Kylie Scott

Resenha #391 Repeat

Por Barbara em 04 jan • 2022
Clichê

Resenha #389 The Favor

Por Barbara em 16 dez • 2021
14ago • 21 Christina Lauren, comédia romantica, Gallery Books, Literatura Americana, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance

Resenha #376 The Honey Don’t List

Título: The Honey Don’t List
Autor: Christina Lauren
Editora: Gallery Books
Páginas: 320
Ano: 2020
Gênero: Romance / Literatura Americana/ Literatura Estrangeira/ Comédia Romântica
Classificação: 2,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Carey Douglas trabalha para os gurus de reforma e design de casas Melissa e Rusty Tripp há quase uma década. Uma garota do interior, Carey começou em sua primeira loja aos dezesseis anos e – mais do que se poderia suspeitar – os ajudou a construir um império. Com um novo show e um livro prestes a lançar, os Tripps estão à beira do estrelato. Só existe um problema: o casal favorito da América não suporta um ao outro.
James McCann, gênio da engenharia e com pós-graduação do MIT, foi originalmente contratado como engenheiro estrutural, mas o trabalho não é tudo o que ele pensava. A última gota? Tanto ele como Carey devem sair em turnê com os Tripps e impedir que as rodas caiam do proverbial ônibus.
Infelizmente, nenhum deles está em posição de desistir. Carey precisa de seguro de saúde, e foi prometido a James o papel de uma vida se ele puder manter o casal no caminho certo por mais algumas semanas. Enquanto viajam com os Tripps até a costa oeste, Carey e James prometem trabalhar juntos para manter escondidos os segredos de seus chefes e garantir seu próprio emprego. Mas se eles começarem a seguir o jogo – e começarem a jogar pra valer – poderão ter a chance de construir algo bonito juntos…

Hey galera, mais um livro das autoras Christina Lauren aqui no blog. Sou grande fã dos livros de romance delas, e aos poucos estou lendo com gosto cada livro que elas lançam. Recentemente li O Amor e Outras Coisas e amei tanto o livro que ele entrou para a lista dos meus favoritos do ano, então imaginem o gás que eu estava quando peguei The Honey Don’t List para ler…

O livro vai trazer como protagonistas Carey e James, eles são assistentes de um casal muito famoso do mundo dos programas de reforma de casas na tv, Rusty e Melissa Tripp. Os Tripp são um sucesso, estão lançando um livro sobre conselhos matrimoniais e prestes a estrelar o próprio show em um famoso aplicativo de streaming. Uma família de sucesso e cada vez mais rica, os Tripp estão no auge e prontos para subirem cada vez mais, mas o que ninguém imagina é que a vida desse casal invejável é uma mentira.

Rusty e Melissa não se suportam, ele trai a esposa a torto e a esquerdo, os projetos e designers que tornaram Melissa famosa não foram criados por ela. Esse é o casal mais fake da indústria de reformas rs. A questão é que a imagem de casal perfeito, invejável e criativo deles vende, vende muito e para que continue assim os problemas precisam ficar bem escondidos. É onde Carey e James voltam ao cenário.

Carey trabalha com o casal desde antes deles se tornarem famosos, de empregada na primeira loja dos Tripp a assistente de Melissa, nossa mocinha conhece bem o lado podre desses dois e apesar da relação tóxica e complicada, ela protege os segredos do casal como poucos conseguem. Já James foi jogado sem paraquedas nessa situação, contratado como engenheiro do novo programa, ele acabou como assistente direto de Rusty, basicamente a babá de um homem adulto #frustrante.

O livro começa com os Tripp prestes e a começar a turnê de divulgação do livro deles, porém após mais um caso de traição de Rusty e com o vulcão Tripp prestes a entrar em erupção, muita coisa está em jogo e tudo prestes a desmoronar. James e Carey são então enviados para cuidar do casal e força-los a manter as aparências, basicamente para impedi-los de matarem um ao outro. Obviamente isso vai aproximar esses dois que não se davam muito bem, mas a pressão das funções e o tempo passado juntos vai mostrar que eles têm muito mais em comum do que imaginavam.

A premissa do livro é até interessante, eu amo programas de reformas e queria ler sobre os bastidores que é o cenário do livro, mas a história não é tão boa assim. Carey e James não me conquistaram, o romance eu achei forçado demais, o James parece aquele mocinho perfeito até demais e isso o tornou irreal para mim. Sobre a Carey, ela é carismática e inteligente, as pessoas não dão nada por ela, mas na verdade ela é a mente criativa por trás da indústria Tripp, e é muito pouco valorizada por isso.

Acredito que o ponto alto do livro foi mostrar o quanto um ambiente tóxico de trabalho pode acabar com a saúde mental de uma pessoa, isso foi o melhor narrado na história. O romance é fraco, levemente fofo, mas não consegui me apaixonar por eles. Um livro que se eu tivesse parado de ler por uma semana, com certeza não retomaria a leitura. Não indico a leitura galera, mediano demais e as autoras tem livros melhores no catálogo delas.

Fica a dica, em breve volto com mais.
Beijos!

Confira a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Capixaba Andreia
    24 ago 2021

    De fato, seu artigo foi muito bem explicado gostei de ler.
    Capixaba cap Ao vivo