Categoria: best book

18maio • 18 best book, desafio, Desafio das GeLs, Fantasia, literatura estrangeira, mistério, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #219 A Garota que Perseguiu a Lua

Título: A Garota que Perseguiu a Lua
Autor: Sarah Addison Allen
Páginas: 243
Editora: Planeta do Brasil
Gênero: Literatura Estrangeira, Romance
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Como você pode achar seu caminho? Seguindo as nuvens ou a lua? Emily Benedict foi para Mullaby após a morte de sua mãe. Ao chegar à cidade e conhecer seu avô ela percebe que os mistérios do lugar nunca são resolvidos: eles são uma forma de vida. Existem quartos cujo papel de parede muda de acordo com o seu humor, luzes estranhas aparecem no quintal à noite e Julia Winterson, a vizinha, consegue cozinhar a esperança em forma de bolos. Emily percebe que sua mãe esteve envolvida no maior mistério da cidade, e conta com a ajuda de Julia para desvendá-lo. Em Mullaby nada é o que parece.

 

Sabe aquelas pessoas que tem um abraço tão bom, mas tão bom que dá vontade de morar ali? Transfira esse sentimento para um livro e você vai entender quão bom é A Garota que Perseguiu a Lua.

Eu ganhei esse livro no natal de 2014 da Mi, como eu tinha gostado de O Pessegueiro, ela apostou que eu gostaria desse título que é da mesma autora. O tempo foi passando e o livro foi ficando na estante até que esse ano eu o escolhi como um dos livros para o desafio de 12 livros para 2018.

Agora em maio resolvi ler e não consegui parar.

Há uma promessa de felicidade por aí. Eu sei disso. Até sinto às vezes. Mas é como perseguir a lua: bem na hora em que você acha que a tem, ela some no horizonte.

Após a morte de sua mãe, Emily se muda para Mullaby, uma cidade da Carolina do Norte, para viver com o avô que até então não sabia que existia. Lá ela descobre que a cidade é cheia de peculiaridades, descobre ainda que sua mãe no passado, não era exatamente a melhor das pessoas.

Continue lendo

15jan • 18 best, best book, Fantasia, jovem adulto, literatura estrangeira, mistério, new adult, Romance

O Melhores de 2017 #Top3

Chegou o momento de elegermos os melhores de 2017, então se liga aí no top 3 das nossas melhores leituras do ano!

 

 

1. Estrela da Manhã

Esse livro, essa trilogia… é simplesmente sensacional! Eu lia e surtava a cada página e novo acontecimento, é uma trilogia que você definitivamente precisa dar um chance. Quer emoção? Então leia a trilogia Red Rising. Ah, tem resenha dos três livros aqui no blog. Clica no link aí confere.

2. Uma Tocha na Escuridão

Esse livro está aqui por motivos de Helene Aquilla. Sério, eu lia os caps dela e só queria aplaudir de pé, amo com força! Também tem resenha e você precisa ler e conhecer a série Uma Chama Entre as Cinzas.

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
29dez • 17 best, best book, distopia, ficção científica, Globo Alt, resenha

Resenha #208 Estrela da Manhã (Red Rising #3)

Título: Estrela da manhã
Série: Red Rising
Ordem: 3
Autor: Pierce Brown
Editora: Globo Alt
Gênero: Sci-Fi/Distopia/Fantasia/Ficção Científica
Páginas: 632
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Darrow teria vivido em paz , mas seus inimigos trouxe-lhe guerra. Os senhores de ouro exigiram sua obediência, enforcaram sua esposa, e escravizou seu povo. Mas Darrow está determinado a revidar. Arriscando tudo para transformar a si mesmo e violar a sociedade dos Ouros, Darrow tem lutado para sobreviver as rivalidades acirradas ás quais reproduzem os mais poderosos guerreiros da Sociedade, ascendeu as fileiras, e esperou pacientemente para desencadear a revolução que vai rasgar a hierarquia por dentro.

Finalmente, chegou a hora .

Mas a devoção à honra e a sede de vingança são profundas em ambos os lados . Darrow e seus companheiros de armas enfrentam inimigos poderosos sem escrúpulos ou piedade . Entre eles estão alguns que Darrow uma vez considerou amigos. Para vencer, Darrow terá de inspirar aqueles acorrentados na escuridão para quebrar suas correntes , desfazer o mundo que seus mestres cruéis construíram, e reivindicar um destino há muito tempo negado – e glorioso demais para abandonar.

“Se seu coração está acelerado e sua calça molhada, é por ter o Ceifeiro chegado, pra receber sua dívida não paga.”

Uma aula de como encerrar uma trilogia com chave de ouro, isso é o que Pierce Brown fez em Estrela da Manhã. O livro já começa de forma tensa, nove meses após o final de Filho Dourado, tudo já tinha sido jogado no ventilador, Darrow preso, traições a torto e a esquerdo e mortes para deixar George Martin orgulhoso…

Filho Dourado nos deixou desamparados. Não tenho outra palavra para definir, e tenho certeza de que iria sofrer igual uma louca se tivesse que esperar o lançamento de Estrela da Manhã. Fãs que tiveram que esperar, vocês tem todo o meu respeito.

Continue lendo

04jan • 17 best book, Cassandra Clare, Colleen Hoover

Os Melhores de 2016 #Top3

Hey pessoal! Hora da nossa retrospectiva literária, confira logo a seguir os três melhores livros que lemos em 2016. Para saber mais sobre a nossa opinião é só clicar no nome do livro que irá te direcionar para a resenha. Espero que vocês gostem e nos digam também quais foram os melhores livros que leram em 2016.
Enjoy!



1. Uma Chama Entre as Cinzas – Sabaa Tahir

Para um livro ser considerado uma das melhores leituras do ano, ele precisa mexer de verdade comigo, me tirar o fôlego, o sono, dominar meus pensamentos quase que completamente. Uma Chama Entre As Cinzas fez isso. Eu não queria parar de ler e ao mesmo tempo não queria que acabasse. Sem dúvida foi a melhor leitura do ano!

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
09nov • 16 best book, distopia, Fantasia, resenha, Verus

Resenha #174 Uma Chama Entre As Cinzas (An Ember in the Ashes #1)

Título: Uma Chama Entre As Cinzas
Série: An Ember in the Ashes
Ordem: 1
Autor: Sabaa Tahir
Editora: Verus
Gênero: Distopia, Romance, Fantasia
Páginas: 432
Ano: 2015
Classificação: 5 estrelas
Compre o Livro

Sinopse: Laia é uma escrava. Elias é um soldado. Nenhum dos dois é livre. No Império Marcial, a resposta para o desacato é a morte. Aqueles que não dão o próprio sangue pelo imperador arriscam perder as pessoas que amam e tudo que lhes é mais caro. É neste mundo brutal que Laia vive com os avós e o irmão mais velho. Eles não desafiam o Império, pois já viram o que acontece com quem se atreve a isso. Mas, quando o irmão de Laia é preso acusado de traição, ela é forçada a tomar uma atitude. Em troca da ajuda de rebeldes que prometem resgatar seu irmão, ela vai arriscar a própria vida para agir como espiã dentro da academia militar do Império. Ali, Laia conhece Elias, o melhor soldado da academia — e, secretamente, o mais relutante. O que Elias mais quer é se libertar da tirania que vem sendo treinado para aplicar. Logo ele e Laia percebem que a vida de ambos está interligada — e que suas escolhas podem mudar para sempre o destino do próprio Império.

Melhor livro que li em 2016!

Acho que só por essa frase eu não precisaria dizer mais nada para te convencer a ler esse livro né?! Mas se isso ainda não te convenceu, vou explicar porque elegi UCEAC como o melhor que li em 2016. Então coloque sua máscara, afie sua cimitarra, vem comigo e se prepare para uma resenha apaixonada!

Uma Chama Entre As Cinzas foi um dos livros que ganhei de presente de aniversário esse ano. Eu tinha a sensação de que quando lesse iria adorar, mas toda vez que ia a livraria não achava o dito cujo… sim, estava sempre em falta. Mas assim que ganhei não perdi tempo e fui ler.

Sabe quando você começa a ler e sabe que vai querer postergar a leitura ao máximo para demorar bastante pra terminar? Foi isso o que eu fiz, apreciei com gosto Uma Chama… como a tempos não fazia com um livro

Continue lendo

08ago • 16 Atria Books, best book, Colleen Hoover, lançamento, resenha, resenha dupla

Resenha #164 It Ends With Us

TO READ THIS REVIEW IN ENGLISH CLICK HERE.

Título: It Ends With Us
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Ano: 2016
Páginas: 386
Classificação: Barbara: 5 estrelas; Raquel: 6 estrelas


Compre: http://amzn.to/2nE0MDU

Olá galera, hoje é dia de resenha dupla do mais novo lançamento da Colleen Hoover! Preparem-se porque está emocionante. Lembrando que Roxo é a minha cor (Ba) e Pink é a cor da Ra. A falta da sinopse foi intencional, optamos pelo mínimo de informações possíveis porque essa é uma história que deve ser lida as cegas para aproveitá-la o máximo. Enjoy!
“Seja essa garota, Lily. Corajosa e ousada.”
Livro novo da Colleen é sempre algo muito especial para mim, pois eu sei que o que estou prestes a ler vai ser uma das melhores histórias da minha vida, e é um livro que vai me marcar de uma forma muito linda e deixar boas memórias e uma paixão avassaladora. E foi o que, realmente, aconteceu com It Ends With Us, e isso não é nenhuma novidade, mas tenho que confessar que esse livro mudou minha vida. – Raquel
O livro mais honesto e maduro de Colleen Hoover. – Barbara
Essa foi uma das poucas vezes em que um livro me deixou sem palavras, e ao mesmo tempo com tantas. Existem tantas coisas que eu gostaria de falar sobre It Ends With Us, mas elas não me parecem justas o suficiente, então por favor, perdoem se eu não conseguir me expressar completamente bem. – Barbara

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
22jun • 16 best book, Fantasia, Globo Alt, jovem adulto, resenha

Resenha #154 A Fúria e a Aurora (A Fúria e a Aurora #1)

Título: A Fúria e a Aurora
Autor: Renée Ahdieh
Série: A Fúria e a Aurora #1
Editora: Globo Alt
Páginas: 336
Ano: 2016
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. 
Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. 
Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

Olá pessoal!
Tem resenha nova chegando o/
Primeiro eu gostaria de agradecer a Globo Alt por nos enviar o livro, essa parceria com vocês é puro amor! Obrigada mesmo!

Eu tenho uma atração por livros que passam em ambientes exóticos e diferentes do que estou acostumada a ver publicado. A Fúria e a Aurora me chamou a atenção assim que vi a editora começar a divulgar. Isso às vezes acontece comigo, eu vejo o quote ou uma imagem do livro e sei que preciso ler e que vou adorar. Aconteceu com Meu Romeu (e eu realmente adorei) e agora com A Fúria e a Aurora.

Segurem o fôlego caros leitores, porque esse livro vai fazer você desejar muitas páginas a mais.

Continue lendo

15jan • 16 best book

Os Melhores de 2015 #Top5

Já estamos na metade do primeiro mês de 2016, e não poderíamos deixar de postar o nosso top 5 das melhores leituras de 2015. Praticamente todos os livros já tem resenha aqui no GeL, então é só clicar no link e ir conferir nossa opinião. 😉

 

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
12nov • 15 Atria Books, best, best book, book, Colleen Hoover, lançamento, new adult, resenha dupla

Resenha #121 November 9

Título: November 9
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Ano: 2015
Páginas: 340
Classificação: Barbara: 5 estrelas, Raquel: 6 estrelas

Sinopse: Fallon conhece Ben, um aspirante escritor, um dia antes de sua já agendada mudança para outra cidade. A prematura atração entre eles leva Fallon a passar o seu último dia em LA com ele, e sua vida cheia de acontecimentos torna-se a inspiração criativa que Ben sempre esteve procurado para o seu romance.

Ao longo do tempo e em meio a várias outras relações e tribulações de suas próprias vidas separadas, eles continuam a se encontrar na mesma data todos os anos. Até que um dia Fallon começa a ficar em dúvida se Ben tem lhe dito a verdade ou se está fabricando uma realidade perfeita apenas para dar a história uma reviravolta no final. 

Pode o relacionamento de Ben com Fallon- e, simultaneamente, o seu livro – ser considerado uma história de amor, mesmo se terminar com corações partidos? *

 

Resenha dupla galera! Lembrando que as partes em roxo é texto da Barbara e as em rosa da Raquel.
Antes de começarmos, convidamos você a apertar o play e curtir a playlist inspirada no livro, enquanto confere nossa resenha:

 

Sim, acabou de ser lançado e vocês sabem como somos fãs da Colleen, então não poderíamos deixar de ler e resenhar o seu mais novo livro – November 9.
 
Antes de começar a ler esse livro, prepare a caixa de lenços porque é provável que você vá chorar! Sem dúvida foi o livro dela em que mais chorei, então se sinta avisado rsrs. – Barbara

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
22ago • 15 best book, new adult, resenha, Verus

Resenha #107 Beleza Perdida

Título: Beleza Perdida
Autor: Amy Harmon
Editora: Verus
Ano: 2015
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.

Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.

Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.

Sabe aquele livro que você lê e ao final fica sem palavras para descrever o quanto ele te tocou? Pois é, estou vivendo esse momento…

Quando ouvi falar de Beleza Perdida eu sabia que precisava ler esse livro, novamente aquele feeling me dizia que eu iria me apaixonar por essa história e foi dito e feito, ou melhor, lido e feito.

Beleza Perdida é um releitura moderna e sensível de A Bela e a Fera. Por releitura eu quero dizer que o livro pega alguns elementos de A Bela e a Fera e adapta para a sua história, principalmente a questão do feio versus belo e se existe ou pode existir amor verdadeiro entre ambos.

Continue lendo

29maio • 15 best book, resenha

Resenha #93 Apenas Um Dia

Título: Apenas Um Dia
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 384
Classificação: 4,5 estrelas
Sinopse: “A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida.
Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro… Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.”

“O mundo inteiro é um palco, e todos os homens e mulheres, meros atores. Eles saem de cena e entram em cena, e cada um, a seu, tempo, representa vários papéis.”
Como Gostais, William Shakespeare
 

 

Bem, esse livro foi uma troca. Eu comprei um livro que acabei ganhando de presente e ao ir à livraria pra fazer a troca optei por Apenas Um Dia, não era um livro desejado, simplesmente peguei por estar próximo do valor do outro sem nenhuma pesquisa a respeito do livro. Gostei do título e me arrisquei com ele.

Continue lendo

23mar • 15 best book, distopia, resenha, Rocco

Resenha #86 Divergente (Trilogia Divergente #1)

Título: Divergente
Autor: Veronica Roth
Páginas: 502
Gênero: Distopia
Editora: Rocco
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: “Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.”

Divergente é sem dúvida uma das minhas distopias favoritas.Desde a primeira vez que li esse livro fiquei encantada com a sociedade que a Verônica Roth criou, os valores dos personagens, as regras e ideais de cada facção… tudo isso me fascinou e virei fã obviamente!

No primeiro livro da trilogia, nós somos apresentados a uma nova sociedade criada dentro da cidade de Chicago, ela é organizada em cinco facções: Amizade, Abnegação, Erudição, Franqueza e Audácia. Cada facção vive de acordo com regras bem específicas que os distinguem uns dos outros, o modo de vestir, falar, se comportar e etc definem a facção a qual cada pessoa pertence.

“Os costumes das facções ditam até como devemos nos comportar nos momentos de inatividade e estão acima das preferências individuais.”

Continue lendo