adulto

Resenha #324 Drive

Por Barbara em 28 jul • 2020

Categoria: Game of Thrones

14maio • 16 Game of Thrones, Review

#13 Review Game Of Thrones S06E03 – Oathbreaker

Semanas com Game of Thrones passam rápidas demais, é cada teoria louca que surge, muitas suposições, frustrações e desejos; alguns fogem da internet para não verem spoilers, outros se jogam de cabeça nos Spoilers; alguns comentam o episódio ao vivo, outros só depois que acaba. Game of Thrones está quebrando a internet toda semana, não tá fácil.

 

Claramente, esse foi um dos mais aguardados de toda a série, depois do final do segundo episódio e as inúmeras promessas de um Jon Snow diferente, mudado pela experiência de morrer e voltar a vida, o trailer que trazia a Torre da Alegria, tão comentada nos livros, o hype estava bem alto e, para mim, não foi decepcionante.

Não tudo, pelo menos.

Continue lendo

06maio • 16 Game of Thrones, Review

#12 S06E01 The Red Woman e S06E02 Home

REVIEW DUPLA
Game of Thrones

S06E01 The Red Woman e S06E02 Home

Como é bom voltar a Westeros, fazia muito tempo que não passeávamos pelas ruas de Porto Real, pelos jardins de Jardim de Água ou pelo topo da Muralha, e cá estamos, juntos novamente para as surpresas dessa temporada que é a primeira que é baseada num livro que não foi lançado ainda (Ventos do Inverno sem previsão, inclusive). Agora estamos por conta das surpresas que D&D reservam para nós, mas isso é bom ou ruim? Veremos no decorrer dessa temporada.

De uma forma geral eu estou curtindo demais essa temporada, depois da irregularidade de alguns núcleos na última temporada (ALÔ DORNE) sinto uma segurança maior, não a questão da segurança das personagens que, como vimos, Valar Morghulis está sendo levado muito a sério, mas da história, agora caminhando por suas próprias pernas.

Sempre fui grande defensor da distinção dos produtos: Série é série, livros são livros. Não adianta, uma coisa será diferente da outra e isso tem que ser ruim? Não mesmo, surpresas nos aguardam em todos os meios, nos livros e na série, e surpresas diferentes, por vezes visões diferentes de se contar uma história e, volto a perguntar, isso é ruim? Penso eu que não e continuarei defendendo a minha série, com suas mudanças, com seus erros, GoT é um fenômeno inegável, você falando bem ou falando mal (mas gente, podem falar mal, a coisa é pública pra isso mesmo, você pode expressar sua opinião, não é só porque a maioria gosta que você não pode não gostar, cê pode até odiar, fica à vontade, mas fala o que cê pensa nos comentários ali). Mas vamos com isso então?

Continue lendo

25fev • 16 Galera Record, Game of Thrones, resenha

Resenha #136 Corte de Espinhos e Rosas

Título: Corte de Espinhos e Rosas
Série: Corte de Espinhos e Rosas #1

Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Páginas: 434 páginas
Gênero: Young Adult

Classificação: 4.5 estrelas

Sinopse: Em Corte de Espinhos e Rosas, um misto de A Bela e A Fera e Game of
Thrones, Sarah J. Maas cria um universo repleto de ação, intrigas e romance.
Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação.Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia através de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la… ou Tamlin e seu povo estarão condenados.

 

“Amo você. […] Com espinhos e tudo.”
WOW! Nem sem por onde começar. Se você, querido leitor, é amante de contos de fadas, assim como nós, pode se preparar para se apaixonar por esse universo criado por Sarah J. Mass. Com uma mistura de Bela e a Fera e Guerra dos Tronos (e, me atrevo a dizer, uma pitadinha de Jogos Vorazes), ela te deixará implorando por mais ao final…
Aqui conhecemos Feyre, uma humana que luta com todas as suas forças (que já não são muitas) para sobreviver e cuidar de sua família, que vive na miséria, graças às fadas, que vivem na fartura, em um mundo isolado, enquanto os humanos vivem das piores maneiras possíveis. Todos conhecem as lendas e são instruídos a temer as fadas: feras cruéis e abomináveis, que não tem o menor escrúpulo e que vêem os humanos como lixo.

Isso é o que Feyre estava acostumada a pensar. Por isso, quando está no meio da floresta, morrendo de fome, procurando algo para caçar, e se depara com um lobo gigante, ela não exita em matá-lo sem dó nem piedade. E ainda
utiliza uma flecha com um material que pode matar os feéricos, para ter certeza de que o animal morrerá, sendo sobrenatural ou não. O que ela não esperava é que isso mudaria sua vida drasticamente.

Continue lendo

08maio • 15 Game of Thrones, Review

#11 Review Game of Thrones S05E03 – High Sparrow

Como prometido, cá estou eu em minha saga em alcançar os episódios e postar as reviews no tempo certo, o que venho falhando desde o começo da temporada, mas isso já vai acabar, acho.

Caminhe comigo pela Estrada do Rei.

EM BRAAVOS

O episódio começa com alguns takes de outros deuses, vemos o Coração Flamejante de R’hollor, o Estranho dos Sete e alguns outros que não tem nome, todos relacionados com… Eu já chego lá. Um grande salão com esses deuses e nomeio um poço(?) com uma água preta. Um homem está sentado na beira do poço com Jaqen, que lhe dá da água e ele diz Valar Morghulis, no que Jaqen responde Valar Dohaeris. Arya assiste àquela cena e vai ter com Jaqen, ela está indignada por ficar varrendo o chão e não aprender a ser um Homem sem Rosto. Jaqen ensina a ela, então, que TODOS OS HOMENS DEVEM SERVIR, e Homens sem rosto mais ainda. Arya diz que quer servir, mas Jaqen sabe o que ela quer e diz que para ela servir o Deus de Muitas Faces deve se tornar Ninguém.

Uma porta se abre e o homem que bebeu a água do poço, que agora está morto é levado. Arya pergunta para onde estão o levando, mas não obtém resposta. Arya está deitada em seu aposento quando a Menina entra, a menina pergunta quem é ela é Arya responde Ninguém. A resposta não agrada muito a Menina então ela bate em Arya três vezes, mas quando Arya busca pela sua espada, Agulha, Jaqen chega para interromper a briga. Arya não tem mais medo de matar, ela buscou a espada sabendo o que iria fazer, sabendo para que ela ia usar.

Ela grita que está pronta para qualquer coisa que ele precisar, para ser um Homem sem Rosto, para ser ninguém, mas ele questiona como ninguém está cercado pelas coisas de Arya Stark, ela então vai até o cais e joga as roupas na água, mesma água que ela tinha jogado a moeda, mas na hora de jogar Agulha ela para, dá para ver a cena de Jon dando a espada a ela, dela treinando com Syrio, ela precisava ficar com a espada que, diferente das roupas, estava com ela há tanto tempo e tinha tanto significado,  ela guarda a espada no meio das pedras para que possa encontra-la depois, quando necessário. Ninguém tem um pouco de Arya Stark.



Continue lendo

29abr • 15 Game of Thrones, Garotos entre Livros, Review

#10 Review Game of Thrones S05E02 – The House of Black and White

“Essa foi dos diabos” – R.R., João

 

Tenho semanas complicadas, essa não foi, tive muito tempo livre, só não tive internet disponível para postar tal texto, peço desculpas desde já e peço aos Sete que isso não se repita, bom, tirando isso, deixe-me falar desse episódio.

Sempre tirarei um tempo para falar dessa abertura que me encanta todas as vezes que a vejo, os pequenos detalhes, como o Brasão/Escudo Bolton em Winterfell são tão delicados e feitos com tanta sutileza que me fascinam, porém, Porto Real, que agora é dos Lannisters, em tese, não teve seu Brasão/escudo alterado. Talves porque Tommen seja metade Leão e metade Veado, enfim. Outro detalhe que me chamou atenção foi Braavos com as moedas de Arya rolando para o Banco de Ferro, que apareceu na temporada anterior, quando Stannis foi pegar um empréstimo.

AVISO: Abusarei dos gifs



EM BRAAVOS

ARYA!!!

Essa menina, que saudades dessa menina.

Continue lendo

20abr • 15 Game of Thrones, Review

#9 Review Game of Thrones S05E01 – The Wars To Come

Tã-tã-ã-nã-nã...

Gente, primeiramente mil desculpas, eu estava em semana de prova e não consegui conciliar com a review, espero que não aconteça de novo.

VOLTOOOOOOU! Depois de um longo e tenebroso inverno Game of Thrones volta a nos agraciar com sua presença todos os domingos (se não tiver um pequeno hiato como nos últimos anos). A série já voltou apresentando um episódio ótimo e preparando terreno para o que vem a seguir, afinal, GoT, diferente de outras séries, é linear, a história vai sendo contada sempre em linha reta, não há tempo de olhar para trás, até porque se olhar para trás…
Essa temporada de Game of Thrones já começou bem polêmica com o vazamento dos quatro primeiros episódios 24h antes da estreia mundial. Não discutirei aqui se é certo ou errado baixar esses episódios, mas se você baixou: não dê spoilers para os amiguinhos e, se tiver HBO em casa, assista ao episódio de novo. Sendo assim, comecemos.

 

EM PORTO REAL (ou quase isso)

D&D (David e Dan, os produtores da série) disseram há algum tempo que não haveriam flashbacks em GoT, depois da cena de Cersei disseram que esse não é um flashback “normal”, afinal não para uma cena e entra, ele introduziu a série, tenho que parar de delongas.

Continue lendo

30maio • 14 Game of Thrones, Garotos entre Livros, Review

#5 Review Game of Thrones S04E07 – Mockingbird

Daenerys viu passarinho verde, um passarinho deu uma dica pra Brienne e Lysa é um passarinho que não sabe voar. Vamos jogar o jogo dos trocadilhos com o nome do episódio.

Primeiramente, na primeira review, do episódio 3 da 4ª Temporada (‘Breaker of Chains’), me equivoquei em dizer que Vila Toupeira havia sido atacada, primeiro porque ela fica no subsolo e segundo porque se fosse ela o Sam teria encontrado os selvagens, enfim, só uma retratação pra não ficar muito mal pra mim depois, esse Snow tá ficando igual o outro…


Continue lendo