drama

Resenha #268 Bad Boy Brody

Por Barbara em 03 abr • 2019
Laura Ward

Resenha #264 Not Yet

Por Barbara em 22 mar • 2019

Posts arquivados em: Tag: Pandorga

13mar • 19 12 livros para 2019, Literatura Nacional, M.S. Fayes, new adult, Pandorga, resenha, Romance

Resenha #261 DangeRock

Título: DangeRock
Autor: M.S. Fayes

Série: DangeRock #1
Editora: Pandorga
Páginas: 288
Ano: 2016
Gênero: New Adult/ Romance/ Literatura Nacional
Classificação: 2,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Eve McGannon lidera a banda DangeRock desde adolescente. Sua voz atrai multidões como um ímã, da mesma forma que sua timidez a impede de confessar seu amor eterno por Brandon Conwell, o guitarrista e amigo de infância que sempre esteve ao seu lado, mas sem nunca percebê-la como mulher. Quando a banda recebe uma proposta irrecusável, o grupo unido se vê imerso em um turbilhão de sucesso absoluto e suas complicações. Isso inclui um astro musical que desperta um poderoso sentimento de ciúmes em Brandon, ao mesmo tempo em que tenta fazer Eve abandonar suas desilusões e ir em busca de novos sonhos. Eles aprenderão que o coração comanda todos os atos dentro e fora do palco. Basta apenas que sigam os sentimentos através das melodias que eles mesmos entoam.

O que eu não queria aconteceu.
Me iludi com a capa de um livro.
A capa é mais bonita que a história.
Decepção me define.

E aí galera, acho que poderia deixar só essas quatro frases nessa resenha porque elas definem exatamente o que senti ao final desse livro. Decepção é a palavra-chave! E vou explicar tudinho.

Continue lendo
20set • 18 literatura estrangeira, Pandorga, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #235 O Contrato

Título: O Contrato
Autor: Melanie Moreland
Série: O Contrato #1
Editora: Pandorga
Páginas: 371
Ano: 2017
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Um tirano de dia, um playboy de noite. Essa é a reputação de Richard VanRyan. Ele vive a vida do jeito que quer, sem se preocupar com a opinião dos outros. Ele não se importa com ninguém, é completamente impenitente e não tem vontade de mudar seus modos.
Katharine Elliott trabalha para Richard como sua assistente. Ela despreza a ele e seus modos questionáveis, mas aguenta todo o lixo que ele joga em seu caminho, porque ela precisa do trabalho. Seu objetivo final é muito mais importante do que o abuso diário e exige que ela tolere seu chefe tirano e desagradável.
Até o dia em que ele lhe pede algo que ela nunca esperou. Um novo papel com um contrato pessoal – noiva, em vez de assistente.
O que acontece quando duas pessoas que se detestam, têm de viver juntos e agir como se eles estivessem apaixonados?
Faíscas.
Isso é o que acontece.
O poder do amor pode realmente mudar uma pessoa?
Será que eles vão sobreviver ao contrato?
O que você faz quando a pessoa que mais odeia torna-se a única que você não pode viver sem?

 

Tá precisando de um super clichê? Então você está na resenha certa kkk

Eu conheci esse livro através de um grupo de leitores, uma moça comentou que tinha lido e adorado, que era um romance um tanto diferente do que estamos acostumados. Eu fui atrás da sinopse e era um dos meus clichês favoritos: Casamento de Conveniência rsrs.

Fato que eu precisava ler!

Continue lendo