Clichê

Resenha 459 Lugar Feliz

Por Barbara em 16 maio • 2024
25mar • 23 Chick Lit, Clichê, comédia romantica, Literatura Americana, literatura estrangeira, Rachel Lynn Solomon, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Rua do Sabão

Resenha #434 Conversando com o Ex

Título: Conversando com o Ex
Autor: Rachel Lynn Solomon
Editora: Rua do Sabão
Páginas: 400
Ano: 2022
Gênero: Romance/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira/ Chick Lit
Classificação: 3 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Shay Goldstein é produtora na rádio pública de Seattle há quase uma décadas e não consegue se imaginar trabalhando em outro lugar. Porém, seu mais novo colega de trabalho, Dominic Yun, tem sido um aborrecimento. Recém-formado no mestrado em jornalismo, ele está convencido de que sabe tudo sobre a área.

Quando a rádio passa por dificuldades e precisa de um novo conceito, Shay faz uma proposta que empolga a equipe. No Conversando com o Ex, dois ex-namorados vão dar conselhos de relacionamento ao vivo. Seu chefe decide que Shay e Dominic são os apresentadores perfeitos, justamente porque eles estão em conflito permanente. Nenhum dos dois gosta da ideia, principalmente porque terão que enganar o público, mas é isso ou o desemprego. Os ouvintes adoram, e não demora para que Conversando com o Ex se torne um programa importante e um dos podcasts mais escutados.

Porém, à medida que o programa cresce, também os problemas se multiplicam. Shay e Dominic começam a se apaixonar. Como explicar para os ouvintes que eles mentiram ser ex-namorados? Em uma indústria que valoriza a verdade, suas carreiras, e seu relacionamento, poderiam sobreviver a esta revelação?

Hello pessoas bonitas, hoje trago para vocês as minhas impressões sobre o livro aí do título da resenha rs. Foi uma escolha aleatória entre as minhas muitas leituras e pela sinopse achei que seria um bom passatempo, leve e divertido. Foi sim e vou te contar os detalhes!

O livro conta a história de Shay e Dominic, eles trabalham juntos em uma rádio pública. A Shay está ali há anos, é produtora de um dos programas da rádio e ama o que faz, além de ser muito competente. O Dom acabou de ser contratado, ele é jornalista e acabou de terminar um mestrado, então o sonho dele é fazer grandes reportagens dignas de prêmios rs.

Bom, os dois não se batem, e sim, temos um enemies to lovers aqui galera rs. A Shay acha que o Dom é privilegiado pelos chefões da rádio e a gente não sabe muito o que o Dom pensa sobre ela porque o livro é narrado em primeira pessoa e na visão da Shay, mas é fato que esses dois não se bicam.

A reviravolta acontece quando a rádio precisa passar por uma reformulação, um novo programa iria estrear e a ideia de tudo tinha partido da Shay. Seria um programa sobre relacionamentos apresentado por ex namorados, interessante né?! A complicação estava em achar os exs… é quando o chefe de Shay e Dom propõe que eles apresentem o programa e finjam ser esse ex casal. Ambos topam, até porque essa a chance de uma vida, e agora eles precisariam conviver e fabricar todo um relacionamento falso e que não deu certo e o conflito nasce quando ao passar tempo juntos, eles percebem quantas coisas em comum eles tem e uma química monstruosa também. Quando o programa vira um sucesso eles precisam tomar uma decisão, continuar mentindo para todos ou admitir a verdade sobre seu relacionamento.

Galera, o livro é um ótimo passatempo, Shay e Dom são fofos e vão construindo ao longo do livro uma amizade/relacionamento amoroso. A Shay está passando por vários conflitos na vida pessoal, ela se sente sozinha por N motivos e o Dom acaba naturalmente suprindo essa solidão e o mesmo acontece na vida dele, mas preciso ser bem sincera, o livro deixa a desejar em alguns momentos. Como disse, ele é todo narrado na visão da Shay, e a cabeça dela não é a das mais legais kkk, eu pagaria por umas sessões de terapia para a pobre rs.

O tempo todo temos a sensação de que ela sente estar sobrando. A mãe está em um novo relacionamento, a melhor amiga vai mudar de cidade e ela está ali com a mesma vida e sem nada mudar. Mas não é bem assim, isso é um problema de quem só consegue ver a grama alheia mais verde que a sua… enfim.

Eu aconselho a quem quiser ler esse livro que leia direto, porque se você parar, talvez outra história seja mais interessante. Gostei muito dos bastidores da rádio, mas ainda assim não foi o suficiente para aumentar a nota do livro. É bom, e só.

Confira a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário