drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019
Laura Ward

Resenha #264 Not Yet

Por Barbara em 22 mar • 2019
05dez • 18 adulto, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #240 O Jogador

Título: O Jogador
Autor: Vi Keeland
Editora: Charme
Páginas: 304
Ano: 2017
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Adulto
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar.
Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém.
Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar.
De repente, eu era essa garota.
Simples, certo?
Vamos encarar, nunca é.
Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre…
E esta é a nossa.

 

Hey pessoas! Resenha nova na área!

Hoje trago para vocês as minhas impressões de O Jogador, um romance da Vi Keeland.

A princípio pensei que seria mais uma história simples e clichê, não esperava gostar tanto e me surpreender com a qualidade. O livro nos apresenta Delilah e Brody. Ela é uma repórter esportiva, acompanha vários jogos e está sempre atualizada com tudo relacionado a esse mundo, nossa mocinha é muito competente e por isso logo cresce na emissora onde trabalha. No momento ela tem a chance de fazer a cobertura dos jogos do Steel, time que Brody  é a principal estrela e quarterback.

Após os jogos, é comum os repórteres entrarem no vestiário e ali fazerem suas entrevistas com os jogadores, é lá que Delilah tem seu primeiro contato com Brody e posso afirmar que não foi nada convencional ou esperado rsrs, mas aí vou deixar vocês descobrirem rs.

Brody tem todos as características que poderiam fazer dele um cara babaca, cheio de si e prepotente, mas para minha surpresa ele é diferente! Sim, poderia ser só mais um personagem superficial, mas a autora trouxe profundidade a esse mocinho ao nos apresentar sua vida nada fácil e a devoção por uma certa senhora que tem papel importante na história.

Após o primeiro encontro, fica clara a atração entre nosso casal, mas a Delilah é diferente, ela não está atrás de um caso de uma noite, ela busca um relacionamento sério, tudo o que Brody não quer e quando um não quer… completem aí o ditado.

E agora? Como faz se você está atraído por uma pessoa e acaba sendo obrigado a conviver com ela constantemente? Bom, alguém tem que ceder e é claro que seria o Brody rs. O romance logo engata galera, mas não poderia ser tudo tão simples assim!

Às vezes, acreditamos nas coisas não porque sabemos que elas são verdadeiras, mas porque as mentiras são mais fáceis de aceitar.

Nossos protagonistas tem um passado complicado e o de ambos em breve vai bater a porta e mostrar pros dois que ainda existe muito a se fazer para conseguir realmente seguir em frente. E nós somos levados nessa jornada romântica, divertida e um pouco apimentada junto com esses dois, torcendo e aprendendo com eles.

Eu confesso que o livro não era nada do que eu esperava e eu fiquei tão feliz por isso! Tinha visto uma blogueira gringa comentar sobre e por isso senti vontade de ler, apesar da capa me fazer sentir muita vergonha alheia kkk (por isso estou usando a versão italiana que é mais suave).

A Vi Keeland acertou em cheio nesse livro e me fez ter um ótimo momento. Não ganhou 5 estrelas por deixar a desejar em alguns detalhes como um provável triângulo amoroso que poderia ter acontecido mas terminou na mesma velocidade em que começou, acho que ela poderia ter explorado mais esse lado. De qualquer forma, fica a dica para todos, já temos versão em português publicado pela editora Charme, então corram e comprem logo sua edição, é diversão e emoção certa!

Até breve!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário