Posts arquivados em: Tag: Shadowhunters

30abr • 18 Cassandra Clare, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Shadowhunters

Resenha #217 Senhor das Sombras (Os Artifícios das Trevas #2)

Título: Senhor das Sombras
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 2
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 602
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Literatura Estrangeira
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A ensolarada Los Angeles pode ser um lugar sombrio na continuação de Dama da Meia-Noite, de Cassandra Clare. Emma Carstairs finalmente conseguiu vingar a morte dos pais e pensou que com isso estaria em paz. Mas se tem uma coisa que ela não encontrou foi tranquilidade. Dividida entre o amor que sente pelo seu parabatai Julian e a vontade de protegê-lo das graves consequências que um relacionamento entre os dois pode trazer, ela começa a namorar Mark Blackthorn, irmão de Julian. Mark, por sua vez, passou os últimos cinco anos preso no Reino das Fadas e não sabe se um dia voltará a ser o Caçador de Sombras que já foi. Como se não bastasse, as cortes das fadas estão em polvorosa. O Rei Unseelie está farto da Paz Fria e decidido a não mais ceder às exigências dos Nephlim. Presos entre as exigências das fadas e as leis da Clave, Emma, Julian e Mark devem encontrar um modo de proteger tudo aquilo que mais amam — juntos e antes que seja tarde.

Aviso: Contém spoiler do livro anterior.

Não pensei que fosse dizer isso em um futuro próximo, mas Cassandra Clare me decepcionou, e nessa resenha você vai conhecer os motivos.

Porém antes um breve resumo sobre a história.

Senhor das Sombras é a continuação de Dama da Meia-Noite, lá no primeiro livro começamos a acompanhar a saga do Blackthorne em Los Angeles e os eventos que culminaram na descoberta da traição do feiticeiro Malcolm Fade, e seus planos para trazer seu antigo amor de volta à vida.

Continue lendo

30maio • 16 Cassandra Clare, Galera Record, jovem adulto, lançamento, resenha

Resenha #149 Dama da Meia-Noite

Título: Dama da Meia-Noite
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 1
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 574
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Paranormal
Classificação: 5 estrelas
 
Sinopse: Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada. O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar. Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade? A magia e aventura das Crônicas dos Caçadres de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data.


“Rogo não deixá-lo, ou voltar após segui-lo;

Pois, para onde fores, irei, e onde estiver, estarei;
Os teus serão os meus, e teu Deus, o meu Deus,
Onde morreres, eu morrerei, e lá serei enterrado.
O anjo o fez para mim, mas também, 
nada senão a morte partirá a mim e a ti.”
– Juramento Parabatai
 

Uma história absurdamente incrível, que nos faz mergulhar de cabeça, mais uma vez, no universo shadowhunter. Em Dama da Meia-Noite, Tia Clare nos mostra Emma e Julian após a tragédia da Guerra Maligna, causada por Sebastian. No fim de Cidade do Fogo Celestial, conhecemos esses dois ainda pequenos, entrando na adolescência e sendo os melhores dos amigos, não se desgrudando mesmo quando as coisas ruins batem à porta.

Neste livro, Emma ainda vive traumatizada pela perda de seus pais, e continua achando que não foi Sebastian o culpado por suas mortes, mas sim outra coisa. Ela dedica seu tempo e energia à investigar e descobrir o que realmente poderia ter acontecido.

Continue lendo

22fev • 16 Cassandra Clare, Galera Record, resenha, Shadowhunters

Resenha #135 O Códex dos Caçadores de Sombras

Título: O Códex dos Caçadores de Sombras
Autor: Cassandra Clare e Joshua Lewis
Editora: Galera Record
Páginas: 274
Ano: 2014
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A Clave tem o prazer de anunciar a mais nova edição no mais antigo e famoso manual dos Nephilim: o Shadowhunters’ Codex. Desde o século XIII, o códex vem sendo o mais jovem amigo de todo Caçador de Sombras. Quando você está cercado por demônios, é muito fácil esquecer os pontos mais obscuros da linguagem demoníaca ou a maneira mais rápida de parar um ataque de demônios Raum. Com o códex, entretanto, você nunca vai precisar se preocupar.

Agora em sua vigésima sétima edição, o códex abrange tudo: a história e as leis do nosso mundo; como identificar, conviver com, ou se preciso, matar a maioria dos coloridos habitantes deste mundo; qual ponta da estela você deve usar para se marcar. Suas tentativas de matar um vampiro ou um feiticeiro não serão mais atrasadas por intermináveis perguntas de seus recrutas: O que é um Pyxis? Por que não usamos armas de fogo? Se não posso ver um símbolo de um feiticeiro, há alguma forma educada de perguntar a ele onde a marca está? Onde conseguimos toda nossa água benta? Apostilas de geografia, história, magia e zoologia, todas juntas em uma só, o codex está aí para ajudar novos Caçadores de Sombras a navegar no belo, às vezes brutal, mundo que habitamos.

E para ninguém dizer que a Clave está desatualizada, ou, como dizem os jovens Caçadores de Sombras, “careta”, essa nova versão do Codex estará disponível não só na versão com a ligação de pele de demônio fechada magicamente, mas, também, numa versão moderna, usando todas as mais novas e emocionante técnicas de impressão atuais, incluindo alguns novos recursos, como uma capa firme feita de tecido, um revestimento à prova de poeira e informações sobre título, autor, editora, e muito mais escritos na capa. Você vai gostar de saber que ela cabe perfeitamente na maioria das mochilas e, ao contrário das antigas edições, ela não desliga mais sistemas de segurança.


As antigas gravuras também foram substituídas: em vez delas, você vai encontrar pródigas ilustrações feitas por alguns dos mais brilhantes artistas. Criaturas, armas, pessoas e lugares foram cuidadosa e precisamente descritos por Rebecca Guay, Charles Vess, Jim Nelson, Theo Black, Elisabeth Alba e Cassandra Jean. Os capítulos são graciosamente introduzidos pelos desenhos de Michael Kaluta, e durante o resumo do clássico de 2.450 páginas, A História dos Nephilims, você vai encontrar uma seleção das melhores e mais adoráveis ilustrações do volume por John Dollar.

 

Olá Shadowhunters!

Hoje a resenha é sobre um livro que é muito citado nas séries Os Instrumentos Mortais e Peças Infernais. Quem já leu as Peças, sabe que a Tessa tem um exemplar e em Os Instrumentos, Clary também tem a sua versão do Códex. Como ele é uma referência no mundo das Sombras, nada mais justo do que termos a nossa versão impressa também certo?

Cassie Clare junto com o marido Joshua Lewis, escreveram o livro de instruções dos Shadowhunters e em 2014 ele chegou em terras brasileiras. Eu confesso que fiquei super empolgada e não via a hora de ter o meu, na época eu comprei enquanto fazia a maratona de TMI e resolvi ler só após ter finalizado a série. O tempo passou e o livro entrou para a minha meta de “12 livros para o ano”, e agora vocês vão saber o que achei da leitura.

Continue lendo

16out • 14 Cassandra Clare, Fantasia, Galera Record, resenha

Resenha #60 Cidade das Almas Perdidas (Os Instrumentos Mortais #5)

Título: Cidade das Almas Perdidas
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Quando Jace e Clary voltam a se encontrar, Clary fica horrorizada ao descobrir que a magia do demônio Lilith ligou Jace ao perverso Sebastian, e que Jace tornou-se um servo do mal. A Clave decide destruir Sebastian, mas não há nenhuma maneira de matar um sem destruir o outro. Mas Clary e seus amigos irão tentar mesmo assim. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para salvar Jace, mas ela pode ainda confiar nele? Ou ele está realmente perdido?

 

 

 

Galera o que foi o final de Cidade dos Anjos Caídos?! De pirar não? – eu pirei!

Jace está sumido (WTH!), o corpo de Sebastian está sumido, os caçadores estão desesperados, a Clave está uma loucura.
Bom, quem acompanha essa série da Cassandra Clare sabe muito bem que muita desgraça em um livro ainda é pouco para a nossa autora ruivinha -.- #SeFerremAíFãs, então nós sofremos e sofremos e ansiamos por um final feliz… Bom se você está esperando isso nem abra esse livro. (To brincando! Abra sim e leia!)
Mas vamos voltar a história que é o que interessa.

Continue lendo

16jun • 14 Cassandra Clare, resenha, Shadowhunters

Resenha #33 Cidade dos Ossos (Os Instrumentos Mortais #1)

Título: Cidade dos Ossos
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Um mundo oculto está prestes a ser revelado… Quando a jovem Clary decide ir para Nova York se divertir numa discoteca, ela nuca poderia imaginar que testemunharia um assassinato – muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece no ar e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer… Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria.

 
Após ter finalizado a trilogia Peças Infernais eu senti uma necessidade absurda de reler/ler Os Instrumentos Mortais, então… seguindo a minha meta de releituras e finalizações de série, resolvi resenhar e compartilhar com vocês minhas impressões, ou seja, vocês acompanharão minha leitura conforme eu for postando as resenhas aqui no blog, espero que gostem e que seja um incentivo para leram a série Os Instrumentos Mortais 😉
Vamos ao livro!

Continue lendo