Posts arquivados em: Tag: amizade

22set • 15 Bienal 2015, Galera Record, Rocco

#6 Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro 2015

Hey galera! A Bienal acabou e eu vivi dias incríveis por lá, alguns de vocês provavelmente me acompanharam nas redes sociais, enquanto fazia a cobertura de tudo o que aconteceu por lá, então vamos a um resumo de 4 dias de #BienalRio + Sessão de autógrafos com a Julia Quinn e Colleen Hoover.

Preparados?

Vamos nessa!

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
22ago • 15 best book, new adult, resenha, Verus

Resenha #107 Beleza Perdida

Título: Beleza Perdida
Autor: Amy Harmon
Editora: Verus
Ano: 2015
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Ambrose Young é lindo — alto e musculoso, com cabelos que chegam aos ombros e olhos penetrantes. O tipo de beleza que poderia figurar na capa de um romance, e Fern Taylor saberia, pois devora esse tipo de livro desde os treze anos. Mas, por ele ser tão bonito, Fern nunca imaginou que poderia ter Ambrose… até tudo na vida dele mudar.

Beleza perdida é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra e apenas um retorna. É uma história sobre perdas — perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda de vidas, perda de identidade, mas também ganhos incalculáveis. É um conto sobre o amor inabalável de uma garota por um guerreiro ferido.

Este é um livro profundo e emocionante sobre a amizade que supera a tristeza, sobre o heroísmo que desafia as definições comuns, além de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, que nos faz descobrir que há tanto beleza quanto ferocidade em todos nós.

Sabe aquele livro que você lê e ao final fica sem palavras para descrever o quanto ele te tocou? Pois é, estou vivendo esse momento…

Quando ouvi falar de Beleza Perdida eu sabia que precisava ler esse livro, novamente aquele feeling me dizia que eu iria me apaixonar por essa história e foi dito e feito, ou melhor, lido e feito.

Beleza Perdida é um releitura moderna e sensível de A Bela e a Fera. Por releitura eu quero dizer que o livro pega alguns elementos de A Bela e a Fera e adapta para a sua história, principalmente a questão do feio versus belo e se existe ou pode existir amor verdadeiro entre ambos.

Continue lendo

21jul • 15 book, distopia, lançamento, resenha

Resenha #101 Fragmentados (Unwind Dystology #1)

Título: Fragmentados
Autor: Neal Shusterman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320
Gênero: Distopia
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: Em uma sociedade em que os jovens rejeitados são destinados a terem seus corpos reduzidos a pedaços, três fugitivos lutam contra o sistema que os fragmentaria .
Unidos pelo acaso e pelo desespero, esses improváveis companheiros fazem uma alucinante viagem pelo país, conscientes de que suas vidas estão em jogo. Se conseguirem sobreviver até completarem 18 anos, estarão salvos. No entanto, quando cada parte de seus corpos desde as mãos até o coração é caçada por um mundo ensandecido, 18 anos parece muito, muito longe.
O vencedor do Boston Globe-Horn Book Award, Neal Shusterman, desafia as ideias dos leitores sobre a vida: não apenas sobre onde ela começa e termina, mas sobre o que realmente significa estar vivo.

Estou surtando!

Gente! Que livro incrível!!! Estou me perguntando até agora como não tinha lido ele antes!!!

30 segundos de surtos depois…

Hey pessoal, como estão?

Hoje eu estou muito empolgada e louca para escrever sobre esse livro para vocês. Sério, a minha mente ficou alucinada e eu ainda estou na ‘vibe’ do livro, que acabei de terminar de ler, então preparem-se para uma resenha apaixonada!

“Eu prefiro ser parcialmente grande a ser completamente imprestável.

Fragmentados é uma distopia que nos apresenta uma sociedade reformulada após a Guerra de Heartland, que nada mais foi que a população dividida entre os Pró-Vida, aqueles que eram contra o aborto, e os Pró-Escolha, que entendiam que era uma opção da mãe abortar ou não. Para chegar a paz, foi desenvolvido uma lei que agradou ambos os lados e enfim a paz foi restabelecida.

Essa lei foi chamada de A Lei da Vida, ela protegia o feto, a criança e o adolescente até a idade de 13 anos. Sua vida deveria ser mantida e protegida até essa idade, a partir de então os pais teriam a opção de “abortar” a criança retroativamente caso não quisessem mantê-la por qualquer motivo, ou seja, doar seus órgãos e partes do corpo para que assim ela fosse útil para a sociedade de alguma forma. Esse processo passou a ser chamado de Fragmentação e uma pratica muito comum naquela sociedade.

Continue lendo

18jul • 15 lançamento, Novo Conceito, parceria, resenha

Resenha #100 Eu te darei o Sol

Título: Eu te darei o Sol
Autor: Jandy Nelson
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Gênero: YA
Classificação: 3 estrelas

Compre o livro

Sinopse: Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.
Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.
Contado em perspectivas e tempos diferentes, EU TE DAREI O SOL é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar.

Hey pessoal! Como estão?

Hoje a resenha é sobre um dos lançamento mais esperados por essa que vos escreve rsrs.

Quando chegou a notícia que a Novo Conceito iria trazer o mais recente lançamento da Jandy Nelson eu fiquei muito empolgada porque amei “O céu está em todo lugar”, sua primeira obra e é um livro que volta e meia releio porque amei demais, então ‘Eu te darei o sol’ me encheu de esperanças de que iria se tornar o meu mais novo queridinho…

A história tem uma premissa muito interessante, nós conhecemos os gêmeos Noah e Jude que são extremamente ligados e ao mesmo tempo não são. Os irmãos se amam e se sabotam na mesma medida, é uma relação complicada e que não gerou muita simpatia em mim.
O livro é contado na visão dos gêmeos em duas épocas diferentes, entre os 13 e 14 anos pelo Noah e aos 16 pela Jude. Um evento muito importante entre essa época é o que marca a mudança na interação entre eles.

Continue lendo

08jul • 15 John Green, lançamento, Review

No Escurinho do Cinema #2 Cidades de Papel

Título Original: Paper Towns
Ano: 2015
Duração: 109 minutos
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: A história é centrada em Quentin Jacobsen (Nat Wolff) e sua enigmática vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne). Ele nutre uma paixão platônica por ela. E não pensa duas vezes quando a menina invade seu quarto propondo que ele participe de um engenhoso plano de vingança. Mas, depois da noite de aventura, Margo desaparece – não sem deixar pistas sobre o seu paradeiro.

“Você vai para as cidades de papel. E nunca mais voltará.”
Olá pessoal!
Essa semana estamos super empolgadas com o lançamento de Cidades de Papel. Como boa fã de John Green, não poderia deixar de trazer a review do filme e deixa-los ainda mais animados para conferir nas telonas.
No dia 30 de junho, nós tivemos aqui no RJ a cabine de imprensa do filme e eu fui representando o Burn Book e o Garotas entre Livros, um evento promovido pela Fox Filmes e pela editora Intrínseca.
O filme é extremamente fiel ao livro, uma das melhores adaptações literárias que já vi, chegando a superar o livro e sim, eu sei que isso é polêmico, mas pode acontecer em alguns casos e nesse, aconteceu.
No inicio nós conhecemos Quentin e Margo ainda crianças e ele narrando de forma apaixonada o dia em que ele conheceu o seu “milagre” – Margo. Depois vemos como a vida de cada um toma rumos diferentes durante a adolescência até culminar em uma madrugada de aventuras que muda tudo e deixa Quentin cheio de esperanças… até o dia seguinte, quando Margo desaparece. É então que a verdadeira aventura começa…

Continue lendo

07jul • 15 drama, lançamento, mistério, Novo Conceito, parceria, resenha

Resenha #97 A Lista

Título: A Lista
Autor: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 384
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.
Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.
Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.



Hey pessoal!

Hoje estou de volta com a resenha de “A Lista” da Cecelia Ahern. Quando a Novo Conceito falou sobre o lançamento desse livro eu fiquei muito animada porque sou fã da Cecelia, sempre quando me perguntam qual foi o livro que mais me fez chorar eu digo sem pensar duas vezes “P.S. Eu te amo.”. Eu gosto muito da forma como ela escreve, dos assuntos, dos problemas reais que ela traz em suas obras, então quando os livros de parceria chegaram na mesma hora comecei a ler seu mais recente lançamento.

“ – E sobre o quê é a matéria?
– Sobre as pessoas que estão na lista.
– E quantas pessoas há nessa lista?
– Cem no total.
– E qual será o tamanho dessa história?
– Qual é o tamanho da sua história?”

Continue lendo

06jul • 15 Adaptação, Giro GeL, John Green

#5 Giro Gel – Coletiva de Imprensa com John Green e Nat Wolff

Olá pessoal! Essa semana foi uma loucura e quem acompanha as nossas redes sociais – facebook, instagram e twitter, acompanhou um pouco do que fui postando sobre a vinda do John Green ao Brasil e principalmente sobre a coletiva de imprensa que participei no dia 01-07.


Antes de contar todos os detalhes eu preciso expressar a minha eterna gratidão ao Guilherme Cepeda do Burn Book, que me confiou essa missão de estar fazendo a cobertura do evento representando o BB e o GeL. Obrigada mesmo Gui! <3

Mas vamos ao que interessa, detalhes de tudo o que rolou na coletiva de imprensa com John Green e Nat Wolff!

A coletiva estava marcada para começar às 10 da manhã no Copacabana Palace, hotel muito famoso por receber grandes artistas como Madonna, além de possuir uma tradição de abrigar grandes eventos como esse. Ah, não posso esquecer, fica localizado na praia mais famosa da Cidade Maravilhosa ;)!

 

A partir de 9 horas nós começamos a fazer o credenciamento para então nos dirigirmos ao salão onde a coletiva ocorreria. No espaço onde nos receberam tinha uma área para fotos, coffe break #comidaadoro e um espaço para relaxar enquanto a coletiva não começava. Tinham cerca de 150 pessoas entre blogueiros e jornalistas, todos aguardando ansiosos pela chegada do John e do Nat.

Continue lendo

06mar • 15 jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Verus

Resenha #81 No Limite da Atração (Pushing the Limits #1)

Título: No Limite da Atração
Autor: Katie McGarry
Editora: Verus
Páginas: 364
Classificação: 5 estrelas

Compre o livro

Sinopse: “Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.
Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.
Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente.
No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.”

Antes de ler essa resenha dê play na música, a experiência vai ser bem melhor 😉

A primeira vez que li esse livro foi em inglês e estava prestes a ser lançado aqui no Brasil – 2013 se não me engano. As reações que tive durante a leitura foram extremas, sinceramente eu tive muita vontade de entrar no livro e agredir alguns personagens, eu simplesmente não conseguia suportar a forma como eles agiam! Sim, foi tenso…
Passado algum tempo eu adquiri a versão traduzida que ficou na minha estante por um longo tempo até que bateu a saudade e resolvi conferir a tradução.

Continue lendo

03set • 14 Cassandra Clare, Fantasia, Galera Record, jovem adulto, resenha, Shadowhunters

Resenha #53 Cidade dos Anjos Caídos (Os Instrumentos Mortais #4)

Título: Cidade dos Anjos Caídos
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

Sabe aquele livro que você vai lendo e tem a sensação de que algo muito ruim vai acontecer em algum momento?… CdAC é esse livro!

Cheguei ao quarto livro da maratona TMI e essa foi minha primeira leitura, tudo totalmente inédito, e eu fiquei louca! Vou explicar os motivos:

1. Primeiro, muitas pessoas do meu facebook me falaram que esse livro era o mais chatinho da Cassie Clare, então as expectativas não estavam lá no alto e ao mesmo tempo estavam! Eu queria muito saber como essa mulher ia dar continuidade a história após CdV.

Continue lendo

15ago • 14 Cassandra Clare, Galera Record, resenha

Resenha #49 Princesa Mecânica (As Peças Infernais #3)

Título:  Princesa Mecânica
Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 434
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: “Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.”

 

Hoje é dia de resenha dupla no GeL! Lembrando que o texto em Roxo sou eu (Barbara) quem está falando e o em Pink é a Raquel 😉 Enjoy o/

Terminei Princesa Mecânica…

Antes de qualquer coisa gostaria de avisar que essa resenha será extremamente emotiva, então me perdoem pelos excessos… rsrs
Dos livros que já li em 2014, nenhum me fez chorar tanto como Princesa Mecânica fez… pode ser que isso mude até o fim do ano, mas por enquanto PM está vencendo!
 
Enfim, vamos ao livro!
 
Definitivamente Cassandra Clare desfez todos os nós que cercavam as Peças Infernais. Sim, temos solução para tudo e mais um pouco… – Barbara
“Cecily já tinha ouvido a mãe falar entretida sobre um rapaz vizinho que olhava para uma moça como se esta fosse ‘a última estrela do céu’, e era assim que Jem olhava para Tessa. ” 

Continue lendo

Garotas Livros
GeL
03ago • 14 resenha, Rocco

Resenha #45 Duas Vezes Amor

Título: Duas Vezes Amor
Autor: Karie Cotugno
Editora: Rocco
Classificação: 4 estrelas

Sinopse: “É possível se apaixonar duas vezes pela mesma pessoa? Em Duas vezes amor, elogiado romance de estreia da norte-americana Katie Cotugno, a jovem Reena descobre que sim. Aos 16 anos, ela vê seus sonhos interrompidos por uma inesperada gravidez, ao mesmo tempo em que enfrenta a ausência da mãe, que morreu quando Reena era criança, a indiferença do pai e o sumiço do namorado, Sawyer. Mas quando ele retorna à cidade, dois anos depois, e fica sabendo que é pai de uma menina, Reena tem a chance de tentar entender o que levou o garoto a desaparecer. E desse reencontro, os dois descobrem o amor pela segunda vez.” 

 

Falamos desse livro em uma das nossas edições de “Waiting For…” e de cara a sinopse me atraiu. Esses relacionamentos mal resolvidos sempre chamam a minha atenção, e foi impossível resistir a Duas Vezes Amor.
A história é narrada em dois períodos, o Antes e o Depois. Em um primeiro momento, confesso, fiquei confusa por causa da linha cronológica. Os eventos se misturaram um pouco, mas ao longo dos capítulos a compreensão foi ficando mais clara. Essa forma de escrita me deixou curiosa quanto à forma, se a autora escreveu cada parte separada e depois foi interligando os capítulos ou se foi na ordem em que o livro está formatado… gostaria muito MESMO de perguntar a Katie como foi a mecânica desse livro, enfim… vamos à história.

Continue lendo

15jul • 14 literatura estrangeira, resenha

Resenha #41 O Pessegueiro

Título: O Pessegueiro
Autor: Sarah Addison Allen
Editora: Planeta do Brasil
Páginas: 256
Ano: 2013
Classificação: 3 estrelas
Sinopse: “Bem Vindo a Walls Of Water. Essa é a cidade onde vive Willa Jackson, uma jovem descendente de uma família falida que luta para esquecer a imagem da garota inconsequente que já foi um dia. Quando sua ex-companheira de colégio e socialite perfeita Paxton Osgood a convida para a festa de 75 anos do Clube Social Feminino, ela fica receosa em comparecer por sentir que não faz parte daquele mundo… 
No entanto, a ocasião acabará se revelando uma excelente oportunidade para Willa desenterrar fatos surpreendentes que reverberam até hoje em sua própria história.Qual é o segredo que une famílias Jackson e Osgood? Será que a verdadeira amizade consegue transpor as barreiras do tempo?”
” A felicidade é um risco. Se você não sentir um pouquinho de medo,
não está fazendo a coisa certa.”
A um bom tempo vinha querendo ler esse livro, sempre que ia à livraria esse livro cruzava meu caminho. Depois de uma blogueira que eu acompanho recomendar O Pessegueiro no seu canal, fui atrás logo na mesma semana.

Continue lendo

1 2