Clichê

Resenha 459 Lugar Feliz

Por Barbara em 16 maio • 2024
23ago • 23 dragão, dragões, Essência, fadas, Fantasia, internacional, magia, Nora Roberts, resenha, Resenhas de Livros, Review, Romance

Resenha 444 O Despertar

Título: O Despertar
Série: Legado do Coração de Dragão
Ordem: Livro 1 de 3
Autor: Nora Roberts
Editora: Essência
Páginas: 534
Ano: 2022
Gênero: Fantasia
Classificação: 4 estrelas

Compre o livro

Sinopse: Prepare-se para embarcar em uma jornada arrebatadora – repleta de magia, amor e sedução – pelas colinas verdejantes da Irlanda: a nova fantasia de Nora Roberts, uma das autoras mais lidas da história, com mais de 400 milhões de cópias vendidas! 

No reino de Talamh, um guerreiro emerge de um lago mítico. Com ele, uma espada que representa o poder e a responsabilidade de proteger o povo feérico. Em outro reino, conhecido como Filadélfia, uma jovem mulher acaba de descobrir um grande tesouro, algo capaz de mudar o rumo da sua vida para sempre.

Breen Kelly é uma mulher ansiosa de vinte e poucos anos, que trabalha num emprego que odeia para pagar a faculdade. Mas, quando ela descobre uma herança escondida, Breen decide realizar um grande sonho: visitar a Irlanda, terra de seus antepassados.

Lá, sua vida se transforma de uma maneira drástica, e Breen se depara com mistérios que vão além de sua imaginação. Finalmente ela irá entender por que sempre vê um homem misterioso de cabelos prateados e por que ouve sua voz dizendo: “Venha para casa, Breen Siobhan. Está na hora de você voltar para casa”. E por que sempre sonha com dragões.

Brenn descobrirá onde está seu verdadeiro destino, repleto de emoções e perigos, numa jornada através de um portal que a levará para uma terra povoada por fadas e sereias… e para os braços de um homem chamado Keegan.

“Você tem que procurar para encontrar.
Tem que perguntar para obter respostas.
Tem que despertar para ser.”

Este livro foi tão bom que resolvi sair do buraco das blogueiras em hiato, depois de muitos anos, para contar tudinho para vocês. Um feito e tanto!

A história se passa na Filadélfia, mas também na Irlanda. E isso, por si só, já é apaixonante porque Norinha tem a capacidade de fazer você querer embarcar para a Irlanda assim que começa a descrever a paisagem. Meu coração já está lá, podem ter certeza!

Logo no começo conhecemos Breen e seu melhor amigo, Marco. Breen é uma professora, de 26 anos, mas se sente tão fracassada na vida e sente que a vida deveria ser mais do que ela tem vivido. Ela esconde quem sabe que é por dentro, pintando seu cabelo de outra cor, usando roupas sérias e sendo quem ela não é. O que ela realmente gostaria de ser é escritora e Marco vive lhe dizendo isso, mas as vozes da dúvida, medo e autodepreciação falam muito mais alto.
É claro que, berrando bem mais alto que todas essas vozes, está a voz de sua mãe, que dita como sua vida deve ser exaustivamente desde que ela se entende por gente.

E vivendo assim ela foi. Na verdade, ela vê sua vida passar sem nenhum propósito e sofre por isso. Ainda bem que ela tem Marco, esse ser incrível e especial que tem sido um irmão para ela por tantos anos. Marco é aquele personagem secundário que brilha. É impossível não amá-lo.
Aliás, esta história está cheia de personagens apaixonantes, humanos e de quatro patas também.

Como já disse, a vida da nossa mocinha era uma chatice, até que eventos misteriosos a levam a descobrir uma poupança com muitos milhões; dinheiro que seu pai, que ela achava que a tinha abandonado, mandava para ela para que tivesse uma vida segura e plena. Por que ela nunca soube disso mesmo? Bom, vou deixar esse detalhe para o livro, mas posso dizer que isso mudou a vida da Breen radicalmente.

Ela decide viajar para a Irlanda, pois seu pai nasceu lá e ela quer conhecer suas raízes. Então, ela vai e leva Marco junto e são os melhores dias da vida dela. Porém, após Marco voltar para os Estados Unidos, Breen fica em uma cabana sozinha e, em uma de suas explorações conhece um cachorro (esse doguinho tem meu coração eternamente!).
Breen o segue pela floresta e para em uma árvore magnífica. Quando sobe nela, descobre que é um portal para uma terra que só seus sonhos mais malucos poderiam fabricar: um mundo de magia, fadas e dragões. O que ela não esperava é que seu destino e seu passado estariam tão entrelaçados com esse lugar.

Depois de descobrir o reino de Talamh, Breen embarca em uma jornada de descoberta; uma viagem para dentro de si mesma, para que pudesse se abrir para seu verdadeiro destino. Lá ela encontra sua família, faz novos amigos e um guerreiro muito teimoso e impaciente, com um fardo pesado sobre os ombros e um coração gigante.

Bom, acho melhor parar por aqui. Sim, é um livro muito bom. Quem não ama histórias de fadas, magia e dragões? Mas também é um livro repleto de inclusão, amor, amizade e tudo que derrete nosso coração nesse mundo que se mostra tão cruel na maioria das vezes. É um livro cheio de esperança.

Sim, algumas partes achei que foram muito rápidas e o final, mesmo com um cliffhanger esperado, deixou tudo muito no ar e encerrou tudo de uma maneira muito abrupta. Porém, meu conselho é: se joguem! No final, o conjunto todo vale muito a pena. Nora tem o dom de nos deixar imersos nesse universo sem querer mais voltar para a realidade.

E aí, pronto para uma aventura em solo Irlandês?

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

4 Comentários

  • Adriana Maria
    23 ago 2023

    Amiiiiga tu escreve taaaao bem! Não deixa a gente aqui no blog, sem notícias, sem resenhas. Continue, pleeeease!!!

    • Raquel
      24 ago 2023

      Pode deixar, Xexe. Voltei pra ficar! ❤️

  • Pampam
    23 ago 2023

    Adorei a indicação, meninas <3