Kylie Scott

Resenha #391 Repeat

Por Barbara em 04 jan • 2022
Clichê

Resenha #389 The Favor

Por Barbara em 16 dez • 2021
28jul • 21 adulto, K A Linde, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #373 Struck from the Record

Título: Struck from the Record
Série: Record
Ordem: 4
Autor: K. A. Linde
Editora: Independente
Gênero: Romance /Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 376
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Clay Maxwell é um homem elegante, sagaz, bonito e movido por sexo. Muitas mulheres têm compartilhado sua cama, mas apenas uma foi sempre constante, Andrea.
Suas regras eram simples. Quando eles estão juntos, é apenas o dois. Quando eles estão separados, tudo é jogo justo. E funcionou. Por dez anos.
Mas um deles mudou o jogo …
Clay deve decidir se o seu caminhos de jogador vale a pena e perder a única garota que sempre esteve lá.

18 anos +

Hey galera, prontos para conhecerem o Clay e sua história? Então continua lendo e vem comigo!

Um aviso, o livro faz parte da série Record e pode ser lido separadamente, mas recomendo a leitura após ler os três anteriores, o Clay e sua namorada Andrea aparecem na história de Liz e Brady e aqui encontramos referências do que aconteceu no passado, então para uma melhor compreensão, leia os anteriores.

Com isso dito, bora pra um breve resumo da história.

Clay é o irmão do meio de Brady, ele sempre se sentiu a sombra do irmão político e glamouroso, apesar das suas conquistas pessoais, ele nunca se sentiu suficiente quando se comparava a Brady, isso só serviu para que a relação de ambos fosse bem problemática até pouco tempo atrás quando ambos decidem agir com um pouco de maturidade rs. Essa relação tensa com o irmão e até com o pai serviu para ditar muitas decisões inconsequentes dele, seu único ponto de equilíbrio sempre foi Andrea.

Andrea e Clay se conhecem desde sempre, suas famílias tinham casas vizinhas na praia onde todos passavam o verão e a família de Andrea é tão rica quanto a de Clay. Eles estão junto há 10 anos e tem um relacionamento nada comum rsrs. Eles têm um namoro aberto onde ambos concordaram que cada um podia ter seus casinhos, mas no fim do dia e nas questões importantes eles ficariam juntos e voltariam um para o outro. Estranho? Mas funcionava para eles, até que parou de funcionar.

Após um episódio de violência em que Clay quase perde a vida, nossa mocinha decide que não dá mais para viver assim. Ela quer algo sério e com exclusividade, chega de dividir o homem por quem está apaixonada com outras e ela também só quer ficar com ele. É o momento de decisão e Clay precisa decidir se embarca nessa com Andrea ou desiste da mulher que nunca o cansou e que melhor o compreende.

O livro é narrado através da visão do Clay e se algo já chamou a minha atenção nele quando ele apareceu nos livros do Brady, aqui me conquistou de vez. Ele tem uma autoconfiança que chama a atenção e ao mesmo tempo tem vulnerabilidades que o humanizam. O relacionamento com a Andrea é o que de mais confiável ele vive na vida e a gente percebe que eles estão juntos no melhor e no pior, o grande conflito é se ele pode dar o que ela precisa, um relacionamento real, comprometido e apenas entre os dois.

Eu torci muito por eles e em muitos momentos parece que tudo vai dar errado, sério é muito complicado mesmo, mas eu gostei da história, gostei porque as coisas não se resolvem em um passe de mágica. Tem muito amor envolvido, mas esse livro nos mostra que o amor nem sempre é o suficiente, outras áreas da vida precisam ser trabalhadas para que se chegue a um objetivo comum no relacionamento. Ao longo dessa história vamos ver se eles vão conseguir chegar a esse denominador comum ou seguir caminhos separados.

Para os órfãos de Liz e Brady, a autora nos presenteia com um vislumbre muito emocionante da vida desses dois, fica a dica de leitura, eu amei e indico, leiam o mais breve possível!

Até breve.

Confira a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário