Clichê

Resenha 459 Lugar Feliz

Por Barbara em 16 maio • 2024

Posts arquivados em: Tag: apaixonante

23ago • 23 dragão, dragões, Essência, fadas, Fantasia, internacional, magia, Nora Roberts, resenha, Resenhas de Livros, Review, Romance

Resenha 444 O Despertar

Título: O Despertar
Série: Legado do Coração de Dragão
Ordem: Livro 1 de 3
Autor: Nora Roberts
Editora: Essência
Páginas: 534
Ano: 2022
Gênero: Fantasia
Classificação: 4 estrelas

Compre o livro

Sinopse: Prepare-se para embarcar em uma jornada arrebatadora – repleta de magia, amor e sedução – pelas colinas verdejantes da Irlanda: a nova fantasia de Nora Roberts, uma das autoras mais lidas da história, com mais de 400 milhões de cópias vendidas! 

No reino de Talamh, um guerreiro emerge de um lago mítico. Com ele, uma espada que representa o poder e a responsabilidade de proteger o povo feérico. Em outro reino, conhecido como Filadélfia, uma jovem mulher acaba de descobrir um grande tesouro, algo capaz de mudar o rumo da sua vida para sempre.

Breen Kelly é uma mulher ansiosa de vinte e poucos anos, que trabalha num emprego que odeia para pagar a faculdade. Mas, quando ela descobre uma herança escondida, Breen decide realizar um grande sonho: visitar a Irlanda, terra de seus antepassados.

Lá, sua vida se transforma de uma maneira drástica, e Breen se depara com mistérios que vão além de sua imaginação. Finalmente ela irá entender por que sempre vê um homem misterioso de cabelos prateados e por que ouve sua voz dizendo: “Venha para casa, Breen Siobhan. Está na hora de você voltar para casa”. E por que sempre sonha com dragões.

Brenn descobrirá onde está seu verdadeiro destino, repleto de emoções e perigos, numa jornada através de um portal que a levará para uma terra povoada por fadas e sereias… e para os braços de um homem chamado Keegan.

“Você tem que procurar para encontrar.
Tem que perguntar para obter respostas.
Tem que despertar para ser.”

Este livro foi tão bom que resolvi sair do buraco das blogueiras em hiato, depois de muitos anos, para contar tudinho para vocês. Um feito e tanto!

A história se passa na Filadélfia, mas também na Irlanda. E isso, por si só, já é apaixonante porque Norinha tem a capacidade de fazer você querer embarcar para a Irlanda assim que começa a descrever a paisagem. Meu coração já está lá, podem ter certeza!

Continue lendo
19jun • 23 Clichê, comédia romantica, Emily Henry, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Verus

Resenha 440 Loucos por Livros

Título: Loucos por Livros
Autor: Emily Henry
Editora: Verus
Páginas: 434
Ano: 2023
Gênero: Romance/ Ficção/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Os livros são a vida de Nora Stephens – e ela definitivamente não é o tipo de heroína dos livros. Não é a garota impulsiva, nem a descontraída e especialmente não a meiga. Na verdade, as únicas pessoas para quem Nora pode ser considerada uma heroína são seus clientes, para os quais ela consegue contratos polpudos como agente literária, além de sua amada irmã mais nova, Libby.
E é por isso que Nora concorda em passar o verão em Sunshine Falls, Carolina do Norte, quando LIbby implora por uma viagem de irmãs. Secretamente, Libby espera que uma autêntica experiência no interior transforme a vida de Nora, que a irmã está convencida de que precisa se tornar a heroína de sua própria história. Mas, em vez de piqueniques no campo ou encontros inesperados com um belo médico, ou quem sabe com um barman musculoso, Nora esbarra em Charlie Lastra, um editor ranzinza que ela conhece de Nova York. Seria um daqueles encontros fofos se não fosse o fato de que eles já se viram antes – e nunca foi fofo. Se Nora sabe que não é a heroína ideal, Charlie também sabe que não é o herói de ninguém. Mas, à medida que se veem juntos repetidas vezes – em uma série de coincidências que nenhum editor que se preze permitiria – o que eles descobrem pode acabar por deslindar as histórias cuidadosamente elaboradas que eles escrevem sobre si mesmos.

Hey meu povo, como vocês estão?

Hoje é dia de conversar com vocês sobre a leitura de loucos por livros, bora que vou contar minha experiência de leitura dele.

O livro vai contar a história de Nora, ela é uma agente literária de sucesso, é apaixonada pelo trabalho e por livros, tem uma irmã mais nova e sobrinhas que ama demais, mas ela tem as características físicas das vilãs de livros clichês rs.

O livro já começa com ela tomando um fora do atual namorado, o boy faz uma viagem para o interior e lá encontra uma doce mocinha local, se apaixona e larga a namorada fria e elegante da cidade grande porque agora ele realmente se encontrou. A Nora é a namorada fria e elegante da cidade grande e ela não foi abandonada nem uma ou duas vezes, mas algumas… levemente traumático, certo?

Continue lendo
17ago • 22 desafio, Desafio das GeLs, Ficção, Infantojuvenil, intrínseca, Katherine Applegate, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #420 Árvore dos Desejos

Título: Árvore dos Desejos
Autor: Katherine Applegate
Editora: Intrínseca
Páginas: 224
Ano: 2020
Gênero: Infantojuvenil/ Ficção/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Red é um carvalho centenário que já viu de tudo um pouco em seus muitos anos de vida. Também é a árvore dos desejos do bairro, e todo ano, no dia 1° de maio, as pessoas amarram em seus galhos fitas ou tiras de tecido com os mais diversos pedidos, sonhos e anseios.
Não é da natureza das árvores se intrometer na vida dos humanos, por isso, Red sempre ouve tudo com muita atenção, em silêncio. Mas então, numa noite fria, o pedido sussurrado da solitária Samar faz Red perceber que talvez tenha chegado a hora de sua voz ser finalmente ouvida.
Delicado, engraçado e profundo, Árvore dos Desejos é um conto de fadas moderno sobre o poder da amizade e da empatia, mostrando que muitas vezes temos que desafiar a tradição e nossos próprios medos para defender quem mais precisa.

Olá meus amores, hoje é dia de resenha apaixonada aqui nesse blog. Vim comentar sobre a minha leitura de Árvore dos Desejos, mas antes vou contar como cheguei a esse livro. Uns meses atrás a Mi me propôs uma ideia, os meus amigos montariam a minha TBR explicando os motivos de terem escolhido tal livro, tem vídeo disso no canal rs. Bom, Árvore dos Desejos foi a escolha do Ca, e o primeiro que li desse desafio e acho que pela minha classificação, já deu pra entender que eu amei!

É uma tremenda dádiva amar ser quem você é.

O livro vai contar a história de Red, um carvalho que está naquela vizinhança há bastante tempo, ele também é conhecido por ser a árvore dos desejos. Essa é uma tradição que começou anos atrás e desde então as pessoas começaram a escrever seus desejos e, em um determinado dia do ano, elas amarram na árvore.

Continue lendo
06ago • 22 Emily Henry, Ficção, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #419 Leitura de Verão

Título: Leitura de Verão
Autor: Emily Henry
Editora: Verus
Páginas: 364
Ano: 2022
Gênero: Romance/ Ficção/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Em Leitura de verão, uma escritora de romances que não acredita mais no amor e um escritor literário sufocado pela rotina se envolvem em um desafio que pode subverter tudo o que eles sempre pensaram sobre o que é ser feliz.

Augustus Everett é um aclamado autor de ficção literária. January Andrews escreve romances best-seller. Enquanto ela cria seus “felizes para sempre”, ele mata todos os seus personagens. Eles definitivamente são polos opostos. A única coisa que têm em comum é que, durante três meses, vão morar em casas de praia vizinhas, ambos falidos e paralisados por um bloqueio criativo. Até que, em uma noite nebulosa, uma coisa leva à outra e eles fazem um acordo que tem o objetivo de arrancá-los da zona de conforto: Augustus vai passar o verão redigindo um livro com final feliz, e January vai escrever o próximo clássico da literatura. Ela vai levá-lo a viagens de campo dignas de uma comédia romântica, e ele a acompanhará em entrevistas com sobreviventes de um culto de suicídio (obviamente). Cada um vai finalizar um livro e ninguém vai se apaixonar. Será?

Hey galera, hoje vim conversar com vocês sobre esse livro que vocês já devem ter ouvido falar por aí, o hype tá nas alturas rs. Leitura de Verão foi indicação de vocês e eu resolvi ler e entender qual era a desse livro, pois bem, vou contar um pouco sobre a minha experiência de leitura.

O livro vai contar a história de January, ela resolve passar o verão na casa de praia de seu pai. Pra começo de conversa ela nem sabia que a casa existia, descobriu no dia do enterro dele e foi um verdadeiro divisor de águas na vida da nossa mocinha. Com a morte do pai, ela percebe que ele tinha muitos mais segredos do que ela imaginava.

O tempo passa, ela está em uma fase bem difícil da vida, ainda vivendo o luto, acabou um longo relacionamento, a conta bancária tá esvaziada e ela precisa terminar, ou melhor, começar e terminar um livro. Ela então decide que enquanto trabalha em seu livro, é um bom momento para se desfazer da casa que o pai deixou. Pois bem, ela só não contava com o vizinho que encontraria… rs.

Continue lendo
12fev • 22 Ali Hazelwood, Berkley Books, Chick Lit, Clichê, comédia romantica, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #400 The Love Hypothesis

Título: The Love Hypothesis
Autor: Ali Hazelwood
Editora: Berkley Books
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance/ Chick Lit/ Comédia Romântica/ Literatura Americana
Páginas: 384
Ano: 2021
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Sendo uma candidata ao Ph.D. do terceiro ano, Olive Smith não acredita em relacionamentos românticos duradouros – mas sua melhor amiga, sim, e foi isso que a colocou nessa situação. Convencer Anh de que Olive está namorando e a caminho de um felizes para sempre sempre vai exigir mais do que truques mentais Jedi: os cientistas precisam de provas. Então, como qualquer bióloga que se preze, Olive entra em pânico e beija o primeiro homem que vê.
Esse homem não é outro senão Adam Carlsen, um jovem professor renomado – e conhecido como babaca. É por isso que Olive fica positivamente chocada quando o tirano do laboratório de Stanford concorda em manter sua farsa em segredo e ser seu namorado falso. Mas quando uma grande conferência de ciência dá errado, colocando a carreira de Olive no bico de Bunsen, Adam a surpreende novamente com seu apoio inflexível e sua ainda mais inflexível… barriga tanquinho.
De repente, seu pequeno experimento parece perigosamente perto de uma combustão. E Olive descobre que a única coisa mais complicada do que uma hipótese sobre o amor é colocar seu próprio coração sob o microscópio.

Resenha dedicada a todos que percorrem o mundo acadêmico e em especial para a minha orientadora Angela Coutinho, que no dia dessa postagem, recebi a notícia de seu falecimento. Fica aqui a minha gratidão pública à minha mestra que muito me ajudou a trilhar meu caminho na academia.

Olá galera, hoje trago para vocês a resenha desse livro amorzinho, e eu espero que vocês gostem e que queiram ler o mais rápido possível!

Vamos lá?

The Love Hypothesis vai contar a história de Olive e Adam. Ela é uma estudante no programa de PhD e ele, um professor com uma péssima fama entre os alunos por ser muito exigente e um tantinho malvado rsrs.

Bom, a confusão entre eles começa quando Olive, ao tentar juntar sua melhor amiga com seu ex-paquera, resolve fingir que tem um namorado, mas a amiga em questão não cai na conversa, então nossa mocinha se vê “obrigada” a tomar medidas drásticas e acaba beijando Adam no meio do corredor dos laboratórios onde eles trabalhavam e onde ambos são flagrados pela dita cuja kkk.

Nossa mocinha só não imaginava que esse beijo causaria tantas confusões. Ela beijou o cara mais bonito, porém complicado, do corpo docente kkk e apesar de não ser aluna dele, obviamente alguma repercussão isso iria causar!

E causou, uma proposta de namoro fake.

Continue lendo
13jan • 22 adulto, AllBook Editora, drama, Jewel E. Ann, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #393 Perfeito para o Papel

Título: Perfeito para o Papel
Autor: Jewel E. Ann
Editora: AllBook Editora
Páginas: 324
Ano: 2020
Gênero: Romance/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Flint Hopkins encontra a inquilina perfeita para alugar o espaço sobre seu escritório de advocacia em Minneapolis.
Todos os requisitos foram preenchidos na proposta de Ellen. As referências dela são boas. E ela é bonita.
Até…
Flint descobrir que Ellen Rodgers, musicoterapeuta certificada, toca instrumentos musicais. Bongô, violão, canto – nada de Beethoven que se pudesse controlar com fones de ouvido com cancelamento de ruído.
O advogado implacável envia um aviso de despejo para a efervescente ruiva que cantarola eternamente, que é sexy demais para o próprio bem. Mas a sorte está do lado de Ellen, e Harrison, o filho autista de Flint, gosta dela à primeira vista. Um pai solteiro não pode competir com violões – e ratos. Sim, ela tem ratos de estimação.
Essa mulher…
Ela é irritantemente feliz e tem uma necessidade constante de tocá-lo – ajeitar sua gravata, abotoar sua camisa, invadir seu espaço e bagunçar sua cabeça.
Mesmo assim…
Ela precisa ir embora.

O relacionamento de desejo e ódio progride para algo bonito e trágico. Essa sexy comédia romântica explora as coisas que queremos, as coisas de que precisamos e as decisões impossíveis que pais e filhos tomam para sobreviver.

Hey meus amores, como vocês estão?

A resenha de hoje é de um livro que foi indicação da galera que segue o GeL no Instagram. Muitas pessoas ficavam falando que esse livro era maravilho, etc e tal e eu decidi dar uma chance. Confesso que a primeira tentativa de leitura não deu muito certo e eu deixei de lado, agora no final de 2021 dei mais uma chance e gente… que livro maravilhoso!

O livro vai contar a história de Flint e Ellen, ele é um advogado de divórcios que é dono de um prédio comercial onde aluga salas para outros empreendimentos. É por esse motivo que eles acabam se conhecendo. Ellen é uma musicoterapeuta e precisava de um espaço para montar seu consultório, Flint concorda e nossa mocinha logo começa a atender seus pacientes, porém Flint – em sua total ignorância quanto à profissão de Ellen – não imaginou que ela faria tanto barulho ao atender seus pacientes.

Alôooou Flint, musicoterapia precisa de música para acontecer kk

O excesso de barulho acaba causando um grande problema entre esses dois, e o que começou como uma relação bem amigável, logo se transformou em uma guerra de titãs rs. Flint querendo que ela saísse imediatamente do prédio, enquanto que Ellen batia o pé alegando que não sairia e que era direito de ela trabalhar ali por motivos contratuais. Ambos não contavam com a atração irresistível que brotaria entre eles e que as trocas de farpas, seria sinônimo de preliminares rs.

Continue lendo
09out • 21 Christina Lauren, comédia romantica, Gallery Books, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #381 The Soulmate Equation

Título: The Soulmate Equation
Autor: Christina Lauren
Editora: Gallery Books
Páginas: 368
Ano: 2022
Gênero: Romance / Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Uma empresa de namoro encontra matches ideais de acordo com o DNA dos usuários. Uma mãe solo cética sobre o amor descobre que tem 98% de compatibilidade com o insuportável fundador da empresa – mas será que na prática o relacionamento dos dois é compatível com as estatísticas?

Jessica Davis não está interessada em namorar. Sendo mãe solo, está sempre muito ocupada criando a amada filha, Juno, e para isso conta com a ajuda de seus avós (que também criaram Jess). Entre seu trabalho com estatística, ajudar Juno com projetos escolares e salvar a mãe adicta sempre que ela se mete em encrencas, a rotina de Jess já está bem atribulada.

Certo dia, porém, quando ela e sua melhor amiga Fizzy estão trabalhando num café, elas começam a conversar com um freguês habitual. Ele é o dr. River Peña, fundador de uma recém-aberta agência de namoros, a GeneticÀmente, que dá matches nos usuários com base no DNA de cada um. Ao ceder ante a insistência de Fizzy, entregando uma amostra de sua saliva para a empresa, Jess descobre que tem uma compatibilidade de 98% com River, um homem que ela já não suporta, e com quem não tem o menor interesse de explorar nada.

Mas, com problemas financeiros se acumulando, Jess vê na GeneticÀmente uma solução, pois a agência lhe oferece uma tentadora quantia de dinheiro caso dê uma chance ao match. E, à medida que Jess conhece o verdadeiro River, ela passa a imaginar que os dados talvez estejam mais corretos do que ela própria gostaria de admitir.

Alerta de livro amorzinhooooo

Hey galera, tudo bem com vocês? Hoje é dia de comentar a minha opinião sobre o livro The Soulmate Equation, e antes que vocês se desesperem, sim, tem ele em português e lançado aqui no Brasil. Só clicar no link no topo que vocês conseguem comprar A Equação Perfeita do Amor.

Mas bora pra história!

The Soulmate Equation vai contar a história de Jess e River. Eles são frequentadores da mesma cafeteria, Jess vai para lá todas as manhãs para trabalhar na companhia de sua melhor amiga. River passa na cafeteria todos as manhãs para buscar a sua dose diária de cafeína. Jess repara sempre nele, por ele ser obviamente muito bonito, mas também por ser um cara frio e que nunca dá boas gorjetas kkk.

Um dia as amigas estão comentando sobre o tal “Americano” quando o barista fala que ele é um cientista importante e que tem uma empresa que está lançando um aplicativo de namoro, para Jess isso é totalmente incoerente com a imagem que River passa, e ela o confronta sobre isso. Ele simplesmente a convida para ir a empresa e conhecer o projeto, e ela obviamente vai!

Continue lendo
28jul • 21 adulto, K A Linde, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #373 Struck from the Record

Título: Struck from the Record
Série: Record
Ordem: 4
Autor: K. A. Linde
Editora: Independente
Gênero: Romance /Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 376
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Clay Maxwell é um homem elegante, sagaz, bonito e movido por sexo. Muitas mulheres têm compartilhado sua cama, mas apenas uma foi sempre constante, Andrea.
Suas regras eram simples. Quando eles estão juntos, é apenas o dois. Quando eles estão separados, tudo é jogo justo. E funcionou. Por dez anos.
Mas um deles mudou o jogo …
Clay deve decidir se o seu caminhos de jogador vale a pena e perder a única garota que sempre esteve lá.

18 anos +

Hey galera, prontos para conhecerem o Clay e sua história? Então continua lendo e vem comigo!

Um aviso, o livro faz parte da série Record e pode ser lido separadamente, mas recomendo a leitura após ler os três anteriores, o Clay e sua namorada Andrea aparecem na história de Liz e Brady e aqui encontramos referências do que aconteceu no passado, então para uma melhor compreensão, leia os anteriores.

Com isso dito, bora pra um breve resumo da história.

Clay é o irmão do meio de Brady, ele sempre se sentiu a sombra do irmão político e glamouroso, apesar das suas conquistas pessoais, ele nunca se sentiu suficiente quando se comparava a Brady, isso só serviu para que a relação de ambos fosse bem problemática até pouco tempo atrás quando ambos decidem agir com um pouco de maturidade rs. Essa relação tensa com o irmão e até com o pai serviu para ditar muitas decisões inconsequentes dele, seu único ponto de equilíbrio sempre foi Andrea.

Continue lendo
14abr • 20 Colleen Hoover, drama, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #310 Regretting You

Título: Regretting You
Autor: Colleen Hoover
Editora: Montlake Romance
Páginas: 365
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Drama/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Morgan Grant e sua filha de dezesseis anos, Clara, gostariam de não ser parecidas.

Morgan está determinada a impedir que sua filha cometa os mesmos erros que cometeu. Ao engravidar e se casar muito jovem, Morgan colocou seus próprios sonhos em espera. Clara não quer seguir os passos de sua mãe. Sua mãe, sempre previsível, não tem sequer um grama de espontaneidade no corpo.

Com personalidades antagônicas e objetivos conflitantes, Morgan e Clara acham cada vez mais difícil coexistir. A única pessoa que pode trazer paz à família é Chris — o marido de Morgan, pai de Clara e a âncora da família. Mas essa paz é destruída quando Chris se envolve em um acidente trágico e suspeito. As consequências devastadoras e que vão durar muito tempo vão muito além de apenas Morgan e Clara.

Enquanto luta para reconstruir tudo o que aconteceu ao seu redor, Morgan encontra conforto na última pessoa que espera e Clara se volta para o garoto que está proibida de ver. A cada dia que passa, novos segredos, ressentimentos e mal-entendidos fazem com que mãe e filha se afastem ainda mais. Tão distantes, pode ser impossível para as duas voltarem a ficar juntas.

Se tem uma coisa que ninguém pode contestar é que Colleen Hoover sabe escrever sobre dramas familiares. É fato também que ela consegue flutuar por gêneros (YA, NA, Thriller…), mas em todas, ou a maioria, nós somos absorvidos por uma família e o drama que os cerca. Não nos esqueçamos dos mocinhos apaixonantes que nos fazem suspirar também! Eles são imprescindíveis rs. Em Regretting You, Colleen nos apresenta a história de Morgan e Clara, mãe e filha que estão prestes a sofrer uma mudança radical em suas vidas.

O livro é divido entre as visões de ambas. No primeiro capítulo descobrimos os conflitos que Morgan passa na adolescência ao descobrir a gravidez. Ela está namorando Chris, e não muito certa do que sente por ele, ela também é responsável pela irmã mais nova. Nós entendemos de cara que ela precisou amadurecer muito cedo por conta de tudo o que aconteceu em sua vida. Mas isso tudo não impede que ela sinta um vazio dentro de si.

“Às vezes, quando estamos sozinhos, ele olha para mim de uma maneira que me faz sentir vazia quando desvia o olhar”

Continue lendo
18fev • 19 Colleen Hoover, Garotos entre Livros, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #252 Maybe Now

Título: Maybe Someday (Maybe #2)
Autor: Colleen Hoover
Editora: Hoover Ink, Inc.
Páginas: 296
Ano: 2018
Gênero: New Adult
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: O que é mais importante: amizade, lealdade ou amor?
Colleen Hoover e Griffin Peterson estão juntos novamente e trazem para os fãs de Maybe Someday de volta ao mundo musical de Sydney e Ridge.
E Maggie.
E Warren e Bridgette.

 “Quando estamos juntos, simplesmente funciona. É como se fossemos melhores juntos do que sozinhos.”

Se você nunca leu Maybe Someday e detesta spoilers, é melhor evitar ler esta resenha. Caso escolha continuar, é melhor ler a resenha do primeiro livro. Então, clique aqui.

Continue lendo
11jan • 19 Esportes, Indicação, literatura estrangeira, Mariana Zapata, resenha, Romance

Resenha #242 From Lukov With Love

Título: From Lukov With Love
Autor: Mariana Zapata

Editora: Kindle Edition
Páginas: 493
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Se alguém pedisse a Jasmine Santos para descrever os últimos anos de sua vida com uma única palavra, seria definitivamente uma de quatro letras.

Depois de dezessete anos – e incontáveis ossos quebrados e promessas quebradas – ela sabe que sua janela para competir na patinação artística está chegando ao fim.

Mas quando a oferta de uma vida inteira vem de um idiota arrogante que ela passou a última década sonhando em empurrar no caminho de um ônibus em movimento, Jasmine pode ter que reconsiderar tudo.
Incluindo Ivan Lukov.

A pergunta que não quer calar, por que não conheci Mariana Zapata antes?!?!

Sim, eu sei que sou a rainha dos livros random nesse blog, e por isso mesmo fiquei chocada por nunca ter nem ouvido falar dela, até um belo dia em que estava passando tempo no facebook, vi a indicação do livro que apresento para vocês hoje. De cara eu sabia que ia gostar, adoro livros com esportistas e nunca tinha lido nada sobre patinação artística, apesar de amar o esporte. Comecei e não consegui parar de ler até acabar. Amei esse livro com força!

A história é sobre a Jasmine, uma patinadora profissional que não está em seu melhor momento na carreira. Ela patinava em duplas e foi abandonada por seu par, como uma esportista muito competitiva, isso a abalou totalmente e agora, um tempo depois, ela precisa decidir se insiste e encontra outra dupla ou se aposenta.

Continue lendo
05dez • 18 adulto, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #240 O Jogador

Título: O Jogador
Autor: Vi Keeland
Editora: Charme
Páginas: 304
Ano: 2017
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Adulto
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar.
Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém.
Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar.
De repente, eu era essa garota.
Simples, certo?
Vamos encarar, nunca é.
Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre…
E esta é a nossa.

 

Hey pessoas! Resenha nova na área!

Hoje trago para vocês as minhas impressões de O Jogador, um romance da Vi Keeland.

A princípio pensei que seria mais uma história simples e clichê, não esperava gostar tanto e me surpreender com a qualidade. O livro nos apresenta Delilah e Brody. Ela é uma repórter esportiva, acompanha vários jogos e está sempre atualizada com tudo relacionado a esse mundo, nossa mocinha é muito competente e por isso logo cresce na emissora onde trabalha. No momento ela tem a chance de fazer a cobertura dos jogos do Steel, time que Brody  é a principal estrela e quarterback.

Continue lendo

1 2 3 6