04nov • 21 Clichê, comédia romantica, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, Sarah Adams

Resenha #384 The Cheat Sheet

Título: The Cheat Sheet
Autor: Sarah Adams
Editora: Independente
Páginas: 306
Ano: 2021
Gênero: Romance/ Literatura Americana/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: É tarde demais para sair da friend zone?
Olá, meu nome é Bree Camden, e estou perdidamente apaixonada por meu melhor amigo e quarterback estrela Nathan Donelson (assim como metade da América, a julgar pelos tablóides e por quanto o cara namora).
O primeiro passo é admitir, certo?
Exceto que nunca posso admitir para ele, porque ele claramente não me vê dessa forma, e a última coisa que eu quero é que as coisas fiquem estranhas entre nós.
Nada além da boa e antiquada amizade platônica para nós!
Tudo está exatamente como eu gosto! Sim. Bem. (Não estou chorando, estou apenas descascando uma cebola.)
Nossa amizade está indo muito bem até que acidentalmente derramo meu feijão para um repórter depois de muita tequila, e agora o mundo parece pensar que Nathan e eu pertencemos um ao outro. Ah, e eu mencionei que temos que namorar publicamente por três semanas até depois do Super Bowl porque assinamos um contrato com… oops, esqueci que não posso contar a ninguém sobre isso!
O ponto principal é que agora meu melhor amigo está borrando todas as linhas e agindo de forma nada platônica, e estou apenas tentando evitar que meu corpo queime em chamas cada vez que ele me toca.
Como vou sobreviver a várias semanas de namoro falso com Nathan sem que nada mude entre nós?
Especialmente, quando quase meio que parece que ele está lutando por um resultado completamente diferente?
Envie ajuda.
XO Bree

Hey galera, tudo bem por aí?

Li The Cheat Sheet e durante a leitura eu só conseguia pensar o quanto gostaria de compartilhar as minhas impressões sobre esse livro com vocês. Vou fazer um pequeno resumo sobre a história, e já vou logo avisando, vocês que gostam de um clichê friends to lovers, vão amar essa história. Bora lá?

O livro vai contar a história de Bree e Nathan. Eles são amigos desde os tempos do colégio e não simplesmente bons amigos, mas melhores amigos. Um conta com o outro, confia no outro e são a pessoa mais importante da vida do outro. Isso te soa como amizade ou casamento? Kkk
Enfim, eles se importam e se amam de verdade, ao ponto de que se alguma namorada do Nathan não gostasse de Bree e pedisse para ele escolher entre as duas, a escolha seria a Bree sem pensar duas vezes. Pois é, esse é o nível rs.

Nathan é um jogador profissional de futebol americano, um quarterback, e após o fim dramático de um dos seus muitos relacionamentos aleatórios com garotas aleatórias, ele se vê em uma grande confusão. A garota vai para os jornais e revistas de fofoca falar mal do desempenho do nosso mocinho como amante kkk, Nathan pouco se importa, mas Bree se sente muito ofendida pelo seu amigo kkk.

Uma noite de muita bebedeira e um encontro de Bree, no banheiro, com uma jornalista depois, o escândalo fica ainda maior. Ela faz uma defesa veemente, e muito bêbada, de seu melhor amigo e o vídeo viraliza. Mas vocês conhecem o ditado, certo? Se a vida te dá limões, faça uma limonada! E desse escândalo todo, Nathan e Bree pretendem fazer uma limonada bem açucarada rsrs.

Uma proposta publicitária de namoro fake era tudo o que esses dois precisavam, ambos são apaixonados um pelo outro desde sempre, porém não tinham coragem de sair da friendzone. Sabe quando você está tão acostumado com uma situação e que não tem mais esperanças de que isso mude e que a mudança seja positiva? Pois é.

A Bree é uma professora de dança, ela tem um studio e trabalha com crianças que não tem condições de bancar boas aulas de dança. Ela ama o que faz e é apaixonada desde sempre por Nathan, só que ela nunca se sentiu boa o suficiente para ele e nem nunca acreditou na possibilidade de ele sentir o mesmo por ela… tolinha rs. Já pelo lado do Nathan acontecia o mesmo, ele nunca teve coragem de chegar em Bree e dizer o que sentia de verdade.

Quando são “obrigados” a fingir um relacionamento, Nathan resolve que é o momento de virar o jogo a seu favor e convencer Bree de que eles são melhores como casal do que apenas como amigos. Se vai dar certo? aí só lendo para descobrir rs.

O livro é gostosinho gente, foi legal ler um livro em que as duas partes sentiam o mesmo. Geralmente nesses clichês é sempre um que gosta primeiro e fica sofrendo na friendzone, aqui não, os dois se entregaram a esse status quo da amizade e agora chegaram em um ponto de decisão. Gostei da forma como a autora encaminhou tudo, esse é um livro fofo e bem doce, não tem grandes conflitos apesar de tratar de assuntos importantes como a saúde mental, mas no geral você lê sabendo que vai ficar feliz com o final.

Acredito que o livro cumpre o seu papel, mas não é perfeito. Não posso negar que esses dois são bem enrolados e ficam ali em cima do muro quase que eternamente, senti falta de atitude de ambas as partes, mas ok, isso é facilmente superado e a gente consegue aproveitar a história.

Fica aqui a minha indicação, se você gosta desse clichê, então não deixe de ler The Cheat Sheet.

Até breve.

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

4 Comentários

  • malu
    04 dez 2021

    oii tudo bem ? você sabe qual é a classificação etária desse livro ??

    • Barbara Lima
      04 dez 2021

      Olá Malu, indico para maiores de 16 anos.
      Beijos e obrigada por comentar.

  • Myllena
    26 nov 2021

    Saberia onde posso achar esse livro em português?? 😭😭 só acho em inglês

    • Barbara Lima
      27 nov 2021

      Infelizmente ele ainda não foi publicado por aqui… o máximo que você deve encontrar é tradução de fã.