drama

Resenha #271 Dear Aaron

Por Barbara em 29 maio • 2019

Posts arquivados em: Tag: dark

06jun • 16 adulto, drama, Erótico, resenha

Resenha #151 Epilogue (The Dark Duet #3)

Título: Epilogue
Autor: C.J. Roberts
Editora: Neurotica Books
Páginas: 209
Gênero: Adulto, Erotica, Dark, Romance
Classificação: 4 estrelas

Sinopse: Estou escrevendo porque você implorou. Você sabe como eu amo quando me imploram. Aliás, você, provavelmente, sabe de muitas coisas e as conhecem de cor e salteado. Quem sou eu? Bom, isso é o que eu estou tentando descobrir. Eu fui uma prostituta ainda muito jovem, um assassino desde a adolescência, e um monstro desde quando me tornei um homem. Eu sou o homem que raptou Livvie. Eu sou o homem que manteve cativa em um quarto escuro por semanas. Mas, mais importante, eu sou o homem que ela ama. Ela me ama. É perturbador, não é? Claro que há muito em nossa história para explicar em poucas palavras, mas eu não tenho como justificar meu comportamento naquela época. Acredito que, se você está lendo isso, eu não preciso me justificar. Você já encontrou suas próprias justificativas. Você está lendo isto, porque quer saber o resto da história. Você quer saber o que aconteceu naquela noite de verão em Setembro de 2010, a noite em que eu encontrei Livvie no The Paseo. Foi a noite em que minha vida mudou novamente. Não aconteceu exatamente como Livvie disse. Ela foi muito bondosa comigo ao recontar nossa história. A verdade é muito mais … complicada.


“Sobrevivência é a mais importante das coisas. 
Ela nos dá a chance de viver e encontrar todas as coisas 
que fazem a vida valer a pena. Eu encontrei redenção. 
Eu encontrei perdão. Eu encontrei amor.”
 

 

AVISO: Esta resenha pode conter SPOILERS. Se você ainda não leu a resenha dos dois primeiros livros, leia aqui.
Caleb e Livvie estão de volta e preciso confessar que, mesmo com toda a estranheza destes dois, eu senti falta deles. Então, só para situar todo mundo, a série tinha terminado naquele segundo livro, quando Caleb está lendo o livro de Livvie, onde ela conta o que aconteceu com ela quando ele a raptou. Óbvio que ela fez tudo parecer melhor do que realmente aconteceu, se é que podemos usar a palavra “melhor” nesse caso.

 

Continue lendo

10dez • 14 lançamento, literatura estrangeira, new adult

Resenha #67 Nocte

Título: Nocte
Autor: Courtney Cole
Editora: Lakehouse Press, Inc.
Páginas: 277 páginas
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Salva-me e salvarei a ti… Meu nome é Calla Price. Tenho 18 anos, e sou a metade de um inteiro. Minha outra metade — meu irmão gêmeo, meu Finn – é louco. Eu o amo. Mais que a vida, mais que tudo. E mesmo estando apavorada por achar que ele me fará cair junto com ele, ninguém pode salvá-lo além de mim. Estou fazendo tudo que posso para ficar na superfície em um mar de insanidade, mas estou me afogando mais a cada dia. Então eu busco algo em que me segurar. Dare Dubray. Ele é meu salvador e meu anti-cristo. Seus braços é onde me sinto segura, onde tenho medo, onde eu pertenço, onde me sinto perdida. Ele irá me curar e me quebrar, me amar e me odiar. Ele tem o poder de me destruir. Talvez isso seja o certo. Porque eu não consigo salvar Finn e amar Dare sem que todos se machuquem. Por que? Por causa de um segredo. Um segredo que eu tenho tentado tanto descobrir que nem percebi quando ele já estava em minha frente. Você também não irá perceber.

 

“Serva me. Servabo te.
Save me and I will save you.
Salva-me e salvarei a ti.”
“De noite sou livre
Ninguém escuta meus monstros além de mim
Minha liberdade é frágil
Pois a cada manhã,
de novo e de novo,
A noite é interrompida
pelo sol.
É uma boa maneira para morrer.”
 
“Não há nada tão assustador 
como a descida da mente humana para a insanidade.”
 
“Segredos; todo mundo os tem.”

O MUNDO PRECISA LER ESSE LIVRO!

Já se passaram várias horas após o término deste livro, mas eu ainda não consigo encontrar as palavras certas para explicar essa história. De uma coisa tenho certeza: este livro irá te deixar completamente sem chão. Ele irá mexer com sua mente, com seus sentimentos. Irá lhe pregar peças, te oferecer pistas que não servem de nada, tudo para que você nunca descubra seu principal segredo.

Continue lendo