adulto

Resenha #240 O Jogador

Por Barbara em 05 dez • 2018

Categoria: Cassandra Clare

30abr • 18 Cassandra Clare, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Shadowhunters

Resenha #217 Senhor das Sombras (Os Artifícios das Trevas #2)

Título: Senhor das Sombras
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 2
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 602
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Literatura Estrangeira
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A ensolarada Los Angeles pode ser um lugar sombrio na continuação de Dama da Meia-Noite, de Cassandra Clare. Emma Carstairs finalmente conseguiu vingar a morte dos pais e pensou que com isso estaria em paz. Mas se tem uma coisa que ela não encontrou foi tranquilidade. Dividida entre o amor que sente pelo seu parabatai Julian e a vontade de protegê-lo das graves consequências que um relacionamento entre os dois pode trazer, ela começa a namorar Mark Blackthorn, irmão de Julian. Mark, por sua vez, passou os últimos cinco anos preso no Reino das Fadas e não sabe se um dia voltará a ser o Caçador de Sombras que já foi. Como se não bastasse, as cortes das fadas estão em polvorosa. O Rei Unseelie está farto da Paz Fria e decidido a não mais ceder às exigências dos Nephlim. Presos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar um modo de proteger tudo aquilo que mais amam — juntos e antes que seja tarde.

Aviso: Contém spoiler do livro anterior.

Não pensei que fosse dizer isso em um futuro próximo, mas Cassandra Clare me decepcionou, e nessa resenha você vai conhecer os motivos.

Porém antes um breve resumo sobre a história.

Senhor das Sombras é a continuação de Dama da Meia-Noite, lá no primeiro livro começamos a acompanhar a saga do Blackthorne em Los Angeles e os eventos que culminaram na descoberta da traição do feiticeiro Malcolm Fade, e seus planos para trazer seu antigo amor de volta à vida.

Continue lendo

04jan • 17 best book, Cassandra Clare, Colleen Hoover

Os Melhores de 2016 #Top3

Hey pessoal! Hora da nossa retrospectiva literária, confira logo a seguir os três melhores livros que lemos em 2016. Para saber mais sobre a nossa opinião é só clicar no nome do livro que irá te direcionar para a resenha. Espero que vocês gostem e nos digam também quais foram os melhores livros que leram em 2016.
Enjoy!



1. Uma Chama Entre as Cinzas – Sabaa Tahir

Para um livro ser considerado uma das melhores leituras do ano, ele precisa mexer de verdade comigo, me tirar o fôlego, o sono, dominar meus pensamentos quase que completamente. Uma Chama Entre As Cinzas fez isso. Eu não queria parar de ler e ao mesmo tempo não queria que acabasse. Sem dúvida foi a melhor leitura do ano!

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
30maio • 16 Cassandra Clare, Galera Record, jovem adulto, lançamento, resenha

Resenha #149 Dama da Meia-Noite

Título: Dama da Meia-Noite
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 1
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 574
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Paranormal
Classificação: 5 estrelas
 
Sinopse: Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada. O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar. Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade? A magia e aventura das Crônicas dos Caçadres de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data.


“Rogo não deixá-lo, ou voltar após segui-lo;

Pois, para onde fores, irei, e onde estiver, estarei;
Os teus serão os meus, e teu Deus, o meu Deus,
Onde morreres, eu morrerei, e lá serei enterrado.
O anjo o fez para mim, mas também, 
nada senão a morte partirá a mim e a ti.”
– Juramento Parabatai
 

Uma história absurdamente incrível, que nos faz mergulhar de cabeça, mais uma vez, no universo shadowhunter. Em Dama da Meia-Noite, Tia Clare nos mostra Emma e Julian após a tragédia da Guerra Maligna, causada por Sebastian. No fim de Cidade do Fogo Celestial, conhecemos esses dois ainda pequenos, entrando na adolescência e sendo os melhores dos amigos, não se desgrudando mesmo quando as coisas ruins batem à porta.

Neste livro, Emma ainda vive traumatizada pela perda de seus pais, e continua achando que não foi Sebastian o culpado por suas mortes, mas sim outra coisa. Ela dedica seu tempo e energia à investigar e descobrir o que realmente poderia ter acontecido.

Continue lendo

22fev • 16 Cassandra Clare, Galera Record, resenha, Shadowhunters

Resenha #135 O Códex dos Caçadores de Sombras

Título: O Códex dos Caçadores de Sombras
Autor: Cassandra Clare e Joshua Lewis
Editora: Galera Record
Páginas: 274
Ano: 2014
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A Clave tem o prazer de anunciar a mais nova edição no mais antigo e famoso manual dos Nephilim: o Shadowhunters’ Codex. Desde o século XIII, o códex vem sendo o mais jovem amigo de todo Caçador de Sombras. Quando você está cercado por demônios, é muito fácil esquecer os pontos mais obscuros da linguagem demoníaca ou a maneira mais rápida de parar um ataque de demônios Raum. Com o códex, entretanto, você nunca vai precisar se preocupar.

Agora em sua vigésima sétima edição, o códex abrange tudo: a história e as leis do nosso mundo; como identificar, conviver com, ou se preciso, matar a maioria dos coloridos habitantes deste mundo; qual ponta da estela você deve usar para se marcar. Suas tentativas de matar um vampiro ou um feiticeiro não serão mais atrasadas por intermináveis perguntas de seus recrutas: O que é um Pyxis? Por que não usamos armas de fogo? Se não posso ver um símbolo de um feiticeiro, há alguma forma educada de perguntar a ele onde a marca está? Onde conseguimos toda nossa água benta? Apostilas de geografia, história, magia e zoologia, todas juntas em uma só, o codex está aí para ajudar novos Caçadores de Sombras a navegar no belo, às vezes brutal, mundo que habitamos.

E para ninguém dizer que a Clave está desatualizada, ou, como dizem os jovens Caçadores de Sombras, “careta”, essa nova versão do Codex estará disponível não só na versão com a ligação de pele de demônio fechada magicamente, mas, também, numa versão moderna, usando todas as mais novas e emocionante técnicas de impressão atuais, incluindo alguns novos recursos, como uma capa firme feita de tecido, um revestimento à prova de poeira e informações sobre título, autor, editora, e muito mais escritos na capa. Você vai gostar de saber que ela cabe perfeitamente na maioria das mochilas e, ao contrário das antigas edições, ela não desliga mais sistemas de segurança.


As antigas gravuras também foram substituídas: em vez delas, você vai encontrar pródigas ilustrações feitas por alguns dos mais brilhantes artistas. Criaturas, armas, pessoas e lugares foram cuidadosa e precisamente descritos por Rebecca Guay, Charles Vess, Jim Nelson, Theo Black, Elisabeth Alba e Cassandra Jean. Os capítulos são graciosamente introduzidos pelos desenhos de Michael Kaluta, e durante o resumo do clássico de 2.450 páginas, A História dos Nephilims, você vai encontrar uma seleção das melhores e mais adoráveis ilustrações do volume por John Dollar.

 

Olá Shadowhunters!

Hoje a resenha é sobre um livro que é muito citado nas séries Os Instrumentos Mortais e Peças Infernais. Quem já leu as Peças, sabe que a Tessa tem um exemplar e em Os Instrumentos, Clary também tem a sua versão do Códex. Como ele é uma referência no mundo das Sombras, nada mais justo do que termos a nossa versão impressa também certo?

Cassie Clare junto com o marido Joshua Lewis, escreveram o livro de instruções dos Shadowhunters e em 2014 ele chegou em terras brasileiras. Eu confesso que fiquei super empolgada e não via a hora de ter o meu, na época eu comprei enquanto fazia a maratona de TMI e resolvi ler só após ter finalizado a série. O tempo passou e o livro entrou para a minha meta de “12 livros para o ano”, e agora vocês vão saber o que achei da leitura.

Continue lendo

16out • 14 Cassandra Clare, Fantasia, Galera Record, resenha

Resenha #60 Cidade das Almas Perdidas (Os Instrumentos Mortais #5)

Título: Cidade das Almas Perdidas
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Quando Jace e Clary voltam a se encontrar, Clary fica horrorizada ao descobrir que a magia do demônio Lilith ligou Jace ao perverso Sebastian, e que Jace tornou-se um servo do mal. A Clave decide destruir Sebastian, mas não há nenhuma maneira de matar um sem destruir o outro. Mas Clary e seus amigos irão tentar mesmo assim. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para salvar Jace, mas ela pode ainda confiar nele? Ou ele está realmente perdido?

 

 

 

Galera o que foi o final de Cidade dos Anjos Caídos?! De pirar não? – eu pirei!

Jace está sumido (WTH!), o corpo de Sebastian está sumido, os caçadores estão desesperados, a Clave está uma loucura.
Bom, quem acompanha essa série da Cassandra Clare sabe muito bem que muita desgraça em um livro ainda é pouco para a nossa autora ruivinha -.- #SeFerremAíFãs, então nós sofremos e sofremos e ansiamos por um final feliz… Bom se você está esperando isso nem abra esse livro. (To brincando! Abra sim e leia!)
Mas vamos voltar a história que é o que interessa.

Continue lendo

13out • 14 Cassandra Clare, resenha

Resenha #59 Magisterium – O Desafio de Ferro

Título: Magisterium – O Desafio de Ferro
Autor: Cassandra Clare, Holly Black
Páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: AMIGOS E INIMIGOS. PERIGO E MAGIA. MORTE E VIDA. A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro. Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar. Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior… mas falha em seu plano de falhar. Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro. Magisterium – O Desafio de Ferro nasceu da extraordinária imaginação das autoras best-seller Holly Black e Cassandra Clare. Um mergulho alucinante em um universo mágico e inexplorado.

 

“Vocês estão prestes a entrar nos corredores do Magisterium. Para alguns, será a realização de um sonho. Para outros, esperamos que seja o início de um. Para todos, digo que o Magisterium existe para sua própria segurança. Vocês possuem um grande poder, e, sem treinamento, esse poder é perigoso. Aqui, nós os ensinaremos a controlá-lo e também os instruiremos sobre as histórias de magos como vocês que datam desde o passado mais remoto. Cada um de vocês possui um destino único, diferente do caminho convencional que trilhariam longe daqui, um destino que encontrarão do outro lado destas paredes. Vocês já devem ter percebido isso quando vislumbraram os primeiros traços de seus poderes. Porém, enquanto estão aqui, diante desta montanha, imagino que pelo menos alguns de vocês devam estar 
pensando onde foi que se meteram.”

 

Esta é a história de Callum Hunt, um menino aparentemente comum, que sofria com o preconceito por ter nascido com uma perna defeituosa. Call sabia que a magia corria em seu sangue, já que seu pai havia sido um mago, ele apenas não fazia ideia do porque ele havia abandonado seus poderes e o mundo ao qual ele pertencia. Tudo o que o pai lhe dizia era que magos eram perigosos, e que quando chegasse a hora, Call deveria se esforçar para falhar nos testes para entrar na escola de magia.

Continue lendo

03set • 14 Cassandra Clare, Fantasia, Galera Record, jovem adulto, resenha, Shadowhunters

Resenha #53 Cidade dos Anjos Caídos (Os Instrumentos Mortais #4)

Título: Cidade dos Anjos Caídos
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

Sabe aquele livro que você vai lendo e tem a sensação de que algo muito ruim vai acontecer em algum momento?… CdAC é esse livro!

Cheguei ao quarto livro da maratona TMI e essa foi minha primeira leitura, tudo totalmente inédito, e eu fiquei louca! Vou explicar os motivos:

1. Primeiro, muitas pessoas do meu facebook me falaram que esse livro era o mais chatinho da Cassie Clare, então as expectativas não estavam lá no alto e ao mesmo tempo estavam! Eu queria muito saber como essa mulher ia dar continuidade a história após CdV.

Continue lendo

15ago • 14 Cassandra Clare, Galera Record, resenha

Resenha #49 Princesa Mecânica (As Peças Infernais #3)

Título:  Princesa Mecânica
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 434
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: “Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.”

 

Hoje é dia de resenha dupla no GeL! Lembrando que o texto em Roxo sou eu (Barbara) quem está falando e o em Pink é a Raquel 😉 Enjoy o/

Terminei Princesa Mecânica…

Antes de qualquer coisa gostaria de avisar que essa resenha será extremamente emotiva, então me perdoem pelos excessos… rsrs
Dos livros que já li em 2014, nenhum me fez chorar tanto como Princesa Mecânica fez… pode ser que isso mude até o fim do ano, mas por enquanto PM está vencendo!
 
Enfim, vamos ao livro!
 
Definitivamente Cassandra Clare desfez todos os nós que cercavam as Peças Infernais. Sim, temos solução para tudo e mais um pouco… – Barbara
“Cecily já tinha ouvido a mãe falar entretida sobre um rapaz vizinho que olhava para uma moça como se esta fosse ‘a última estrela do céu’, e era assim que Jem olhava para Tessa. ” 

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
24jul • 14 Cassandra Clare, Galera Record, resenha

Resenha #43 Cidade de Vidro (Os Instrumentos Mortais #3)

Título: Cidade de Vidro
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

 

Imaginem com força como é Alicante, mantenha isso em mente e se jogue no portal mais próximo! Vamos para a Cidade de Vidro bebê! o/
*Cuidado. Pode conter spoilers dos livros anteriores.
Teoricamente Os Instrumentos Mortais seria uma trilogia, mas… não é! Para alegria dos fãs o/ uhul

 

Continue lendo

Tags
06jul • 14 Cassandra Clare, Galera Record, resenha

Resenha #39 Cidade das Cinzas (Os Instrumentos Mortais #2)

Título: Cidade das Cinzas
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: “Clary Fray só queria que sua vida voltasse ao normal. Mas o que é “normal” quando você é uma Caçadora de Sombras assassina de demônios, sua mãe está em um coma magicamente induzido e você de repente descobre que criaturas como lobisomens, vampiros e fadas realmente existem? Se Clary deixasse o mundo dos Caçadores de Sombras para trás, isso significaria mais tempo com o melhor amigo, Simon, que está se tornando mais do que só isso. Mas o mundo dos Caçadores não está disposto a abrir mão de Clary — especialmente o belo e irritante Jace, que por acaso ela descobriu ser seu irmão. E a única chance de salvar a mãe dos dois parece ser encontrar o perverso ex-Caçador de Sombras Valentim, que com certeza é louco, mau… e também o pai de Clary e Jace.

Para complicar ainda mais, alguém na cidade de Nova York está matando jovens do Submundo. Será que Valentim está por trás dessas mortes? E se sim, qual é o seu objetivo? Quando o segundo dos Instrumentos Mortais, a Espada da Alma, é roubada, a aterrorizante Inquisidora chega ao Instituto para investigar — e suas suspeitas caem diretamente sobre Jace. Como Clary pode impedir os planos malignos de Valentim se Jace está disposto a trair tudo aquilo em que acredita para ajudar o pai?

Nessa sequência de tirar o fôlego da série Os Instrumentos Mortais, Cassandra Clare atrai os leitores de volta para o lado mais obscuro do submundo de Nova York, onde amar nunca é seguro e o poder se torna a mais mortal das tentações.”

 

Chegamos ao segundo livro da série Os Instrumentos Mortais – Cidade das Cinzas – e Cassandra Clare me lembrou porque gosto tanto desses livros!
Li Cidade das Cinzas pela primeira vez em 2011, louca de curiosidade pra saber como todas as confusões do primeiro livro iriam se desenvolver… Nessa releitura eu pude ir com calma e analisar os detalhes, uma dica sobre os livros da Cassie Clare é ficar ligado nas entrelinhas. Ela está montando uma trama, vai deixando pistas pelo caminho como migalhas de pão… lá na frente (se prestar atenção aos detalhes) você com certeza vai ter um estalo e dizer: “Caraca! Essa mulher me deu a resposta disso no primeiro livro, mas só no terceiro ficou claro…” rsrsrs

Continue lendo

Tags
16jun • 14 Cassandra Clare, resenha, Shadowhunters

Resenha #33 Cidade dos Ossos (Os Instrumentos Mortais #1)

Título: Cidade dos Ossos
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

 
Após ter finalizado a trilogia Peças Infernais eu senti uma necessidade absurda de reler/ler Os Instrumentos Mortais, então… seguindo a minha meta de releituras e finalizações de série, resolvi resenhar e compartilhar com vocês minhas impressões, ou seja, vocês acompanharão minha leitura conforme eu for postando as resenhas aqui no blog, espero que gostem e que seja um incentivo para leram a série Os Instrumentos Mortais 😉
Vamos ao livro!

Continue lendo

09jun • 14 Cassandra Clare, resenha

Resenha #31 Príncipe Mecânico (As Peças Infernais #2)

Título:  Príncipe Mecânico
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 406
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres — ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada — foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.

Chegamos ao segundo livro e muitas perguntas ainda ficam sem respostas e outras são respondidas logo no inicio do livro.

Terminamos Anjo Mecânico com Will indo visitar nosso feiticeiro preferido Magnus Bane, confesso que me roí de curiosidade com esse mistério todo que envolve a vida do Will… e bem, quando é revelado: </3

“Will era lindo, mas não era dela; não era de ninguém. Havia algo quebrado nele, e por aquela rachadura escorria uma crueldade cega, uma necessidade de machucar e se afastar.”

Fica claro que esse é um livro de ‘ligação’, pois ele é uma ponte entre o primeiro e terceiro livro – naturalmente como todo segundo livro é ou deveria ser pelo menos – . Ao mesmo tempo em que muitas situações são resolvidas, outras ficam em aberto para serem finalizadas no terceiro.

Continue lendo

1 2