drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019
Laura Ward

Resenha #264 Not Yet

Por Barbara em 22 mar • 2019
02nov • 18 Amy Harmon, best book, drama, Fantasia, literatura estrangeira, mistério, resenha, Romance, Suspense

Resenha #238 The Law of Moses

Título: The Law of Moses
Autor: Amy Harmon

Série: The Law of Moses #1
Editora: CreateSpace Independent Publishing Platform
Páginas: 332
Ano: 2014
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Sobrenatural
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Se eu te contar logo de cara, desde o início, que eu o perdi, será mais fácil para você suportar. Você saberá o que está por vir, e irá doer. Mas você será capaz de se preparar.
Alguém o encontrou em um cesto de roupa suja de uma lavanderia, enrolado em uma toalha, com apenas algumas horas de vida e próximo da morte. Eles o chamavam de bebê Moses quando compartilharam sua história no noticiário das dez, o pequeno bebê deixado em um cesto, numa lavanderia suja, nascido de uma viciada em crack e destinado a ter todos os tipos de problemas. Imaginei esse filho do crack, Moses, com uma rachadura gigante percorrendo seu corpo, como alguém que fora quebrado no momento de seu nascimento. Eu sabia que não era o que o termo significava, mas a imagem ficou na minha mente. Talvez o fato de ele ser quebrado seja o me atraiu desde o início.
Tudo aconteceu antes de eu nascer, e quando eu conheci Moses minha mãe já havia me contado tudo sobre ele, a história já era notícia velha e ninguém queria qualquer ligação com ele. As pessoas adoram bebês, até mesmo bebês doentes. Inclusive bebês do crack. Mas bebês crescem e se tornam crianças, e as crianças crescem e viram adolescentes. Ninguém quer um adolescente confuso.
E Moses estava confuso. Ele fazia sua própria lei. Mas também era estranho, exótico e bonito. Estar com ele mudaria a minha vida de maneiras que eu nunca poderia ter imaginado. Talvez eu devesse ter ficado longe. Talvez eu devesse ter escutado. Minha mãe me avisou. Até Moses me avisou. Mas eu não queria ficar longe.
E assim começa uma história de sofrimento e promessa, de mágoa e cura, de vida e de morte. Uma história de antes e depois, de novos começos e sem final. Mas acima de tudo… uma história de amor.

 

Olá meu povo! Hoje é dia de Amy Harmon por aqui \o/

Quem acompanha o blog há um tempinho já sabe do meu amor pela autora, sim, sou super fã e estava bem ansiosa para ler mais um título dela. O escolhido da vez foi The Law of Moses, um livro que ainda não foi lançado no Brasil, mas oremos para que chegue logo, e é o primeiro da duologia homônima ao título.

Bom, a história é um tanto peculiar, diferente dos romance a que estava acostumada, em The Law, a Amy nos apresenta seu lado fantástico e nos faz caminhar pelo sobrenatural. Confesso que estranhei no início, mas adorei no final. Agora vou explicar os motivos.

Em The Law of Moses, nós conhecemos Moses, um jovem rapaz que tem uma habilidade especial. Ele consegue ver fantasmas e mais do que isso, eles só desaparecem após Moses pintar o que eles mostram pra ele. Sim, muito perturbador!

Imaginem viver sendo atormentado com visões de pessoas que se foram, mas que ainda tem uma mensagem a transmitir para seus entes queridos. É realmente um tormento para Moses, ainda mais por ele não conseguir controlar as visões e suas ações. Ele cresce e se torna um encrenqueiro rs, por isso ele é enviado para morar com a bisavó, a única que ainda tinha paciência e carinho para lidar com nosso menino problema rs.

Moses passa a viver em Levan (tá reconhecendo a cidade?), lá ele conhece Georgia, uma garota bem moleca, que ajuda os pais na fazenda e que é muito determinada e destemida. Quando ela bate os olhos em Moses, é amor à primeira vista e ela trata de deixar bem claras suas intenções rsrs.

Nunca ninguém me quis desde o dia em que nasci. Mas Georgia havia.

Mas nosso mocinho é duro na queda. Por conta de suas visões e contato com os fantasmas, ele evita qualquer tipo de relacionamento e em sua cabeça, um envolvimento com Georgia, só traria sofrimento para todos. Em Levan ele não tem boa reputação, a fama ruim o seguiu até a pequena cidade e ele vive lá como se fosse um pária, fora o fato dele ser negro, filho de uma mulher branca e viciada em drogas. A verdade é que a Georgia está pouco ligando para isso, ela realmente se apaixona pelo Moses e aos poucos vai quebrando suas defesas.

Só que não é só de romance que esse livro é feito galera, um mistério cerca Levan e as cidades ao redor. Algumas jovens aos poucos vão desaparecendo, todas com as mesmas características: Loiras, jovens e com “fama” nada positiva. Essas moças começam a aparecer para Moses, além de fantasmas de familiares de outros moradores de Levan. Até que uma tragédia acontece e leva nosso mocinho a um ponto de ruptura e como consequência ele é internado em um hospital psiquiátrico. Lá ele conhece David e logo se tornam melhores amigos e após saírem do hospital, se tornam uma dupla inseparável e decidem viajar pelo mundo deixando todo o passado para trás, inclusive nossa Georgia.

Anos se passam e agora Moses está de volta a Levan, muitas coisas aconteceram desde que ele deixou tudo e todos para trás, porém ele tem certeza de algo: Georgia. Eles precisam ficar juntos e sua missão é reconquistar a mocinha, com seu dom bem mais controlado, ele também precisa descobrir o que aconteceu com as jovens desaparecidas e desvendar a mensagem que elas continuam mostrando para ele.

Esse é um livro bem completo, com drama, suspense e uma dose do sobrenatural tudo na medida certa. Ele me ganhou nas primeiras páginas, me fez derramar algumas lágrimas e torcer muito por um final feliz e para que a verdade fosse revelada.

Eu preencheria minhas paredes com imagens de nós dois, apenas para convencer a mim mesmo de que ela era minha e eu era dela.

Gostei muito do Moses ser um artista, a Amy tem uma sensibilidade para descrever a relação do artista com sua arte e isso me fascina e me traz identificação. A Georgia é tudo o que amo em protagonistas femininas, determinada e tão valente, ela sabe o que e quem quer e vai atrás sem medo de se arrepender. Um dos trunfos do livro é a amizade entre o David e o Moses, o David é o protagonista do segundo livro, então vou deixar pra falar mais sobre os dois na resenha do livro dele rsrs. É lindo, aquele tipo de amizade sincera que todas as pessoas deveriam ter na vida.

Bom para finalizar, fica aqui a minha dica para vocês, precisando de um romance dramático e emocionante com uma dose de mistério sobrenatural? Leia The Law of Moses. Amy Harmon não decepciona, por enquanto não me decepcionou rs. Leiam.

Confira a resenha em vídeo!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Cássia
    04 nov 2018

    O enredo do livro parece ser bem complexo e envolvente, gostei bastante da premissa.

    • Barbara Lima
      Barbara Lima
      06 nov 2018

      Oi Cássia!
      Sim, esse livro tem vários elementos que deixam a trama mais interessante e um tanto complexa. Tanto que foi difícil explicar tudo em uma resenha com o minimo de spoilers possíveis rs.
      Quando tiver uma oportunida, leia. É muito bom de verdade.
      Obrigada por comentar!