adulto

Resenha #231 Tight

Por Barbara em 21 ago • 2018
12jul • 18 Arqueiro, Desafio das GeLs, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance, romance de época, Romance de Época

Resenha #227 A Caminho do Altar (Os Bridgertons #8)

Título: A Caminho do Altar
Autor: Julia Quinn
Série: Os Bridgertons #8
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano: 2016
Gênero: Romance de Época/ Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.

O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.

Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?

A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.

 

Hey galera! Temos amantes de romance de época por aqui. Eu sei que tem rsrs.

Como estamos?

Hoje vim trazer para vocês as minhas impressões do livro A Caminho do Altar, oitavo da série Os Bridgertons da Julia Quinn. Aqui conhecemos a história de Gregory e Lady Lucinda.

Gregory é o sétimo filho de Violet, depois de ver todos os seus irmãos casados e muito felizes, era impossível nosso mocinho não acreditar em amor ou até mesmo topar um casamento de conveniência. Se não for amor verdadeiro, pra ele não serve. E essa era a maior certeza da vida de Gregory, um dia ele encontraria sua alma gêmea e tudo mudaria para sempre.

Ele só não imaginava que isso aconteceria durante uma festa na casa de seu irmão mais velho, Anthony. Quando ele chega no jardim, seus olhos batem em um certa senhorita e é quando tudo muda. A mágica acontece, o coração palpita e a certeza de que é amor verdadeiro é mais forte do que nunca.

Só que, quem disse que ela também se apaixona por ele? Kkk

 

Sim meu caros, quando Gregory bate os olhos na senhorita Hermione, ele pensou que havia encontrado a mulher da sua vida, mas a certa senhorita é completamente indiferente a ele.

Hermione é uma das jovens mais bonitas de Londres, e ela está apaixonada, mas por um homem completamente inadequado. Por sorte ela conta com Lady Lucinda como melhor amiga, Lucy está disposta a arranjar um pretendente melhor para sua amiga e o Sr. Bridgerton é o ideal! Ela logo decide se aliar a Gregory para fazer Hermione se apaixonar por ele, mas como faz quando você começa a se apaixonar pelo homem que está tentando juntar com sua amiga?! # tenso

E aí vocês precisam ler pra entender e ver a resolução de toda essa treta rsrs.

Eu adorei o livro, me apaixonei mesmo pelo Gregory e por incrível que pareça, ele conseguiu ficar ao lado do Colin entre meus irmãos Bridgertons favoritos rsrs.

Também gostei que o livro mostrou um outro lado do amor, não aquele arrebatador que te faça querer fazer loucuras ou até morrer por ele (apesar de ter algumas loucurinhas nesse livro rs), mas um amor que traz paz, tranquilidade, risos e muita alegria. Confesso que suspirei em vários momentos, fiquei com o coração na mão no final e torci muito pelo casal.

Como todo bom clichê, esse é um livro com final feliz, mas até chegarmos a ele… leiam! Se esse livro já está na sua estante, leia logo! Se ainda não comprou, tá esperando o que?

Fica a dica.
Até breve!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Cássia
    12 jul 2018

    Confesso que não sou uma grande fã se romances de época, analisando a premissa desse livro eu acho que daria uma chance a leitura, pois a narrativa parece ser calma e envolvente, fiquei bem interessada.

    • Barbara Lima
      Barbara Lima
      12 jul 2018

      Oi Cássia, obrigada por comentar. Sim, esse livro é mais suave e apesar de ter umas reviravoltas, não é nada mirabolante. Já leu Julia Quinn? Tente dar uma chance pra ela, vou deixar o link da resenha do primeiro livro da série, mas caso não te interesse, dá pra ler fora de ordem também.
      Beijos