Agir Now

Resenha #253 Calafrio

Por Barbara em 20 fev • 2019
distopia

Resenha #250 Scythe

Por Raquel em 13 fev • 2019
Charme

Resenha #247 Egomaníaco

Por Barbara em 06 fev • 2019

Posts escritos por: Michelli

29jul • 16 ficção científica, resenha

Resenha #161 Guerra do Velho

Título: Guerra do Velho
Autor: John Scalzi
Editora: Aleph
Ano: 2016
Páginas: 368
Classificação: 3,5 estrelas

Sinopse: A humanidade finalmente chegou à era das viagens interestelares. A má notícia é que há poucos planetas habitáveis disponíveis – e muitos alienígenas lutando por eles. Para proteger a Terra e também conquistar novos territórios, a raça humana conta com tecnologias inovadoras e com a habilidade e a disposição das FCD – Forças Coloniais de Defesa. Mas, para se alistar, é necessário ter mais de 75 anos. John Perry vai aceitar esse desafio, e ele tem apenas uma vaga ideia do que pode esperar. “Guerra do Velho” é frequentemente comparado a um dos maiores clássicos da ficção científica: Tropas Estrelares, de Robert Heinlein. O próprio Scalzi já confirmou que Heinlein é uma das suas maiores influências e que a obra foi escrita seguindo os princípios que ele acredita serem próprios da escrita do autor que tanto admira. Scalzi é um dos principais nomes da ficção científica contemporânea. Ganhador dos prêmios Hugo e Locus, o autor conquistou público, crítica e mercado. Em fevereiro de 2015, fechou um contrato com a editora Tor Books de cerca de $3,4 milhões, para publicar 13 livros nos próximos 10 anos. O canal SyFy está produzindo uma série de TV – chamada Ghost Brigades – como adaptação do livro, e a Paramount já comprou os direitos para levar a história para as telas do cinema.

 

Oi gente! Hoje vim pra falar sobre um livro que rendeu altas gargalhadas na madrugada. Tenho acompanhado a pagina da editora Aleph e vi quando começaram a anunciar Guerra do Velho, mas só fui me interessar depois de ver o vídeo no canal da editora em que o Adriano Fromer e a Bárbara Prince contam um pouquinho do livro, eles conseguiram me deixar curiosa e ansiosa por essa leitura. Depois desse vídeo fui direto no skoob adicionei na minha lista de desejados e assim que adquiri o livro comecei a ler imediatamente. Vou contar pra vocês o que achei.

John Perry acaba de completar 75 anos. Isso para alguns seria só mais um ano sem grandes expectativas, tendo que lidar com os problemas da idade e talvez até com a solidão. Mas nessa história completar 75 anos significa ter a chance de dar um grande passo.

Continue lendo

11abr • 16 resenha

Resenha #145 O Conde Enfeitiçado (Os Bridgertons #6)

Título: O Conde Enfeitiçado (Os Bridgertons #6)
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Ano: 2015
Páginas: 304
Classificação: 1,5 estrelas
Sinopse: Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.
No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.

Oi gente!

Hoje vim falar de mais um dos romances de época que amo, dessa vez da autora Julia Quinn que foi a culpada por me viciar nesse gênero literário.

“Em toda vida ocorre um momento decisivo. Um instante tão extraordinário, tão claro e tão nítido que temos a sensação de havermos sido golpeados no peito, deixados sem folego, sabendo, sabendo, sem a menor sombra de duvida, que nossa vida jamais será a mesma.”

 

Chegamos ao sexto livro, e depois da história adorável de Eloise que se tornou uma das minhas favoritas, enfim chegara a hora de conhecer a irmã desconhecida. Julia Quinn manteve essa irmã um pouco escondida e minhas expectativas foram lá em cima sobre a personagem e o que seria a sua história, mas sinto dizer que foi uma tremenda decepção.

 

Continue lendo

25mar • 16 literatura estrangeira, romance policial

#01 Viagem Literária: Finlândia

Oi gente!

Já falei aqui sobre um dos projetos pra vida né?

A volta ao mundo em 198 livros, falo pra vida porque não faço ideia de quando irá terminar. Então vou contar como foi a experiência de leitura do primeiro livro desse projeto, e o país “visitado” é a FINLÂNDIA o

 

Bem, eu disse que não iria fazer sorteio então a escolha se deu porque era um livro que estava na estante desde 2014 e que eu queria muito ler, mas acabava passando outros na frente, e por ser de uma escritora finlandesa. Quem me conhece, sabe que desde que eu conheci a banda finlandesa HIM a muitos anos atrás e depois outros artistas, inclusive que cantam em finlandês, foi que passei a admirar o país.

Continue lendo

11mar • 16 literatura estrangeira

Viagem Literária Volta ao Mundo

Oi gente!

Hoje vim aqui pra falar do projeto de leitura que decidir fazer. Antes de tudo vocês precisam ter em mente que no meu caso “o importante não é o destino mas sim a jornada”. Falo isso porque acredito que nesse exato momento finalizar o projeto é impossível por alguns fatores que vocês vão descobrir.

A um tempo atrás apareceu o interesse de ler autores escandinavos, até porque sou daquelas que tem muita simpatia pelos países que fazem parte dessa região, principalmente a Finlândia. Logo depois pensei que seria bom ampliar isso e ler autores de várias localidades, e porque não do maior número de países possíveis. Então dei uma pesquisada e achei uma blogueira com uma ideia que se encaixa perfeitamente. Inspirada na inglesa Ann Morgan, A Year of Reading the World,  a Camila Navarro do blog Viggiando criou o projeto A volta ao mundo em 198 livros.

Continue lendo

03mar • 16 resenha, Romance

Resenha #139 A Protegida (The Travis Family #1)

Título: A Protegida _ Série The Travis Family #1
Autor: Lisa Kleypas
Editora: Gutenberg
Ano: 2015
Páginas: 288 
Classificação: 3,5 estrelas
Sinopse: Uma escolha pode conduzi-la à felicidade… Ou partir irremediavelmente seu coração.
Liberty Jones é uma garota determinada, mas em sua vida pobre e difícil não há espaço para que ela consiga vislumbrar seus sonhos sendo realizados. Seu único consolo é a amizade e o amor que nutre por Hardy Cates, um jovem que possui ambições grandiosas demais para ficarem enterradas na pequena cidade de Welcome. Apesar da atração irresistível que pulsa entre os dois, tudo o que Hardy não precisa é de alguém para atrapalhar seus planos de sucesso, e ele a abandona no momento mais difícil de sua vida: quando a mãe de Liberty morre tragicamente em um acidente; deixando um bebê para ela criar. Mas a vida traz grandes surpresas e Liberty se vê sob a tutela de um magnata bilionário, que irá oferecer muito mais do que proteção à irmã e a ela, mas também revelará uma forte ligação com o passado obscuro da família de Liberty. O que Liberty não espera é ter de lidar com Gage Travis, o filho mais velho do magnata; o rapaz não aprova a presença dela em sua casa e fará de tudo para afastá-la de sua família… Gage apenas esquece de também mantê-la longe de seu coração.

 

 
“Às vezes a vida tem um senso de humor cruel, entregando- lhe aquilo que você sempre quis no pior momento possível…”

Quando eu soube desse lançamento da Lisa Kleypas, foi uma surpresa saber que estava vindo pela Editora Gutemberg e depois de ler a sinopse fiquei mais interessada por ser um romance contemporâneo. Lisa já tinha me conquistado completamente em seus romances de época com a família Hathaway. Agora a autora me apresentou algo diferente e percebi que não importa em que tempo o livro é ambientado, Lisa consegue me prender em suas histórias.

Nesse primeiro volume vamos conhecer Liberty Jones. Ela perdeu o pai, de origem mexicana, muito nova e vive com a mãe, as duas acabaram de se mudar para um estacionamento de trailers na cidade de Welcome, no leste do Texas e levam uma vida difícil. Sua mãe, uma mulher muito bonita, está sempre trocando de namorado, vez ou outra quando passam por um grande aperto, ela some por alguns dias e quando retorna consegue pagar as contas e colocar comida na mesa.

O passado dela é um mistério e logo depois de terminar com o ultimo namorado se descobre gravida. Liberty fica muito feliz com a noticia de uma irmãzinha e logo que a criança nasce ela cria um laço quase materno com a criança e praticamente assume os cuidados da pequena Carrignton.

Continue lendo

24nov • 15 Fantasia, lançamento, Rocco

Resenha #123 A Bela e a Adormecida

Título: A Bela e a Adormecida # The Sleeper and the Spindle
Autor: Neil Gaiman, Chris Riddell
Editora: Rocco
Ano: 2015
Páginas: 70
Classificação: 3 estrelas
Sinopse: Em uma sombria e fascinante história, as mais queridas princesas dos contos de fadas são reinventadas de maneira brilhante pelo inglês Neil Gaiman e o ilustrador Chis Riddell. Em A Bela e a Adormecida, uma jovem rainha é informada, na véspera de seu casamento, sobre uma estranha praga que assola as fronteiras do seu reino, um sono mágico que se espalha pelo território vizinho e ameaça os seus domínios. Na companhia de três anões, a rainha abandona o fino vestido da festa, pega sua espada e armadura e parte pelos túneis dos anões para o reino adormecido. Uma viagem repleta de ação e suspense que leva a uma surpreendente descoberta. Misturando o conhecido e o novo com perfeita sintonia, Gaiman cria mais uma obra repleta de magia e aventura capaz de hipnotizar o mais exigente dos leitores.

No One Is Too Old For Fairytales.

Oi gente !!!
Quem gosta de Contos de Fadas? Pra quem ainda não sabe eu sou uma eterna apaixonada por eles. Os primeiros livros que ganhei além de O Pequeno Príncipe, foram os contos de Hans Christian Andersen, foi aí que nasceu meu amor por literatura e também pelos contos de fadas. Imagina então o quanto eu fiquei animada quando soube que dois dos contos mais conhecidos iriam se fundir e ganhar uma nova cara pelas mãos de Neil Gaiman e Chris Riddell. Passeando pela saraiva vi a linda edição que não esperava encontrar, aqui na minha cidade costuma demorar pra chegar os lançamentos e não estava nos meus planos levar esse livro agora, mas não pude resistir né.

“Era o reino mais próximo ao da rainha em linha reta como voa o corvo, mas nem os corvos voavam até lá.”

Continue lendo

28out • 15 jovem adulto, literatura estrangeira, Novo Conceito, resenha, Romance

Resenha #118 Apenas Um Ano (Apenas Um Dia #2)

Título: Apenas Um Ano
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito 
Ano: 2015
Páginas: 352
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.
Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi, Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.

Oi Gente! Hoje vou falar um pouquinho de Apenas um Ano, continuação de Apenas um Dia.

Quando comprei Apenas um Dia eu não esperava me apaixonar pela história de Allyson e Willem, então quando terminei de ler eu surtei com aquele final. Como que essa mulher me termina o livro bem naquela parte, sim ela foi bem esperta e terminou no momento que todos esperavam e me deixou com gostinho de quero mais. Fiquei super feliz quando chegou Apenas um Ano, bem ansiosa pra saber o que diabos aconteceu com Willem e ter a chance de conhece-lo já que pouco sabemos sobre ele.

Continue lendo

28set • 15 jovem adulto, lançamento, resenha

Resenha #113 172 Horas na Lua

Título: 172 Horas na Lua
Autor: Johan Harstad
Editora: Novo Conceito 
Ano: 2015
Páginas: 288
Classificação: 4,5 estrelas
Sinopse: O ano é 2018. Quase cinco décadas desde que o homem pisou na Lua pela primeira vez.
Três adolescentes comuns vencem um sorteio mundial promovido pela NASA. Eles vão passar uma semana na base lunar DARLAH 2 – um lugar que, até então, só era conhecido pelos altos funcionários do governo americano.
Mia, Midore e Antoine se consideram os jovens mais sortudos do mundo. Mal sabem eles que a NASA tinha motivos para não ter enviando mais ninguém à Lua.
Eventos inexplicáveis e experiências fora do comum começam a acontecer…
Prepara-se para a contagem regressiva.

Quando eu vi 172 Horas na Lua entre os lançamentos da Novo Conceito, fui logo dar uma olhada no Goodreads pra ter uma ideia a respeito do livro. A sinopse me deixou intrigada e de início não tinha ideia do que esperar, mas os comentários no Goodreads aguçou a minha curiosidade e eu tive que conferir. Ainda estou me esgueirando na leitura desse tipo de ficção, já adquiri um lançamento da Aleph então esse lançamento da Novo Conceito também me atraiu por sair um pouco da minha zona de conforto.

Continue lendo

17set • 15 mistério, Novo Conceito, parceria, resenha

Resenha #111 Neve na Primavera


Título: Neve na Primavera
Autor: Sarah Jio
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 336
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho.
Na manhã seguinte, o dia 2 de Maio, uma nevasca desaba sobre a cidade.
Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve.
Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de Maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos,
Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.

De inicio tanto a capa quanto o título não chamaram muito minha atenção. Se o título tivesse ficado igual ao original Blackberry Winter eu teria corrido direto pra ele rs, adoro amoras. Lendo a sinopse acabei gostando por ser narrado em duas épocas diferentes, esse tipo de história também sempre tem algo que conecta os personagens e o interessante é descobrir o que é e como isso acontece.

Deixo aqui um clipe da musica que inspirou a autora a escrever esse livro.

Continue lendo

07ago • 15 lançamento, Novo Conceito, parceria, resenha

Resenha #105 Mentiras que Confortam

Título: Mentiras que Confortam
Autor: Randy Susan Meyers
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 368
Classificação: 3 estrelas
Sinopse: Cinco anos atrás…
Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção.
Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe.
Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.
Hoje…
Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.

Quando a Novo Conceito anunciou o lançamento desse livro eu logo me interessei, gosto de filmes sobre dramas familiares mas quase nunca leio livros com esse tipo de abordagem.

Em Mentiras que Confortam conhecemos Tia que aos 24 anos se apaixonou por Nathan, um professor universitário casado de 36 anos. Tia o admirava a ponto de quase acha-lo perfeito e desde o início da relação sempre quis ir além. Mas ao contar sobre a gravidez viu que ele jamais abandonaria a família, ela se recusa a fazer um aborto e ele a abandona. Tia decide pela adoção por não encontrar coragem pra criar a criança de um homem que ainda ama. Passados 5 anos, a cada aniversário de sua filha, ela recebe algumas fotos da menina que em seu íntimo chama de Honor, mas seus pais adotivos lhe deram o nome de Savannah. Varias questões se passam na cabeça de Tia, bate o arrependimento, o desejo de ser uma mãe para Honor, de realizar simples tarefas da maternidade, se um dia ela seria procurada pela filha, se teria vontade de saber de onde veio. Com isso na cabeça Tia resolve então mandar umas fotos para Nathan que precisava saber que tinha tido uma filha.

Continue lendo

24jul • 15 jovem adulto, lançamento, Novo Conceito, parceria

Resenha #102 Tocando as Estrelas (Famous in Love #1)

Título: Tocando as Estrelas
Autor: Rebecca Serle
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 224
Classificação: 2 estrelas
Sinopse: Quando Paige Townsen deixa de ser uma simples aluna do ensino médio para se tornar uma celebridade, sua vida muda do dia para a noite. Em menos de um mês, ela troca as ruas da sua cidade natal por um set de filmagem no Havaí e agora está conhecendo melhor um dos homens mais sexies do planeta segundo a revista People. Tudo estaria perfeito se o problemático astro Jordan Wilder não fincasse o pé em uma das pontas desse triângulo cinematográfico. E Paige começa a acreditar que a vida, pelo menos para ela, imita a arte.

Recebi Tocando as Estrelas de parceria com a Novo Conceito e escolhi esse em especial no escuro. Tenho me surpreendido no bom sentido, quando leio livros assim sem conhecer ou sem ter lido a sinopse, pena que esse não foi o caso. De cara achei que era sobre música, isso quando eu não sabia quase nada sobre o livro e gostei da surpresa quando descobri que tem a ver com cinema. E mais, com algo que muitos leitores adoram.

Paige Townsen é uma garota de 17 anos que desde criança sonha em ser atriz. Ela gosta de ler roteiros de cinema e está sempre participando de peças escolares. Todo mundo tem seus talentos natos e o dela é o teatro. Sendo a caçula de 4 irmãos ela se sente um pouco a margem e a família não leva a sério essa ambição dela de ser atriz. Paige tem dois amigos próximos, Cassandra e Jake. Cassandra é aquela amiga que eu acho que todo mundo tem, antenada na vida dos artistas e bem humorada. Jake é um ativista, inteligente, o bom amigo.

A vida de Paige muda quando ela vê um anuncio de testes para a adaptação cinematográfica do livro Locked, um dos favoritos de sua amiga Cassandra. Uma trilogia de sucesso internacional sobre a adolescente August que se vê envolvida em um triangulo amoroso com seu namorado Ed e sua grande paixão Noah, após um acidente de avião que a deixa em uma ilha misteriosa. Ela se faz de desinteressada mas lê o livro e acaba fazendo o teste com Rainer primeiro contratado que é filho do produtor do filme e desde criança atua em grandes produções.

Logo ela está no Havaí.

Continue lendo

03jul • 15 desafio

Maratona Literária de Inverno 2015

Oi Gente !!! Como andam as leituras nesse friozinho?
Hoje vim aqui contar pra vocês que resolvi participar da Maratona Literária de Inverno.

Não resolvi isso do nada, já faz um tempo que aceitei que sempre que entro em uma maratona eu nunca consigo cumprir a meta. Acabei não participando mais de nenhuma até que a Julia do blog Breaking Free deu uma forcinha e me incentivou um pouco. E como disse uma blogueira, sem medo de flopar então…

Continue lendo

1 2