drama

Resenha #366 Blackmoore

Por Barbara em 19 jun • 2021
Clichê

Resenha #360 Bossman

Por Barbara em 01 maio • 2021
18maio • 21 Arqueiro, comédia romantica, lançamento, Lissa Kay Adams, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #362 Clube do Livro dos Homens

Título: Clube do Livro dos Homens
Série: Clube do Livro dos Homens
Ordem: 1
Autor: Lissa Kay Adams
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance/ Comédia Romântica/Literatura Estrangeira/ Literatura Americana
Páginas: 320
Ano: 2021
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: A primeira regra do clube do livro é: não fale sobre o clube do livro

Gavin Scott é um astro do beisebol, devotado ao esporte. No auge de sua carreira, ele descobre um segredo humilhante: a esposa, Thea, sempre fingiu ter prazer na cama. Magoado, Gavin para de falar com ela e acaba piorando o relacionamento, que já vinha se deteriorando. Quando Thea pede o divórcio, ele percebe que o orgulho e o medo podem fazê-lo perder tudo.

Bem-vindos ao Clube do Livro dos Homens

Desesperado, Gavin encontra ajuda onde menos espera: um clube secreto de romances, composto por alguns dos seus colegas de time. Para salvar seu casamento, eles recorrem à leitura de uma sensual trama de época, Cortejando a condessa. Só que vai ser preciso muito mais do que palavras floreadas e gestos grandiosos para que Gavin recupere a confiança da esposa.

Hey galera, prontos para dar bastante risada com um livro fofo, emocionante e amorzinho? Então continua lendo essa resenha e conheça a história do Clube do Livro dos Homens.

O livro vai contar a história de Gavin, um jogador de beisebol que está na melhor fase de sua carreira, mas vocês conhecem o ditado… sorte no jogo, azar no amor #tenso. Ele é casado há cerca de três anos com Thea e ambos são pais de duas garotinhas gêmeas. A rotina de Gavin é muito dinâmica, com a temporada de jogos acontecendo e as responsabilidades sociais que a carreira exige, acaba sobrando pouco tempo para a família e a verdade é que Thea acaba se responsabilizando por grande parte do cuidado com as meninas.

Até que em um belo dia (noite, no caso rs) tudo chega a um estopim. Gavin descobre que sua esposa fingia com ele na cama, que a muito tempo ela não tinha prazer e fingia orgasmos. O caldo entorna, o casal se desentende e vários problemas que eles tinham acumulado ao longo do breve tempo de casamento vem à tona. #tenso²

Gavin sai de casa e após uma noite de bebedeira num quarto de hotel, seus colegas de time vêm em seu resgate. Seu melhor amigo diz que tem a solução para seu problema e o convida para uma reunião na casa de um conhecido no dia seguinte, tudo é muito cercado de mistérios, mas a proposta de uma forma para salvar seu casamento, faz com que Gavin dê uma chance. Chegando a tal reunião, ele descobre que na verdade está em um Clube do Livro.

Pegadinha do Malandro? Câmera escondida do Silvio Santos? Jamais! Kkk

O clube é bem real e ali vários homens se reúnem para ler livros de romance e assim conhecer melhor o mundo feminino e como agradar suas namoradas, noivas e esposas. A iniciativa que pode parecer piada na verdade é bem inteligente e fofa. Claro que Gavin não acredita que por ler um livro ele vai conseguir solucionar os problemas em seu casamento, mas quem tá na chuva é para se molhar, certo? Então o que custa dar uma chance?

Leiam e então vocês vão descobrir o desfecho dessa história, mas já adianto que a risada é garantida rs.

Pelo número de estrelas dá para perceber que eu amei esse livro. Eu gosto muito de histórias de relacionamento, casamentos e segundas chances, e tudo isso encontramos aqui e de quebra, muito bom humor. O relacionamento do Gavin com a Thea foi se perdendo, eles eram apaixonados, mas se perderam nos papeis que exerciam de marido/esposa, pais… Principalmente a Thea que foi jogada no mundo de fama e sucesso de Gavin com muito pouco tempo de relacionamento, então ela passa a fingir para se encaixar, não que ele exigisse isso dela, mas ela cai nesse personagem e sem perceber se torna alguém que ela mesma não reconhece.

O livro é uma busca por melhorar como indivíduos, casal, pais, pessoas, deixar as inseguranças de lado e se conhecerem verdadeiramente e se valorizarem por isso. Por ter um problema de fala, o Gavin era muito inseguro, ele não acreditava que a Thea pudesse realmente amá-lo, enquanto que por traumas de abandono, a Thea não confiava totalmente na durabilidade do relacionamento com Gavin.

É bacana que no livro eles são confrontados por esses problemas e não é de uma maneira pesada e muito dramática, a gente ainda consegue sorrir com todas as tentativas de reconciliação entre esses dois, com os amigos torcendo e ajudando por trás dos panos, com a irmã da Thea que está pronta para jogar o Gavin na fogueira kkkk.

Acredito que a Lissa conseguiu amarrar tudo muito bem e nos deu um livro emocionante, fofo, engraçado e divertido. Em primeira pessoa e narrado por Gavin e Thea, são mais de 300 páginas que você lê em um piscar de olhos e te deixa com gostinho de quero mais, eu sei que já estou aguardando a sequência e torcendo para ser tão boa quanto esse primeiro livro.

Fica a dica, leiam!

Confira a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário