drama

Resenha #366 Blackmoore

Por Barbara em 19 jun • 2021
19jun • 21 drama, Julianne Donaldson, literatura estrangeira, resenha, Resenhas de Livros, Romance de Época, universo dos livros

Resenha #366 Blackmoore

Título: Blackmoore
Autor: Julianne Donaldson
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 384
Ano: 2021
Gênero: Romance de Época/ Literatura Inglesa/ Literatura Estrangeira
Classificação: 4,5 estrelas

Compre o Livro

Sinopse: Kate Worthington conhece seu coração e sabe que nunca vai se casar. Em vez disso, seu plano é viajar para a Índia – ao menos com o intuito de encontrar paz para seu espírito irrequieto e fugir da família que ela abomina. Mas a mãe de Kate tem outros planos e faz um pacto com a filha: Índia, sim, mas só depois que a moça tiver recebido – e rejeitado – três pedidos de casamento.
Kate parte em uma viagem para a imponente mansão Blackmoore, determinada a cumprir sua parte no acordo. Lá, ela pede a ajuda de seu querido amigo de infância, Henry Delafield. Contudo, quando se trata de assuntos do coração, os pactos são insignificantes e os planos são passíveis de mudanças. Nas terras selvagens que integram Blackmoore, Kate deve enfrentar a verdade que manteve seu coração cativo. Será que o pedido que ela está determinada a rejeitar pode ser, na verdade, aquele que libertará seu coração?

Romance de época por aqui!!!

Blackmoore é um lançamento agora de 2021 que eu estava muito animada para ler, li e agora chegou o momento de compartilhar as minhas impressões sobre essa história.

Bom, tudo começa com Kate, ela tem uma grande família e a maioria são mulheres. Seguindo a tradição das mães de romances de época, a da Kate quer que ela se case, de preferência com um bom partido e se tiver um título vale ser até um idoso… rs, pois é. Porém a nossa mocinha não quer se casar, ela já bateu o pé e disse que não vai se casar, para o desespero da mãe kkk.

Tudo o que Kate quer é conhecer Blackmoore e ir para Índia. What? Como assim Barbara, explica isso melhor! Vou explicar tudo em detalhes, começando por Blackmoore.

Kate sempre teve como melhores amigos Henry e a irmã dele, eles eram vizinhos e com idades próximas e por isso a amizade surgiu de forma natural. Ela e Henry são melhores amigos e Blackmoore é a propriedade da família de Henry, todos os anos eles passavam o verão na propriedade e voltavam com várias histórias que deixavam Kate com inveja e muita vontade de conhecer o lugar, mas ela nunca pode ir porque a mãe do Henry não permitia, até esse ano. Finalmente Kate recebeu permissão para visitar Blackmoore e realizar seu sonho.

Sobre a Índia, a verdade é que nossa mocinha sempre foi muito aventureira, ela gosta de viver e experimentar grandes aventuras, e quando sua tia a convida para viajar com ela para a Índia, tudo parece se encaixar e Kate está pronta para desbravar o mundo. Até que sua mãe resolve vetar a viagem. Como eu disse, ela quer que Kate se case e não vai aceitar um não como resposta.

Elas negociam e chegam a um acordo, em Blackmoore, Kate deveria receber 3 pedidos de casamento, se ela rejeitasse aos três sua mãe acreditaria que ela realmente não iria se casar. É com essa missão que ela inicia sua viagem e obviamente as coisas vão ser bem mais complicadas do que ela imaginava. Pra complicar mais as coisas, existe uma atração forte entre ela e Henry e em Blackmoore as coisas vão ficar mais tensas e intensas. #adoorooo

Para saber mais, só lendo o livro rs.

Bom, eu gostei da história, gostei de praticamente tudo no livro, menos da protagonista. O livro é narrado em primeira pessoa, estamos constantemente na mente da Kate e ela é muito chata kkk, sério, ela pesa no drama ao ponto de se tornar muito chata. Outra coisa que me desagradou foi algumas decisões que a autora tomou para o enredo, a Kate é cheia de segredos e tem uma explicação do motivo dela não querer se casar, porém quando tudo é revelado eu achei bem bobo…

Fora essas questões o livro é ótimo, a descrição dos lugares é muito realística e eu consegui imaginar tudo o que a autora descrevia, parabéns por esse motivo. O Henry também é outro ponto alto, eu me apaixonei fácil por ele… ai meu coração haha. Ele me conquistou totalmente e é o meu tipo ideal de mocinho, só por ele o livro merece tudo isso de estrela, se não fosse pelo Henry, esse livro não passaria de 3 estrelas.

Fica aqui a minha indicação, leiam e se gostarem me contem e se não gostarem comentem aqui também. Beijos e até a próxima.

Assista a resenha em vídeo

confira também os Posts Relacionados

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário