Clichê

Resenha 459 Lugar Feliz

Por Barbara em 16 maio • 2024
09maio • 22 12 livros para 2022, Agatha Christie, Haper Collins Brasil, literatura estrangeira, Literatura Inglesa, mistério, Policial, resenha, Suspense

Resenha #410 Um Pressentimento Funesto

Título: Um Pressentimento Funesto
Autor: Agatha Christie
Editora: Haper Collins Brasil
Páginas: 253
Ano: 2017
Gênero: Mistério/ Literatura Estrangeira/ Romance Policial
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Envolver-se em tramas perigosas é uma especialidade do casal de aventureiros Tommy e Tuppence Beresford. Desta vez, durante uma visita a um asilo de senhoras, Tuppence vê um quadro que retrata uma casa que não lhe parece totalmente estranha. Lá, também conhece uma anciã que lhe fala de um menino morto escondido em uma chaminé. Pouco tempo depois, a velha senhora abandona o asilo sem dar qualquer explicação. Disposta a descobrir o paradeiro dela, Tuppence decide encontrar a casa misteriosa e acaba deparando-se com um assassino perverso.

Hey galera! É hora de Agatha Christie nesse blog!

Um pressentimento funesto foi o sexto livro da autora que li, já posso me considerar fã dela? Acho que sim hein! Nesse livro eu fui apresentada ao casal Tommy e Tuppence Beresford, eu ainda não conhecia suas aventuras e como os outros personagens da rainha do mistério, eles vão precisar resolver um mistério rs.

Tudo começa quando o casal vai visitar a tia de Tommy em uma casa de repouso, Tuppence acaba esperando o marido em uma sala de espera, já que tia Ada não ia muito com a cara dela. Enquanto espera, ela começa a conversar com a sra. Lawrence. A boa velhinha diz algumas coisas sem pé nem cabeça e isso faz com que Tuppence fique bem curiosa.

As coisas poderiam se encerrar naquele momento com cada uma das mulheres seguindo seu caminho, porém, duas semanas depois, tia Ada acaba falecendo e enquanto organizam o inventário do que foi deixado por ela, descobrem um quadro que ela ganhou da sra. Lawrence. Tuppence logo reconhece a casa pintada como a mesma por onde um dia ela passou, mas não lembra exatamente onde ficava. Eles também decidem que deveriam devolver o quadro para a dona original e ao tentar, descobrem que a sra. Lawrence já não mora mais na casa de repouso, e que sua família a tirou às pressas de lá.

Obviamente essa situação deixa Tuppence ainda mais curiosa e ativa o modo detetive de nossa mocinha rs. Enquanto Tommy parte para um congresso, ela decide investigar, ela só não esperava a trama que se desenrolaria após uma faísca de curiosidade ser despertada nela. E vocês também só irão descobrir após a leitura rs.

Agatha Christie não decepciona galera, é uma autora que de fato eu leio com confiança de que não fecharei o livro decepcionada. Como disse, é o meu sexto livro dela e em todos eles ela consegue surpreender. Eu gostei bastante desse, mas não tanto como alguns outros, achei que o mistério demorou mais a acontecer e tudo estava muito intrincado no início a ponto de a leitura não fluir tão bem para mim (alguns momentos me deram sono kkk), mas depois da metade para o final, tudo ganhou um novo tom e ficou muito mais interessante.

O final foi muito legal e surpreendente, gostei muito de conhecer mais uma dupla de detetives da Agatha e não vejo a hora de ler mais histórias onde os dois são protagonistas. Minha crítica se resume apenas à fluidez da leitura, mas mesmo assim indico sem sombra de dúvidas. Leiam!

Confira a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário