adulto

Resenha #305 Vicious

Por Barbara em 27 fev • 2020

Posts arquivados em: Tag: viciante

30Maio • 16 Cassandra Clare, Galera Record, jovem adulto, lançamento, resenha

Resenha #149 Dama da Meia-Noite

Título: Dama da Meia-Noite
Série: Os Artifícios das Trevas
Volume: 1
Autor: Cassandra Clare
Páginas: 574
Editora: Galera Record
Gênero: Jovem Adulto, Fantasia, Paranormal
Classificação: 5 estrelas
 
Sinopse: Em um mundo secreto onde guerreiros meio-anjo juraram lutar contra demônios, parabatai é uma palavra sagrada. O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar. Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade? A magia e aventura das Crônicas dos Caçadres de Sombras tem capturado a imaginação de milhões de leitores em todo o mundo. Apaixone-se com Emma e seus amigos neste emocionante e de cortar o coração no volume que pretende deliciar tantos novos leitores como os fãs de longa data.


“Rogo não deixá-lo, ou voltar após segui-lo;

Pois, para onde fores, irei, e onde estiver, estarei;
Os teus serão os meus, e teu Deus, o meu Deus,
Onde morreres, eu morrerei, e lá serei enterrado.
O anjo o fez para mim, mas também, 
nada senão a morte partirá a mim e a ti.”
– Juramento Parabatai
 

Uma história absurdamente incrível, que nos faz mergulhar de cabeça, mais uma vez, no universo shadowhunter. Em Dama da Meia-Noite, Tia Clare nos mostra Emma e Julian após a tragédia da Guerra Maligna, causada por Sebastian. No fim de Cidade do Fogo Celestial, conhecemos esses dois ainda pequenos, entrando na adolescência e sendo os melhores dos amigos, não se desgrudando mesmo quando as coisas ruins batem à porta.

Neste livro, Emma ainda vive traumatizada pela perda de seus pais, e continua achando que não foi Sebastian o culpado por suas mortes, mas sim outra coisa. Ela dedica seu tempo e energia à investigar e descobrir o que realmente poderia ter acontecido.

Continue lendo

07mar • 15 Balada Literária, drama, literatura estrangeira, new adult, Verus

#3 Balada Literária

Hey, voltamos com a coluna mais badalada no meio literário o/ tunts tunts tunts…

Ta atoa no fim de semana? Sem vontade nenhuma de badalar? Que tal aproveitar e adiantar algumas leituras? Nessa coluna as GeL’s dão dicas de livros que podem ser lidos durante o fim de semana, então se liga aí porque você pode ter um desses parado na estante. 😉

A primeira indicação é para os fãs de New Adult. Easy é um romance maravilhoso, sensível e que vai fazer você se apaixonar pelo mocinho super hot! Quem não conhece o gênero, nada melhor do que começar com esse.

Sinopse: Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.

Continue lendo

06mar • 15 jovem adulto, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Verus

Resenha #81 No Limite da Atração (Pushing the Limits #1)

Título: No Limite da Atração
Autor: Katie McGarry
Editora: Verus
Páginas: 364
Classificação: 5 estrelas

Compre o livro

Sinopse: “Ninguém sabe o que aconteceu na noite em que Echo Emerson, uma das garotas mais populares da escola, se transformou em uma “esquisita” cheia de cicatrizes nos braços e alvo preferencial de fofocas. Nem a própria Echo consegue se lembrar de toda a verdade sobre aquela noite terrível. Ela só gostaria que as coisas voltassem ao normal.
Quando Noah Hutchins, o cara lindo e solitário de jaqueta de couro, entra na vida de Echo, com sua atitude durona e sua surpreendente capacidade de compreendê-la, o mundo dela se modifica de maneiras que ela nunca poderia ter imaginado. Supostamente, eles não têm nada em comum. E, com os segredos que ambos escondem, ficar juntos vai se mostrar uma tarefa extremamente complicada.
Ainda assim, é impossível ignorar a atração entre eles. E Echo vai ter de se perguntar até onde é capaz de ir e o que está disposta a arriscar pelo único cara que pode ensiná-la a amar novamente.
No limite da atração é um livro sexy e envolvente sobre o amor de duas pessoas que estão perdidas e que juntas tentam desesperadamente se encontrar.”

Antes de ler essa resenha dê play na música, a experiência vai ser bem melhor 😉

A primeira vez que li esse livro foi em inglês e estava prestes a ser lançado aqui no Brasil – 2013 se não me engano. As reações que tive durante a leitura foram extremas, sinceramente eu tive muita vontade de entrar no livro e agredir alguns personagens, eu simplesmente não conseguia suportar a forma como eles agiam! Sim, foi tenso…
Passado algum tempo eu adquiri a versão traduzida que ficou na minha estante por um longo tempo até que bateu a saudade e resolvi conferir a tradução.

Continue lendo

09jan • 15 Colleen Hoover, lançamento, literatura estrangeira, resenha

Resenha #72 Never Never

Título: Never Never
Autor: Colleen Hoover, Tarryn Fisher
Editora: Hoover Ink
Páginas: 140
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Melhores amigos desde a infância. Apaixonados desde os 14. Completos estranhos desde esta manhã. Ele fará o que for preciso para lembrar. Ela fará qualquer coisa para esquecer.

 

 

 

“Ela é familiar. A única coisa familiar para mim 
em um mundo inconsistente e confuso.”
WOW! HOLY CRAP ON A CRACKER! Que livro maluco foi esse?
O que você faria se, de repente, não conseguisse mais lembrar quem é, onde está, e nada mais fosse reconhecido por você? E, além disso, se descobrisse que seu namorado também está passando por isso? Entraria em choque? Começaria a gritar? Sairia andando sem direção? Qual seria sua reação? Gostaria de saber o que aconteceu e por quê? É exatamente assim que Charlie e Silas se encontram: confusos, sem saber quem são ou lembrar o que aconteceu na noite passada.
O livro narra sua busca pela verdade e pelas lembranças de sua vida. O livro é narrado por Charlie e por Silas, alternando capítulos entre eles, e termina deixando você com um grito de “NÃO! EU PRECISO DE MAIS!”. A cada página virada eu formava uma teoria nova, determinada a encaixar todas as peças desse quebra-cabeça junto com os dois.

Continue lendo

16dez • 14 literatura estrangeira, new adult

Resenha #68 Bright Side

Título: Bright Side
Autor: Kim Holden
Editora: Do Epic LLC
Páginas: 383
Classificação: 6 estrelas

Sinopse: Segredos.

Todo mundo tem um.
Alguns maiores que outros.
E quando eles são revelados,
Alguns irão curá-lo…
E alguns irão destruí-lo.
 
A vida de Kate Sedgwick’s não foi nada típica. Ela suportou dificuldades e tragédia, mas em meio a tudo isso ela permanece feliz e otimista (o motivo pelo qual seu melhor amigo Gus a chama de Bright Side – alguém que escolhe ver apenas o lado bom das coisas). Kate tem personalidade forte, é engraçada, esperta, e possui um dom musical. Ela também nunca acreditou no amor. Então quando ela deixa San Diego para frequentar a universidade da pequena cidade de Grant, no estado de Minessota, a última coisa que ela esperava era se apaixonar por Keller Banks. 
 
Os dois sentem isso.
Mas ambos possuem razões para lutar contra.
Ambos têm um segredo.
E quando eles são revelados,
Alguns irão curá-lo…
E alguns irão destruí-lo.

 

“Ela é o exemplo da positividade. Ela é um raio de sol. 
Ela não apenas olha o lado bom das coisas… ela vive lá.”

 

Eu sei que a maioria das minhas resenhas começa com “eu não sei o que falar”, mas eu realmente não sei o que falar de Bright Side. Sabe aquela história que te destrói e te deixa em caquinhos e ao mesmo tempo te reconstrói e faz tudo ficar bem? Assim é Bright Side.
O livro conta a história de Kate, uma personagem que irá te cativar sem dúvida nenhuma. Kate é uma mulher decidida, engraçada, linda, descolada, divertida, amiga pra todas as horas e apaixonada pela vida. Ela acredita que devemos viver no presente e que, apesar das dificuldades, a vida é muito bela e deve ser aproveitada.

Continue lendo

10dez • 14 lançamento, literatura estrangeira, new adult

Resenha #67 Nocte

Título: Nocte
Autor: Courtney Cole
Editora: Lakehouse Press, Inc.
Páginas: 277 páginas
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Salva-me e salvarei a ti… Meu nome é Calla Price. Tenho 18 anos, e sou a metade de um inteiro. Minha outra metade — meu irmão gêmeo, meu Finn – é louco. Eu o amo. Mais que a vida, mais que tudo. E mesmo estando apavorada por achar que ele me fará cair junto com ele, ninguém pode salvá-lo além de mim. Estou fazendo tudo que posso para ficar na superfície em um mar de insanidade, mas estou me afogando mais a cada dia. Então eu busco algo em que me segurar. Dare Dubray. Ele é meu salvador e meu anti-cristo. Seus braços é onde me sinto segura, onde tenho medo, onde eu pertenço, onde me sinto perdida. Ele irá me curar e me quebrar, me amar e me odiar. Ele tem o poder de me destruir. Talvez isso seja o certo. Porque eu não consigo salvar Finn e amar Dare sem que todos se machuquem. Por que? Por causa de um segredo. Um segredo que eu tenho tentado tanto descobrir que nem percebi quando ele já estava em minha frente. Você também não irá perceber.

 

“Serva me. Servabo te.
Save me and I will save you.
Salva-me e salvarei a ti.”
“De noite sou livre
Ninguém escuta meus monstros além de mim
Minha liberdade é frágil
Pois a cada manhã,
de novo e de novo,
A noite é interrompida
pelo sol.
É uma boa maneira para morrer.”
 
“Não há nada tão assustador 
como a descida da mente humana para a insanidade.”
 
“Segredos; todo mundo os tem.”

O MUNDO PRECISA LER ESSE LIVRO!

Já se passaram várias horas após o término deste livro, mas eu ainda não consigo encontrar as palavras certas para explicar essa história. De uma coisa tenho certeza: este livro irá te deixar completamente sem chão. Ele irá mexer com sua mente, com seus sentimentos. Irá lhe pregar peças, te oferecer pistas que não servem de nada, tudo para que você nunca descubra seu principal segredo.

Continue lendo