drama

Resenha #271 Dear Aaron

Por Barbara em 29 maio • 2019
drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019

Posts arquivados em: Tag: Lisa Kleypas

14jul • 17 resenha, romance de época, romance histórico

Resenha #194 Pecados no Inverno (As Quatro Estações do Amor #3)

Título: Pecados No Inverno
Série: As Quatro Estações do Amor
Ordem: 3
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de época, romance histórico, romance
Páginas: 288
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução… ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.

Definitivamente meu livro favorito entre os romances de época!

Pecados no Inverno é o terceiro livro da série As Quatro Estações do Amor e traz como protagonista Evangeline Jenner, a doce ruiva do quarteto de amigas solteironas autodenominadas Flores Secas. Evie é a mocinha que mais tem problemas em casa, vive com seus tios e sofre constantemente nas mãos deles, até que ela resolve tomar uma decisão corajosa.

Continue lendo

25mar • 17 resenha, romance de época, romance histórico

Resenha #185 Era Uma Vez no Outono (As Quatro Estações do Amor #2)

Título: Era Uma Vez no Outono
Série: As Quatro Estações do Amor
Ordem: 2
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de época, romance histórico, romance
Páginas: 288
Ano: 2016
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa.

Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar.
Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?

 

Hey galera, o livro do mês do Desafio das GeLs está acompanhando a estação do ano o/ Juro que não foi planejado, mas bem conveniente não? rsrs

Era Uma Vez no Outono é o segundo livro da série As Quatro Estações do Amor, e conta a história de Lillian Bowman, a mais velha das irmãs americanas e muito ricas Bowmans. Como a segunda mais velha entre o quarteto das Wallflowers (Flores Secas como a tradução adaptou) é a sua vez de conquistar um marido, mas não um qualquer, um aristocrata!

Continue lendo

03mar • 16 resenha, Romance

Resenha #139 A Protegida (The Travis Family #1)

Título: A Protegida _ Série The Travis Family #1
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Gutenberg
Ano: 2015
Páginas: 288 
Classificação: 3,5 estrelas
Sinopse: Uma escolha pode conduzi-la à felicidade… Ou partir irremediavelmente seu coração.
Liberty Jones é uma garota determinada, mas em sua vida pobre e difícil não há espaço para que ela consiga vislumbrar seus sonhos sendo realizados. Seu único consolo é a amizade e o amor que nutre por Hardy Cates, um jovem que possui ambições grandiosas demais para ficarem enterradas na pequena cidade de Welcome. Apesar da atração irresistível que pulsa entre os dois, tudo o que Hardy não precisa é de alguém para atrapalhar seus planos de sucesso, e ele a abandona no momento mais difícil de sua vida: quando a mãe de Liberty morre tragicamente em um acidente; deixando um bebê para ela criar. Mas a vida traz grandes surpresas e Liberty se vê sob a tutela de um magnata bilionário, que irá oferecer muito mais do que proteção à irmã e a ela, mas também revelará uma forte ligação com o passado obscuro da família de Liberty. O que Liberty não espera é ter de lidar com Gage Travis, o filho mais velho do magnata; o rapaz não aprova a presença dela em sua casa e fará de tudo para afastá-la de sua família… Gage apenas esquece de também mantê-la longe de seu coração.

 

 
“Às vezes a vida tem um senso de humor cruel, entregando- lhe aquilo que você sempre quis no pior momento possível…”

Quando eu soube desse lançamento da Lisa Kleypas, foi uma surpresa saber que estava vindo pela Editora Gutemberg e depois de ler a sinopse fiquei mais interessada por ser um romance contemporâneo. Lisa já tinha me conquistado completamente em seus romances de época com a família Hathaway. Agora a autora me apresentou algo diferente e percebi que não importa em que tempo o livro é ambientado, Lisa consegue me prender em suas histórias.

Nesse primeiro volume vamos conhecer Liberty Jones. Ela perdeu o pai, de origem mexicana, muito nova e vive com a mãe, as duas acabaram de se mudar para um estacionamento de trailers na cidade de Welcome, no leste do Texas e levam uma vida difícil. Sua mãe, uma mulher muito bonita, está sempre trocando de namorado, vez ou outra quando passam por um grande aperto, ela some por alguns dias e quando retorna consegue pagar as contas e colocar comida na mesa.

O passado dela é um mistério e logo depois de terminar com o ultimo namorado se descobre gravida. Liberty fica muito feliz com a noticia de uma irmãzinha e logo que a criança nasce ela cria um laço quase materno com a criança e praticamente assume os cuidados da pequena Carrignton.

Continue lendo

30nov • 15 lançamento, Romance de Época, romance histórico

Resenha #125 Segredos de Uma Noite de Verão (As Quatro Estações do Amor #1)

Título: Segredos de Uma Noite de Verão
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 288
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.
Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.
No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar – apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz. 
As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon… e descobre que o amor é um jogo perigoso.
No primeiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.

Olá galera!

Hoje a resenha é sobre uma releitura.

Li Segredos de Uma Noite de Verão a anos atrás, é um livro um pouco antigo da Lisa e me surpreendeu um pouco não ter sido lançado aqui a mais tempo. A série ganhou o nome aqui de “As Quatro Estações do Amor”, ela conta a história de quatro amigas consideradas solteironas ou ineptas para o casamento segundo a visão da sociedade nobre londrina.

Esse fato criou um laço de amizade entre as meninas e uma promessa: Todas iriam ajudar umas as outras a conseguir um bom e vantajoso casamento, não importando o que tivessem que fazer. A primeira escolhida é Annabelle, a protagonista desse livro.

“Existe uma razão para a Srta. Peyton e suas amigas devoradoras estarem solteiras, Hunt. Elas são problemáticas. Se os eventos de hoje não deixaram isso muito claro, então não há esperança para você.”

Continue lendo

05set • 14 resenha, Romance de Época, romance histórico

Resenha #54 Desejo à Meia Noite (Os Hathaway #1)

Título: Desejo à Meia-Noite
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Páginas: 272 páginas
Classificação: 4 estrelas

Sinopse: Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos. 
Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.
Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento?
******
Comecei a ler romances históricos há pouco tempo. Iniciei com Julia Queen, adorei, e me tornei uma admiradora desse gênero, que me arrancou muitos sorrisos. Uma leitura leve e agradável que recomendo a todos. Essa repaginada que a Editora Arqueiro deu nos chamados romances de banca, que nunca tinha chamado minha atenção, acabou chamando a da minha mãe que, quando viu a capa de O Duque e Eu, resolveu me presentear. Agora, me aventurei na família Hathaway, e não me arrependo.