drama

Resenha #366 Blackmoore

Por Barbara em 19 jun • 2021
Clichê

Resenha #360 Bossman

Por Barbara em 01 maio • 2021
25maio • 21 drama, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Tara Sivec, Verus

Resenha #363 O Farol de Fisher

Título: O Farol de Fisher
Autor: Tara Sivec
Editora: Verus
Páginas: 294
Ano: 2020
Gênero: Romance/Drama/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Para conseguir o fim que desejam, Lucy e Fisher terão de voltar ao início… Lucy e Fisher se conheceram no último ano do ensino médio, no mesmo dia em que ele se juntou aos fuzileiros navais. As únicas certezas na vida de Fisher são o serviço ao seu país e o amor por Lucy. Após o casamento, eles vão viver em uma pequena ilha na costa Leste. Lucy já aceitou a profissão do marido, apoiando-o e tentando tolerar seu comportamento errático toda vez que ele volta de uma missão. Fisher, no entanto, é profundamente afetado pela experiência em zonas de guerra. Um dia, Fisher conclui que está se tornando um perigo para aqueles ao redor, especialmente para sua mulher, e deixa a ilha em busca de curar suas feridas. Mas agora ele está de volta, determinado a convencer Lucy de que nunca deixou de amá-la. Por meio das memórias ― boas e ruins ― de seu relacionamento, Lucy e Fisher vão precisar lembrar por que sempre conseguiram voltar um para o outro. E por que, não importa o que aconteça, esta pode ser a última vez.

Olá pessoal, aqui estou para falar de um dos meus temas favoritos em livros: segundas chances nos relacionamentos. O Farol de Fisher vai nos apresentar um casal que passou por altos e baixos e precisam decidir como seguir em frente, juntos ou não.

O livro conta a história de Lucy e Fisher, eles são moradores da Ilha Fisher – sim, a família do Fisher foi quem fundou a ilha e é dona dos maiores empreendimentos locais. Ainda adolescente, Lucy se muda para a ilha junto com seus pais para cuidarem da pousada que os avós dela administravam, é quando ela conhece Fisher na escola. Eles se apaixonam e logo se tornam namorados e inseparáveis. Porém Fisher tinha um compromisso patriótico, a época é pouco depois do 11 de setembro de 2001, e os EUA estavam em guerra e Fisher se voluntariou para ser um dos soldados.

Muitos anos se passam e sabemos que Fisher e Lucy estão divorciados há um ano. Ele não está mais morando na ilha, ela está tentando reconstruir a própria vida e investindo em um novo relacionamento. O tempo passou, a vida mudou e o casal que parecia perfeito não está mais junto.

Dividido entre passado e presente, vamos aos poucos e de acordo com a visão dos personagens Lucy e Fisher, reconstruir a história de amor dos dois e entender como tudo acabou e porque acabou tão mal. Lucy se casou com um fuzileiro naval e a cada vez que Fisher era convocado e ia para guerra, algo dele se perdia lá e ele retornava como um homem diferente e traumatizado, e obviamente isso refletiu em Lucy.

Depois desse um ano de divórcio, Fisher está de volta e disposto a reconquistar sua esposa, ele sabe que a história deles não acabou e quer provar isso para Lucy. Se o plano dele vai dar certo, só lendo para descobrir rs.

Esse livro tem uma carga emocional bem intensa, as partes do Fisher de quando ele estava no auge dos seus problemas psicológicos, decorrentes do que viveu durante a guerra, são bem tensos, mas nos faz refletir o quanto o terror de qualquer guerra afeta as pessoas, sejam elas civis, combatentes e até os familiares dos soldados, mesmo eles nunca tendo pisado em campo de batalha. Acredito que nesse quesito familiar a autora acertou em cheio.

Gostei ainda mais que ela não deu tudo por finalizado após os dois aparentemente se “acertarem”, existia muita coisa mal resolvida entre os dois e com suas famílias e isso precisava ser revisto e corrigido, então a Tara deu continuidade em busca da resolução desses problemas mais profundos e isso é um ponto positivo. Porém ainda tenho algumas críticas quanto a escrita, por ser seu primeiro livro é perceptível a imaturidade em alguns diálogos e isso fez o livro perder o ritmo. Também achei a situação final muito dramática e um tanto inverossímil, por esse motivo o livro perdeu uma estrela.

Preciso falar dos personagens secundários, sempre digo que um bom livro possui personagens secundários tão bons que renderiam os próprios livros e aqui estamos cheios deles, parabéns e obrigada por isso Tara.

Fica aqui a minha indicação, O farol de Fisher é um livro sobre segundas chances, sobre o amor e perdão, a necessidade da família e amigos que nos apoiem, sobre se reconstruir e encontrar um novo sentido para a vida. Leiam! E a capa é linda!

Até breve.

Assista a resenha em vídeo!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário