era um veterano, jogador de futebol americano bem famosinho e com chances de ser contratado por um grande time em breve. A primeira vez que eles se veem é num momento bem nonsense em uma dessas festas de faculdade, mas nada acontece, infelizmente…

Continue lendo
17jun • 19 drama, Jewel E. Ann, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #273 A Place Without You

Título: A Place Without You
Autor: Jewel E. Ann
Editora: Amazon
Páginas: 308
Ano: 2018
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira/ Drama
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A lei da Henna e do Bodhi:

Quando o amor é quebrado, a dor da queda é uma dor interna, conjunta e forte. Então deixe o tempo pegar as peças. Tudo parece temporário quando você experimentou uma tragédia – até Henna Lane conhecer Bodhi em um festival de música. Jovens e espontâneos, eles têm um desejo de aproveitar o momento, e se apaixonam com força e rapidez. Quando Bodhi é forçado a sair sem um adeus, Henna acha que nunca vai o superar.

Mas então ela conhece o Sr. Malone, seu conselheiro de orientação sexy e novo. Eles são imprudentes. Eles são proibidos. Quando seu segredo é descoberto, a Henna tem que escolher entre terminar a escola – proibida de ver o Sr. Malone – ou desistir para seguir seus sonhos nômades.

Henna escolhe seus sonhos.

Com o tempo, ela aprende que a vida não é um destino ou uma jornada, algumas coisas são mais do que temporárias, e o proibido nunca pode ser ignorado. Mas se ela voltar para ele, ele ainda será dela? A Place Without You é uma história emocional de amor jovem, sonhos destruídos e decisões impossíveis.

Galeraaaaa! Que livro emocionante, juro pra vocês que pensei que iria me decepcionar, mas ufa, ainda bem que estava errada!

Então venham comigo, vocês precisam conhecer essa história e se apaixonar por ela como eu me apaixonei.

O livro é sobre Henna e Bodhi, sim, nomes bem diferentes… eles se conhecem durante o Coachella, e é atração ao primeiro olhar ou amor e futuro casamento segundo a Henna rsrs.

Continue lendo
03abr • 19 drama, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Tijan

Resenha #268 Bad Boy Brody

Título: Bad Boy Brody
Autor: Tijan
Editora: Independente
Páginas: 250
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Drama
Classificação: 2 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Um soco o levou do Golden Boy de Hollywood ao Bad Boy Brody. A mídia não se importa que está de luto pela morte do irmão. Cai em cima, mas para mudar sua reputação, sua empresária consegue em acordo.

Atuar em um filme independente, que teria rumores de Oscar, e conseguria o papel do filme que precisava para garantir seu futuro. Ele aceita o acordo.

No entanto, não está preparado para as pessoas reais por trás do roteiro. Não está preparado para o assassinato em que o filme foi baseado. E realmente não está preparado para ela, o maior segredo de todos.

Ela é selvagem. Ela é bonita. Ela desafia a gravidade. Mas ela é o papel principal que o domará?

Segundo livro da Tijan e confesso que esperava mais… Não sei se fui com muita sede ao pote, após ter gostado tanto de Ryan’s Bed, mas pela premissa desse livro, imaginei que seria muito melhor, mas daqui a pouco falo mais sobre isso. Antes vamos a um breve resumo do enredo.

O livro traz Brody como protagonista. Ele é uma estrela de Hollywood em ascensão, porém nessa melhor fase de sua vida uma tragédia acontece. Seu irmão vem a falecer e isso tira nosso mocinho do eixo e ele começa a ter atitudes auto destrutivas.

Tô começando a ver um padrão nessas história da Tijan, não? rs.

Bom, para dar um up em sua imagem, sua agente consegue que ele vá trabalhar em um filme menor, mas que pelos rumores poderia lhe render um óscar. A história é sobre o assassinato de Karen Kellerman, esposa de Peter Kellerman, um multimilionário americano, e que foi morta pelo primeiro marido. O filme seria uma forma de honrar a memória de Karen e seria todo gravado nas terras da família.

Continue lendo
01abr • 19 Lex Martin, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #267 Dearest Clementine

Título: Dearest Clementine
Autor: Lex Martin

Série: Dearest #1
Editora: Independente
Páginas: 272
Ano: 2014
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Clementine Avery, de vinte anos, não se importa de ser chamada de chata e fechada. É mais seguro, e depois de ser ferida por seu namorado do ensino médio e sofrer perseguição de um professor no primeiro ano de faculdade, seguro soa muito bem.

Sua regra número um para a sobrevivência? Nada de namoro. Isso é, até que acidentalmente ela se matricula em uma aula de escrita de romance e precisa de material para poder cumprir sua mais recente tarefa. Sexy, o residente assistente, Gavin Murphy está mais do que feliz em fazer o papel de namorado fictício para ajudar Clem a encontrar alguma inspiração, mesmo que isso signifique trocar uns beijos… em nome da investigação, é claro. À medida que Gavin e Clem ficam mais próximos, os dois se envolvem no mistério em torno do desaparecimento de uma estudante da Universidade de Boston, e Clem involuntariamente se torna um possível alvo. Gavin tenta lhe mostrar que ela é capaz de se apaixonar de novo, mas Clem sabe que precisa ter cuidado porque seu coração está em jogo… e talvez até mesmo sua vida.

New Adult,
New Adult,
Nós amamos New Adult rsrsrs!!!

Oi pessoal, como estamos?!

Hoje vim conversar sobre Dearest Clementine com vocês, um romance para os fãs de new adult aqui do blog, e eu sei que vocês amam!

Clementine, mais conhecida por Clem, é uma estudante de escrita criativa na universidade, ela já lançou um livro YA com um toque NA que viralizou e se tornou um grande sucesso. Como ela escreve sob um pseudônimo, não corre risco de ninguém liga-la a história de seu romance, apesar dele ter sido baseado em um momento complicado de sua vida. Foi esse romance, escrito em seu primeiro ano na faculdade, que a ajudou a pagar as contas e mensalidades, porém o dinheiro está acabando e ela precisa de um novo sucesso, já que seus pais não tem ajudado financeiramente, apesar de serem podres de ricos… tretas de família! #chamaaCristinaRocha


É durante uma pesquisa para seu novo livro que ela conhece Gavin, o residente assistente do dormitório dos calouros onde ela estava. De cara ela já gosta dele, mas resiste porque nossa mocinha tem um passado traumático com homens, mas algo em Gavin a faz dizer pelo menos seu nome.

Continue lendo
29mar • 19 comédia, literatura estrangeira, R. S. Grey, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #266 Anything You Can Do

Título: Anything You Can Do
Autor: R.S. Grey
Editora: Independente
Páginas: 277
Ano: 2017
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Comédia
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Lucas Thatcher sempre foi meu inimigo. Faz uma década desde que o vi, mas nossos anos em costas opostas foram menos de uma paz duradoura e mais um cessar-fogo temporário. Agora que estamos de volta à nossa pequena cidade, eu sei que Lucas espera a mesma guerra antiga, mas eu mudei desde o ensino médio – e pelo que parece, ele também.

O garoto arrogante que era meu rival adolescente agora é um doutor bem definido, armado com uma boa aparência intimidante. Ele é o Lucas Thatcher 2.0, a nova e melhorada versão com quem irei competir no local de trabalho em vez do pátio da escola.

Eu não estou preocupada. Eu também sou médica, credenciada e sexy em um jaleco branco. Parece que ganhar será muito fácil – até que Lucas revele uma tática que nenhum de nós já usou antes: guerra sexual.

No dia em que ele me empurra contra a parede e pressiona seus lábios contra os meus, não posso deixar de me perguntar se ele esta me enchendo de paixão ou veneno. Cada toque fugaz é a tortura perfeita. Com cada beijo roubado, minhas paredes esfriam um pouco mais. Depois de todo esse tempo, Lucas sabe exatamente como tirar as minhas defesas, mas não tenho pressa em me render. Conhecer o inimigo nunca pareceu tão bom.

Ah as relações de amor e ódio… esse clichê que eu amo, mas nem sempre tem em bons livros. Por sorte, nesse tem!

Anything You Can Do nos conta a história de Dayse e Lucas. Eles se conhecem a vida toda, as famílias são próximas, Dayse é a melhor amiga da irmã de Lucas… eles deveriam ter uma boa relação, certo? SQN!

Esses dois são inimigos velados desde sempre, um vive para provocar o outro, nas coisas mais simples desde os tempos do colégio, até o momento presente, como adultos e com carreiras já estabilizadas. Eles viviam em constantes disputas e agora não seria diferente.

Continue lendo
27mar • 19 12 livros para 2019, Best Bolso, clássico, Jane Austen, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #265 Razão e Sensibilidade

Título: Razão e Sensibilidade
Autor: Jane Austen
Editora: Best Bolso
Páginas: 400
Ano: 2013
Gênero: Clássico/ Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: “Primeiro romance de Jane Austen, ‘Razão e Sensibilidade’ conta a história de duas irmãs com personalidades muito diferentes: Elinor é razão, Marianne é sensibilidade, e Jane Austen usa ambas para mostrar os perigos de ser franco demais numa sociedade essencialmente hipócrita onde há muito mais mérito em esconder do que em mostrar.” -Julia Romeu, no prefácio “Cérebro e Coração”.

Após a morte de Henry Dashwood, sua esposa e filhas – a sensata Elinor, a romântica Marianne e a jovem Margaret – veem-se subitamente empobrecidas e obrigadas a trocar sua confortável mansão por um pequeno chalé em Barton Park. Enquanto Elinor é controlada e cautelosa, Marianne demonstra abertamente seus sentimentos, recusando-se a adotar a conduta hipócrita que é esperada dela. Apesar de sua prudência, Elinor torna-se cada vez mais apegada a um homem inacessível. Marianne, por sua vez, descobre que seu temperamento afetuoso não é suficiente para garantir sua felicidade. As irmãs enfrentam grandes desafios em suas vidas amorosas e são forçadas a encontrar o equilíbrio entre razão e emoção antes de conquistarem o verdadeiro amor. Com sua ironia característica, a autora faz um retrato mordaz da sociedade inglesa do início do século XIX.

Hey galera, como estamos?

Hoje vim conversar com vocês sobre Razão e Sensibilidade, o primeiro livro publicado pela maravilhosa Jane Austen. Esse é o quarto livro do desafio #12livrospara2019 e eu estava bem ansiosa para comentar com vocês as minhas impressões, mas antes um breve resumo do enredo. Vou tentar ser breve para evitar spoilers.

Razão e Sensibilidade traz duas irmãs como protagonistas, Elinor e Marianne, as duas jovens vivem com a irmã mais nova e a mãe que acabou de ficar viúva. Elas tem ainda um irmão mais velho, fruto do primeiro casamento do Sr. Dashwood, que após a morte do pai herda toda a herança da família e a responsabilidade de cuidar das meias-irmãs. Porém as promessas feitas no leito de morte nem sempre são bem interpretadas e nossas mocinhas ficam à mercê da boa vontade do irmão e de sua esposa nada generosa.

Continue lendo
22mar • 19 Laura Ward, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #264 Not Yet

Título: Not Yet
Autor: Laura Ward
Editora: Life Changing. LLC
Páginas: 254
Ano: 2014
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 2,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Emma Harris está aprendendo que a vida é apenas uma série de lições.

Lição #1: Nada acontece da maneira que você planeja.

Lição #2: Você não pode confiar nos homens. Especialmente não nos bonitos.

Lição #3: Acontece que as aparências quase sempre enganam.

Emma acha que ela tem a vida toda planejada, e o que ela sabe que não é bom. Durante anos, ela colocou a irmã mais velha, que nasceu com síndrome de Down, em primeiro lugar. Agora Emma está pronta para começar sua própria vida, mas o destino tem outros planos. Para fazer a coisa certa para a irmã que ela ama, os sonhos de Emma terão que esperar.

Ela não planejava conhecer Landon – um rico e flertador atleta, que nunca tem que esperar por nada. Não por atenção, não por dinheiro, e certamente não por garotas. Conhecer Emma marca a primeira vez em sua vida que ele teve que lutar por algo. E Landon não sabe como perder.

Emma não tem interesse em desperdiçar seu verão com um cara superficial como Landon. Mas logo percebe que está errada sobre ele. A questão é, ela pode confiar nele? Ou ele vai decepcioná-la coo qualquer outro cara em sua vida? Mas o mais importante, Emma pode confiar em si mesma o suficiente para viver a vida que ela sempre sonhou?

A vida tem um jeito de se esgueirar nas lições mais importantes quando você não está olhando. E uma vez que o coração se envolve, é quando a verdadeira aprendizagem começa.

Mais um livro com uma Emma como protagonista, mais um livro não tão bom assim… será que devo correr do nome? Kkk

E aí meu povo, tudo bom por aí? Hoje temos livro New Adult no blog e eu sei que temos muitos fãs do gênero por aqui e por isso não poderia deixar de falar sobre esse romance com vocês.

Not Yet nos conta a história de Emma e Logan. Eles se conhecem quando passam a trabalhar juntos como salva-vidas na piscina de um clube local. Ela era a chefe e ele um dos salva-vidas bem gato rsrs.

A Emma é uma garota de 21 anos, recém formada na faculdade e não tem uma vida das mais simples, ela precisa ajudar a família e por isso precisou se formar mais cedo. Sua mãe trabalha a noite e precisa de ajuda para cuidar de Evie, irmã mais velha de Emma que tem síndrome de down. Para Emma a família vem em primeiro lugar e é seu papel estar presente e ajudando essas mulheres.

Continue lendo
18fev • 19 Colleen Hoover, Garotos entre Livros, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #252 Maybe Now

Título: Maybe Someday (Maybe #2)
Autor: Colleen Hoover
Editora: Hoover Ink, Inc.
Páginas: 296
Ano: 2018
Gênero: New Adult
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: O que é mais importante: amizade, lealdade ou amor?
Colleen Hoover e Griffin Peterson estão juntos novamente e trazem para os fãs de Maybe Someday de volta ao mundo musical de Sydney e Ridge.
E Maggie.
E Warren e Bridgette.

 “Quando estamos juntos, simplesmente funciona. É como se fossemos melhores juntos do que sozinhos.”

Se você nunca leu Maybe Someday e detesta spoilers, é melhor evitar ler esta resenha. Caso escolha continuar, é melhor ler a resenha do primeiro livro. Então, clique aqui.

Continue lendo
15fev • 19 Amy Harmon, best book, drama, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #251 The Smallest Part

Título: The Smallest Part
Autor: Amy Harmon
Editora: Kindle Edition
Páginas: 300
Ano: 2018
Gênero: Romance/Literatura Estrangeira/Drama
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Foi uma grande mentira. A maior mentira que já contou. Ela reverberava em sua cabeça enquanto falava, soando muito estranha, e a menina por trás de seus olhos — a menina que conhecia a verdade — gritou, e seu grito ecoou junto com a mentira.
“Você está apaixonada por Noah, Mercedes?”, Cora perguntou. “Quero dizer… sei que gosta dele. Vocês são amigos há tanto tempo. Todos somos. Mas você está apaixonada por ele?”
Se tivesse sido qualquer outra pessoa — qualquer pessoa — Mercedes teria estufado o peito, cruzado os braços finos e revelado seus sentimentos. Ela o teria reivindicado. Mas era Cora. Cora, corajosa, bela e danificada. Cora, que também amava Noah.
Então, Mercedes mentiu.
E com essa mentira, ela perdeu. Com essa mentira, selou seu destino.
Ela era a melhor amiga, a dama de honra, a madrinha, o vínculo. Ela estava lá nos tempos bons e ruins, nos altos e baixos, nos momentos mais importantes e nos insignificantes. E ela estava lá quando tudo desabou.
Esta é a história da garota que não conseguiu ficar com o cara.

“ – No final, apenas três coisas importam,
Abuela disse: – Quem Ele é. – Ela apontou para o céu. – Quem você é e quem são seus amigos.”

Sim, mais Amy Harmon chegando por aqui. Já deu pra notar o quanto amo essa autora né?! Haha.

Bom, hoje é a vez de falar de The Smallest Part. Eu estava louca para ler esse livro desde que vi a Amy postando quotes dele em seu Instagram, o que eu nunca poderia imaginar é que esse livro fosse ambientado no mesmo universo de Josie, Moses e David!!!!! Sim, minha surpresa foi enorme ao descobrir que o personagem principal é o Dr. Andelin, o médico que atendeu o Moses e o David quando eles ficaram internados no hospital psiquiátrico quando eram mais jovens.

O Dr. Andelin já tinha chamado minha atenção desde um certo episódio que aconteceu entre ele e o Moses, mas conhecer sua história foi ainda melhor! Obrigada Amy!

Bom, o livro começa nos mostrando um vislumbre da infância do Noah e suas amigas, eles eram um trio muito unido e permaneceram assim por anos e anos. Noah e Mercedes se conheceram bem jovens por ambos morarem no mesmo condomínio, logo em seguida Cora também se muda para lá e o trio infantil está formado.

Continue lendo
05dez • 18 adulto, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #240 O Jogador

Título: O Jogador
Autor: Vi Keeland
Editora: Charme
Páginas: 304
Ano: 2017
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Adulto
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar.
Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém.
Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar.
De repente, eu era essa garota.
Simples, certo?
Vamos encarar, nunca é.
Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre…
E esta é a nossa.

 

Hey pessoas! Resenha nova na área!

Hoje trago para vocês as minhas impressões de O Jogador, um romance da Vi Keeland.

A princípio pensei que seria mais uma história simples e clichê, não esperava gostar tanto e me surpreender com a qualidade. O livro nos apresenta Delilah e Brody. Ela é uma repórter esportiva, acompanha vários jogos e está sempre atualizada com tudo relacionado a esse mundo, nossa mocinha é muito competente e por isso logo cresce na emissora onde trabalha. No momento ela tem a chance de fazer a cobertura dos jogos do Steel, time que Brody  é a principal estrela e quarterback.

Continue lendo

24out • 18 lançamento, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #237 Two Weeks Notice

Título: Two Weeks Notice
Autor: Whitney G.
Editora: WGW Books
Páginas: 240
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A quem possa interessar:
Eu estou escrevendo esta carta para anunciar formalmente minha eficaz demissão de Parker Internacional (& o CEO arrogante e condescendente) daqui a duas semanas.
Esta foi uma decisão muito fácil de tomar , com os últimos dois anos foram totalmente infelizes. Eu desejo a sua próxima assistente executivo toda a sorte do mundo (ela vai precisar disso) e se meu chefe precisar de mim nas próximas duas semanas, gentilmente diga que ele pode fazer isto [ele] mesmo…
Sinceramente (não realmente),
Tara Lauren
**
Essa é a minha versão do aviso prévio de duas semanas que eu devia ter mandado para meu chefe, porque a versão mais profissional..–aquela onde eu disse que estava “grata por todas as oportunidades,” e “honrada por todas as experiências gratificantes” ao longo dos anos?
Essa carta foi rejeitada com seu marcante sexy sorriso e um “Eu sugiro que você leia as letras miúdas do seu contrato…”
Então eu fiz.
E agora eu percebi que, a não ser finja a minha morte, que eu o envene ou que encontre uma maneira de renegociar o meu impossível contrato, eu estou presa e trabalhando para um dos chefes mais cruéis e charmosos em Nova York.
Então, eu pensei que era isso até que ele me ligou ontem à noite com uma proposta de emergência…

 

Alô alô fãs de romance em escritório!! Esse livro é pra vocês!

Só um aviso: preparem-se para muitas risadas rs.

Esse livro foi mais um dos meus achados no garimpo dos livros random rs. Gostei da sinopse e resolvi dar uma chance, por sorte não me arrependi, na verdade me diverti bastante! Eu tinha acabado de sair de duas leituras densas e com uma carga emocional bem grande e esse livro foi perfeito para relaxar.

Ele conta a história Tara e Preston. Ele é um CEO muito exigente e workaholic, o terror de seus empregados, de quem espera a excelência em suas funções. Ele domina o setor hoteleiro e seu negócio está sempre em expansão, por isso ele não para, chegando a trabalhar por horas infindáveis. Por esse motivo não consegue manter um assistente executivo por mais de duas semanas, todos sucumbem ao estresse porque ele é IMPOSSÍVEL de lidar kkk. Sério!

Continue lendo

1 2 3