02jul • 22 12 livros para 2022, Arqueiro, Clichê, desafio, Lisa Kleypas, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Romance de Época

Resenha #415 Uma Noite Inesquecível

Título: Uma Noite Inesquecível
Série: As Quatro Estações do Amor
Ordem: 5
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de época/ Romance histórico/ Literatura Estrangeira
Páginas: 144
Ano: 2017
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro
Sinopse: O Natal está se aproximando e Rafe Bowman acaba de chegar a Londres para uma união arranjada com Natalie Blandford. Com sua beleza estonteante e o físico imponente, ele tem certeza de que a linda aristocrata logo cairá a seus pés. No entanto, seus terríveis modos americanos e sua péssima reputação de farrista deixam Hannah, a prima da moça, chocada. Determinada a proteger Natalie, ela vai tornar a tarefa de cortejar a jovem muito mais difícil do que Rafe esperava. Hannah, porém, logo começa a se importar mais do que gostaria com o rude pretendente da prima. Rafe, por sua vez, passa a apreciar um pouco demais a companhia de Hannah, uma mulher forte e pragmática com um coração doce e gentil. E quando Daisy, Lillian, Annabelle e Evie, quatro amigas inseparáveis que já conseguiram encontrar o homem de seus sonhos, decidem agir como cupidos, quem sabe o que pode acontecer? Uma noite inesquecível é uma viagem mágica pela Londres vitoriana, com os diálogos espirituosos e personagens memoráveis que consagraram Lisa Kleypas como uma das autoras de romances de época mais aclamadas pelo público. Nesta continuação da série As Quatro Estações do Amor, os mais cínicos se tornam românticos e até os mais tímidos suspiram, arrebatados de paixão.

Romance de época na área, meus amores!

Hoje vim contar um pouco sobre a minha experiência de leitura com esse livro, Uma Noite Inesquecível. Ele é um extra da série “As quatro estações do amor”, e vai nos apresentar a história de Natalie, Rafe e Hannah.

Rafe é o irmão mais velho de Lilian e Dayse, ele está na Inglaterra para encontrar uma esposa, e a sua eleita é Natalie. Os arranjos principais para o enlace já estão organizados, mas os pombinhos precisam se conhecer e definir se existe chances de dar certo. Natalie é filha de um aristocrata e faz parte da nata da sociedade londrina, pensando nisso, Lilian resolve dar uma forcinha para o irmão e organiza um encontro entre Rafe e a dama de companhia de Natalie, Hannah, para que ele pudesse pegar umas dicas e conquistar Lady Natalie.

Continue lendo
28jun • 22 12 livros para 2022, Arqueiro, Chick Lit, comédia romantica, Jenny Colgan, literatura estrangeira, Literatura Inglesa, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #414 A Pequena Livraria dos Sonhos

Título: A Pequena Livraria dos Sonhos
Autor: Jenny Colgan
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Chick Lit
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Um romance sobre importância da leitura e da literatura para diversos tipos de pessoa.

“Nina é uma leitora voraz que sonha em ter a própria lojinha de livros. Só que a vida real é um pouco mais complicada que as histórias que ela ama ler, o que ela descobre quando se muda para as lindas Terras Altas da Escócia para transformar seus sonhos em realidade… Tentei escrever o tipo de livro que adoro – convidativo, engraçado (ESPERO), com caras gatinhos (LÓGICO), mas também totalmente dedicado a nós, amantes de livros: os leitores.Venha se juntar à nossa turma!” Beijos, Jenny

Nina Redmond é uma bibliotecária que passa os dias unindo alegremente livros e pessoas – ela sempre sabe as histórias ideais para cada leitor. Mas, quando a biblioteca pública em que trabalha fecha as portas, Nina não tem ideia do que fazer.

Então, um anúncio de classificados chama sua atenção: uma van que ela pode transformar em uma livraria volante, para dirigir pela Escócia e, com o poder da literatura, transformar vidas em cada lugar por que passar.

Usando toda a sua coragem e suas economias, Nina larga tudo e vai começar do zero em um vilarejo nas Terras Altas. Ali ela descobre um mundo de aventura, magia e romance, e o lugar aos poucos vai se tornando o seu lar.

Um local onde, talvez, ela possa escrever seu próprio final feliz.

Hey galera, hoje vim comentar com vocês sobre esse livro fofinho da Jenny Colgan. Gravei um vlog sobre ele e vocês podem conferir ao final desse texto, mas aqui vocês vão ter uma versão um pouco mais curta rs.

Bom, o livro vai nos apresentar à Nina, uma jovem bibliotecária que perdeu o emprego porque a biblioteca está passando por uma reformulação e cortando funcionários. É momento em que ela precisa decidir o que fazer com a própria vida, seguir em frente em uma nova função ou investir em si própria e correr atrás dos seus sonhos.

Continue lendo
17jun • 22 A. Hanuc, Editora Palavra e Verso, Fantasia, Ficção, Literatura Nacional, Publi, resenha, Resenha Publicitária, Romance

Resenha #413 O Diário de Eliz

Título: O Diário de Eliz
Série: Saga Multiverso
Ordem: 1
Autor: A. Hanuc
Editora: Palavra e Verso
Gênero: Literatura Nacional/Fantasia
Páginas: 200
Ano: 2022
Classificação: 3,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A melhor amiga de Queen é assassinada em um parque próximo a sua residência. Três dias depois do enterro, ainda no calor das investigações e em luto, ela recebe uma encomenda contendo um diário assinado pela melhor amiga morta, e descobre que criaturas não-humanas estão entre os homens, e uma delas estava crescendo em seu ventre.
Sua única opção é obedecer as instruções do diário para salvar a própria alma, e desta forma, permitir que Eliz possa descansar em paz. E com isso, Queen acaba descobrindo a verdade sobre a existência humana, o Multiverso – a vida e a morte, se metendo no meio de uma guerra apocalíptica entre as forças da criação e o mal supremo.
Algumas de suas habilidades humanas são desbloqueadas, e ela recebe a árdua missão de proteger a única criança capaz de unir criaturas aprimoradas de todas as galáxias para sucumbir com o inimigo que persegue a humanidade desde os primórdios da existência.

Continue lendo
07jun • 22 Fantasia, Galera Record, Holly Black, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros

Resenha #412 O Rei Perverso

Título: O Rei Perverso
Série: O Povo do Ar
Ordem: 2
Autor: Holly Black
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Estrangeira/ Jovem Adulto/ Fantasia/ Literatura Americana
Páginas: 308
Ano: 2020
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Para sobreviver no reino das fadas, Jude Duarte precisou aprender muitas lições. A mais importante delas veio de seu padrasto: o poder é bem mais fácil de adquirir do que de manter. Ela achou que, depois de enganar Cardan para que ele jurasse obedecê-la por um ano e um dia, sua vida se tornaria mais fácil. Mas ter qualquer influência sobre o grande rei de Elfhame parece uma tarefa impossível, principalmente quando ele faz de tudo em seu poder para humilhá-la e prejudicá-la, mesmo que seu fascínio pela garota humana permaneça intacto.

Agora, com as ondas ameaçando engolir a terra e um alerta de traição iminente, Jude precisa lutar para salvar a própria vida e a daqueles que ama, além de lutar contra seus sentimentos conflituosos por Cardan no meio-tempo. Em um mundo imortal, um ano e um dia não são nada.

Chegamos ao segundo livro da série O Povo do Ar, e agora vamos acompanhar as aventuras e tramas de Jude em uma posição bem elevada no reino das fadas.

Lá no primeiro livro, vimos ela começando a colocar seu grande plano em ação. Coroou Cardan como novo Grande Rei e ele ainda é obrigado a obedecer à nossa mocinha por um ano e um dia, bem espertinha essa moça, né?! rsrs. Bom, o reinado de Cardan, seu arqui-inimigo/paixão secreta, também tem prazo de validade, a intensão é que ele só fique no trono até Oak, irmãozinho de Jude e filho bastardo do grande rei anterior, crescer e ter condições de assumir o trono.

Continue lendo
17maio • 22 Ficção, Literatura Americana, literatura estrangeira, Paralela, resenha, Romance, Taylor Jenkins Reid

Resenha #411 Amor(es) Verdadeiro(s)

Título: Amor(es) Verdadeiro(s)
Autor: Taylor Jenkis Reid
Editora: Paralela
Páginas: 288
Ano: 2020
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira/ Literatura Americana/ Ficção
Classificação: 2 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Emma Blair casou com seu namorado do colegial, Jesse, quando tinha vinte anos. Juntos, eles construíram uma vida diferente das expectativas de seus pais e das pessoas de sua cidade natal, Massachusetts. Sem perder nenhuma oportunidade de viver novas aventuras, eles viajam o mundo todo, curtindo a vida ao máximo.
Mas, em vez do tradicional “e viveram felizes para sempre”, uma tragédia separa os dois, no dia do seu aniversário de um ano de casamento. O helicóptero com o qual Jesse sobrevoava o Pacífico desaparece e, simples assim, o amor da vida de Emma se vai para sempre.
Emma volta para sua cidade natal em uma tentativa de reconstruir a vida e, depois de anos de luto, reencontra um velho amigo, Sam, que lhe mostra ser, sim, possível se apaixonar novamente. E quando os dois ficam noivos? Emma sente que a vida lhe deu uma segunda chance de ser feliz.
Pelo menos é o que parece — até que Jesse é encontrado. Ele está vivo e tentou voltar para casa, para Emma, todos esses anos que passou desaparecido. Agora, com um marido e um noivo, Emma precisa descobrir quem ela é e o que quer, enquanto tenta proteger todos que ama
Emma sabe que precisa escutar seu coração, ela só não tem certeza se sabe o que ele está querendo dizer.

Hey galera, como estão?

Hoje vim contar para vocês a minha experiência com mais um livro da Taylor Jenkis Reid. Confesso que evito ler autores que estão com um hype muito absurdo rs, sempre acho que vou ler com altas expectativas e quebrar a cara. Bom, eu li Evidências de uma Traição e como gostei, resolvi investir em uma nova leitura da autora. Lá em Evidências eu já tinha criticado o fato de a história ser bem previsível, e aqui também encontramos o mesmo problema, mas já vamos falar sobre isso, primeiro vamos ao resumo.

O livro vai contar a história de Emma, uma mulher que está por volta dos seus 30 anos, assumiu a livraria da família e prestes a se casar. Tudo na vida dela está bem encaixado até que ela recebe uma ligação, do outro lado da linha está Jesse, seu marido desaparecido há mais de três anos.

Continue lendo
09maio • 22 12 livros para 2022, Agatha Christie, Haper Collins Brasil, literatura estrangeira, Literatura Inglesa, mistério, Policial, resenha, Suspense

Resenha #410 Um Pressentimento Funesto

Título: Um Pressentimento Funesto
Autor: Agatha Christie
Editora: Haper Collins Brasil
Páginas: 253
Ano: 2017
Gênero: Mistério/ Literatura Estrangeira/ Romance Policial
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Envolver-se em tramas perigosas é uma especialidade do casal de aventureiros Tommy e Tuppence Beresford. Desta vez, durante uma visita a um asilo de senhoras, Tuppence vê um quadro que retrata uma casa que não lhe parece totalmente estranha. Lá, também conhece uma anciã que lhe fala de um menino morto escondido em uma chaminé. Pouco tempo depois, a velha senhora abandona o asilo sem dar qualquer explicação. Disposta a descobrir o paradeiro dela, Tuppence decide encontrar a casa misteriosa e acaba deparando-se com um assassino perverso.

Hey galera! É hora de Agatha Christie nesse blog!

Um pressentimento funesto foi o sexto livro da autora que li, já posso me considerar fã dela? Acho que sim hein! Nesse livro eu fui apresentada ao casal Tommy e Tuppence Beresford, eu ainda não conhecia suas aventuras e como os outros personagens da rainha do mistério, eles vão precisar resolver um mistério rs.

Tudo começa quando o casal vai visitar a tia de Tommy em uma casa de repouso, Tuppence acaba esperando o marido em uma sala de espera, já que tia Ada não ia muito com a cara dela. Enquanto espera, ela começa a conversar com a sra. Lawrence. A boa velhinha diz algumas coisas sem pé nem cabeça e isso faz com que Tuppence fique bem curiosa.

Continue lendo
21abr • 22 A. S. Teague, adulto, drama, Esportes, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #409 The Hardest Hit

Título: The Hardest Hit
Autor: A. S. Teague
Editora: Independente
Páginas: 300
Ano: 2019
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Melanie Holstein é a mulher que deixei escorregar pelas pontas dos dedos.
Uma noite em Las Vegas, com a mulher apaixonante que dava o melhor de si, foi o suficiente para eu saber que ela é a única. Exceto por alguns pequenos problemas.
Sou Aiden Shaw, o quarterback estrela de um time que fica a quinhentas milhas de distância de sua casa em Atlanta. Ela não quer filhos e eu tenho três garotos barulhentos que ocupam todo o meu tempo livre.
O momento para nós nunca parece certo e, depois de tantas conexões perdidas, eu quase desisti de nós.
Até minha carreira dar uma guinada devastadora.
Mel é a primeira ao meu lado, determinada a me recompor. Ignorando minha amargura e dor, ela cura mais do que apenas minha perna machucada e, finalmente, parece haver um futuro para nós. Mas a senhora sorte nunca esteve do nosso lado.
E a próxima tragédia que nos persegue pode ser a mais dura de todas.

Alô galera fã de livros com esportistas, essa resenha é para vocês!

The Hardest Hit é o segundo livro da série The Hardest, o primeiro vocês podem conferir a resenha aqui. Eu amei o primeiro e naturalmente não poderia deixar de ler a sequência. Bom, nesse livro nós vamos acompanhar a história de Melanie e Aiden. Eles se conhecem na mesma noite que Griff e Brooke, mas diferente deles, a noite em Vegas não rendeu um bebê rsrs. A verdade é que eles tiveram uma noite muito divertida, mas pode ir parando com esses pensamentos impuros! Eles realmente se divertem apenas conversando e a noite só rende uma amizade.

Os anos passam e esses dois vivem em um eterno desencontro, a atração é forte e mútua, mas eles nunca estão na mesma página, por morarem em cidades diferentes e viverem suas vidas, era realmente difícil fazer um relacionamento real acontecer. Eles permanecem amigos e trocando mensagens, mas não evolui.

Continue lendo
09abr • 22 12 livros para 2022, Desafio das GeLs, Fantasia, Galera Record, Holly Black, jovem adulto, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Romance

Resenha #408 O Príncipe Cruel

Título: O Príncipe Cruel
Série: O Povo do Ar
Ordem: 1
Autor: Holly Black
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Estrangeira/ Jovem Adulto/ Fantasia/ Literatura Americana
Páginas: 374
Ano: 2018
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Primeiro livro da mais nova série de Holly Black. Conheça a impressionante história de uma garota mortal que se vê presa em uma teia de intrigas reais.

Jude tinha 7 anos quando seus pais foram assassinados e foi forçada a viver no Reino das Fadas. Dez anos depois, tudo o que ela quer é ser como eles – lindos e imortais – e realmente pertencer ao Reino das Fadas, apesar de sua mortalidade. Mas muitos do povo das Fadas desprezam os humanos.

Especialmente o Príncipe Cardan, o filho mais jovem, mais bonito e mais cruel do Grande Rei. Para ganhar um lugar na Alta Corte, ela deve desafiá-lo… e enfrentar as consequências. Envolvida em intrigas e traições do palácio, Jude descobre sua própria capacidade para truques e derramamento de sangue.

Mas, com a ameaça de uma guerra civil e o Reino das Fadas por um fio, Jude precisará arriscar sua vida em uma perigosa aliança para salvar suas irmãs, e o próprio Reino. Com personagens únicos, reviravoltas inesperadas, e uma traição de tirar o fôlego, este livro vai deixar o leitor pedindo bis – querendo mergulhar de cabeça na continuação deste universo.

Hey galera, hoje é dia de comentar com vocês as minhas impressões sobre esse livro que é um dos mais pesquisados do blog. O Príncipe Cruel faz parte do desafio 12 livros para 2022 e ainda foi o livro de estreia do nosso Clube de Leitura, vocês podem conferir a discussão clicando aqui no link.

Com isso dito, vamos para um breve resumo.

O livro vai contar a história de Jude, uma adolescente que foi criada no reino das fadas. Ela e suas irmãs foram levadas para lá por Madoc, o general do Grande Rei, e elas foram criadas como filhas dele e como pertencentes à nobreza, porém Jude e sua irmã gêmea Tarryn são humanas e as fadas não são muito tolerantes com humanos.

Continue lendo