drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019
Laura Ward

Resenha #264 Not Yet

Por Barbara em 22 mar • 2019

Posts arquivados em: Tag: Sarah J. Maas

04jan • 17 best book, Cassandra Clare, Colleen Hoover

Os Melhores de 2016 #Top3

Hey pessoal! Hora da nossa retrospectiva literária, confira logo a seguir os três melhores livros que lemos em 2016. Para saber mais sobre a nossa opinião é só clicar no nome do livro que irá te direcionar para a resenha. Espero que vocês gostem e nos digam também quais foram os melhores livros que leram em 2016.
Enjoy!



1. Uma Chama Entre as Cinzas – Sabaa Tahir

Para um livro ser considerado uma das melhores leituras do ano, ele precisa mexer de verdade comigo, me tirar o fôlego, o sono, dominar meus pensamentos quase que completamente. Uma Chama Entre As Cinzas fez isso. Eu não queria parar de ler e ao mesmo tempo não queria que acabasse. Sem dúvida foi a melhor leitura do ano!

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
28set • 16 Fantasia, Galera Record, literatura estrangeira

Resenha #169 Corte de Névoa e Fúria

Título: Corte de Névoa e Fúria
Série: Corte de Espinhos e Rosas
Ordem: 2
Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Gênero: YA / Fantasia
Páginas: 658
Ano: 2016
Classificação: 3 estrelas

Sinopse: O aguardado segundo volume da saga iniciada em Corte de espinhos e rosas, da mesma autora da série Trono de vidro Nessa continuação, a jovem humana que morreu nas garras de Amarantha, Feyre, assume seu lugar como Quebradora da Maldição e dona dos poderes de sete Grão-Feéricos. Seu coração, no entanto, permanece humano. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin e o pacto firmado com Rhys, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, ela se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que se sente mais plena? Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte e ameaça o mundo de humanos e feéricos.
E a tão aguardada continuação de Corte chega em minhas mãos e, depois de uma leitura intensa … não sei como me sentir, ou o que dizer. Digamos que não foi tudo aquilo que eu esperava, mas ainda assim foi bom… mas poderia ter sido imensamente melhor. Okay, okay, vamos ao que interessa.
Aqui a história continua após os terrores vividos Sob A Montanha. Tamlin e Feyre estão tentando seguir suas vidas do modo mais normal possível, mas será que isso é possível? Feyre tenta desesperadamente se adaptar à vida de grã-féerica e Tamlin tenta recuperar o tempo perdido sem seus poderes e governando suas terras. Rhys, mesmo com aquele acordo de uma semana ao mês levar Feyre para a Corte Noturna, fica três meses sem dar as caras, e todo mundo acha isso estranho.
A questão é que, por mais normal que todos se esforcem em viver, os horrores, torturas e tudo o mais que ocorreu durante o domínio de Amarantha, mudaram a vida de todos no reino féerico, e Feyre se vê cada vez mais deprimida e longe de Tamlin, pois ele quer protege-la a todo custo, muitas vezes sem se importar com o que ela está sentindo. Lucien, por sua vez, tenta ajudar Feyre, mas acaba acatando as ordens de seu amigo, sem questioná-las, o que deixa a garota se sentindo ainda mais sozinha.

Continue lendo

22abr • 16 Fantasia, Galera Record, resenha

Resenha #146 Trono de Vidro (Trono de Vidro #1)

Título: Trono de Vidro (Trono de Vidro #1)
Autor: Sarah J Maas
Editora: Galera Record
Ano: 2013
Páginas: 392
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Nas sombrias e sujas minas de sal de Endovier, uma jovem de 18 anos está cumprindo sua sentença. Celaena é uma assassina, e a melhor de Adarlan. Aprisionada e fraca, ela está quase perdendo as esperanças quando recebe uma proposta. Terá de volta sua liberdade se representar o príncipe de Adarlan em uma competição, lutando contra os mais habilidosos assassinos e larápios do reino. Endovier é uma sentença de morte, e cada duelo em Adarlan será para viver ou morrer. Mas se o preço é ser livre, ela está disposta a tudo.

Olá galera!

Todos aproveitando o feriado prolongado?

Tem resenha nova na área e hoje vou falar sobre Trono de Vidro. Quem nos acompanha nas redes sociais, sabe que esse é um dos livros que está no Desafio das GeLs de 12 livros para 2016. Se você não faz ideia do que estou falando, é só clicar aqui e ficar por dentro de nossos desafios.

Mas vamos falar de Trono de Vidro, o motivo de você ter clicado nessa resenha! Rsrs

Eu ganhei o livro em 2013 e desde então estava na minha estante esperando para ser lido, não sei por que, mas não senti vontade de ler antes. Com o desafio de 2016, o coloquei na lista, e agora em abril senti vontade de ler uma fantasia e Trono de Vidro foi o eleito da vez. Confesso que me surpreendi com a rapidez que o livro me “pegou”, já vou explicar os motivos, mas antes vou contar um pouco sobre a história.

Continue lendo

25fev • 16 Galera Record, Game of Thrones, resenha

Resenha #136 Corte de Espinhos e Rosas

Título: Corte de Espinhos e Rosas
Série: Corte de Espinhos e Rosas #1

Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 434 páginas
Gênero: Young Adult

Classificação: 4.5 estrelas

Sinopse: Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of
Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

 

“Amo você. […] Com espinhos e tudo.”
WOW! Nem sem por onde começar. Se você, querido leitor, é amante de contos de fadas, assim como nós, pode se preparar para se apaixonar por esse universo criado por Sarah J. Mass. Com uma mistura de Bela e a Fera e Guerra dos Tronos (e, me atrevo a dizer, uma pitadinha de Jogos Vorazes), ela te deixará implorando por mais ao final…
Aqui conhecemos Feyre, uma humana que luta com todas as suas forças (que já não são muitas) para sobreviver e cuidar de sua família, que vive na miséria, graças às fadas, que vivem na fartura, em um mundo isolado, enquanto os humanos vivem das piores maneiras possíveis. Todos conhecem as lendas e são instruídos a temer as fadas: feras cruéis e abomináveis, que não tem o menor escrúpulo e que vêem os humanos como lixo.

Isso é o que Feyre estava acostumada a pensar. Por isso, quando está no meio da floresta, morrendo de fome, procurando algo para caçar, e se depara com um lobo gigante, ela não exita em matá-lo sem dó nem piedade. E ainda
utiliza uma flecha com um material que pode matar os feéricos, para ter certeza de que o animal morrerá, sendo sobrenatural ou não. O que ela não esperava é que isso mudaria sua vida drasticamente.

Continue lendo