drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019
Laura Ward

Resenha #264 Not Yet

Por Barbara em 22 mar • 2019

Categoria: best book

12nov • 15 Atria Books, best, best book, book, Colleen Hoover, lançamento, new adult, resenha dupla

Resenha #121 November 9

Título: November 9
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Ano: 2015
Páginas: 340
Classificação: Barbara: 5 estrelas, Raquel: 6 estrelas

Sinopse: Fallon conhece Ben, um aspirante escritor, um dia antes de sua já agendada mudança para outra cidade. A prematura atração entre eles leva Fallon a passar o seu último dia em LA com ele, e sua vida cheia de acontecimentos torna-se a inspiração criativa que Ben sempre esteve procurado para o seu romance.

Ao longo do tempo e em meio a várias outras relações e tribulações de suas próprias vidas separadas, eles continuam a se encontrar na mesma data todos os anos. Até que um dia Fallon começa a ficar em dúvida se Ben tem lhe dito a verdade ou se está fabricando uma realidade perfeita apenas para dar a história uma reviravolta no final. 

Pode o relacionamento de Ben com Fallon- e, simultaneamente, o seu livro – ser considerado uma história de amor, mesmo se terminar com corações partidos? *

 

Resenha dupla galera! Lembrando que as partes em roxo é texto da Barbara e as em rosa da Raquel.
Antes de começarmos, convidamos você a apertar o play e curtir a playlist inspirada no livro, enquanto confere nossa resenha:

 

Sim, acabou de ser lançado e vocês sabem como somos fãs da Colleen, então não poderíamos deixar de ler e resenhar o seu mais novo livro – November 9.
 
Antes de começar a ler esse livro, prepare a caixa de lenços porque é provável que você vá chorar! Sem dúvida foi o livro dela em que mais chorei, então se sinta avisado rsrs. – Barbara

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
22ago • 15 best book, new adult, resenha, Verus

Resenha #107 Beleza Perdida

Título: Beleza Perdida
Autor: Amy Harmon
Editora: Verus
Ano: 2015
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.

Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.

Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.

Sabe aquele livro que você lê e ao final fica sem palavras para descrever o quanto ele te tocou? Pois é, estou vivendo esse momento…

Quando ouvi falar de Beleza Perdida eu sabia que precisava ler esse livro, novamente aquele feeling me dizia que eu iria me apaixonar por essa história e foi dito e feito, ou melhor, lido e feito.

Beleza Perdida é um releitura moderna e sensível de A Bela e a Fera. Por releitura eu quero dizer que o livro pega alguns elementos de A Bela e a Fera e adapta para a sua história, principalmente a questão do feio versus belo e se existe ou pode existir amor verdadeiro entre ambos.

Continue lendo

29maio • 15 best book, resenha

Resenha #93 Apenas Um Dia

Título: Apenas Um Dia
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 384
Classificação: 4,5 estrelas
Sinopse: “A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita. Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida.
Apenas um Dia fala de amor, mágoa, viagem, identidade e sobre os acidentes provocados pelo destino, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro… Muito do que procuramos está bem mais perto do que pensamos.”

“O mundo inteiro é um palco, e todos os homens e mulheres, meros atores. Eles saem de cena e entram em cena, e cada um, a seu, tempo, representa vários papéis.”
Como Gostais, William Shakespeare
 

 

Bem, esse livro foi uma troca. Eu comprei um livro que acabei ganhando de presente e ao ir à livraria pra fazer a troca optei por Apenas Um Dia, não era um livro desejado, simplesmente peguei por estar próximo do valor do outro sem nenhuma pesquisa a respeito do livro. Gostei do título e me arrisquei com ele.

Continue lendo

23mar • 15 best book, distopia, resenha, Rocco

Resenha #86 Divergente (Trilogia Divergente #1)

Título: Divergente
Autor: Veronica Roth
Páginas: 502
Gênero: Distopia
Editora: Rocco
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: “Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.
A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é.
E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.”

Divergente é sem dúvida uma das minhas distopias favoritas.Desde a primeira vez que li esse livro fiquei encantada com a sociedade que a Verônica Roth criou, os valores dos personagens, as regras e ideais de cada facção… tudo isso me fascinou e virei fã obviamente!

No primeiro livro da trilogia, nós somos apresentados a uma nova sociedade criada dentro da cidade de Chicago, ela é organizada em cinco facções: Amizade, Abnegação, Erudição, Franqueza e Audácia. Cada facção vive de acordo com regras bem específicas que os distinguem uns dos outros, o modo de vestir, falar, se comportar e etc definem a facção a qual cada pessoa pertence.

“Os costumes das facções ditam até como devemos nos comportar nos momentos de inatividade e estão acima das preferências individuais.”

Continue lendo

1 2