Categoria: Destaques

17maio • 22 Ficção, Literatura Americana, literatura estrangeira, Paralela, resenha, Romance, Taylor Jenkins Reid

Resenha #411 Amor(es) Verdadeiro(s)

Título: Amor(es) Verdadeiro(s)
Autor: Taylor Jenkis Reid
Editora: Paralela
Páginas: 288
Ano: 2020
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana/ Ficção
Classificação: 2 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Emma Blair casou com seu namorado do colegial, Jesse, quando tinha vinte anos. Juntos, eles construíram uma vida diferente das expectativas de seus pais e das pessoas de sua cidade natal, Massachusetts. Sem perder nenhuma oportunidade de viver novas aventuras, eles viajam o mundo todo, curtindo a vida ao máximo.
Mas, em vez do tradicional “e viveram felizes para sempre”, uma tragédia separa os dois, no dia do seu aniversário de um ano de casamento. O helicóptero com o qual Jesse sobrevoava o Pacífico desaparece e, simples assim, o amor da vida de Emma se vai para sempre.
Emma volta para sua cidade natal em uma tentativa de reconstruir a vida e, depois de anos de luto, reencontra um velho amigo, Sam, que lhe mostra ser, sim, possível se apaixonar novamente. E quando os dois ficam noivos? Emma sente que a vida lhe deu uma segunda chance de ser feliz.
Pelo menos é o que parece — até que Jesse é encontrado. Ele está vivo e tentou voltar para casa, para Emma, todos esses anos que passou desaparecido. Agora, com um marido e um noivo, Emma precisa descobrir quem ela é e o que quer, enquanto tenta proteger todos que ama
Emma sabe que precisa escutar seu coração, ela só não tem certeza se sabe o que ele está querendo dizer.

Hey galera, como estão?

Hoje vim contar para vocês a minha experiência com mais um livro da Taylor Jenkis Reid. Confesso que evito ler autores que estão com um hype muito absurdo rs, sempre acho que vou ler com altas expectativas e quebrar a cara. Bom, eu li Evidências de uma Traição e como gostei, resolvi investir em uma nova leitura da autora. Lá em Evidências eu já tinha criticado o fato de a história ser bem previsível, e aqui também encontramos o mesmo problema, mas já vamos falar sobre isso, primeiro vamos ao resumo.

O livro vai contar a história de Emma, uma mulher que está por volta dos seus 30 anos, assumiu a livraria da família e prestes a se casar. Tudo na vida dela está bem encaixado até que ela recebe uma ligação, do outro lado da linha está Jesse, seu marido desaparecido há mais de três anos.

Continue lendo
09maio • 22 12 livros para 2022, Agatha Christie, Haper Collins Brasil, literatura estrangeira, Literatura Inglesa, mistério, Policial, resenha, Suspense

Resenha #410 Um Pressentimento Funesto

Título: Um Pressentimento Funesto
Autor: Agatha Christie
Editora: Haper Collins Brasil
Páginas: 253
Ano: 2017
Gênero: Mistério/ Literatura Estrangeira/ Romance Policial
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Envolver-se em tramas perigosas é uma especialidade do casal de aventureiros Tommy e Tuppence Beresford. Desta vez, durante uma visita a um asilo de senhoras, Tuppence vê um quadro que retrata uma casa que não lhe parece totalmente estranha. Lá, também conhece uma anciã que lhe fala de um menino morto escondido em uma chaminé. Pouco tempo depois, a velha senhora abandona o asilo sem dar qualquer explicação. Disposta a descobrir o paradeiro dela, Tuppence decide encontrar a casa misteriosa e acaba deparando-se com um assassino perverso.

Hey galera! É hora de Agatha Christie nesse blog!

Um pressentimento funesto foi o sexto livro da autora que li, já posso me considerar fã dela? Acho que sim hein! Nesse livro eu fui apresentada ao casal Tommy e Tuppence Beresford, eu ainda não conhecia suas aventuras e como os outros personagens da rainha do mistério, eles vão precisar resolver um mistério rs.

Tudo começa quando o casal vai visitar a tia de Tommy em uma casa de repouso, Tuppence acaba esperando o marido em uma sala de espera, já que tia Ada não ia muito com a cara dela. Enquanto espera, ela começa a conversar com a sra. Lawrence. A boa velhinha diz algumas coisas sem pé nem cabeça e isso faz com que Tuppence fique bem curiosa.

Continue lendo
21abr • 22 A. S. Teague, adulto, drama, Esportes, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #409 The Hardest Hit

Título: The Hardest Hit
Autor: A. S. Teague
Editora: Independente
Páginas: 300
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Melanie Holstein é a mulher que deixei escorregar pelas pontas dos dedos.
Uma noite em Las Vegas, com a mulher apaixonante que dava o melhor de si, foi o suficiente para eu saber que ela é a única. Exceto por alguns pequenos problemas.
Sou Aiden Shaw, o quarterback estrela de um time que fica a quinhentas milhas de distância de sua casa em Atlanta. Ela não quer filhos e eu tenho três garotos barulhentos que ocupam todo o meu tempo livre.
O momento para nós nunca parece certo e, depois de tantas conexões perdidas, eu quase desisti de nós.
Até minha carreira dar uma guinada devastadora.
Mel é a primeira ao meu lado, determinada a me recompor. Ignorando minha amargura e dor, ela cura mais do que apenas minha perna machucada e, finalmente, parece haver um futuro para nós. Mas a senhora sorte nunca esteve do nosso lado.
E a próxima tragédia que nos persegue pode ser a mais dura de todas.

Alô galera fã de livros com esportistas, essa resenha é para vocês!

The Hardest Hit é o segundo livro da série The Hardest, o primeiro vocês podem conferir a resenha aqui. Eu amei o primeiro e naturalmente não poderia deixar de ler a sequência. Bom, nesse livro nós vamos acompanhar a história de Melanie e Aiden. Eles se conhecem na mesma noite que Griff e Brooke, mas diferente deles, a noite em Vegas não rendeu um bebê rsrs. A verdade é que eles tiveram uma noite muito divertida, mas pode ir parando com esses pensamentos impuros! Eles realmente se divertem apenas conversando e a noite só rende uma amizade.

Os anos passam e esses dois vivem em um eterno desencontro, a atração é forte e mútua, mas eles nunca estão na mesma página, por morarem em cidades diferentes e viverem suas vidas, era realmente difícil fazer um relacionamento real acontecer. Eles permanecem amigos e trocando mensagens, mas não evolui.

Continue lendo
09abr • 22 12 livros para 2022, Desafio das GeLs, Fantasia, Galera Record, Holly Black, jovem adulto, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #408 O Príncipe Cruel

Título: O Príncipe Cruel
Série: O Povo do Ar
Ordem: 1
Autor: Holly Black
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Estrangeira/ Jovem Adulto/ Fantasia/ Literatura Americana
Páginas: 374
Ano: 2018
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Primeiro livro da mais nova série de Holly Black. Conheça a impressionante história de uma garota mortal que se vê presa em uma teia de intrigas reais.

Jude tinha 7 anos quando seus pais foram assassinados e foi forçada a viver no Reino das Fadas. Dez anos depois, tudo o que ela quer é ser como eles – lindos e imortais – e realmente pertencer ao Reino das Fadas, apesar de sua mortalidade. Mas muitos do povo das Fadas desprezam os humanos.

Especialmente o Príncipe Cardan, o filho mais jovem, mais bonito e mais cruel do Grande Rei. Para ganhar um lugar na Alta Corte, ela deve desafiá-lo… e enfrentar as consequências. Envolvida em intrigas e traições do palácio, Jude descobre sua própria capacidade para truques e derramamento de sangue.

Mas, com a ameaça de uma guerra civil e o Reino das Fadas por um fio, Jude precisará arriscar sua vida em uma perigosa aliança para salvar suas irmãs, e o próprio Reino. Com personagens únicos, reviravoltas inesperadas, e uma traição de tirar o fôlego, este livro vai deixar o leitor pedindo bis – querendo mergulhar de cabeça na continuação deste universo.

Hey galera, hoje é dia de comentar com vocês as minhas impressões sobre esse livro que é um dos mais pesquisados do blog. O Príncipe Cruel faz parte do desafio 12 livros para 2022 e ainda foi o livro de estreia do nosso Clube de Leitura, vocês podem conferir a discussão clicando aqui no link.

Com isso dito, vamos para um breve resumo.

O livro vai contar a história de Jude, uma adolescente que foi criada no reino das fadas. Ela e suas irmãs foram levadas para lá por Madoc, o general do Grande Rei, e elas foram criadas como filhas dele e como pertencentes à nobreza, porém Jude e sua irmã gêmea Tarryn são humanas e as fadas não são muito tolerantes com humanos.

Continue lendo
31mar • 22 beijos, Sobre Primeiros Beijos

Sobre Primeiros Beijos #22

Olá meu povo! A coluna mais beijoqueira está de volta com uma edição nova e repleta de primeiros beijos. Espero que vocês gostem. Solta o play e vêm se apaixonar.

.

.

Meu coração bate forte dentro das minhas costelas, e não sei qual de nós decidiu se mover primeiro, mas então ele está aqui, e sua boca desliza sobre a minha, uma vez e outra vez. Ele se afasta com um pequeno beijo no canto da minha boca, e nos olhamos. Ainda estamos no ponto em que o beijo pode ser atribuído ao movimento da água, talvez. Ou, ha ha, uma noite tão estranha e cansativa. Mas então ele se inclina para a frente novamente com um sorriso e, no espaço de um suspiro, estamos nos beijando como precisamos: lábios e língua e o ocasional toque dos dentes. Suas mãos se movem para a minha cintura, segurando-me nele, e quando James impulsiona, eu levanto minhas pernas, leves, envolvendo-as em torno dele. Carey e James – The Honey Don’t List

.

.

Continue lendo
26mar • 22 comédia romantica, Gallery Books, Lauren Layne, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #407 To Sir, with Love

Título: To Sir, with Love
Autor: Lauren Layne
Editora: Gallery Books
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance/ Literatura Americana/ Comédia Romântica
Páginas: 288
Ano: 2021
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Sempre alegre e ansiosa para agradar, Gracie Cooper se esforça para tirar o melhor proveito de cada situação. Então, quando seu pai morre poucos meses após um diagnóstico de câncer de pulmão, ela deixa de lado seus sonhos de seguir sua paixão pela arte para assumir a loja de champanhe em Midtown Manhattan. Ela logo descobre que as margens de lucro da loja estão sendo espremidas perigosamente e para complicar ainda mais as coisas, uma gigante corporação chefiada pelo impossivelmente bonito, mas irritantemente arrogante Sebastian Andrews, está propondo uma compra. Mas Gracie não consegue suportar a ideia de jogar fora o sonho do pai como fez com o dela.
Oprimida e não querendo admitir para seus amigos ou familiares que ela está tendo dúvidas sobre a loja, Gracie busca o conselho e consolo de alguém que ela nunca conheceu – o “Senhor” sem rosto, com quem ela se conectou em um aplicativo de namoro às cegas onde o objetivo é conhecer-se por meio de mensagens e interesses comuns antes de trocar nomes reais ou fotos.
Mas, embora Gracie comece a se apaixonar lentamente pelo Senhor online, ela não tem ideia de que já o conheceu na vida real… e eles não suportam um ao outro.

Hey galera, prontos para um romance clichê fofinho?

Se você era um fã de sessão da tarde, com certeza já se deparou com o filme Mensagem Para Você, aquele com a Meg Ryan trocando e-mails com um desconhecido e que no final vira uma linda história de amor. To Sir, With Love tem a mesma premissa.

O livro vai contar a história de Gracie, ela é a irmã do meio e a responsável por administrar a loja de vinhos e espumantes de sua família após o falecimento de seus pais. Cuidar da Bubbles & More não era o sonho de vida de nossa mocinha, mas o negócio meio que “sobrou” para ela após seus irmãos não fazerem muita questão de pegar as rédeas. Bom, aquele ditado de que sorte no jogo, azar no amor, não é muito válido para Gracie. Ela definitivamente não está com sorte em nenhuma dessas áreas.

Continue lendo
23mar • 22 Literatura Americana, literatura estrangeira, Paralela, resenha, Romance, Taylor Jenkins Reid

Resenha #406 Evidências de uma traição

Título: Evidências de uma traição
Autor: Taylor Jenkins Reid
Editora: Paralela
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance/ Literatura Americana
Páginas: 101
Ano: 2021
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Querido estranho…

Uma jovem desesperada no sul da Califórnia se senta para escrever uma carta para um homem que ela nunca conheceu – uma escolha que mudará sua vida para sempre.

Meu coração te pertence, David. Mesmo sabendo que eu não te conheço…

Pouco a pouco, a correspondência entre Carrie Allsop e David Mayer revela os detalhes de um caso devastador entre seus cônjuges. Ao longo das cartas, eles confessam seus medos e compartilham sentimentos escondidos no fundo de suas almas, tentando decidir como seguir em frente.

Contada inteiramente por meio de cartas, Evidências de uma traição é uma história de decepções, mágoas e segredos, mas também de perdão e recomeços, e de como, no caso de algumas pessoas, a dor pode libertar.

Hey galera, chegou o momento de eu contar sobre a minha primeira experiência com um livro da Taylor. Ela é uma autora super hypada e eu confesso que tinha um pouco de receio de ler e não gostar, mas esse título em particular chamou a minha atenção. Evidências de Uma Traição traz uma premissa interessante, uma mulher que descobre estar sendo traída e decide entrar em contato com o marido da amante de seu marido. Tenso, certo?

Bom, essa é a Carrie. Ela descobriu uma carta de amor da amante de seu marido e ela toma a difícil decisão de entrar em contato com David, o outro traído da história. Eles começam a trocar cartas, onde nelas revelam seus sentimentos em relação ao que estava acontecendo entre seus cônjuges. O que começa como um casal revelando suas frustrações, acaba se tornando uma amizade e em seguida é fácil supor rs.

Continue lendo
05mar • 22 12 livros para 2022, Desafio das GeLs, Literatura Americana, literatura estrangeira, Novo Século, Paullina Simons, resenha, Resenhas de Livros, Romance, romance histórico

Resenha #405 Tatiana & Alexander

Título: Tatiana & Alexander
Série: O Cavaleiro de Bronze
Ordem: 2
Autor: Paullina Simons
Editora: Novo Século
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance Histórico/ Literatura Americana
Páginas: 544
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A saga épica de amor e guerra continua nesta arrebatadora sequência do best-seller de Paullina Simons, O Cavaleiro de Bronze.

Tatiana agora tem dezoito anos. Viúva e grávida, ela foge da devastada Leningrado para começar uma vida nova na América.
Mas os fantasmas de seu passado não descansam facilmente. Ela passa a ser consumida pela crença de que seu marido, o major do Exército Vermelho Alexander Belov, ainda está vivo e precisa desesperadamente de sua ajuda.
Enquanto isso, a oceanos e continentes de distância, Alexander é forçado a liderar um batalhão de soldados considerado dispensável pelo alto comando soviético. No entanto, Alexander está determinado a conduzir seus homens pelas ruínas da Europa, numa tentativa desesperada de escapar da máquina de morte de Stálin e, de alguma maneira, encontrar o caminho que o conduza a Tatiana mais uma vez.
Deixe-se envolver pela escrita encantadora de Paullina Simons neste romance atemporal aclamado em todo o mundo.

Depois de terminar a leitura de O Cavaleiro de Bronze, me questionei se eu poderia amar mais essa história? Se Tatia e Shura poderiam me conquistar ainda mais, bom, a resposta você encontra nessa resenha, e sim, é uma resenha apaixonada.

Tatiana & Alexander é a continuação de o Cavaleiro de Bronze, logo após os eventos que nos deixaram com o coração na mão, estamos novamente na Rússia em plena II Guerra Mundial. O ano é 1943 e Tatiana finalmente conseguiu fugir e agora está na América, ela acredita ser uma viúva, que seu amado marido faleceu após um bombardeio e só lhe resta reconstruir a própria vida ao lado do filho na terra dos livres. Porém ela não está em paz.

Alexander deixa com ela algumas pistas que fazem com que nossa mocinha desconfie que ele teve um fim diferente do que o atestado de óbito afirma, e ela está correta. Nosso Shura, prevendo sua iminente prisão e as consequências dela para sua esposa, prepara um plano para salvá-la de uma possível prisão e tortura. Ele é preso após ser denunciado como um espião americano e entregue para a NKGB para interrogatório. Não entrarei em detalhes quanto a essa parte, é tenso demais.

Continue lendo
03mar • 22 comédia romantica, Hot Lanta Publishing, Literatura Americana, literatura estrangeira, Meghan Quinn, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #404 Three Blind Dates

Título: Three Blind Dates
Série: Dating by numbers
Ordem: 1
Autor: Meghan Quinn
Editora: Hot-Lanta Publishing
Gênero: Romance/ Comédia Romântica/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 386
Ano: 2018
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: “Bom dia Malibu, é mais um lindo dia na costa oeste! Sou Noely Clark, sua apresentadora: e estou no mercado para o amor…”
Quando a equipe de publicidade do novo restaurante local, Going in Blind, começou sua busca por uma celebridade local quente para promover o restaurante extremamente popular, não poderiam encontrar uma pessoa melhor do que eu.
Extrovertida? Confere.
Solteira? Confere.
Aberta a encontrar o amor? Confere.
Eu me candidatei imediatamente. Uma romântica incurável com uma escala extremamente exigente, descobri que é impossível encontrar o homem dos meus sonhos – portanto o Going in Blind parece bom demais para ser verdade! Isso é até que eles comecem a me marcar encontros – três encontros às cegas muito diferentes, muito atraentes, muito distintos – e apenas uma coisa certa…
Estou com um grande problema.
“Bom dia Malibu, Sou Noely Clark e tenho uma escolha a fazer. A questão é quem vou escolher; Sr. Terno, O Rebelde ou O Atleta.”

Hey galera, a forma de iniciar um relacionamento definitivamente mudou nos tempos atuais, os aplicativos de namoro estão aí, as redes sociais são locais de flerte, mas no fim do dia tudo o que qualquer um quer é encontrar alguém para viver uma história de amor.

Esse é o mote de Three Blind Dates, Noely é apresentadora de um programa matinal em Malibu. Quando um novo restaurante abre na cidade com a ideia de promover encontros às cegas para pessoas que estavam em busca de relacionamento sério, Noely se joga. Ela se cadastra no aplicativo que seria responsável por parear ela com seu provável par perfeito, e isso acontece. Não uma, mas três vezes.

Continue lendo
24fev • 22 Clichê, Literatura Americana, literatura estrangeira, new adult, resenha, Resenhas de Livros, Romance, universo dos livros, Whitney G

Resenha #403 Sinceramente, Carter

Título: Sinceramente, Carter
Série: Sincerely Yours
Ordem: 1
Autor: Whitney G
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance/ New Adult/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 400
Ano: 2017
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Depois do sucesso da série Reasonable Doubt, que chegou ao topo da lista dos mais vendidos da Amazon, do The New York Times e do USA Today, Whitney G. Williams nos lança a dúvida: o que acontece quando você se apaixona por seu melhor amigo?

Apenas amigos. Somos apenas amigos. Não, sério. Ela é só minha melhor amiga. Arizona Turner é minha amiga desde a quarta série, mesmo quando a gente “se odiava”. Acompanhamos a vida um do outro desde o primeiro beijo, a primeira vez, e somos uma constante na vida do outro quando os bons relacionamentos ficam ruins. Até nossas faculdades ficavam a minutos de distância uma da outra.
Com o passar dos anos, e apesar do que dizem por aí, nunca ultrapassamos nenhum limite. Nunca sequer pensei a respeito. Nunca quis. Até que, certa noite, tudo mudou. Pelo menos devia ter mudado…
Apenas amigos. Somos apenas amigos. Só estou dizendo isso até descobrir se ela ainda é “apenas” minha melhor amiga.

Olá galera! Esse livro é um dos mais procurados nas buscas aqui no blog e finalmente eu li e estou escrevendo para vocês sobre ele. Bom, a história é um clichê de melhores amigos que se apaixonam, não tem muito mistério aqui, mas vou contar um pouco sobre esses dois.

Arizona e Carter são melhores amigos desde sempre, eles se “odiaram” por um breve período durante a escola e escreviam cartas de desculpas/ódio para justificar suas atitudes um para com o outro. Confesso que essas primeiras cartas são bem engraçadas rsrs. Os anos passam, o ódio vira amizade, mas não qualquer tipo de amizade, aquela intensa ao ponto de parecerem um casal, mas não eram.

Continue lendo
22fev • 22 Arqueiro, Chick Lit, Clichê, comédia romantica, Lissa Kay Adams, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #402 Missão Romance

Título: Missão Romance
Série: Clube do Livro dos Homens
Ordem: 2
Autor: Lissa Kay Adams
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance/ Comédia Romântica/Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 320
Ano: 2022
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Liv Papandreas tem o emprego dos sonhos: ela é chef confeiteira do restaurante mais badalado de Nashville, comandado por Royce Preston, uma celebridade da TV. O problema é que, longe das câmeras, seu chefe é um mau-caráter.

Certo dia, Liv flagra Royce assediando uma jovem recepcionista e, ao confrontá-lo, acaba demitida. Ela jura vingança, mas vai precisar de ajuda para derrotar alguém tão poderoso.

Infelizmente, isso significa recorrer a Braden Mack, um empresário carismático e mulherengo. Ele se oferece para revelar ao mundo quem Royce realmente é, mas Liv tem dificuldade em acreditar nas suas boas intenções. Assim, Mack precisa chamar reforços: os integrantes do Clube do Livro dos Homens.

Inspirados pelo romance que estão lendo, o Clube do Livro se une a Liv para derrubar Royce. Paralelamente, eles tentam ajudar Mack a encontrar o caminho para o coração de Liv… mesmo que ela esteja determinada a ignorar qualquer chama de paixão que surgir entre os dois.


Olá para todos! Hoje é dia de contar para vocês as minhas impressões sobre o livro Missão Romance, segundo livro da série Clube do Livro dos Homens. Dessa vez vamos conhecer a história do Mack, o criador do clube e idealizador do método que já salvou os casamentos de seus amigos e transformou outros homens em pessoas melhores.

Mack é um homem que sabe agradar as mulheres, ele segue a própria cartilha e não vê a hora de viver o seu próprio conto de fadas, porém sempre algo da errado e no final nosso mocinho acaba sempre tomando um pé na bunda rs. É nessas circunstâncias que ele se encontra no momento kkk.

Continue lendo
18fev • 22 drama, jovem adulto, Kylie Scott, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #401 Trust

Título: Trust
Autor: Kylie Scott
Editora: Independente
Gênero: Literatura Estrangeira/ Romance/ Drama/ Jovem Adulto/ Literatura Americana
Páginas: 300
Ano: 2017
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Ser jovem tem tudo a ver com experiências: a primeira vez que você mata a escola, a primeira vez que você se apaixona … a primeira vez que alguém aponta uma arma para sua cabeça.
Depois de ser mantida refém durante um assalto na loja de conveniência local, Edie, de dezessete anos, vê sua atitude em relação à vida abalada. Não querendo suportar o esnobismo e o bullying em sua escola particular, ela se matricula na escola pública local, cruzando com John. O menino que arriscou a vida para salvar a dela.
Enquanto Edie está começando a ficar selvagem, John está apenas começando a se acalmar. Depois de anos festejando e traficando drogas com seu irmão mais velho, ele está se endireitando… chegando para a aula na hora e pensando sobre o futuro.
Um vínculo improvável cresce entre os dois enquanto John mantém Edie longe de problemas e a ajuda a ampliar seus horizontes. Mas quando ele a ajuda com outro primeiro, perder a virgindade, a amizade deles se complica.
Enquanto isso, Edie e John são puxados de volta para o mundo perigoso do qual escaparam por pouco. Eles tiveram sorte de sobreviver da primeira vez, mas desta vez eles têm mais a perder… um ao outro.

Hey pessoal, tudo bem com vocês? Eu gostei muito da minha primeira experiência lendo um livro da Kylie e por isso obviamente fui atrás de mais.

Trust é um jovem adulto que vai nos apresentar a John e Edie, eles vão se conhecer por causa de uma situação de quase morte. Ambos estavam em uma loja de conveniência quando um assaltante entra e os faz de refém. Ao final eles sobrevivem, mas não sem antes toda a situação deixa-los marcados e com um vínculo entre si.

O tempo passa e Edie passa a estudar na mesma escola que John, lá ela percebe que ele não era um cara muito certinho, e ela ainda está traumatizada com tudo o que viveu, então ela está pouco se lixando para os problemas e as consequências de suas atitudes. Edie vai viver uma fase destrutiva, e é John quem vai estar por perto para segurar as pontas da nossa mocinha.

Continue lendo
1 2 3 19