adulto

Resenha #299 Defy

Por Barbara em 21 jan • 2020
25nov • 19 literatura estrangeira, Prescott Lane, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #289 All My Life

Título: All My Life
Autor: Prescott Lane
Editora: Amazon
Páginas: 249
Ano: 2018
Gênero: Romance/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: O começo de qualquer história de amor começa com o encontro. Eu conheço Garrett Hollis desde antes que eu possa me lembrar, e eu o amei ao mesmo tempo. Eu o amei enquanto ele amou outra pessoa. Eu o amei quando ele teve um bebê com ela. Eu o amei quando ela o deixou.

A maior das histórias de amor é aquela entre um pai e sua filha. Eu deveria saber. Eu tive um lugar na primeira fila. Primeiros passos, primeiras palavras, todos os grandes momentos.

Garrett era apenas um adolescente quando Mia nasceu. Eu o vi trançar o cabelo de sua filha, segurar a mão dela atravessando a rua, a vendo adormecida no peito dele. Eu sou a melhor amiga, aquela com quem eles podem contar para tudo, desde aulas de dança até conselhos maternais, qualquer coisa que eles precisem. Eu sou a garota a quem eles recorrem.

A melhor parte de qualquer história de amor é o feliz para sempre. Mas e se o felizes para sempre não incluir você? Toda a minha vida, é quanto tempo eu o amei. Claro, ele não faz ideia.

Mocinha ama mocinho desde sempre.
Mocinha é a melhor amiga do mocinho.
Mocinha não tem coragem de se declarar para o mocinho.
Chega uma nova garota na cidade.
Mocinho se apaixona por ela.
Mocinha ficou na friendzone.

E esse é o enredo inicial de All My Life.

Devlyn e Garret cresceram juntos em uma cidade pequena, eles eram melhores amigos e nossa mocinha sempre teve uma queda por ele, mas né… vocês entendem, certo? Rsrs.

Garret sempre foi o rapaz modelo da cidade, filho do prefeito, popular e gente boa, o genro que mamãe pediu a Deus rsrs. Um belo dia chega uma garota nova na cidade, e é amor à primeira vista, Garret e Sheena não se desgrudam, mas ela voltaria para sua cidade após as férias de verão. É o que acontece, mas pouco tempo depois ela retorna com uma novidade: ela estava grávida.

O mundo de Garret se modifica totalmente, de rapaz modelo, para o sem vergonha que engravidou a namorada. Ele basicamente se torna persona non grata na cidade, e tudo piora quando Sheena anuncia que não está pronta para ser mãe e vai embora após a filha nascer. Como faz nessa situação galera?

Garret fez o melhor que pode.

O livro começa na formatura de Mia, filha de Garret, com ela fazendo um discurso agradecendo ao pai por tudo e como eles tinham conseguido chegar até lá. Os anos passaram e o coração da cidade logo amoleceu ao ver a situação do pai solteiro e adolescente que fazia de tudo pela filha.

Agora, Mia acredita que é a hora de seu pai encontrar um novo amor, ele já viveu toda a vida se dedicando a ela, ele precisava encontrar alguém ainda mais porque em breve ela estaria indo para a faculdade. Bom, o discurso de Mia viraliza na internet e logo várias mulheres aparecem interessadas nesse partidão e a cidade fica movimentada com fluxo de moças querendo se tornar a Sra Hollis.

O certo é que existe uma certa mulher, que sempre esteve lá para Mia e Garret. Devlyn era a figura feminina na vida de Mia, a melhor amiga de seu pai e praticamente uma mãe substituta para ela. Quando Garret se depara com a possibilidade de um futuro casamento de Devlyn com outra pessoa, nosso mocinho desperta e percebe que pode perder Devlyn para sempre… seria tarde demais para mudar o status desse relacionamento?

Mas como tudo o que é complicado pode se complicar ainda mais, a volta de Sheena para a cidade coloca mais confusão nesse drama. A possibilidade de ter seus pais juntos e sua família completa é o sonho de Mia, mas onde Devlyn ficaria nessa situação? Qual o seu papel nessa família? E Garret conseguiu verdadeiramente superar a ex?

Vou deixar vocês lerem e descobrirem rsrs. Mas posso dizer que esse livro é muito bonito, ele tem toda parte emocionante do relacionamento pai e filha, primeiro amor e decepção, melhores amigos apaixonados porém inseguros. É um prato cheio para quem gosta de romance e dos bem escritos. Me emocionei em diversos momentos, mas me irritei também, principalmente com o Garret que demorou um tantinho para tomar certas atitudes. O final é lindo e ainda conseguiu me arrancar algumas lágrimas rsrsrs.

Leiam, fica a dica!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário