DarkSide Books

Resenha #335 Hex

Por Raquel em 29 nov • 2020
adulto

Resenha #333 Method

Por Barbara em 10 nov • 2020

Posts arquivados em: Tag: Os Hathaway

05set • 14 resenha, Romance de Época, romance histórico

Resenha #54 Desejo à Meia Noite (Os Hathaway #1)

Título: Desejo à Meia-Noite
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Páginas: 272 páginas
Classificação: 4 estrelas

Sinopse: Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos. 
Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.
Será que Rohan, um cigano que preza sua liberdade acima de tudo, estará disposto a abrir mão de suas raízes e se curvar à maior instituição de todos os tempos: o casamento?
******
Comecei a ler romances históricos há pouco tempo. Iniciei com Julia Queen, adorei, e me tornei uma admiradora desse gênero, que me arrancou muitos sorrisos. Uma leitura leve e agradável que recomendo a todos. Essa repaginada que a Editora Arqueiro deu nos chamados romances de banca, que nunca tinha chamado minha atenção, acabou chamando a da minha mãe que, quando viu a capa de O Duque e Eu, resolveu me presentear. Agora, me aventurei na família Hathaway, e não me arrependo.