adulto

Resenha #218 Big Rock

Por Barbara em 03 maio • 2018
24maio • 18 literatura estrangeira, mistério, resenha, Suspense

Resenha #220 Assassinato no Expresso do Oriente

Título: Assassinato no Expresso do Oriente
Autor: Agatha Christie
Páginas: 200
Editora: Nova Fronteira
Gênero: Literatura Estrangeira, Mistério, Suspense
Classificação: 5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Nada menos que um telegrama aguarda Hercule Poirot na recepção do hotel em que se hospedaria, na Turquia, requisitando seu retorno imediato a Londres. O detetive belga, então, embarca às pressas no Expresso do Oriente, inesperadamente lotado para aquela época do ano.
O trem expresso, porém, é detido a meio caminho da Iugoslávia por uma forte nevasca, e um passageiro com muitos inimigos é brutalmente assassinado durante a madrugada. Caberá a Poirot descobrir quem entre os passageiros teria sido capaz de tamanha atrocidade, antes que o criminoso volte a atacar ou escape de suas mãos.

 

Eu juro que tentei não criar teorias e descobrir quem era o assassino, não tinha a intenção de me sentir boba quando chegasse às páginas finais, mas foi impossível!!!

Impossível!

Provavelmente muitos de vocês já leram Agatha Christie, essa foi a minha primeira experiência com a autora, eu sabia que iria gostar do livro, mas não imaginava que seria tanto. Mas vou deixar pra falar mais sobre isso já já, vamos para um breve resumo sobre a história.

A História começa com Poirot sendo chamado com urgência para voltar à Londres, ele voltava da solução de um caso em Aleppo, e o modo mais breve de se chegar ao seu destino era tomando o trem conhecido como Expresso do Oriente.

Durante a viagem ele se depara com vários indivíduos diferente, um grupo bastante eclético. Um em especial chama a sua atenção, um homem chamado Rachett, que exalava uma vibe no mínimo suspeita.

Uma noite, a viagem é interrompida por causa de uma nevasca. Na manhã seguinte, Rachett é encontrado morto com 12 facadas em sua cabina. É então que o já famoso detetive, a pedido de um dos diretores da companhia que viajava em outro vagão e era amigo de Poirot, começa a investigar o caso para descobrir quem era o assassino.

Ao longo das páginas, Agatha nos leva para o mundo da investigação, da análise do perfil de cada suspeito e nos convida a não nos deixarmos levar pelo óbvio. O final é naturalmente inesperado. Eu fiquei mais do que satisfeita com o desfecho e é claro que não contarei quem é o assassino rs.

O livro me envolveu de tal forma que eu cheguei a sonhar com ele e várias vezes me questionei por que não li Agatha Christie antes rs. Se você nunca leu nada da rainha do mistério, trate de resolver isso logo! É um caminho sem volta e com certeza você vai se apaixonar.

A minha edição é a de capa dura do box 1 da Nova Fronteira, eu sou apaixonada por essa edição que é lindíssima. Parabéns Nova Fronteira!

Bom, é isso galera. Se você gostou não deixe de comentar com a sua opinião e espalhar essa resenha por aí.

Beijos e até breve!

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário