Amy Daws

Resenha #257 Keeper

Por Barbara em 01 mar • 2019
drama

Resenha #254 Ryan’s Bed

Por Barbara em 22 fev • 2019
29maio • 14 Colleen Hoover, new adult, resenha

Resenha #27 Maybe Someday

Título: Maybe Someday
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books

Classificação: 5 estrelas

Sinopse: “Um conto apaixonante sobre amizade, traição e romance – e o encanto da música, que inspira uma mulher jovem à colocar sua vida nos eixos.

Aos 22 anos, a estudante de música, Sydney Blake, possui uma vida maravilhosa: Está na faculdade, tem um emprego estável, apaixonada por Hunter, seu namorado, e morando com sua amiga Tori. Mas tudo muda quando ela descobre que Hunter a está traindo com Tori – e assim ela precisa decidir o que fazer.
Sydney se vê cativada por seu vizinho misterioso, Ridge Lawson. Ela não consegue desgrudar os olhos dele, ou parar de escutar o som de seu violão, que ele toca todos os dias na sacada. Ela consegue sentir a harmonia e vibrações de sua música. E há algo em Sydney, que Ridge também não consegue ignorar: parece que ele finalmente encontrou sua musa. Quando seu encontro inevitável acontece, eles se encontram, rapidamente, precisando um do outro de várias maneiras…”
 
“Existem apenas vinte e seis letras no alfabeto Inglês. Você poderia pensar que há uma quantidade exata para o que se pode fazer com vinte e seis letras. Você poderia pensar que existem apenas muitos meios com que essas letras poderiam te fazer sentir quando misturadas e colocadas juntas para formar palavras.
No entanto, existem infinitas maneiras com que essas vinte e seis letras podem fazer uma pessoa sentir, e esta canção é a prova viva. Eu nunca irei entender como algumas palavras tão simples, quando colocadas juntas, podem mudar uma pessoa, mas esta canção, estas palavras, estão me mudando completamente.”
Após ler pela terceira vez este livro, eu ainda não sei por onde começar. É tudo tão sensível e surpreendente e emocionante e único, como nada que eu li antes. Colleen realmente conquistou minha mente, alma e coração com esse livro. Aqui conhecemos a história de Sydney e Ridge. Dois jovens, apaixonados por música e que, através dela, descobrem sentimentos que nunca experimentaram antes.

O livro é narrando pelos dois personagens principais. Logo no início vemos Sydney sem ter para onde ir, devido a traição de seu namorado com sua melhor amiga. E também vemos Ridge tentando ser seu herói e salvando sua pele no dia de seu aniversário. Logo somos levados pelas memórias de Syd e Ridge ao momento em que se conheceram: ele tocando seu violão todos os dias na sacada, ela ouvindo todos os dias da sua. E então, ele descobre que ela tem letras para as músicas dele e é aí que tudo começa.
Eles desenvolvem uma espécie de amizade à distância, uma parceria musical. Mas após ir morar por um tempo na casa dele, as coisas começam a complicar um pouco. Não é apenas atração que eles sentem, mas sim uma certeza de que eles poderiam dar muito certo. De que um é exatamente o que o outro estava procurando, sem ter a mínima ideia disso. Só tem um único problema: Ridge tem uma namorada que ele ama muito e por quem ele daria sua própria vida. E então uma grande batalha contra seus próprios corações começa. E quem será que ganha?
Bom, não posso dizer muito aqui. Este é o tipo de livro que qualquer coisa pode ser um spoiler. Mas eu garanto que este livro vai te fazer repensar em muitas coisas e vai te conquistar de tamanha forma, que será impossível explicar o quanto ele significa.
Maybe Someday é uma história de amor, amizade, lealdade, honestidade. É uma história sobre abrir mão de seus próprios sentimentos para fazer alguém feliz. É uma história sobre sentidos. O que significa realmente sentir algo por alguém?
É lindo a forma como podemos ver os personagens se apaixonando e, uma coisa que ajuda mais ainda esse livro a ser tão especial é trilha sonora criada especialmente para ele. Só originais, cantadas por Griffin Peterson.
Uma coisa que me chamou atenção é que os sentimentos deles vão se desvolvendo junto com a criação das músicas. É tão surpreendente e conflitante ao mesmo tempo. Sei que, ao final da leitura, você já terá chorado; morrido de rir; se descabelado; derretido e, acima de tudo, se apaixonado assim como eu.
É claro que existem outros personagens que roubam a cena aqui, assim como em todos os livros da Colleen. Mas enfim, sei que vocês vão amar esse livro. Eu acabei de terminar a leitura pela terceira vez e já estou morrendo de vontade de começar novamente.
E aqui vai uma palhinha do que é esta trilha sonora maravilhosa:

 

Maybe Someday
I’m In Trouble
Hold On to You

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário