adulto

Resenha #350 The Play

Por Barbara em 30 jan • 2021
19jan • 21 12 livros para 2020, Desafio das GeLs, Karin Slaughter, literatura estrangeira, Record, resenha, romance policial, Suspense, thriller

Resenha #343 Destroçados

Título: Destroçados
Série: Will Trent
Ordem: 4
Autor: Karin Slaughter
Editora: Record
Gênero: Romance Policial/ Suspense/ Literatura Estrangeira
Páginas: 448
Ano: 2017
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Existem segredos que não podem ser levados para túmulo
O corpo de uma jovem é encontrado no fundo do gélido lago Grant, e um bilhete deixado sob uma pedra à sua margem sugere que ela tirou a própria vida. Mas, em questão de minutos, fica claro que aquilo não foi suicídio. Trata-se de um assassinato brutal, cometido a sangue-frio. Sara Linton, ex-médica legista do condado de Grant, hospedada na casa dos pais para passar o feriado de Ação de Graças, vê-se envolvida no caso quando o principal suspeito pede desesperadamente para falar com ela. Porém, quando ela chega à delegacia local, depara-se com uma tenebrosa cena na cela do prisioneiro: ele está morto, e as palavras “Não eu” foram rabiscadas na parede. Algo na confissão dele não faz sentido, então Sara convoca o Georgia Bureau of Investigation. Imediatamente, o agente especial Will Trent interrompe suas férias para se unir à equipe de investigação. No entanto, o que ele encontra é apenas uma muralha de silêncio no condado de Grant, uma comunidade extremamente unida, cujos habitantes possuem elos profundos. E a única pessoa que poderia contar a verdade sobre o que realmente aconteceu está morta.

Meu favorito da série Will Trent até o momento!
Ok, eu sei que só li um outro livro, Esposa Perfeita, não tenho como julgar toda a série, mas em comparação, Destroçados é de longe o melhor.

Quem me acompanha por aqui sabe que eu estou numa fase de suspenses, eu tenho lido bastante esse gênero nos últimos anos e conhecer a Karin Slaughter foi um incentivo a mais para o meu novo “vício”. A série do Will Trent vai contar os casos que esse investigador está envolvido, todos sempre muito cabulosos e sangrentos.

Destroçados vai nos levar para uma cidade do interior do Sul dos EUA, a cidade natal de outra personagem da série, a Sara. Sara é médica e legista em Atlanta, mas está de volta a sua cidade para passar o feriado com a família. Há anos que ela não volta para lá por conta das muitas lembranças ruins que a cidade evoca, ela era casada com o chefe de polícia local que foi assassinado enquanto cumpria seu dever. Uma tragédia que a afastou do local e de todos os seus amigos de lá.

Acaba por no mesmo período em que ela está na cidade um assassinato acontecer, e tudo se complica quando a corrupção na polícia local compromete as provas e a investigação. É quando Sara toma uma atitude e coloca a agência para qual o Will trabalha na jogada. Ele é enviado para a cidade e começa a investigar o crime, e o seu desenrolar foi bem surpreendente para mim.

Os livros da Karin costumam ser bem sangrentos e esse não foi diferente, não digo que ele tirou meu sono como em Flores Partidas, mas me conquistou e o mistério me fisgou de jeito logo nas primeiras páginas. Gostei muito porque nessa história ela vai nos levar a conhecer a relação de uma cidade pequena com suas autoridades, aqui vemos vários casos de pequenas corrupções sendo encobertos e até aceitos em favor de proteger aqueles que os “protegem”.

O trabalho do Will é muito ingrato pois ele fica responsável por descobrir o que está errado dentro da polícia então logo é tratado como “o inimigo”, mas ele tem jogo de cintura e consegue se sair muito bem durante a investigação. Diferente de Esposa Perfeita, nesse livro o lado investigador dele me conquistou, creio que por ele não estar envolvido emocionalmente com o crime como foi o caso de Esposa Perfeita.

Aqui começa a se desenhar o futuro relacionamento com a Sara, nada acontece mas a ideia está no ar e eu gostei muito por motivos de não gostar da Angie rs (me julguem). A resolução do caso foi bem distante do que eu imaginava, cheguei a imaginar um suspeito mas não foi bem assim e o final só nos mostra mais ainda o lado podre da polícia.

Indico a leitura, ela fluiu muito bem e vocês com certeza vão gostar, principalmente se gostarem de ler sobre os aspectos técnicos de uma investigação criminal, vale cada página.

Até breve.

Confira a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário