adulto

Resenha #324 Drive

Por Barbara em 28 jul • 2020

Posts arquivados em: Tag: Gutenberg

03mar • 16 resenha, Romance

Resenha #139 A Protegida (The Travis Family #1)

Título: A Protegida _ Série The Travis Family #1
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Gutenberg
Ano: 2015
Páginas: 288 
Classificação: 3,5 estrelas
Sinopse: Uma escolha pode conduzi-la à felicidade… Ou partir irremediavelmente seu coração.
Liberty Jones é uma garota determinada, mas em sua vida pobre e difícil não há espaço para que ela consiga vislumbrar seus sonhos sendo realizados. Seu único consolo é a amizade e o amor que nutre por Hardy Cates, um jovem que possui ambições grandiosas demais para ficarem enterradas na pequena cidade de Welcome. Apesar da atração irresistível que pulsa entre os dois, tudo o que Hardy não precisa é de alguém para atrapalhar seus planos de sucesso, e ele a abandona no momento mais difícil de sua vida: quando a mãe de Liberty morre tragicamente em um acidente; deixando um bebê para ela criar. Mas a vida traz grandes surpresas e Liberty se vê sob a tutela de um magnata bilionário, que irá oferecer muito mais do que proteção à irmã e a ela, mas também revelará uma forte ligação com o passado obscuro da família de Liberty. O que Liberty não espera é ter de lidar com Gage Travis, o filho mais velho do magnata; o rapaz não aprova a presença dela em sua casa e fará de tudo para afastá-la de sua família… Gage apenas esquece de também mantê-la longe de seu coração.

 

 
“Às vezes a vida tem um senso de humor cruel, entregando- lhe aquilo que você sempre quis no pior momento possível…”

Quando eu soube desse lançamento da Lisa Kleypas, foi uma surpresa saber que estava vindo pela Editora Gutemberg e depois de ler a sinopse fiquei mais interessada por ser um romance contemporâneo. Lisa já tinha me conquistado completamente em seus romances de época com a família Hathaway. Agora a autora me apresentou algo diferente e percebi que não importa em que tempo o livro é ambientado, Lisa consegue me prender em suas histórias.

Nesse primeiro volume vamos conhecer Liberty Jones. Ela perdeu o pai, de origem mexicana, muito nova e vive com a mãe, as duas acabaram de se mudar para um estacionamento de trailers na cidade de Welcome, no leste do Texas e levam uma vida difícil. Sua mãe, uma mulher muito bonita, está sempre trocando de namorado, vez ou outra quando passam por um grande aperto, ela some por alguns dias e quando retorna consegue pagar as contas e colocar comida na mesa.

O passado dela é um mistério e logo depois de terminar com o ultimo namorado se descobre gravida. Liberty fica muito feliz com a noticia de uma irmãzinha e logo que a criança nasce ela cria um laço quase materno com a criança e praticamente assume os cuidados da pequena Carrignton.

Continue lendo

27jun • 14 Literatura Nacional, resenha

Resenha #35 Apaixonada Por Palavras

Título: Apaixonada Por Palavras
Autor: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Nos romances das séries “Fazendo meu filme” e “Minha vida fora de série”, Paula Pimenta conta a história de seus personagens. Já as 55 crônicas de “Apaixonada por palavras” contam o próprio dia a dia da autora. Aqui a protagonista é a Paula. Aqui é o destino dela que conta e que se conta. Aqui nos identificamos com ela e torcemos por ela. Aqui nos apaixonamos não por um personagem inventado, mas por uma pessoa de carne, osso, alma e, claro, palavras.


“Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, as
canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas,
a respostas que não me servem, à constante perseguição do que ainda não sei.
Meu mundo se resume ao encontro do que é terra e fogo dentro de mim, onde não
me enxergo, mas me sinto.” – Martha Medeiros


“O que me comove são palavras…”

Este é o tipo de livro que vai te deixar com um sorriso bobo nos lábios e fará com que lágrimas brotem dos seus olhos, da primeira palavra até a última. Confesso nunca ter lido um livro da Paula Pimenta antes e posso afirmar que não faço a mínima ideia do motivo, mas hoje me pergunto: “POR QUE NÃO LI ISSO ANTES?”. Acredito que esta foi a melhor escolha para começar a ler os livros desta autora maravilhosa. Pude me encontrar em quase todas as palavras contidas neste livro, foi incrível!

O modo como Paula escreve é tão humano! Faz você balançar a cabeça no meio do metrô lotado e atrair olhares de pessoas que pensam estar na presença de um maluco. Suas crônicas me fizeram rir alto em lugares estranhos, me fizeram chorar. Achei lindo o fato de ela derramar sua alma em cada linha e também achei muito louco o fato de sentir como se estivesse olhando no espelho.

Continue lendo